2 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Cambridge Analytica, fábrica de fake news, fecha as portas no Reino Unido

Cambridge Analytica, fábrica de fake news, fecha as portas no Reino Unido

Pivô do escândalo no vazamento de dados de milhões de usuários do Facebook, a Cambridge Analytica, considerada a fábrica de fake news do mundo, anunciou nesta quarta (2) o fechamento “imediato” das portas no Reino Unido. ... 

Leia mais

13 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em URGENTE: Explosões são ouvidas em Damasco

URGENTE: Explosões são ouvidas em Damasco

Segundo relatos, explosões foram ouvidas na região de Damasco, na Síria, enquanto o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na sexta-feira que estava ordenando “lançar ataques aéreos de precisão contra a Síria”. ... 

Leia mais

4 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
20 Comentários

Parlamento do Reino Unido fica chocado com relatos da perseguição a Lula

Os advogados de Lula expuseram ao Parlamento do Reino Unido, nesta segunda-feira (4), em Londres, as perseguições jurídicas-midiáticas ao ex-presidente da República. Leia mais

27 de junho de 2016
por Esmael Morais
17 Comentários

Luiz Claudio Romanelli: A vitória da xenofobia populista no Reino Unido

Romanelli_BrexitO deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, em sua coluna desta segunda-feira (27), lamenta a decisão do eleitores britânicos pela saída da União Europeia. Para o colunista, “Brexit” foi “a vitória da xenofobia populista no Reino Unido”. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto: Leia mais

25 de junho de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Brexit significou um basta do Reino Unido ao neoliberalismo na União Europeia

temer_brexitA saída do Reino Unido da Zona do Euro representada pela sigla “Brexit” nada mais significou do que uma renúncia ao modelo de desenvolvimento neoliberal na União Europeia. Leia mais

11 de novembro de 2014
por Esmael Morais
30 Comentários

Requião: A ocupação das Malvinas pelo Reino Unido é uma agressão à  soberania da América Latina!

requiao_malvinas.jpgO Parlamento do Mercosul (Parlasul) aprovou nesta segunda-feira (10) declaração de firme respaldo! aos legítimos direitos! da Argentina na disputa com o Reino Unido pela soberania das Ilhas Malvinas, Georgias do Sul e Sandwich do Sul, além dos espaços marítimos circundantes.

Em sessão extraordinária dedicada unicamente ao tema, com a presença dos ministros de Relações Exteriores da Argentina e do Uruguai, o parlamento ressaltou o permanente interesse! dos países da região por uma solução pacífica e definitiva! para essa questão.

O senador Roberto Requião, vice-presidente do Parlasul, considerou uma questão de princípio! a aprovação da resolução reconhecendo a legitimidade da reivindicação argentina:

-Desde sempre, as Malvinas são argentinas, assim como Fernando de Noronha, Marajó, Abrolhos, Atol das Rocas e dezenas de outras ilhas de nossa costa são brasileiras. A ocupação das Malvinas, Georgias e Sandwich pelo Reino Unido é uma agressão também à  soberania continental. Nossa solidariedade à  Argentina é irrestrita, afirmou o senador. Leia mais

10 de novembro de 2014
por Esmael Morais
33 Comentários

Na presidência do Parlasul, Requião exige que Reino Unido devolva Ilhas Malvinas à  Argentina

requiao_malvinas.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR) participou no domingo, 9, em Montevidéu, no Uruguai, da mesa diretora do Parlamento do Mercosul – Parlasul – para preparar a pauta das plenárias desta segunda-feira, 10, que terão duas sessões, uma ordinária e outra extraordinária, esta para debater a questão das Ilhas Malvinas. O senador é vice-presidente do Parlasul e, no sistema de presidência rotativa, deverá assumir o comando da instituição.

Na sessão extraordinária, com a presença dos ministros das Relações Exteriores do Uruguai, Luís Almagro, e da Argentina, Héctor Timerman, o Parlasul vai debater proposta de declaração pela qual considera legítima e imprescritível soberania da República Argentina sobre as ilhas Malvinas, Geórgias do Sul, Sandwich do Sul e os espaços marítimos circundantes!.

As Ilhas Malvins, ou Falklands para os britânicos, foi tomada dos argentinos da guerra de 1982 cujos combates resultaram na morte de 649 soldados argentinos, 255 britânicos e 3 civis das ilhas. Leia mais