29 de Março de 2018
por Eugênio Aragão
Comente agora

Lucro das estatais aumenta 214%, mas os golpistas querem privatizar tudo


O lucro líquido das cinco principais empresas estatais brasileiras aumentou 214% em 2017. A Petrobras, Caixa, Banco do Brasil, BNDES e Eletrobras renderam R$ 28,3 bilhões aos cofres públicos. Mesmo com a rentabilidade em alta, o governo do ilegítimo Michel Temer só pensa em torrar o patrimônio brasileiro e vender as empresas que são as “joias” da nossa coroa. Leia mais

1 de Março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Beto Richa não compareceu ao factoide de Michel Temer sobre “Segurança Pública”. E com razão

Beto Richa não compareceu ao factoide de Michel Temer sobre “Segurança Pública”. E com razão

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB), como bom turco que é, não compareceu à pirotécnica reunião de Michel Temer, no Palácio do Planalto, sobre “segurança pública”. Ele sentiu cheiro de enxofre de longe e não foi. Ou melhor, não caiu no conto do vigário. Leia mais

1 de Março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Beto Richa não compareceu ao factoide de Michel Temer sobre “Segurança Pública”. E com razão

Beto Richa não compareceu ao factoide de Michel Temer sobre “Segurança Pública”. E com razão

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB), como bom turco que é, não compareceu à pirotécnica reunião de Michel Temer, no Palácio do Planalto, sobre “segurança pública”. Ele sentiu cheiro de enxofre de longe e não foi. Ou melhor, não caiu no conto do vigário. Leia mais

1 de Março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Beto Richa não compareceu ao factoide de Michel Temer sobre “Segurança Pública”. E com razão

Beto Richa não compareceu ao factoide de Michel Temer sobre “Segurança Pública”. E com razão

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB), como bom turco que é, não compareceu à pirotécnica reunião de Michel Temer, no Palácio do Planalto, sobre “segurança pública”. Ele sentiu cheiro de enxofre de longe e não foi. Ou melhor, não caiu no conto do vigário. Leia mais

18 de Fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Folha chocada com salário de R$ 100 mil no BNDES, mas no Paraná tem secretário ganhando R$ 110 mil por mês

Bobagem da Folha pegar no pé dos diretores do BNDES, que, em média, ganham R$ 105 mil por mês. O jornalão deveria olhar, também, os supersalários que o governo Beto Richa (PSDB) paga aos secretários no Paraná. Tem um deles, Mauro Ricardo Costa, da Fazenda, que tem o contracheque mensal de R$ 110 mil. Leia mais

14 de Fevereiro de 2018
por esmael
Comentários desativados em Huck captou R$ 20 milhões da Lei Rouanet para fazer caridade com dinheiro público

Huck captou R$ 20 milhões da Lei Rouanet para fazer caridade com dinheiro público

O dublê de apresentador e candidato da Globo Luciano Huck faz caridade com dinheiro público. É o que revela nesta quarta (14) o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço, ao trazer à tona que o “Tiririca dos Ricos” captou R$ 20 milhões da Lei Rouanet para projetos de “Ação Social” que vitaminam o próprio nome. Leia mais

13 de Fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Doria também “mamou deitado” ao comprar jatinho com R$ 44 milhões do BNDES

Luciano Huck e João Doria estão unidos pela mesma divina teta. O prefeito de São Paulo também gosta de “mamar deitado” como o apresentador da Globo. O tucano usou R$ 44 milhões emprestados com juro subsidiado pelo BNDES, um banco público que deveria priorizar o fomento do desenvolvimento. Leia mais

11 de Fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Huck já gostava de “mamar deitado” em 2013, quando usou empréstimo de R$ 17,7 mi do BNDES para comprar jatinho

O dublê de apresentador e candidato da Globo Luciano Huck já gostava e “mamar deitado” em 2013, quando ele usou empréstimo de R$ 17,7 milhões do BNDES para comprar um jatinho Embraer Phenom. O dinheiro do banco público é destinado para fomentar atividades econômicas. Não foi o que aconteceu no caso do jatinho, que é um artigo de luxo. Leia mais

1 de Fevereiro de 2018
por esmael
6 Comentários

Crítico da taxa de juro alto, presidente do BNDES vira alvo de ação da Polícia Federal

O economista Paulo Rabello de Castro presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, foi alvo nesta quinta (1º) de busca e apreensão da Polícia Federal. Leia mais

18 de Janeiro de 2018
por esmael
22 Comentários

Caixa sob ataque da Globo

Tudo bem que vice-presidentes da Caixa sejam afastados em nome da moralidade pública, etc., mas a modificação no estatuto do banco público para dificultar a “ingerência política” é de uma vigarice ímpar. É nestes momentos de crise que a Globo parasita costuma atacar. Leia mais

16 de Janeiro de 2018
por esmael
7 Comentários

Globo celebra “assalto” ao BNDES

Já foi dito aqui que o afrouxamento da “regra de ouro” fiscal deverá desmontar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), haja vista que o governo tomaria R$ 130 bilhões da instituição financeira para honrar o pagamento dos juros para os bancos privados. Portanto, a capitalização desses abutres — leia-se Itaú, Bradesco, Santander, etc. — tomaria o dinheiro e o mercado do banco público. Leia mais

5 de Janeiro de 2018
por esmael
2 Comentários

Em jogo combinado com Congresso, Temer “veta” Refis para micro e pequenas empresas

O Congresso Nacional deverá derrubar o “veto” de Michel Temer à proposta de parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas do Simples Nacional. O jogo foi combinado com o Palácio do Planalto. Leia mais

4 de Janeiro de 2018
por esmael
13 Comentários

Com medo do xilindró, Temer articula mudança na “regra de ouro” fiscal

Para Michel Temer, o seguro já morreu de velho. Por isso ele trabalha pela mudança na “regra de ouro” das finanças públicas, prevista no artigo 167 da Constituição, que proíbe o governo de emitir dívida em valor superior às despesas de capital (essencialmente investimentos) do exercício. Uma PEC deverá ser apresentada ao Congresso com o intuito de livrá-lo de crime de responsabilidade, durante e após deixar o cargo. Leia mais

18 de julho de 2017
por esmael
6 Comentários

Enio Verri: MP 777 e o fim do BNDES

O deputado Enio Verri (PT-PR) denuncia a MP que troca a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), 8,25%, praticada pelo BNDES, pela Taxa de Longo Prazo (TLP), 10,25%, praticada pelos bancos privados. “A medida de Temer aprofundará ainda mais a crise econômica e social. Ficará mais caro produzir”, escreve.

7 de novembro de 2016
por esmael
36 Comentários

Coração de pedra, Temer CORTA 5 milhões de pessoas do Bolsa Família, mas mantém ricos no Bolsa Empresário de R$ 270 bi

temer_dilma_bolsaO governo golpista de Michel Temer (PMDB) deu mais uma mostra a que veio: para ferrar os mais pobres e privilegiar os mais ricos.

13 de outubro de 2016
por esmael
36 Comentários

Alvaro Dias pede mais transparência no BNDES

alvaro_bndesO senador Alvaro Dias (PV-PR), em sua coluna de hoje (13), afirma que o contribuinte brasileiro porque acaba subsidiando a diferença entre o juro pago pelo governo e o juro pago pela empresa beneficiada com empréstimo do BNDES. O parlamentar pede fim ao sigilo das transações entre o banco e nações. “Não há por que não conferir publicidade a esses atos da Administração Pública”, advoga Alvaro.

14 de agosto de 2016
por esmael
15 Comentários

Carlos Lessa denuncia hoje, em Curitiba, que Michel Temer quer privatizar o Brasil

requiao_lessa_circoO economista Carlos Lessa participará neste domingo (14), às 18 horas, do Circo da Democracia, em Curitiba, onde ele vai denunciar o desvio do papel do BNDES em tempos de golpe de Estado. Segundo ele, o interino Michel Temer quer utilizar o banco de desenvolvimento e fomento para fazer corretagem na venda de ativos de estatais.

15 de julho de 2016
por esmael
172 Comentários

Com arquivamento de denúncia contra Dilma, senadores decretam o fim do impeachment

MPF_senadoresO Ministério Público Federal mandou arquivar a denúncia criminal referente às chamadas “pedaladas fiscais” da presidente Dilma Rousseff. Diante da falta de objeto de investigação, parlamentares decretam o fim do impeachment no Senado.

11 de julho de 2016
por esmael
56 Comentários

Se não há crime de Dilma, por que o Supremo não acaba com a palhaçada do impeachment?

marx_gleisiA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em sua coluna publicada aqui no Blog do Esmael, relatou nesta segunda (11) que o procurador da República Ivan Claudio Marx, do Distrito Federal, determinou o arquivamento da investigação criminal que apurava se o atraso nos repasses do governo ao BNDES, as chamadas “pedaladas fiscais”. Para o procurador, a presidente Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade.