12 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Venezuela denuncia golpismo dos EUA e a farsa da ‘ajuda humanitária’

Venezuela denuncia golpismo dos EUA e a farsa da ‘ajuda humanitária’

Manifestações de apoio ao presidente Maduro ocorreram nesta terça em todo país

O chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, denunciou nesta terça-feira (12) na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), nos Estados Unidos (EUA), a tentativa de golpe contra a Venezuela e a farsa em curso da chamada “ajuda humanitária”. ... 

Leia mais

29 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Relator da ONU diz que lama da barragem pode chegar ao Rio São Francisco

Relator da ONU diz que lama da barragem pode chegar ao Rio São Francisco

O relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para o direito à água e ao saneamento, Leo Heller, avalia que a lama de rejeitos que se espalhou após o rompimento da barragem da mina de ferro do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), da multinacional Vale, deve chegar ao Rio São Francisco. ... 

Leia mais

25 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em EUA solicitam reunião do Conselho de Segurança da ONU para discutir Venezuela

EUA solicitam reunião do Conselho de Segurança da ONU para discutir Venezuela

Os Estados Unidos solicitaram formalmente uma reunião com o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) para tratar da situação da Venezuela. O pedido é para que o encontro ocorra amanhã (26).  ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Papa Francisco defende Pacto Mundial para Migração da ONU

Papa Francisco defende Pacto Mundial para Migração da ONU

O papa Francisco declarou, neste domingo (16), seu apoio ao Pacto Global para a Migração promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), adotado por 150 países em Marrakech no Marrocos nesta semana. O líder da Igreja Católica pediu à comunidade internacional que aja com “responsabilidade, solidariedade e compaixão” com os migrantes.

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular, cujo objetivo é construir um marco legal de referência para a comunidade internacional, foi adotado na semana passada em Marrakesh, Marrocos.

O papa falou do acordo após a oração do Angelus diante de milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, no Vaticano, neste domingo.“Espero que a comunidade internacional possa trabalhar, graças a este acordo global, com responsabilidade, solidariedade e compaixão em relação àqueles que, por várias razões, deixaram seu país”, disse o papa Francisco.

O Pacto Global para Migração será mais um teste para a política externa de seletividade ideológica do governo Bolsonaro.

*Com informações de Agências 

… ... 

Leia mais

30 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em “Reconhecer Jerusalém como capital de Israel é uma violação do direito internacional”, diz embaixador da Palestina

“Reconhecer Jerusalém como capital de Israel é uma violação do direito internacional”, diz embaixador da Palestina


O embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, declarou na quinta-feira (29), em evento de solidariedade ao povo palestino na Assembleia Legislativa gaúcha, em Porto Alegre, que reconhecer Jerusalém como capital de Israel é uma violação do direito internacional. “Ninguém, nem o Conselho de Segurança da ONU, reconhece soberania israelense sobre o território palestino, incluindo a Cisjordânia, a Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental. Fazer isso será uma afronta ao direito internacional e às resoluções da ONU”.

Na última terça-feira (27), o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito, reafirmou, em Washington, a intenção do futuro governo de mudar a embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. Segundo ele, já está decidido que essa mudança ocorrerá e que a questão não é perguntar se vai ocorrer, mas sim quando. “A gente ainda não sabe ao certo dentro do governo a data, como é que ocorre. A gente tem a intenção e a ideia”, disse Eduardo Bolsonaro após reunião com o conselheiro sênior e genro de Donald Trump, Jared Kushner, apontado como um dos principais articuladores da política do governo Trump para o Oriente Médio”.

Caso o governo brasileiro adote essa posição, acrescentou Alzeben, será uma virada de 180 graus na política externa de um país que ganhou o respeito internacional pelo respeito ao direito internacional. “O Brasil, desde a criação das Nações Unidas, sempre observou e respeitou as resoluções das Nações Unidas que buscam promover a paz. Eu ainda tenho esperança de que isso não vai acontecer. Acho que o Brasil merece seguir sendo respeitado observado o direito internacional”.

Caso as ideias de Bolsonaro em relação à questão palestina sejam colocadas em prática, assinalou o embaixador, surgirá, em primeiro lugar, uma disputa entre o Brasil e as resoluções das Nações Unidas.

*Com informações do Sul 21 Leia mais

28 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Efeito Bolsonaro: Brasil desiste de sediar Conferência do Clima da ONU em 2019

Efeito Bolsonaro: Brasil desiste de sediar Conferência do Clima da ONU em 2019

O Brasil desistiu de sediar a Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 25. Considerado o mais importante painel mundial sobre meio-ambiente, o evento acontece em novembro de 2019. A decisão foi confirmada pelo Itamaraty nesta quarta-feira (28). Oficialmente,  a sede da chancelaria alegou ‘restrições fiscais e orçamentárias’ . ... 

Leia mais

24 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Escola Sem Partido’ é rejeitada por 150 entidades de 87 países

‘Escola Sem Partido’ é rejeitada por 150 entidades de 87 países

Foto: Mídia Ninja.

Durante a 6ª Assembleia Mundial da Campanha Global pela Educação, no Nepal, representantes de Mais de 150 entidades de 87 países aprovaram por unanimidade uma moção de emergência contra o projeto Escola Sem Partido no Brasil. O documento foi proposto pela Campanha Latinoamericana pelo Direito à Educação (Clade), com apoio de entidades dos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Suíça, Noruega, Dinamarca, países do continente africano e instituições como Oxfam e a ONU.

O projeto de lei Escola Sem Partido (PL 7180/14), identificado como “Lei da Mordaça” pretende proibir o que chama de “prática de doutrinação política e ideológica” pelos professores, além de vetar atividades e a veiculação de conteúdos que não estejam de acordo com as convicções morais e religiosas dos pais do estudante. Define, ainda, os deveres dos professores, que devem ser exibidos em cartazes afixados nas salas de aula. O projeto de lei também esteve no centro do debate sobre a escolha do futuro ministro da Educação.

De acordo com a moção, “o ultraconservadorismo de governos e movimentos tem atacado a pluralidade pedagógica, a liberdade de cátedra, a perspectiva da igualdade das identidades de gênero e orientações sexuais, além das de minorias étnico-raciais, e ao mesmo tempo, promovendo a militarização na educação”.

“Como estratégia política, os agentes promotores do ultraconservadorismo têm incentivado a censura a professoras e professores por parte de estudantes e famílias, prática que tem se tornado cada vez mais frequente”, apontou. “Como exemplo, no Brasil, por meio do movimento “Escola sem Partido”, e na Alemanha, por orientação do partido de extrema direita “Alternativa para a Alemanha”, estudantes são incentivados a filmar suas aulas e viralizam publicações nas redes sociais, acusando injustamente professoras e professores de proselitismo ideológico, cientificismo e estímulo à sexualização de crianças e jovens, afirmando que estariam promovendo o que denominam de “ideologia de gênero”, conceito falacioso difundido por fundamentalismos religiosos”, alertam as entidades.

*Com informações de Agências Leia mais

16 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Relatório da ONU: Brasil concentrou 40% dos feminicídios da America Latina em 2017

Relatório da ONU: Brasil concentrou 40% dos feminicídios da America Latina em 2017


Segundo Relatório sobre Feminícidio da Comissão Econômica para América Latina e Caribe – Cepal, organismo vinculado à ONU (Organização das Nações Unidas), a cada dez feminicídios cometidos em 23 países da América Latina e Caribe em 2017, quatro ocorreram no Brasil. Os números estarrecedores do documento constataram que ao menos 2.795 mulheres foram assassinadas na região, no ano passado, em razão de sua identidade de gênero. Desse total, 1.133 foram registrados no Brasil.

O levantamento também ranqueia os países a partir de um cálculo de proporção. Nessa perspectiva, quem lidera a lista é El Salvador, que apresenta uma taxa de 10,2 ocorrências a cada 100 mil mulheres, destacada pela Cepal como “sem paralelo” na comparação com o índice dos demais países da região.

Em seguida aparecem Honduras (5,8), Guatemala (2,6) e República Dominicana (2,2) e, nas últimas posições, exibindo as melhores taxas, Panamá (0,9), Venezuela (0,8) – também com uma base de 2016, e Peru (0,7). Colômbia (0,6) e Chile (0,5) também apresentam índices baixos, mas têm uma peculiaridade, que é o fato de contabilizarem somente os casos de feminicídio perpetrado por parceiros ou ex-parceiros das vítimas, chamado de feminicídio íntimo.

Totalizando um índice de 1,1 feminicídios a cada 100 mil mulheres, o Brasil encontra-se empatado com a Argentina e a Costa Rica.

*Com informações da Agência Brasil Leia mais

1 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em ONU aprova resolução pelo fim do criminoso bloqueio dos EUA contra Cuba

ONU aprova resolução pelo fim do criminoso bloqueio dos EUA contra Cuba

Por 189 votos a dois, a Assembleia Geral da ONU aprovou nesta quinta-feira (1) resolução a favor do fim do bloqueio econômico e financeiro dos EUA contra Cuba, que já dura 55 anos. O único país que votou com Washington foi Israel.

A presidente da Assembleia Geral, a equatoriana Maria Fernanda Espinosa anunciou a contundente derrota dos EUA: “o resultado da votação é o seguinte: a favor [de Cuba] 189, contra dois, abstenções zero”. “A resolução está portanto aprovada”.

É a 27ª reprovação praticamente unânime da Assembleia Geral da ONU, contra o ilegal bloqueio, que tantos males já causou e continua causando a Cuba. O pequeno alívio após a retomada das relações diplomáticas no final do governo Obama, já foi totalmente revertido pelo atual presidente na Casa Branca. As leis americanas de bloqueio penalizam, não apenas Cuba, mas os que, soberanamente, realizam negócios com a Ilha.

Só este ano, os prejuízos decorrentes do bloqueio são estimados em US$ 4 bi, de acordo com um diplomata cubano. Nesta Assembleia Geral da ONU, o governo Trump tentara tumultuar a discussão sobre o fim do embargo a Cuba, apresentando oito emendas, forçando a questão a ser debatida por dois dias. As emendas também foram rechaçadas por larga margem.

A presidente da Assembleia Geral, a equatoriana Maria Fernanda Espinosa anunciou a contundente derrota dos EUA: “o resultado da votação é o seguinte: a favor [de Cuba] 189, contra dois, abstenções zero”. “A resolução está portanto aprovada”.

É a 27ª reprovação praticamente unânime da Assembleia Geral da ONU, contra o ilegal bloqueio, que tantos males já causou e continua causando a Cuba. O pequeno alívio após a retomada das relações diplomáticas no final do governo Obama, já foi totalmente revertido pelo atual presidente na Casa Branca. As leis americanas de bloqueio penalizam, não apenas Cuba, mas os que, soberanamente, realizam negócios com a Ilha.

Só este ano, os prejuízos decorrentes do bloqueio são estimados em US$ 4 bi, de acordo com um diplomata cubano. Nesta Assembleia Geral da ONU, o governo Trump tentara tumultuar a discussão sobre o fim do embargo a Cuba, apresentando oito emendas, forçando a questão a ser debatida por dois dias. As emendas também foram rechaçadas por larga margem.

*Com informações das Agências Leia mais

13 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em ONU está preocupada com a violência política no Brasil

ONU está preocupada com a violência política no Brasil

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos emitiu uma declaração na sexta-feira (12) manifestando que o ONU está “profundamente preocupada” com o clima de violência nas eleições brasileiras.

A declaração cita a atentado à facada contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) e o assassinato do

Mestre Capoeirista de Salvador assassinado a facadas após declarar voto no PT ... 

Leia mais

27 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lula quase solto pelo Supremo

Lula quase solto pelo Supremo

O espectro de Luiz Inácio Lula da Silva, preso injustamente há quase 6 meses, assombra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que terão de decidir ‘fisicamente’ sobre a soltura do petista nos próximos dias.

A pauta do caso tríplex atribuído ao ex-presidente

estava para ser examinada nesta quarta (26) ... 

Leia mais

14 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em IDH do Brasil é pior que da Venezuela

IDH do Brasil é pior que da Venezuela

Para quem teme que o Brasil “vire” uma Venezuela, seria bom saber que o Índice de Desenvolvimento Humano dos vizinhos ao norte é melhor que o nosso.

O IDH do Brasil subiu 0,001 ponto em 2017 na comparação com 2016; ou seja, quase nada. Numa escala que vai de 0 a 1 estamos com 0,759.

Pelo índice, o Brasil permanece na 79ª posição do ranking que inclui 189 países. Na América Latina, ocupamos o 5º lugar, atrás do Chile, Argentina, Uruguai e Venezuela.

O indice é uma medida comparativa usada para classificar os países pelo seu grau de “desenvolvimento humano”.

A medida é composta a partir de dados de expectativa de vida, educação e renda das pessoas. Cada ano, os países membros da ONU são classificados de acordo com essas medidas.

Com informações da

Agência Brasil ... 

Leia mais

11 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Haddad e Manuela poderão ser confirmados pelo PT nesta terça-feira

Haddad e Manuela poderão ser confirmados pelo PT nesta terça-feira

O PT poderá confirmar na tarde desta terça-feira (11), em Curitiba, a substituição da candidatura de Lula pelo vice Fernando Haddad e este por Manuela D’Ávila (PCdoB), que passaria ser a vice.

A chapa Haddad e Manuela é imposição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a contragosto dos petistas, que preferiam Lula-Haddad. A corte estabeleceu até às 19h para que a coligação “Brasil Feliz de Novo” procede a mudança sob pena de não participar da eleição presidencial de outubro.

O anúncio da chapa Haddad-Manuela deverá ser feito a partir das 14h30, na icônica Vigília Lula Livre, em frente a Polícia Federal de Curitiba, onde o ex-presidente é mantido preso político há 158 dias.

Lula foi condenado e preso no caso tríplex do Guarujá (SP) sem que uma única prova [ainda] tenha sido apresentada. Ele cumpre pena antecipa de 12 anos e um mês, mesmo a Constituição lhe garantido recorrer aos tribunais superiores em liberdade, no entanto, o petista é mantido no cárcere com o objetivo de não participar da disputa presidencial que lidera nas pesquisas.

O ex-presidente Lula obteve liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU, mas o consórcio jurídico-midiático que sustenta o golpe torceu o nariz para a decisão favorável à candidatura do preso político mais ilustre do mundo.

Entretanto, mesmo com a substituição em curso, o PT promete lutar até o último milésio de segundo pela candidatura de Lula no STF. A agremiação pleiteia no Supremo a dilatação do prazo da substituição até 17 de setembro, de acordo com a Lei Eleitoral. Leia mais

10 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em URGENTE: PT espera decisão favorável a Lula no Supremo

URGENTE: PT espera decisão favorável a Lula no Supremo

A executiva nacional do PT se reúne amanhã, às 11h, em um hotel no Centro de Curitiba. Até lá, o partido espera uma decisão favorável à candidatura de Lula no Supremo Tribunal Federal (STF).

LEIA TAMBÉM

Rosa Weber dá sobrevida à candidatura de Lula ao encaminhar recurso ao STF ... 

Leia mais

9 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT divulga nota criticando entrevista do comandante das Forças Armadas

PT divulga nota criticando entrevista do comandante das Forças Armadas

O PT divulgou nota repudiando entrevista do general Villas Boas ao Estadão, neste domingo (9), por interferir no processo eleitoral. Para o partido, trata-se do mais grave episódio de insubordinação de um comandante das Forças Armadas ao papel que lhes foi delimitado pela Constituição Federal.

“Quando o poder de armas se manifesta sobre poder da política e da justiça, fugindo as suas funções constitucionais, o resultado nunca é positivo”, critica a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffamnn.

Villas Boas disse que a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, favorável à candidatura de Lula, ‘é uma tentativa de invasão da soberania nacional’ e cobrou uma decisão ‘definitiva’ e ‘rápida’ contra a participação do petista na eleição de outubro.

Leia a íntegra da nota do PT:

Nota do PT: Repúdio à Tutela Militar Sobre a Democracia ... 

Leia mais

5 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Fachin, que votou contra cassação, vai relatar recurso de Lula

Fachin, que votou contra cassação, vai relatar recurso de Lula

Caberá ao ministro Edson Fachin, no Supremo Tribunal Federal (STF), a relatoria do recurso de Lula contra a cassação de sua candidatura à Presidência da República.

No último sábado (1º), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do qual também faz parte Fachin, cassou por 6 votos favoráveis a um a candidatura do ex-presidente Lula.

Como o diabo é irônico,

o único voto contrário à cassação da candidatura de Lula na sessão do TSE foi justamente o voto do ministro Edson Fachin ... 

Leia mais

5 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT não recua da candidatura de Lula, apesar de fake news da mídia

PT não recua da candidatura de Lula, apesar de fake news da mídia

A velha mídia golpista está açodada, tensa, porque seu candidato — Geraldo Alckmin (PSDB) –, tal a pipa do vovô, não sobe nas pesquisas. Por isso os jornalões disseminam fake news sobre troca da candidatura de Lula. É mentira. O PT decidiu manter o ex-presidente no páreo até o limite possível.

LEIA TAMBÉM

Lula vai recorrer até dia 17 de setembro, avisa advogado do petista ... 

Leia mais

4 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lula afirma não se conformar por estar no Ficha Limpa; assista

Lula afirma não se conformar por estar no Ficha Limpa; assista

O ex-presidente Lula se manifestou nesta segunda-feira (4), via redes do PT, dizendo que não se conforma por ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa sem cometer crime algum.

“Não me conformo de ter sido condenado e estar na Ficha Limpa por um crime que não existiu. Os Tribunais Superiores, que poderiam reparar a injustiça julgando o mérito antes das eleições, não pautam a votação. Vão julgar quando eu já tiver sido alijado do processo eleitoral?”, protestou o petista.

O deputado Wadih Damous (PT-RJ), um dos advogados do ex-presidente, disse que a defesa protocolou hoje Recurso Extraordinário no Supremo Tribunal Federal (STF) acerca da candidatura de Lula.

Ex-presidente da OAB do Rio, Damous cobrou do STF o julgamento do Recurso Especial que condenou o ex-presidente — sem provas — no caso tríplex. Para Lula e seu advogado, a corte faz politicagem para tirar o PT da disputa eleitoral.

O PT também informou que ingressou ontem (3) com petição junto ao Comitê de Direitos Humanos da ONU para assegurar que o Brasil cumpra a liminar, concedida em 17 de agosto, e não haja qualquer restrição aos direitos políticos do ex-presidente Lula.

Assista ao vídeo:

Leia mais

3 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em ONU afirma que ação do Brasil é muito lamentável por cassar Lula

ONU afirma que ação do Brasil é muito lamentável por cassar Lula

A vice-presidente do Comitê de Direitos Humanos da ONU, Sarah Cleveland, afirmou que a decisão do Brasil de cassar a candidatura de Lula é muito lamentável.

Em 17 de agosto, a ONU concedeu liminar favorável à candidatura do ex-presidente em caráter imediato e obrigatória. Entretanto, as autoridades brasileiras não respeitaram a força vinculantes dos tratados internacionais.

A decisão liminar da ONU determina que o Brasil reconheça a candidatura e dê condições de campanha para Lula, até julgamento de recursos e o trânsito em julgado nos tribunais superiores.

“A ação do Brasil é muito lamentável”, afirmou Cleveland, uma das subscritoras da decisão pró-candidatura do ex-presidente Lula.

O Comitê de Direitos Humanos deverá recomendar sanções ao Brasil em virtude do descumprimento de protocolo.

Nesta segunda-feira (3), o advogado

Luiz Fernando Casagrande Pereira ... 

Leia mais