18 de Fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Folha chocada com salário de R$ 100 mil no BNDES, mas no Paraná tem secretário ganhando R$ 110 mil por mês

Bobagem da Folha pegar no pé dos diretores do BNDES, que, em média, ganham R$ 105 mil por mês. O jornalão deveria olhar, também, os supersalários que o governo Beto Richa (PSDB) paga aos secretários no Paraná. Tem um deles, Mauro Ricardo Costa, da Fazenda, que tem o contracheque mensal de R$ 110 mil. Leia mais

15 de Fevereiro de 2018
por esmael
Comentários desativados em ALEP pode barrar supersalários de R$ 100 mil no governo Beto Richa

ALEP pode barrar supersalários de R$ 100 mil no governo Beto Richa

Que tal ser secretário no governo Beto Richa (PSD), no Paraná, ganhando mais de R$ 100 mil por mês sem se preocupar com o teto constitucional que limita os salários a R$ 33,7 mil? Leia mais

8 de Fevereiro de 2017
por esmael
78 Comentários

Revoltada, professora divulga em vídeo supersalários de políticos do Paraná; assista

A professora PSS Maria Talita Codato Silva, de Maringá, revoltada com as mentiras contadas pelo governo Beto Richa (PSDB), acerca dos salários do magistério, gravou um vídeo denunciando os supersalários dos políticos do Paraná.

9 de dezembro de 2016
por esmael
7 Comentários

STF liberou Renan para violar os direitos humanos fundamentais. Que papelão!

onu_stfO pleno do Supremo Tribunal Federal cassou a liminar que afastava Renan Calheiros da presidência do Senado, na quarta (7), sob o argumento de que o parlamentar era o único capaz de salvar o país do caos econômico.

8 de dezembro de 2016
por esmael
10 Comentários

Mídia comemora “Fica, Renan”

midia_renanPara o ex-jornal Gazeta do Povo, a “manutenção de Renan aponta para a união dos Três Poderes contra a crise”.

7 de dezembro de 2016
por esmael
16 Comentários

Renan cancela sessão após vencer Supremo

renan_calheirosO senador Renan Calheiros (PMDB-AL) conseguiu nesta quarta (7) dobrar os joelhos do Supremo Tribunal Federal. Após derrubar a liminar que pedia seu afastamento da presidência do Senado, o Rei do Brasil cancelou a sessão deliberativa para as 10h desta quinta (8).

7 de dezembro de 2016
por esmael
14 Comentários

Câmara também desrespeita STF

maia_stfO senador Renan Calheiros (PMDB-AL) faz escola. O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) agora torce o nariz para despacho do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, que manda a Casa indicar os integrantes da comissão do impeachment do ilegítimo Michel Temer (PMDB).

6 de dezembro de 2016
por esmael
4 Comentários

Comissão do Senado debate supersalários no serviço público; acompanhe ao vivo

katia-abreuComissão relatada pela senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) discute nesta terça (6) os salários que ultrapassam o teto salarial constitucional.

5 de dezembro de 2016
por esmael
31 Comentários

PHA pede que Moro devolva salário recebido acima do teto; assista

pha_moroO jornalista e blogueiro Paulo Henrique Amorim, o PHA, nesta segunda (5), pediu que o juiz federal Sérgio Moro devolva salário que recebeu acima do teto.

3 de dezembro de 2016
por esmael
22 Comentários

Serraglio se enrola todo para explicar voto na punição à juízes

serraglio_cunhaO deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), presidente da CCJ, se enrola cada vez mais para explicar seu voto no projeto aprovado na Câmara que prevê punição ao abuso de autoridade.

30 de novembro de 2016
por esmael
18 Comentários

Em nota, Serraglio explica por que votou pela punição de juízes e integrantes do MP

serraglio_vs_moroO deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), em nota, enumerou nesta quarta (30) as razões que o levaram a votar na Câmara pela punição de juízes e integrantes do Ministério Público que abusarem da autoridade.

20 de novembro de 2016
por esmael
31 Comentários

O inferno astral do judiciário provocado pela Lava Jato

moro_requiao_katia_renanDepois que mandou invadir o Senado Federal, a Lava Jato empurrou juízes e integrantes do Ministério Público de todo o país para uma espécie de inferno astral.

9 de julho de 2016
por esmael
10 Comentários

Richa recebeu carta de entidades escravocratas contra reajuste de professores no Paraná

escravidao_modernaAntes de as entidades patronais do sistema S defenderem publicamente aumento da jornada de trabalho para 80 horas semanais, na presença do interino Michel Temer (PMDB), elas enviaram carta aos deputados estaduais do Paraná defendendo que o governo Beto Richa (PSDB) desse calote no reajuste dos salários de servidores públicos no estado.

7 de julho de 2016
por esmael
12 Comentários

Justiça obriga Richa parar com farra de cargos com supersalários na Sanepar

richa_saneparA 2.ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba determinou ontem (6) que o governo Beto Richa (PSDB) extingua 30 cargos de “consultores estratégicos” na Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná).

5 de julho de 2016
por esmael
23 Comentários

Após ilação do MP, Requião orienta aliados a lutarem pela CPI da Receita Estadual

joao_arrudaO senador Roberto Requião (PMDB) orientou nesta terça (5) que aliados retomem a luta pela instalação da CPI para investigar propinas na Receita Estadual. A decisão do peemedebista, em intensificar a coleta de assinaturas na Assembleia, ocorre após ter o seu nome citado na delação do fiscal Luiz Antônio de Souza.

19 de Fevereiro de 2016
por esmael
1 Comentário

Blog Gazeta do Povo “afrouxou a tanga” para os juízes?

Deputados estaduais que não têm interesse na agudização da crise entre governo do estado, judiciário, legislativo e o blog Gazeta do Povo dizem para quem quiser ouvir, no Centro Cívico, que o ex-jornal “afrouxou a tanga”, na última madrugada, depois que juízes foram orientados a representar individualmente contra reportagem sobre “salários de marajás” na magistratura.

Por outro lado, fontes do Blog do Esmael na antessala da agora blogueira Ana Amélia Cunha dizem ao contrário. Juram que a pancadaria contra juízes e promotores será intensifica nas próximas horas, pois, de acordo com os orelhas secas desta página, a tropa da Praça Carlos Gomes crê no apoio popular para continuar no ataque.

Parte da magistratura paranaense enxerga as ordens dos disparos vindas do Palácio Iguaçu. Por isso, a turma que não topa arrego com o governador Beto Richa (PSDB), quer que a fila no Tribunal de Justiça (TJPR) ande mais rápido: Leia-se: ações do Homem da Sogra (Ezequias Moreira) e das Operações Publicano (Luiz Abi Antoun) e Quadro Negro (deputados estaduais).

A beligerância geral e irrestrita entre os poderes executivo e judiciário teve início quando o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, acusou o judiciário de especular no mercado financeiro com sobras do orçamento. Ato contínuo, o secretário importado cortou repasses à magistratura, e holerite de juízes e promotores foram divulgados com mesmo modus operandi empregado pelo Palácio Iguaçu contra educadores em greve no ano passado.

Segundo analistas no Centro Cívico, o blog Gazeta do Povo entrou no meio desse tiroteio para tirar o governador Beto Richa da linha de fogo dos escândalos da Operação Quadro Negro (corrupção nas escolas) e da Operação Publicano (corrupção na Receita Estadual).

Aguardemos os próximos capítulos…

19 de julho de 2015
por esmael
17 Comentários

Requião compara Cunha a Beto Richa: “Cara dum, focinho doutro”

Cunha_Richa_RequiaoO senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, espezinhou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem comparou ao governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Leia mais

13 de julho de 2015
por esmael
5 Comentários

Aliado de Richa, prefeito pede 100% de aumento para ‘ganhar (bem) mais que professor’ no Paraná

Prefeito Pedro Claro (DEM), de Santo Antônio da Platina, seguindo orientação do aliado Beto Richa (PSDB), planeja obter supersalário de R$ 22 mil; vice e vereadores também deverão ser beneficiados pela farra, que será votada hoje pela Câmara; no mês passado, governador tucano disse que professores ganham mais que prefeitos do interior do estado.

Prefeito Pedro Claro (DEM), de Santo Antônio da Platina, seguindo orientação do aliado Beto Richa (PSDB), planeja obter supersalário de R$ 22 mil; vice e vereadores também deverão ser beneficiados pela farra, que será votada hoje pela Câmara; no mês passado, governador tucano disse que professores ganham mais que prefeitos do interior do estado.

No mês passado, o governador Beto Richa disse que os professores ganhavam mais que prefeitos do interior do Paraná. A polêmica declaração foi desmentida pelos fatos e a Justiça obrigou o tucano corrigir o Portal Transparência, que falsificou os vencimentos dos educadores. Leia mais

8 de julho de 2015
por esmael
19 Comentários

APP-Sindicato: ‘Beto Richa acredita nas próprias mentiras que conta sobre salário dos educadores’

A APP-Sindicato reagiu aos novos ataques do governador Beto Richa (PSDB) à entidade e aos professores da rede pública estadual de ensino. Richa acusou ontem, em evento com prefeitos do interior, que a greve dos professores teria acabado quando o governo divulgou os supersalários da categoria. O tucano também culpou os profissionais do magistério e o sindicato pela queda na qualidade na educação do estado.

Em resposta, o Sindicato publicou uma nota (leia abaixo) em seu site desafiando o governador a debater em audiência pública os salários dos professores, comparando-os com os vencimentos dos demais servidores e os supersalários no primeiro escalão. Segundo a APP, os trabalhadores da educação representam 62% do total de servidores do estado. Mas, a folha de pagamento da educação representa somente 38% do total.

A nota também faz referência às mentiras veiculadas pelo governo do estado atribuindo supersalários aos professores do estado, lembrando que por decisão judicial uma matéria que comparava os salários de professores com o de prefeitos foi retirada do ar, e o governo tem prazo para desmentir as demais distorções.

Segundo o presidente da APP, professor Hermes Leão, “a insistência da criminalização dos salários do Beto Richa não é novidade em governo que não tem compromisso com a população. É o esforço de sempre buscar em terceiros a responsabilidade principal que é exatamente dos governantes. Se temos dificuldades em educação, saúde e segurança pública, a responsabilidade é do governante, já que é ausente em planejamentos e investimentos”, destaca.

Leia a seguir a íntegra da nota da APP-Sindicato:

Beto Richa volta a atacar educadores(as) e sindicato

Sindicato desafia governador a debater salários em audiência pública

Um governo que deveria fazer uma luta pela valorização da educação e de todos os educadores e educadoras do Estado, tem feito justamente o contrário no Paraná. Ataques e mais ataques aos(as) servidores(as) e à APP-Sindicato tem sido a postura frequente do governador Beto Richa que, não por acaso, vem apresentando quedas consecutivas de apoio e popularidade dos(as) paranaenses e está sendo processado pelo Ministério Público pelo Massacre do dia 29 de abril.

Em um encontro com prefeitos(as) do interior do Estado, Richa fez acusões à APP-Sindicato e desquali

3 de julho de 2015
por esmael
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária.