Soldados russos desfilam em Moscou

Rússia celebra o Dia da Vitória com desfiles e saudações nesta segunda-feira

Google News

O Dia da Vitória será tradicionalmente comemorado nas cidades russas com desfiles e fogos de artifício nesta segunda-feira (09/05). As marchas do ‘Regimento Imortal’ serão retomadas em várias regiões após dois anos do início da pandemia de coronavírus.

28 cidades russas verão desfiles militares no 77º aniversário da vitória na Grande Guerra Patriótica. Participarão mais de 65.000 pessoas e serão apresentadas cerca de 2.400 unidades de armamento e material.

Evento ‘Regimento Imortal’ acontecerá no Dia da Vitória na Rússia e no exterior

A marcha do ‘Regimento Imortal’ será realizada no Dia da Vitória em Moscou e outras cidades e vilas russas e no exterior.

A ação patriótica em massa será realizada no formato tradicional de tempo integral pela primeira vez após a pandemia, embora em algumas áreas seja realizada on-line devido à situação epidêmica ou sujeita a considerações de segurança.

A marcha onde as pessoas vão às ruas com retratos de seus mais próximos e queridos participando da Grande Guerra Patriótica está sendo realizada na Rússia em 9 de maio desde 2012. O evento foi online em 2020 e 2021 devido à pandemia de coronavírus.

O presidente russo, Vladimir Putin, tradicionalmente participava do evento em Moscou durante os anos em que estava offline.

Reino Unido introduz taxas de 35% sobre platina e paládio russos

O Reino Unido imporá tarifas mais altas de 35% na importação de certos produtos da Rússia e da Bielorrússia, incluindo platina, paládio e produtos químicos, totalizando 1,4 bilhão de libras esterlinas (US$ 1,72 bilhão), disse o governo do Reino Unido em comunicado divulgado nesta segunda-feira (09/05, no horário de Moscou).

– As sanções anunciadas hoje pelo Secretário de Comércio Internacional e pelo Chanceler do Tesouro incluem tarifas de importação e proibições de exportação”, disse o governo do Reino Unido. O volume total de importação russa e exportação do Reino Unido para a Rússia imposto a tarifas mais altas chegará a 4 bilhões de libras esterlinas (US$ 5 bilhões). Inclui proibições de exportação preparadas cobrindo mercadorias no valor de 250 milhões de libras esterlinas (US$ 310 milhões) “em setores da economia russa mais dependentes de produtos do Reino Unido, visando materiais-chave como produtos químicos, plásticos, borracha e maquinário -diz o comunicado.

– Mais de £ 4 bilhões em bens estarão agora sujeitos a sanções de importação e exportação, causando danos significativos ao esforço de guerra do [presidente russo Vladimir] Putin. Trabalhando em estreita colaboração com nossos aliados, podemos frustrar as ambições de Putin – disse o chanceler do Tesouro, Rishi Sunak.

– Esta é a terceira onda de sanções comerciais anunciadas pelo governo do Reino Unido e, excluindo ouro e energia, elevará a proporção de importações de mercadorias da Rússia atingidas por restrições para mais de 96%, com mais de 60% das exportações de mercadorias para a Rússia sob restrições totais ou parciais – observou o governo do Reino Unido. Os importadores do Reino Unido que usam importações russas são incentivados a procurar suprimentos alternativos, acrescentou.