14 de junho de 2018
por esmael
Comente agora

‘Privatização da Eletrobras trará tarifaço de R$ 400 bilhões’, denuncia Gleisi

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, denunciou hoje (14) que a doação da Eletrobras representará dupla oneração ao consumidor. Segundo ela, Michel Temer vai abrir mão do controle da empresa para arrecadar cerca de R$12 bilhões à União, no entanto, a oneração para o consumidor, em 30 anos, seria de quase R$400 bilhões. Isso porque, haveria uma mudança de regime, ou seja, do regime de cotas para o regime de produtor independente de energia. Leia mais

12 de junho de 2018
por esmael
Comente agora

Enio Verri: Éramos soberanos e não sabíamos

O deputado Enio Verri (PT-PR) lamenta que nós brasileiros éramos soberanos — nos governos do PT — e não sabíamos. Ele também destaca “a farsa do sequestro do ex-presidente Lula” pela Operação Lava Jato, cuja denúncia não teria alcançado o exterior se ele não fosse um líder mundial. Leia mais

5 de junho de 2018
por esmael
Comente agora

Guerra ao liberalismo

O deputado Enio Verri (PT-PR) declara guerra ao liberalismo econômico que depreda e subjuga o Brasil a interesses estrangeiros, a exemplo do que ocorre com a Petrobras. “A nação não pode esperar que se vá alterar a política de preços dos combustíveis, ou que o desmonte da empresa cessará sem que as ruas estejam tomadas de indignação contra os vendilhões do País.” Leia mais

7 de maio de 2018
por esmael
Comentários desativados em A esquecida doação de 10 bilhões de reais pela Petrobras aos abutres

A esquecida doação de 10 bilhões de reais pela Petrobras aos abutres

Assim o senador Roberto Requião (MDB-PR) começa seu artigo sobre os fundos abutres: “A defesa da soberania brasileira foi entregue à Rede Globo, e a Rede Globo, tempos atrás, se apressou a defender a infame e quase esquecida doação de 10 bilhões de reais a fundos abutres americanos detentores indiretos de ações da Petrobrás, em ação arbitrada por juiz norte-americano.” Abaixo, leia a íntegra. Leia mais

16 de abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em Eletricitários param hoje contra o apagão na Eletrobras

Eletricitários param hoje contra o apagão na Eletrobras

Os trabalhadores do setor elétrico e de movimentos populares darão mais uma demonstração nesta segunda (16) de que não aceitam a entrega da maior empresa de energia elétrica da América Latina à iniciativa privada. Leia mais

22 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em O ministro do apagão

O ministro do apagão

Um apagão pegou de calça curta o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, durante uma coletiva à imprensa na manhã desta quinta (22). Ele falava aos jornalistas no Rio de Janeiro. Leia mais

21 de março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Urgente: Apagão é registrado em várias cidades do norte e nordeste

Urgente: Apagão é registrado em várias cidades do norte e nordeste

Capitais do norte e nordeste estão sem luz, há menos de uma hora. Várias cidades registram a queda de energia. É a maior queda de energia dos últimos anos. É o apagão de Temer, que pretende privatizar o setor elétrico do país. O Operador Nacional do Sistema (ONS) confirmou que houve um problema na transmissão de energia nas regiões norte e nordeste. Leia mais

13 de março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Com privatização de Temer, alta na conta de luz pode chegar a 44% em 2018

Com privatização de Temer, alta na conta de luz pode chegar a 44% em 2018

A privatização do setor energético promovida pelo governo golpista de Temer começa a surtir pesado efeito no bolso do trabalhador, com os sucessivos reajustes nas tarifas de energia para os consumidores industriais e residenciais. O aumento acumulado na conta de luz pode chegar a 44% em 2018. Leia mais

6 de outubro de 2016
por esmael
43 Comentários

O cinismo da Globo na privatização da Petrobras

waack_globo_presalO jornalista Willian Waack, na Globo, comportou-se na madruga desta quinta (6) como pit bull dos gringos que acabara de sair da coleira quando se referiu à aprovação do fim da obrigação da Petrobras de investir em todos os blocos do pré-sal.

12 de setembro de 2016
por esmael
36 Comentários

Veja como votou cada deputado na autorização da venda da Copel e Sanepar

tratoraco_votacao_alepA Assembleia Legislativa do Paraná aprovou no final da tarde desta segunda-feira (12), em primeira discussão, por 28 votos a 17, o projeto de lei do governo Beto Richa (PSDB) que autoriza a venda de ações da Copel e da Sanepar. Abaixo, veja como votou cada um dos deputados presentes na sessão:

12 de setembro de 2016
por esmael
6 Comentários

Blog do Esmael transmite AO VIVO sessão da Alep para vender Copel e Sanepar; acompanhe

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 14h30, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo a sessão da Assembleia Legislativa do Paraná que discute a venda das estatais Copel (energia) e Sanepar (água e esgoto).

24 de agosto de 2016
por esmael
14 Comentários

Beto Richa aproveita ambiente de golpe para vender as estatais Copel e Sanepar

richa_copel_sanepar_vendaO governador Beto Richa (PSDB) aproveita o ambiente de golpe no país para colocar à venda a energética Copel, informa a agência de notícias Reuters nesta quarta (24).

17 de agosto de 2016
por esmael
38 Comentários

Beto Richa põe à venda estatais de água (Sanepar) e de energia (Copel) sem consultar a população

richa_requiao_tadeuO governador do Paraná Beto Richa (PSDB) segue a linha que o interino Michel Temer (PMDB) adotará caso seja confirmado o impeachment de Dilma Rousseff: privatizar, doar, vender todo o patrimônio público a preço de bananas; no caso paranaense, correm risco as estratégicas empresas de água e energia.

3 de junho de 2016
por esmael
7 Comentários

Marcelo Belinati: Não ao fracking, SIM ao desenvolvimento sustentável!

Belinati_fracking

O deputado Marcelo Belinati (PP-PR), em sua coluna desta sexta-feira (3), revela que apresentou projeto na Câmara proibindo a outorga de concessão de lavra para exploração de gás através do perigoso processo de “fracking”. Segundo ele, um método de extração de gás através da fraturação hidráulica do subsolo, que é “esfacelado” para que libere o gás que contido nas rochas. No Paraná, 123 municípios tiveram, recentemente, autorização da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto abaixo:

28 de fevereiro de 2016
por esmael
23 Comentários

Após entrega do pré-sal, direita agora quer privatizar a Petrobras

do Brasil 247 

Poucos dias depois da aprovação, no Senado, do projeto do senador José Serra (PSDB-SP) que determina o fim da participação obrigatória da Petrobras na exploração do pré-sal, o que abre o negócio para empresas estrangeiras, a direita brasileira, empolgada, já quer privatizar a estatal.

Em um artigo publicado na Veja deste fim de semana, o economista e ex-ministro da Fazenda do governo Sarney Maílson da Nóbrega propõe o debate, argumentando que a mudança “beneficiaria os funcionários da empresa e o Brasil”.

“Contesto a ideia de que o petróleo é estratégico, brandida pelos que consideram a empresa uma vaca sagrada, intocável”, escreveu o economista em sua página no Facebook, na última sexta-feira, em um texto em que adiantava a ideia do artigo. “Na verdade, a Petrobras foi privatizada pelos que a assaltaram com objetivos de manter-se no poder, financiar projetos políticos e enriquecer”, disse ele.

Abaixo, a íntegra de seu texto publicado no Facebook:

Meu artigo na Veja que circula neste fim de semana sugere discutir a privatização da Petrobrás. Contesto a ideia de que o petróleo é estratégico, brandida pelos que consideram a empresa uma vaca sagrada, intocável. Essa ideia predominou no mundo na primeira metade do século XX, mas foi seguidamente abandonada diante da globalização, da paz mundial e de novas reflexões sobre o tema. Na verdade, a Petrobras foi privatizada pelos que a assaltaram com objetivos de manter-se no poder, financiar projetos políticos e enriquecer. A Petrobrás, vítma de objetivos megalomaníacos do PT, está superendividada, perdeu prestígio internacional e as condições de participar ativamente da exploração do petróleo. Sua privatização beneficiaria os funcionários da empresa e o Brasil. Não eliminaria as vantagens de determos o petróleo, nem seu uso para gerar royalties e apoiar programas sociais.

24 de fevereiro de 2016
por esmael
Comentários desativados em Em tempos de entrega do pré-sal, trabalhadores realizam seminário sobre crise energética em Curitiba

Em tempos de entrega do pré-sal, trabalhadores realizam seminário sobre crise energética em Curitiba

Os trabalhadores do setor energético brasileiro não querem ficar vendo a banda passar, onde fala-se abertamente em entregar a operação do pré-sal da Petrobras às petrolíferas multinacionais. Por isso, eles realizam nesta quinta-feira (25), em Curitiba, o Seminário Regional de Energia e Saneamento no Estado do Paraná.

Na esteira dessa calorosa discussão no Congresso Nacional, que vota o PL 131/2015, nesta quarta-feira (24), de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), que abre as reservas de petróleo para a exploração das Shell e Chevron da vida, a classe pretende se posicionar frente à crise nacional nos setores energético e hídrico.

O evento, gratuito e aberto ao público, terá início às 9 horas, e é organizado pela CNTI (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria) em conjunto com o Sindenel (Sindicato dos Eletricitários de Curitiba) e pelo  Sindelpar (Sindicato dos Eletricitários no Estado do Paraná), com o apoio da UGT (União Geral dos Trabalhadores).

Os temas centrais serão: O estado atual do setor de saneamento no Brasil; Os efeitos da crise hídrica e seus reflexos no meio ambiente, no consumo e na economia brasileira; Energia elétrica, consumo e preservação/ensaio elétrico – arco voltaico; O estado atual do setor elétrico brasileiro; Os efeitos da crise energética na economia e no cotidiano.

Nesse encontro será feito um diagnóstico atual da crise hídrica e seus reflexos na economia brasileira, com o objetivo de informar e subsidiar a sociedade organizada sobre esse importante tema.

“É de vital importância a participação de líderes sindicais, comunitários, profissionais liberais, independentemente de serem ou não ligados ao setor energético, pois as consequências da falta de uma política nacional de abastecimento hídrico e energético poderá levar ao colapso de várias cadeias produtivas”, destaca o presidente do Sindenel, Alexandre Donizete Martins.

Para o presidente do Sindelpar, Paulo Sérgio dos Santos, que também preside o Conselho Estadual do Trabalho do Paraná, os profissionais do setor energético já vêm alertando o governo federal sobre os desdobramentos de uma crise de energia no país.

“Infelizmente, pouco se tem feito para modernizar as malhas de distribuição, que estão envelhecidas e que não vem acompanhando a demanda nos períodos de pico, ocasionando os tão conhecidos apagões nos grandes centros urbanos”,  alerta Paulo Sérgio.

SERVIÇO:

SEMINÁRIO SOBRE A CRISE NACIONAL NO SETOR ENERGÉTICO E HÍDRICO.

Local: HOTEL LIZON

Avenida Sete de Setembro, 2246

Data: 25 de fevereiro (quinta-feira)

Horário: 9h às 17h30

13 de outubro de 2015
por esmael
28 Comentários

Beto Richa “cochila” e usinas da Copel vão à leilão dia 6 de novembro

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) colocará em leilão no próximo dia 6 de novembro, às 10 horas, na Bolsa de São Paulo (Bovespa), duas usinas da Companhia Paranaense de Energia (Copel) — Parigot de Souza e Mourão I — cujas concessões venceram há dois anos e o governador Beto Richa (PSDB) não havia manifestado interesse em mantê-las entre o patrimônio dos paranaenses.

O edital nº 12/2015, da Aneel, prevê leilão de usinas em seis lotes (abaixo, confira a minuta do documento).

Para o leitor entender esses leilões da Copel Geração é preciso retroagir três anos, em 7 de setembro de 2012, quando a presidenta Dilma Rousseff (PT) anunciou a redução da tarifa de energia elétrica para todos os brasileiros (clique aqui para relembrar).

Em janeiro de 2013, depois de muita pressão da sociedade pela redução das tarifas, Richa anunciou assinatura de um pacto de renovação das concessões das ‘transmissões’ com o governo federal, mas deixou de fora a ‘geração’ de energia das usinas (clique aqui) — que vai à leilão no final deste mês.

A usina de Parigot de Souza, no município de Antonina, com capacidade de 260 MW, poderia atender toda a região Litoral. Ela entrou em operação em 1970 e está totalmente amortizada (paga) pelos usuários.

Já a usina Mourão I, instalada no município de Campo Mourão, também amortizada, começou operar em 1964. Sua capacidade é de 8,2 MW.

Ambas as usinas que poderão pertencer a outros grupos econômicos, inclusive privados, são considerados orgulho e obras de afirmação da engenharia paranaense. Sua perda, além do revés para a memória técnica dos profissionais, coroa a falta de planejamento do governo Beto Richa na estratégica área energética.

Não é segredo para ninguém que o governo do PSDB planeja a privatização da Copel e de outras empresa públicas, como a Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná). Várias manobras governamentais já foram tentadas para desfazer delas, mas a sociedade tem se mostrado vigilante. A última investida contra as estatais ocorreu no mês passado, quando o Palácio Iguaçu quase revogou lei que o obriga debater venda de ações na Assembleia Legislativa.

No começo deste ano, o secretário importado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, cuja missão aqui no estado é aniquilar o patrimônio de todos os paranaenses, dentre eles a Copel, admitiu que o governo tucano quer mesmo privatizar as duas companhias-símbolos do Paraná.

Confira a íntegra da

22 de setembro de 2015
por esmael
4 Comentários

Sem diálogo na Itaipu Binacional, grevistas vão até Dilma

dilma_itaipuO sindicalista Paulo Rossi, presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), seção Paraná, disse nesta terça-feira (22) que organizará uma caravana a Brasília, com trabalhadores em greve da Itaipu Binacional, para falar com a presidenta Dilma Rousseff (PT).

Segundo o dirigente da UGT, a empresa de energia se nega a receber os diretores da Sindenel (Sindicato dos Eletricitários de Curitiba). A categoria deflagrou o movimento paredista a 0h00 de hoje.

“Essa greve no setor administrativo da Itaipu, que começa hoje por tempo indeterminado, é consequência da total falta de diálogo da empresa com seus trabalhadores”, reclama o presidente do Sindenel, Alexandre Donizete Martins.

17 de setembro de 2015
por esmael
11 Comentários

Requião Filho convoca audiência pública para impedir a privatização da Copel e Sanepar

requiao_sindicatosO deputado estadual Requião Filho (PMDB) convocou uma audiência pública para a próxima segunda-feira, dia 21 de setembro, às 17 horas, na sala da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná, com o objetivo de iniciar uma mobilização da sociedade contra a privatização da Companhia Paranaense de Energia (Copel) e da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Leia mais

7 de julho de 2015
por esmael
18 Comentários

Richa vai aumentar (de novo) conta da água em 8%. A culpa será de Dilma?

Richa_Dilma_SaneparO governador Beto Richa (PSDB) deverá autorizar para setembro novo aumento na conta de água em 8%, de acordo com solicitação de revisão feita pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Neste ano há houve dois reajustes: maio (6,5%) e junho (6%). Acumulado, o tarifaço chega a 20,5%. Leia mais