6 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Há 3 anos, Beto Richa reenviava o confisco da previdência para a Assembleia

Há 3 anos, Beto Richa reenviava o confisco da previdência para a Assembleia


O começo do segundo mandato de Beto Richa (PSDB) em 2015 foi desastroso para o governador. Embalado pela reeleição, Richa tentava aprovar na Assembleia Legislativa do Paraná um pacote de maldades com aumentos de impostos e taxas, além do confisco de R$ 8 bilhões do fundo de previdência dos servidores. ... 

Leia mais

24 de setembro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Gleisi Hoffmann sobre prêmio a Alckmin: ‘Só falta Beto Richa ganhar um prêmio pela gestão da educação’

richa_alckmin_gleisiA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) usou as redes sociais, nesta quinta-feira (24), para ironizar o prêmio que o governador Geraldo Alckmin (PSDB), ganhou pela “gestão” hídrica em São Paulo, mesmo o tucano quase matando os paulistas de sede.

“O governador Geraldo Alckmin ganhou um prêmio pela gestão hídrica de São Paulo. Agora só falta o Beto Richa ganhar um prêmio pela gestão da educação no Paraná”, disparou a petista.

Richa, com 80% de reprovação nas pesquisas, números consolidados após mandar bater nos professores, agora determinou o fechamento de salas de aula e escolas inteiras. O tucano é chamado pelos educadores paranaense de “apedeuta” e “Carniceiro do Centro Cívico”. Leia mais

14 de setembro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Para nunca esquecer os 31 deputados da “bancada do camburão”

A Assembleia Legislativa do Paraná, após quase duas semanas de recesso branco, inicia nesta segunda-feira (14) os debates acerca do “Pacote de Maldades 3” do governador Beto Richa (PSDB). Mais uma vez, os deputados serão empurrados para o cadafalso em troca de algumas ambulâncias e outras prebendas.

Dentre as medidas propostas pelo Palácio Iguaçu estão a ‘cassação do voto’ para eleição de diretor de escola e antecipação de R$ 6 bilhões de recebíveis dando como garantia ações da Copel e Sanepar.

O aumento de impostos sobre herança é apenas uma “cortina de fumaça” para esconder o verdadeiro debate, haja vista que a maioria da sociedade não tem esse “problema de rico”.

O filé mignon, por óbvio, é “antecipação de recebíveis” cuja execução será realizada pelo sócio da Companhia Paranaense de Securitização (PRSEC), Mauro Ricardo Costa, preposto do lobista Luiz Abi Antoun, importado de São Paulo para ocupar a Secretária da Fazenda.

Com mais essas maldades em curso, os parlamentares, que sistematicamente votam com o governo, dificilmente se livrarão da pecha de integrantes da “bancada do camburão”, cuja repercussão mais imediata dar-se-á nas eleições municipais de 2016.

Quem bate esquece, mas quem apanha jamais esquece. Partindo dessa premissa, os paranaenses — em especial os educadores e servidores públicos do estado — nunca esquecerão do massacre do Centro Cívico. A covardia do governador Beto Richa teve a anuência da maioria dos deputados.

Para nunca esquecer, o Blog do Esmael relembra o nome dos deputados que votaram a FAVOR do ‘confisco da poupança previdenciária’ e dos que votaram CONTRA o confisco na sessão extraordinária de 29/04 – o Dia da Infâmia:

A seguir, veja quais sãos os 31 deputados que compõem a “bancada do camburão” na Assembleia:

A favor
– Alexandre Curi (PMDB)
– Alexandre Guimarães (PSC)
– André Bueno (PDT)
– Artagão Jr. (PMDB)
– Bernardo Ribas Carli (PSDB)
– Claudia Pereira (PSC)
– Cobra Repórter (PSC)
– Cristina Silvestri (PPS)
– Dr. Batista (PMN)
– Elio Rusch (DEM)
– Evandro Jr. (PSDB)
– Felipe Francischini (SD)
– Fernando Scanavaca (PDT)
– Francisco Bührer (PSDB)
– Guto Silva (PSC)
– Hussein Bakri (PSC)
– Jonas Guimarães (PMDB)
– Luiz Carlos Martins (PSD)
– Luiz Claudio Romanelli (PMDB)
– Marcio Nunes (PSC)
– Maria Victoria (PP)
– Mauro Moraes (PSDB)
– Missionário Ricardo Arruda (PSC)
– Nelson Justus (DEM)
– Paulo Litro (PSDB) Leia mais

29 de agosto de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Ao vivo: Assembleia da APP; 4 meses do massacre dos professores

Transmissão ao vivo encerrada às 12h15.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, desde Curitiba, a assembleia geral da APP-Sindicato e em lembrança dos quatro meses do massacre ocorrido durante manifestação contra confisco da ParanáPrevidência, quando 213 pessoas ficaram feridas.

Quatro meses após, o “Carniceiro do Centro Cívico” continua a massacrar os educadores — agora moralmente — retirando conquistas e atacando a democracia na escola.

Richa planeja indicar os diretores nos 2,1 mil estabelecimentos de ensino. Ele encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto fajuta e antidemocrático.

A escalada autoritária do governo do PSDB só será freada se houver mobilização à altura. A resposta começará a ser dada neste sábado, nas ruas, pela comunidade escolar paranaense. Leia mais

24 de agosto de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Assembleia Legislativa debaterá o uso de animais pela PM em manifestações

rascaPor iniciativa do deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) vai realizar nesta terça-feira (25) uma audiência pública sobre o uso de animais  — cães, cavalos e gansos, por exemplo — como aparato de segurança em manifestações públicas.

O assunto é um desdobramento do massacre no último 29 de abril, no Centro Cívico, em Curitiba, quando o governo do estado usou a Polícia Militar para atacar os manifestantes que protestavam em frente à Alep. Na época, cerca de 250 professores e servidores ficaram feridos, um jornalista além do próprio deputado Rasca foram atacados por cães da PM.

No evento será discutido o projeto de Lei 333/2015, de autoria dos deputados Rasca Rodrigues e Márcio Pacheco (PPL), que pretende proibir no Paraná a utilização de animais em manifestações de rua. Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Nesta quarta, professores protestam pelos 3 meses do massacre e 50 anos de Richa

aniversarioO governador Beto Richa (PSDB) completa 50 anos nesta quarta-feira, dia 29, coincidindo com a passagem de três meses desde o massacre contra os professores e servidores do estado promovido por ele e sua equipe para garantir o confisco da previdência do funcionalismo. ... 

Leia mais

27 de julho de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Professores protestam contra Beto Richa em “Arraiá dos Breque Broque”

arraiaProfessores do Núcleo Sindical Curitiba Norte da APP-Sindicato realizaram no domingo (26) uma festa julina em formato de protesto bem humorado contra os desmandos do governo Beto Richa (PSDB). Foi o “Arraiá dos Breque Broque”, referência ao massacre promovido pelo governo do estado contra os professores e servidores no dia 29 de abril. ... 

Leia mais

19 de julho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Requião compara Cunha a Beto Richa: “Cara dum, focinho doutro”

Cunha_Richa_RequiaoO senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, espezinhou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem comparou ao governador do Paraná Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

16 de julho de 2015
por Esmael Morais
38 Comentários

Assembleia isenta Beto Richa de responsabilidade pelo massacre de professores em 29 de abril

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

Na contramão da Assembleia de Ademar Traiano, o Ministério Público do Paraná denunciou Beto Richa à Justiça no último dia 29 de junho.

O deputado Ademar Traiano, presidente da Assembleia e do PSDB, esperou o último dia antes do recesso para anunciar que arquivaria todos os três pedidos de impeachment do governador e correligionário Beto Richa. Ninguém esperava atitude diferente do parlamentar tucano. ... 

Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária. Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

‘Em busca de foro privilegiado, Richa terá dificuldades até para a Assembleia’, diz Requião Filho

Se depender do humor do eleitorado paranaense, o governador Beto Richa (PSDB) terá dificuldades até mesmo para reforçar a “Bancada do Camburão” na Assembleia Legislativa. A observação é do deputado Requião Filho (PMDB), após ler pesquisa da corrida eleitoral pelo Senado.

“Pelo jeito o Betinho, se quiser ter foro especial, terá que ralar muito. Desse jeito capaz de não se eleger deputado estadual”, tuitou o peemedebista, vice-líder da oposição na Assembleia.

O Blog do Esmael anotou ontem (1) que Richa teme ir para a cadeia, caso Roberto Requião (PMDB) ganhe as eleições de 2018, pois, de acordo com a Paraná Pesquisas, o senador lidera as disputas tanto para o Senado quanto para o Palácio Iguaçu.

Antevendo inverno rigoroso e tempo com chuvas e trovoadas, o governador tucano tratou de reforçar o time da propaganda. Quem vai comandar a Secretaria de Comunicação, a partir de agora, é Paulino Viapiana, que estava na Cultura.

O Palácio Iguaçu considera o novo secretário mais “jeitoso” que o chefe de gabinete do governador, jornalista Deonilson Roldo, e que o ex-secretário da pasta, Marcelo Cattani, ambos temperados no calor de várias batalhas eleitorais.

Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
44 Comentários

Veja essa: Beto Richa está em ÚLTIMO lugar na pesquisa para o Senado

senado_pesquisaO governador Beto Richa (PSDB) está em último lugar na corrida por uma das duas vagas em jogo em 2018 para o Senado Federal. Se as eleições fossem hoje, o tucano teria a vergonhosa marca de 7% nas intenções de voto, segundo levantamento do Paraná Pesquisas publicado nesta quinta-feira (2) pelo jornal Gazeta do Povo.

O senador Roberto Requião (PMDB) seria reeleito para o cargo com 45%, seguido do deputado estadual licenciado e secretário de Estado Ratinho Júnior (PSC), que tem 41%. Em terceiro está Osmar Dias (PDT), com 38%, e em quarto aparece a senadora Gleisi Hoffmann (PT) com 19%.

O desempenho de Ratinho na sondagem é uma prova concreta que a cria sempre supera o criador. Vide o caso de Richa, que superou seu criador Jaime Lerner. Outros analisam que o secretário do Desenvolvimento Urbano apresenta voo de galinha nesta rodada de pesquisas.

Beto Richa foi denunciado pelo Ministério Público como responsável pelo massacre dos professores, no dia 29 de abril, quando 213 pessoas ficaram feridas devido à ação violenta da polícia, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária do funcionalismo público.

Por outro lado, Ratinho Júnior é apontado pelos educadores como responsável pela derrota da reposição inflacionária de 8,17%, na Assembleia, haja vista o PSC possuir a maior bancada com 12 deputados. O partido havia anunciado antes o “fechamento questão” favorável aos professores, mas na votação roeu a corda para ficar do lado do governador tucano.

O instituto de Murilo Hidalgo mostrou ontem (1) que Requião também lidera a corrida pelo Palácio Iguaçu e anteontem (30) registrou que 85% dos paranaenses desaprovam o governo tucano.

Sobre o último lugar na pesquisa para o Senado, professores e servidores mandaram uma perguntinha ao governador Beto Richa: “Tomou?”.

A seguir, veja o infográfico com a pesquisa. Leia mais

30 de junho de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Se condenado em ação do MP, Richa poderá ser cassado; e o confisco na Paranáprevidência, como fica?

Previdencia_massacre_richaO governador Beto Richa (PSDB) pode perder o cargo e os direitos políticos por oito anos, isto é, se for condenado na ação ajuizada pelo Ministério Público do Paraná (MP).  ... 

Leia mais

23 de junho de 2015
por Esmael Morais
2 Comentários

Após 2 meses, greve nas universidades estaduais vai chegando ao fim

uesApós quase sessenta dias de greve, os professores e servidores das universidades estaduais do Paraná devem voltar ao trabalho nos próximos dias, mesmo sem ter a maioria de suas reivindicações atendidas.

Hoje pela manhã, os professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) decidiram pela suspensão da paralisação. Agora à tarde, os servidores da UEL se reúnem e devem optar pela mesma decisão. Leia mais

18 de junho de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Segundo o PT, ‘Pimenta’ no rabo do ‘Batman’ é refresco; assista

pimentDurante sessão da Câmara dos Deputados na noite desta quarta-feira (17), em que se discutia a correção da tabela do imposto de renda, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) rebateu declaração do deputado Fernando Francischini (SSD) quando este classificou como “malvadeza” a posição da bancada governista. ... 

Leia mais

26 de maio de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Governador Beto Richa sofre “impeachment moral” no Paraná

richa_impeachmentNos bastidores da política paranaense muitos são céticos quanto o avanço do processo de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). A petição foi protocolada ontem (25) na Assembleia Legislativa. O documento é encabeçado pelo advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin, seguido por juristas, professores universitários, advogados e mais de 6 mil cidadãos.

Mesmo sem o julgamento do pedido, o governador Beto Richa já sofreu na prática um ‘impeachment moral’ dos 10,5 milhões de paranaenses — ou 95% dos 11 milhões de conterrâneos que o rejeitam.

O próximo passo do processo de impeachment é a sua admissibilidade ou não pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, dublê de presidente do PSDB do Paraná.

Traiano é aliado do governador, o que torna mais fácil a tarefa do Saci Pererê “cruzar as pernas” do que o impedimento do governador tucano prosperar. Mas ainda há luta pela frente e os espíritos, sobretudo o das ruas, está muito armado nos 399 municípios paranaenses.

O “impeachment moral” é o preço que o governador do PSDB paga pela arrogância, prepotência e violência expressada no massacre contra professores e servidores públicos em 29 de abril. Também entra nessa conta a corrupção no governo do estado, propinas na Receita do Estado e casos de pedofilia envolvendo pessoas próximas ao chefe do executivo estadual. Leia mais

25 de maio de 2015
por Esmael Morais
37 Comentários

Seis mil subscreveram pedido de impeachment de Beto Richa

impeachment_profs_richa

O professor universitário, advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin protocolou na tarde desta segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa do Paraná, o primeiro pedido de impeachment do governador Beto Richa (PSDB). A petição foi subscrita por mais de seis mil paranaenses cujas assinaturas foram coletadas pela internet.

Os cidadãos ainda podem subscrever a petição que foi enviada hoje à Assembleia clicando aqui.

O pedido de impedimento (leia abaixo a íntegra do documento) tem como foco central o massacre de professores e servidores públicos, no dia 29 de abril, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária.  Leia mais

22 de maio de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

Petista protocola segunda-feira pedido de impeachment contra Richa

tarso_massacre_richaO advogado e blogueiro Tarso Cabral Violin vai à Assembleia Legislativa na segunda-feira, 25 de maio, às 13h30, protocolar o primeiro pedido de impeachment contra o governador Beto Richa (PSDB). Novamente, a “batata quente” recairá sobre o colo dos 54 deputados estaduais, que terão de manifestar-se acerca do documento.

O pedido plural e suprapartidário é encabeçado por advogados, professores, jornalistas, intelectuais, dentre outros profissionais. Os paranaenses também podem subscrever a petição que será enviada hoje à Assembleia clicando aqui.

Também corre na Procuradoria Eleitoral pedido de investigação da Polícia Federal, formulado pelo deputado Requião Filho (PMDB), de que propina da Receita Estadual teria robustecido de forma ilegal o caixa de campanha reeleitoral do tucano.

Filiado ao PT e presidente da presidente da Associação dos Blogueiros e Ativistas Digitais do Paraná – ParanáBlogs –, Tarso foi um dos mais de 200 feridos no massacre do dia 29 de abril, no Centro Cívico, durante a manifestação contra o confisco da poupança previdenciária de professores e servidores públicos do estado. Leia mais

16 de maio de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Massacre do Centro Cívico foi questão social resolvida a bala como na Guerra do Contestado, há 100 anos

Jorge Bernardi*

O que há em comum entre o massacre dos professores, em 29 de abril deste ano, no Centro Cívico, e a Guerra do Contestado, ocorrida há 100 anos em terras disputadas pelo Paraná e Santa Catarina? A resposta é a cultura da violência que vigora em nossa sociedade e por ela, os conflitos sociais devem ser resolvidos a bala.

Há um século as forças repressoras resolveram os problemas sociais na base da bala do canhão, da metralhadora e do fuzil, levando a morte milhares de camponeses famintos e armados basicamente com espadas e lanças de pau, revólveres e espingardas.

Atualmente usam-se bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha que ferem, física e moralmente, as vítimas, armadas apenas com a força moral.

No século passado, terras ocupadas por sertanejos há gerações, com riquezas naturais (erva mate e araucárias) foram entregues e “vendidas” pelas elites políticas, ao explorador estrangeiro.

Agora o pródigo desgoverno do antes “bom moço”, ameaça a aposentadoria de milhares de funcionários públicos do Paraná.

Os 100 anos que se passaram, infelizmente, não mudaram a cultura da violência, que aqui impera. Enquanto o “Caveirão” jogava água e bombas nos manifestantes, do terceiro andar do Palácio Iguaçu, comissionados aplaudiam e comemoravam como numa arena romana.

Não foi diferente, quando em 1915, chegava a notícia de que 600 “jagunços” haviam sido mortos no reduto de Santa Maria. A verdade era outra, a maioria das vítimas, de Santa Maria (hoje Timbó Grande), foram crianças, mulheres e idosos. Na batalha do Centro Cívico as vítimas foram professores, estudantes, funcionários públicos e alguns militares de baixa patente.

Mas a violência do Centro Cívico ganhou o mundo, milhões de pessoas, em dezenas de línguas, ouviram e assistiram as imagens em que mais de 200 manifestantes foram humilhados em sua dignidade.

A imagem do Paraná, como um estado civilizado, foi irremediavelmente manchada. No contestado, foram mortas de 3 a 8 mil pessoas. E, um século depois, poucos sabem do que lá aconteceu. O genocídio foi estrategicamente escondido.

Quando da assinatura do acordo de limites entre Santa Catarina e o Paraná, encerrando a contenda, o presidente Venceslau Braz disse: “…contestado, onde tantos brasileiros perderam a vida em luta fraticida, e tanto dinheiro foi despendido inutilmente. A solução deste caso encerra um ensinamento e firma um exemplo”.

O massacre do Centro Cívico é uma prova inequívoca de que a lição não foi a Leia mais