11 de abril de 2018
por Esmael Morais
2 Comentários

Sem foro, Beto Richa vira alvo do MPF

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), que renunciou ao cargo para concorrer ao Senado, virou alvo do Ministério Público Federal. O tucano perdeu o véu do foro por prerrogativa de função que o protegia.  ... 

Leia mais

14 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
12 Comentários

“Barbudinhos e lobos maus atacam Greca”

O jornalista Celso Nascimento postou uma foto no blog Gazeta do Povo, nesta terça (14), sugerindo que o prefeito Rafael Greca (PMN) estaria mancomunado com o empresário Donato Gulin, dono de 70% da frota de ônibus de Curitiba. Leia mais

12 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
11 Comentários

Alvaro Dias: “Sr. Baunilha é uma figura rastejante do governador Beto Richa”; assista

richa_bonilha_alvaro_nascimentoO senador Alvaro Dias (PV-PR) usou tribuna nesta segunda (12) para criticar o “Sr. Baunilha”, que pediu prisão do jornalista Celso Nascimento. Leia mais

9 de agosto de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Marcelo Araújo: Curitiba não é laboratório para quem não está pronto

marcelo_salamuni_fruetO especialista em trânsito e multa Marcelo Araujo, em sua coluna desta terça (9), ironiza a escolha do vereador Paulo Salamuni (PV) como vice da chapa do prefeito Gustavo Fruet (PDT). Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe o texto: Leia mais

2 de janeiro de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Blog Gazeta do Povo vê dificuldades para a reeleição de Fruet

Convertido no mais “chapa branca” dos blogs ligados à Prefeitura de Curitiba, o Gazeta do Povo, na coluna do jornalista Celso Nascimento, admite neste fim de semana que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) terá de rebolar bastante na tentativa de reeleger-se em outubro.

“Difícil citar uma obra do prefeito nestes três anos de mandato”, reconhece o blog, que, citando o cientista político Beto Almeida, adiante adverte Fruet: “prefeitos com aprovação abaixo dos 50% devem pensar duas vezes antes de buscar a reeleição. Com 48%, ele ainda se encontra abaixo da taxa de segurança”.

Segundo o instituto Paraná Pesquisas, na véspera da virada do ano, 48% disseram que a aprovam; 48,7%, que a desaprovam. Pouco mais de 3% não emitiram opinião.

O blog Gazeta do Povo, no entanto, vê uma luz no final do túnel nesses tempos de Lava Jato: “ele faz parte dos raros gestores sobre os quais não pesam acusações de escândalos”.

O espirituoso deputado Requião Filho (PMDB), um dos que enfrentará o prefeito nas urnas, a respeito dessa máxima do oficialismo municipal, já declarou anteriormente que Fruet é uma espécie de Maluf invertido: “não rouba, mas também não faz nada”.

A seguir, leia a íntegra da análise do blog Gazeta do Povo:

Que chance tem Fruet?

por Celso Nascimento

Os eleitores curitibanos entrevistados pouco antes do Natal pelo Instituto Paraná Pesquisa foram convidados a avaliar a administração do prefeito Gustavo Fruet: 48% disseram que a aprovam; 48,7%, que a desaprovam. Pouco mais de 3% não emitiram opinião.

Desconsiderando-se a diferença ínfima de sete décimos porcentuais, pode-se dizer que exata metade da cidade está satisfeita com o prefeito e outra parte do mesmo tamanho está insatisfeita. Se fosse para enxergar este empate de um jeito simplório, poderíamos dizer que Curitiba tem um prefeito que “não cheira nem fede”?

Não é bem assim. Como diria Einstein, tudo é relativo. Quando se observa a derrocada moral e administrativa pela qual passa grande parte dos gestores públicos do país e se toma conhecimento, por exemplo, de que a presidente Dilma Roussef e o governador Beto Richa amargam respectivamente 80% e 73% de reprovação, ser mal avaliado por “apenas” 48,7% não deixa de ser um trofeu para Fruet.

Difícil citar uma obra do prefeito nestes três anos de mandato. Difícil também perceber iniciativas inovadoras no modo de governar, muito menos soluções urbanas originais que devolvam Curitiba à condição de modelo.

Afora medidas cosméticas e de baixo custo, como pintar asfalto para delimitar caminhos exclusivos para ônibus e ciclistas, além de decretar como “calmas” algumas ruas onde não se pode trafegar acima de 40 km/h, são pouco visíveis ou sentidas quaisquer outras intervenções urbanas importantes. Sem falar na sensação de abandono que transparece para quem anda pela cidade.

Certamente vem daí a decepção que a administração de Fruet evoca para quase metade dos eleitores. Então, como explicar que a outra metade considere que ele faz uma administraçã Leia mais

16 de maio de 2015
por Esmael Morais
44 Comentários

Gazeta do Povo denuncia: Executivo, legislativo e o judiciário se mancomunaram para confiscar previdência dos servidores

richa_prevO jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, na edição deste domingo (17), faz dura denúncia contra os três poderes do Paraná. Segundo o escriba, executivo, legislativo e o judiciário se mancomunaram para saquear a poupança previdenciária de R$ 8,5 bilhões que pertence aos servidores do estado. O primeiro saque teria ocorrido na quarta-feira, dia 13, no valor de R$ 483 milhões.

De acordo com o colunista, o governador Beto Richa (PSDB) teria firmado um “acordo secreto” – não publicado no Diário Oficial ou nos sites oficiais – do qual foram cúmplices o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Vasconcelos, o procurador-geral de Justiça (Ministério Público), Gilberto Giacoia, o presidente da Assembleia, Ademar Traiano (PSDB), e o presidente do Tribunal de Contas, Ivan Bonilha.

O butim teria sido dividido ainda quando caiam bombas nas cabeças de professores e servidores, no dia 29 de abril, e os deputados votavam em sessão secreta a descapitalização da Paranáprevidência. O tesouro estadual ficou com a maior parte, R$ 234 milhões, e o restante rateado com os poderes já declinados no parágrafo anterior.

Nascimento afirma que o “mingau” não tinha esfriado e os zumbidos das bombas ainda causavam insônia, os servidores já tinha perdido seu dinheiro da aposentadoria e pensões que foram para o pagamento de fornecedores caloteados por Richa. O dinheiro também migrou para as burras dos demais órgãos que teriam o papel de zelar pelo cidadão e pela coisa pública.

O colunista da Gazeta do Povo coloca todos os gatos no mesmo balaio ao abrir suspeição na transação secreta. “A pergunta é: quando e quem poderá fazer o rastreamento das destinações?”, questiona para então ele mesmo responder de maneira fulminante: “Mistério”. Leia mais

2 de abril de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Em caso de impedimento de Richa, a vice Cida Borghetti “está pronta” para assumir, diz colunista da Gazeta

richa_celso_cidaO jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, na edição desta quinta-feira (2), vê a vice-governadora Cida Borghetti (PROS) ocupando o vácuo deixado pelo governador Beto Richa (PSDB), que tem se ausentado das grandes questões administrativas em virtude da crise moral e política que atravessa.

Na análise do colunista, a vice, que é mulher do deputado Ricardo Barros (PP), “está pronta” para assumir o cargo caso haja impedimento do titular tucano.

O bordão “ele está pronto” era usado à exaustão, em 2012, pelo Anão do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), que atropelou Ratinho Júnior (PSC) naquele segundo turno na capital. Será que a história vai se repetir no estado e Ratinho engolido por antecipação na sucessão de Richa?

“É ao gabinete dela, situado na ala esquerda do Palácio Iguaçu, que agora acorrem os que precisam tratar de assuntos importantes para o estado”, anota Nascimento.

O jornalista observa que Beto Richa é um homem que “encolheu” diante das denúncias de corrupção envolvendo seu primo, Luiz Abi Antoun, que esteve preso uma semana. O parente do tucano é apontado pelo Gaeco como “chefe da quadrilha” que atuava no governo do estado.

Celso Nascimento relata que Cida Borghetti já governa de fato o Paraná:

“Ainda nesta semana, ela recebeu para despacho vários secretários – dentre eles o próprio irmão do governador, o secretário de Infraestrutura Pepe Richa, e o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra. Agenda sempre cheia. Cida também viaja a Brasília para negociar projetos e recursos federais; preside reuniões com bancos internacionais; atende prefeitos e deputados; diretores de estatais; toma decisões”.

Abaixo, leia a íntegra da coluna de Celso Nascimento: Leia mais

30 de março de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Oposição consegue mais uma assinatura para a CPI da Receita

“De grão em grão a galinha enche o papo”, disse nesta segunda-feira (30) o deputado Requião Filho, vice-líder do PMDB, ao comemorar mais uma assinatura em apoio à criação de uma comissão de investigação da corrupção na Receita Estadual de Londrina.

O deputado Nelson Luersen, líder do PDT, é o dono da nona assinatura favorável à investigação dos escândalos no órgão de gestão fiscal do estado. Estima-se que os prejuízos ao erário cheguem a R$ 1 bilhão, em virtude da ação da quadrilha na Receita.

Segundo o autor da proposta da CPI, Requião Filho, até quarta-feira mais dois parlamentares vão anunciar apoio às investigações de corrupção. Ele não quis antecipar os nomes, mas a proposta de comissão de inquérito começará a Páscoa com 11 assinaturas.

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), líder do governo na Assembleia, luta no outro polo contra a CPI da Receita Estadual. “Pela minha experiência parlamentar, eu confio mais no Gaeco do que numa CPI”, desconversou o governista.

Para o líder do PMDB, Nereu Moura, é uma vergonha a Assembleia seguir a reboque da imprensa que todos os dias veicula mais escândalos acerca de corrupção no governo estadual. O deputado se referiu às recentes notícias sobre as digitais do primo do governador, o lobista Luiz Abi Antoun, na arrecadação de dinheiro para a campanha de Richa (clique aqui).

Ao falar sobre a necessidade da CPI da Receita, Requião Filho ainda fustigou a fila com seis CPIs laranjas. Ele disse que só faz sentido a “CPI da Violência contra a Mulher” se houver investigação os crimes contra meninas vítimas de pedofilia em Londrina.

“Vamos trazer à Casa as vítimas do fotógrafo tatuado. Vamos perguntar quem abusou delas em Londrina”, sugeriu o vice-líder peemedebista.

Assista ao vídeo com o discurso de Requião Filho:

Leia mais

30 de março de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Sedução e indução no posto avançado”

marcelo_celso_gugaMarcelo Araújo*

Estando entre os “milhões” de leitores assíduos do respeitadíssimo colunista dos domingos, terças e quintas da Gazeta do Povo, Celso Nascimento, minha admiração e espanto por ele só crescem. Mesmo sendo adepto a transitar com seu veículo “chapa cinza” na contramão e com luzes apagadas, além de carteiradas, esse personagem “CHAPA BRANCA” consegue sempre enxergar uma luz no final do túnel para seu pupilo, o prefeito Gustavo Fruet, tal qual um bom pai, padrinho ou tutor. Ainda que não tenha sido detectada tatuagem na epiderme “100% Guga” seu sentimento de proteção e adoração são incontestes.

Não é necessário esforço para desvendar a técnica de sedução e indução que está sendo usada de forma reiterada do correspondente extraoficial no posto avançado na redação do jornalão. Em todas as publicações o colunista aponta as diversas falhas da gestão, erros, rejeições, critica o prefeito e sua equipe, lamenta a delapidação do patrimônio político, dá conselhos e essa é sua técnica para cativar o leitor, pois ninguém discorda de tudo isso. Leia mais

30 de março de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Fotógrafo delata esquema de corrupção no governo Richa

richa_tchello_abiA situação no governo Beto Richa (PSDB) é mais grave do que a vã filosofia pode supor. Os esquemas de corrupção atribuídos ao lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador tucano, bateram à porta do Palácio Iguaçu. Embora mais curta por causa do feriado, os palacianos já trabalham com a hipótese de uma “semana de cão” nos arredores do Centro Cívico. ... 

Leia mais

29 de março de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

‘Beto Richa sabia da influência do primo Luiz Abi na Receita Estadual’

richa_sefa_abiO governador Beto Richa (PSDB) sabia do trânsito livre que seu primo Luiz Abi Antoun tinha dentro da Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA). O tucano teria sido alertado várias vezes sobre a desenvoltura do parente no órgão de gestão fiscal e no governo como um todo. A informação exclusiva foi repassada ao Blog do Esmael por um representante de grandes empresas que atuam no estado.

Sob a condição de anonimato, a fonte diz que alertou o governador Beto Richa várias vezes sobre a atuação de seu primo na SEFA e na Coordenação da Receita do Estado (CRE).

Na época, o inspetor geral de fiscalização da Receita Estadual era o auditor Márcio Albuquerque Lima, colega do governador em corridas de automobilismo, que está foragido da polícia. O primo Luiz Abi não teve a mesma sorte, pois, por uma semana, ficou preso em Londrina sob a acusação de “chefiar a quadrilha”. Acabou solto graças a um habeas corpus do Tribunal de Justiça.

O Grupo de Atuação Especial de Combate do Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público, deverá desencadear nova operação nos próximos dias voltada à cúpula da Receita. Os promotores já teriam um organograma do esquema que supostamente envolveria integrantes do conselho de contribuintes, Paraná Competitivo, diretoria e delegacias regionais da SEFA, bem como escritórios especializados em direito tributário.

Os promotores londrinenses também estariam de olho em um tal “mágico” que teria capacidade de fazer “desaparecer” débitos de empresas com a Receita Estadual.

Em 7 agosto de 2014, durante a campanha pela reeleição, Beto Richa foi homenageado em jantar promovido pelos agentes fazendários da SEFA e do CRE no restaurante Dom Antônio, bairro Santa Felicidade, em Curitiba.

Segundo um tributarista ouvido pelo Blog do Esmael, a Operação Publicano, que investiga prejuízo que pode ultrapassar R$ 1 bilhão ao governo do estado, o modus operandi da quadrilha que atua na Receita Estadual pode ser muito parecido com aquele desbaratado na Receita Federal, semana passada, pela Operação Zelotes da Polícia Federal.

Na Operação Zelotes, da PF, estima-se em prejuízo de R$ 19 bilhões provocados por bancos e grandes empresas que tiveram suas dívidas apagadas no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

Na última sexta-feira (27), o Ministério Público bateu à porta do primeiro escalão do governo do estado ao pedir que o Tribunal de Justiça investigue a secretária Dinorah Nogara. Ela é suspeita e integrar o esquema que fraudava licitações em favor de Luiz Abi.

Leia também: Leia mais

29 de março de 2015
por Esmael Morais
41 Comentários

Velha mídia nacional escancara corrupção no governo Beto Richa

Edição dominical do Estadão traz reportagem especial sobre o lobista que "não deve ser nomeado" pelo governo Beto Richa; velha mídia nacional não tem mais como esconder o escândalo envolvendo Luiz Abi Antoun, o primo que cada vez mais complica Beto Richa.

Edição dominical do Estadão traz reportagem especial sobre o lobista que “não deve ser nomeado” pelo governo Beto Richa; velha mídia nacional não tem mais como esconder o escândalo envolvendo Luiz Abi Antoun, o primo que cada vez mais complica Beto Richa.

Não tem mais como esconder os escândalos de corrupção no governo tucano de Beto Richa, no Paraná. A velha mídia nacional vinha tratando com indiferença o explosivo caso paranaense, pois isso poderia respingar no PSDB nacional — “reserva moral” dos barões da mídia no combate ao PT e à presidenta Dilma Rousseff. ... 

Leia mais

22 de março de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Colunista da Gazeta: Richa adotou o “Abismo” como forma de poder no PR

O jornalista Celso Nascimento, colunista da Gazeta do Povo, na edição deste domingo (22), observa que o governador Beto Richa (PSDB) adotou como forma de poder o “Abismo” — corruptela relacionada ao nome do primo Luiz Abi, preso pelo Gaeco desde segunda-feira (16) sob a acusação de liderar uma quadrilha dentro do governo do estado.

A seguir leia a íntegra da coluna:

O Paraná no abismo
por Celso Nascimento

Socialismo, marxismo, capitalismo, nazismo, maoismo, imperialismo, islamismo, comunismo, moralismo… são tantos “ismos” aos quais qualquer um pode optar, mas o Paraná parece ter adotado outro, o abismo. Alguns aplicam o termo para se referir ao precipício em que caíram as finanças estaduais. Outros preferem correlacionar a palavra ao nome de Luiz Abi, o primo de quem se diz ter atuado com grande desenvoltura nos subterrâneos do governo.

Combustível para essa interpretação não falta. O Gaeco levou Luiz Abi preso por suspeita de que, sob sua orientação, uma licitação para contratar oficinas mecânicas para reparo de viaturas policiais teria sido fraudada. Mas os promotores de Londrina que cuidam do caso começam a enxergar ligações dele com outros presos acusados de operar um enorme esquema de sonegação tributária que teria dado prejuízo, estima-se, de R$ 500 milhões aos cofres públicos.

Na última sexta-feira (20), mais 17 personagens dessa história foram presos. Dentre eles, servidores da receita, policiais civis e empresários da área de distribuição de combustíveis. Eles se somam a outros investigados metidos em casos de pedofilia, exploração de prostituição e corrupção ativa e passiva na área da Receita Estadual. Não significa que os crimes – sexo ilegal e sonegação – fossem comuns aos dois grupos, mas os promotores estão intrigados com o fato de que vários nomes cruzavam-se nas duas esferas. E o mais impressionante é que alguns dos investigados faziam parte, oficial ou extraoficialmente, da corte palaciana.

O caminho a ser ainda percorrido pelo Gaeco é longo, mas os promotores começam a puxar liames que datam de 2011 – mesmo ano em que se iniciou o primeiro mandato do governador Beto Richa. Foi em 2011 que aportou no Paraná uma certa Refinaria de Manguinhos, na verdade apenas uma distribuidora de combustíveis.

Impedida de manter suas atividades no Rio de Janeiro por ter sonegado a quantia de R$ 800 milhões em impostos e recusada sua inscrição pelo Fisco paulista, Manguinhos misteriosamente conseguiu se inscrever como contribuinte na Fazenda do Paraná e se instalar em Araucária. Pouco tempo depois, acumulava uma dívida tributária da ordem de R$ 225 milhões, passando a figurar nos primeiros lugares da lista dos cem maiores devedores de impostos para a Fazenda estadual.

No Rio, segundo consta de investigação procedida pelo MP de lá, o dono da refinaria, Ricardo Magro, contaria com a proteção de ninguém menos do que do deputado fluminense Eduardo Cunha, figura hoje nacionalmente conhecida como presidente da Câmara Federal. A bem da verdade: nada se provou contra Cunha, apesar de indícios Leia mais

23 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Requião Filho pede informações sobre ‘supersalários’ no secretariado de Richa

requiao_supersalarios.jpgO deputado estadual Requião Filho (PMDB), nesta segunda-feira (23), no plenário da Assembleia Legislativa, vai apresentar um pedido de informações sobre os ‘supersalários’ dos secretários da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, e da Educação, Fernando Xavier.

Segundo o parlamentar peemedebista, há suspeita que o titular da Educação, cuja origem é o grupo educacional privado Positivo, tem assento em dez conselhos administrativos em empresas públicas do Paraná, o que lhe garantiria salário superior a R$ 110 mil ao mês.

Xavier foi alçado em fevereiro à  presidência do Conselho de Administração da Copel (Companhia Paranaense de Energia), um dos penduricalhos que reforçam o salário de R$ 23,6 mil como secretário da Educação.

Na mesma toada, o secretário da Fazenda, que defende com unhas e dentes o corte de salários e benefícios [dos outros], também conseguiu uma teta no Conselho de Administração da estatal de energia. Requião Filho acredita que ele, Mauro Ricardo, e o secretário da Educação, cada, estejam pendurados em pelo menos mais 9 cabides. Leia mais

2 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Presidente do TCE perde batalha jurídica para o Blog do Esmael

Por inépcia, o conselheiro Ivan Bonilha, presidente do TCE, perdeu batalha jurídica para o Blog do Esmael. O juiz César Ghizoni extinguiu processo devido falta de recolhimento das custas no prazo. Um vexame jurídico que nem um calouro de Direito cometeria.

Por inépcia, o conselheiro Ivan Bonilha, presidente do TCE, perdeu batalha jurídica para o Blog do Esmael. O juiz César Ghizoni extinguiu processo devido falta de recolhimento das custas no prazo. Um vexame jurídico que nem um calouro de Direito cometeria.

O conselheiro pedia na Justiça indenização e condenação do titular deste blog por suposta difamação. Perdeu. ... 

Leia mais

15 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Qual o verdadeiro alvo das críticas? Cadê o Anãozinho do Fruet?

araujo_anao_fruetMarcelo Araújo* ... 

Leia mais

1 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
17 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Barrigada”

celso_cnh_marcelo.jpgMarcelo Araújo*

Na Gazeta do Povo do último dia 25 de novembro, o Colunista Celso Nascimento abordou a reestruturação do organograma do Estado que por meio do Decreto 12396 deslocou o Detran da Secretaria de Segurança para a Casa Civil, e ainda destacou que Em todos os estados, os departamentos de trânsito vinculam-se à s suas respectivas secretarias de Segurança Pública. O Paraná será exceção.! (clique aqui).

Além da imperdoável falha, cujo objetivo certamente é induzir o leitor a erro, vez que há mais de uma dezena de Detran que não são vinculados à s Secretarias de Segurança, sua conclusão é que tal mudança tem fins excusos com intenções políticas e financeiras à s quais não se encoraja de dizer claramente, apenas subentende maldosamente como lhe é peculiar.

O erro crasso foi tão gritante que não pude deixar de educadamente fazer-lhe um reparo e enviei um cordial e-mail alertando a “barrigada”: (e-mail abaixo enviado para o Celso no dia 25).

Em sua coluna do dia 27/11 o colunista retoma o assunto dizendo ter sido alertado por um “prestimoso colaborador que por algumas vezes foi personagem dessa coluna” sem ter coragem de nominá-lo, que posso ter sido eu entre vários leitores que perceberam a gritante “pançada”: (clique aqui).

Diz ainda que tal “colaborador” viu a árvore, mas não a floresta, pois o foco principal da coluna foi a velada (para não dizer covarde) acusação de que a mudança teria outras finalidades já citadas, financeiras e políticas, aliás o “guru” já condena por antecipação.

Um soldado ruim compromete a credibilidade da corporação, uma redação com erros de gramática compromete a credibilidade do conteúdo, uma “arvore podre” compromete a credibilidade da tal floresta! Simples!

Além do mais sua acusação contra o governo foi tão velada e covarde que nem daria para adentrar no mérito, sob pena de ele dizer que não foi quem disse, você que concluiu.

Mas o Celso é assim, não se preocupa com a verdade. Já fui vítima. Ele jogou a falaciosa notícia sem ter tido coragem de sentar na minha frente para ver a verdade, mas um dia vai, pois se você combina e não cumpre a vida se encarrega de agendar.

Ele pode ser esquecido, eu não!

Ele tem dificuldade em reconhecer quando erra, tanto que tenta minimizar sua barrigada tentando justificar a acusação de o PR ser o único em algo que não é relevante diante de acusação maior!.

Na sua coluna de ontem novo reparo de outra “barrigadinha” em relação a uma licitação de veículos para a Sanepar. Prestimoso e sábio colunista que também frequenta minha coluna. Quem vive no Céu pensa que todos a sua volta são anjos, quem vive no chiqueiro… Joguem-lhe as pérolas!

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas segundas-feiras para o Blog do Esmael.

Leia a íntegra do e-mail enviado ao colunista Celso Nascimento: Leia mais

16 de junho de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Fruet pode enfrentar greve do trânsito na Copa

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, conta que os trabalhadores da Urbs, através do SindiUrbano, pode decretar greve em plena Copa do Mundo; colunista desmente pioneirismo de Curitiba como "primeira" capital a locar veículos elétricos Twizy, da Renault; "...o mesmo fabricante também cedeu veículos elétricos para serem usados pela CEB (Companhia Energética de Brasília) que faz parte da Secretaria de Obras do Governo do Distrito Federal, além dos Correios", diz o especialista em trânsito e multa que também repercute opinião de Jaime Lerner acerca do metrô e da via calma! criada na Avenida Sete de Setembro pelo prefeito Gustavo Fruet; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, conta que os trabalhadores da Urbs, através do SindiUrbano, pode decretar greve em plena Copa do Mundo; colunista desmente pioneirismo de Curitiba como “primeira” capital a locar veículos elétricos Twizy, da Renault; “…o mesmo fabricante também cedeu veículos elétricos para serem usados pela CEB (Companhia Energética de Brasília) que faz parte da Secretaria de Obras do Governo do Distrito Federal, além dos Correios”, diz o especialista em trânsito e multa que também repercute opinião de Jaime Lerner acerca do metrô e da via calma! criada na Avenida Sete de Setembro pelo prefeito Gustavo Fruet; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo* ... 

Leia mais

20 de maio de 2014
por Esmael Morais
64 Comentários

Requião pode tirar Richa do 2!º turno, diz jornal Gazeta do Povo

O tradicional e conservador jornal curitibano Gazeta do Povo, na coluna do jornalista Celso Nascimento, edição desta terça (20), corrobora com a tese que o Blog do Esmael vem advogando há meses: o governador Beto Richa (PSDB) luta como um leão para não morrer nas mãos do senador Roberto Requião (PMDB), que pode tirá-lo do segundo turno das eleições de outubro.

A leitura de Nascimento é que as eleições do Paraná serão decididas daqui um mês, no próximo dia 20 de junho, na convenção estadual do PMDB que escolherá entre a candidatura própria de Requião e a coligação com o PSDB de Richa.

“Se der Requião, fatalmente haverá segundo turno, com a possibilidade de ser disputado entre Gleisi e Requião, isto é, com Beto fora do páreo”, diz a última linha da coluna de Celso Nascimento, após considerar outras várias possibilidades no arraial peemedebista.

Esta não foi a única que vez que a “velha senhora”, por meio de seu mais ilustre colunista, deu asas à  hipótese de segundo turno no Paraná sem Richa. Em abril, por exemplo, Nascimento registrou que o ex-prefeito de Londrina, Antônio Belinati (PP), também previu o tucano fora do jogo (clique aqui).

A corrida pelo governo do Paraná, neste ano, está cada vez mais parecida com a disputa pela Prefeitura de Curitiba em 2012, quando o então prefeito Luciano Ducci (PSB), aliado in pectore de Richa, não avançou para o segundo turno. Naquela peleja, foi um peemedebista que tirou o pupilo do tucano do ringue eleitoral: Rafael Greca.

Leia as cinco previsões na coluna de Celso Nascimento:

Olho vivo

Previsões 1

Engana-se quem pensar que a eleição para governador do Paraná só se decidirá em outubro. Não, ela será decidida no dia 20 de junho, data fixada no calendário para a realização da convenção que definirá o rumo que o PMDB tomará. São basicamente três as opções que serão colocadas em votação pelos 598 convencionais !“ ou cerca de 520, se consideradas as margens tradicionais de abstenção e ausências.

Previsões 2

A primeira entre duas alternativas a ser adotada é: o PMDB deve ter candidato próprio a governador ou é preferível apoiar a reeleição de Beto Richa? Se vencer a primeira opção, que candidato lançar entre os dois pretendentes? Requião ou Pessuti? A terceira opção, que exclui as anteriores, é a defendida pelos deputados estaduais !“ firmar aliança com Beto Richa e nela pendurar! os candidatos à  eleição proporcional.

Previsões 3

Um experiente deputado estadual faz as contas: a aliança com Richa vai ganhar por uma diferença de pelo menos 100 votos. Mesmo porque, acredita ele, no frigir dos ovos Pessuti vai recomendar aos seus aliados que sigam este mesmo caminho. Por uma simples razão: o grupo pessutista não admite ver Requião no palanque.

Previsões 4

Dos 13 deputados do PMDB, 10 já estariam c Leia mais

22 de abril de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Belinati prevê Richa fora do 2!º turno, diz colunista da Gazeta do Povo

Segundo o jornalista Celso Nascimento, colunista da Gazeta do Povo, nesta terça (22), o experiente ex-deputado e ex-prefeito Belinati, de Londrina, teria dito ao governador Beto Richa que "será difícil até mesmo chegar ao segundo turno na disputa que travará com o trio formado por Requião, Gleisi e Rubens Bueno".

Segundo o jornalista Celso Nascimento, colunista da Gazeta do Povo, nesta terça (22), o experiente ex-deputado e ex-prefeito Belinati, de Londrina, teria dito ao governador Beto Richa que “será difícil até mesmo chegar ao segundo turno na disputa que travará com o trio formado por Requião, Gleisi e Rubens Bueno”.

O jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, na edição desta terça (22), fez um passeio de 60 anos na história para registrar a ausência de marca do governo Beto Richa (PSDB).  ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo