“Bolsonaro sabe que sairá da política algemado”, diz Pimenta

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), ex-líder da bancada na Câmara, disse neste domingo que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “sabe que sairá da política algemado” devido sua ligação com a milícia. O ex-líder petista ainda deu uma dica para a Polícia Federal de como investigar a ligação de Bolsonaro com o crime organizado. “Basta … Read more

Em nota, PT afirma que “Bolsonaro tem sim de explicar suas ligações e de sua família com o mundo do crime”

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), por meio de nota, afirmou neste domingo (16) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “tem sim de explicar suas ligações e de sua família com o mundo do crime”. A dirigente petista destaca na nota que Bolsonaro é “viciado em mentir” e ela relaciona os … Read more

Gilmar sobre pacote anticrime de Moro: mão de obra barata para o PCC

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou indiretamente o projeto de superencarceramento do ministro da Justiça Sérgio Moro, o pacote anticrime, que cuja essência é prender mais pessoas –sobretudo os mais pobres e pretos. Sem citar diretamente Moro, o magistrado da corte suprema disse em entrevista ao UOL que a proposta de … Read more

As coincidências de Bolsonaro com o crime organizado, segundo Jandira Feghali

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), pelo Twitter, registrou as coincidências da proximidade do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com o crime organizado. Diz a parlamentar: 1- Vizinho de Bolsonaro [milícia] é preso envolvido na morte de Marielle; 2- Ex-assessor do filho [Queiroz] é investigado por esquema de lavagem de dinheiro; e 3- Militar da comitiva de … Read more

Bolsonaro desautoriza líder no Senado; acompanhe ao vivo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) desautorizou o seu líder no Senado, Major Olímpio (PSL-SP), ao entregar carta ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pedindo que a votação pela Casa da medida provisória 870 ocorra do jeito que veio da Câmara dos Deputados. Major Olímpio vinha dizendo que pretendia modificar o texto para assegurar que … Read more

Folha destaca fiasco da missão Moro no Ceará

Editorial da Folha de S. Paulo, nesta segunda-feira (28), registra o fiasco da primeira missão do ministro da Justiça, Sérgio Moro, de debelar ações de grupos criminosos no estado do Ceará. Segundo o jornalão paulistano, o reforço policial e a Força Nacional — enviada no começo deste mês por Moro — estão longe de sufocar … Read more

PCC pode atacar no Paraná, alerta policial federal

A policial federal Bibiana Orsi, presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Paraná, alerta às autoridades que o PCC (Primeiro Comando da Capital) poderá lançar ondas de ataques no estado a exemplo do que ocorreu em Minas Gerais. Segundo a agente federal que, até a semana passada atuava em Foz do Iguaçu, o Paraná é … Read more

Beto Richa esvazia “caneta” de secretário da Segurança Pública

Numa tentativa de debelar a crise que castiga a Segurança Pública, governador Beto Richa decide esvaziar a caneta! do secretário Cid Vasques !“ que está em férias; a partir de agora, Procuradoria-Geral de Justiça e o governador do Estado, e não mais Gaeco e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), vão definir os policiais que participarão de força-tarefa contra o crime organizado no Paraná; MP havia dado ultimato, até hoje, para solução do impasse envolvendo rodízio de agentes no órgão que atua como braço policial dos promotores de Justiça.
Numa tentativa de debelar a crise que castiga a Segurança Pública, governador Beto Richa decide esvaziar a caneta! do secretário Cid Vasques !“ que está em férias; a partir de agora, Procuradoria-Geral de Justiça e o governador do Estado, e não mais Gaeco e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), vão definir os policiais que participarão de força-tarefa contra o crime organizado no Paraná; MP havia dado ultimato, até hoje, para solução do impasse envolvendo rodízio de agentes no órgão que atua como braço policial dos promotores de Justiça.
O governador Beto Richa (PSDB) resolveu diminuir as atribuições do secretário de Estado da Segurança Pública (SESP), Cid Vasques, nesta quinta (30), ao transferir a prerrogativa de indicação de policiais que prestam serviço no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Por meio de nota (clique aqui), o Ministério Público afirma que a escolha dos agentes, a partir de agora, é competência da Procuradoria-Geral de Justiça e o governador do Estado, “e não mais Gaeco e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp)”.

Segundo fontes do blog no Palácio Iguaçu, Vasques está em férias em Paris. Ao ser informado pelo telefone do entendimento entre MP e Richa, o secretário teria ficado irritado.

O MP, que é chefiado no Paraná pelo procurador Gilberto Giacoia, havia dado um ultimado ao governador para que definisse o imbróglio sob pena de extinção do Gaeco. A crise entre SESP e MP teria se aprofundado em virtude da guerra de liminares visando garantir Vasques no cargo.

De acordo com a mesma fonte palaciana, o secretário estaria ganhando tempo — e enrolando o MP — até sua aposentadoria no mês de abril, pois Vasques também é promotor de Justiça do MP.

A guerra entre MP e SESP inciou no ano passado quando o secretário da Segurança determinou a implantação de rodízio na escolha de policiais do Gaeco. O órgão, que funcional como braço policial dos promotores, acusam Vasques de agir contra as investigações e por isso pediu que não fosse renovada sua licença no MP para continuar na pasta.

A seguir a íntegra da nota do MP:

Read more

Em nota, jornal de tucano põe culpa em Dilma pela ação do PCC em Cascavel

Jornal Hoje, de propriedade do tucano Alfredo Kaefer, sempre tem dado destaque à  questão da segurança em Cascavel e na fronteira, como na edição de 3 de janeiro deste ano; direção do diário, em nota, nega que governador Beto Richa (PSDB) tenha perdido o controle da segurança pública e coloca o surgimento do Primeiro Comando da Capital (PCC) na conta do governo da presidenta Dilma Rousseff; "Se tem algum culpado nesta história é o governo federal que faz de conta que nossa fronteira está segura e controlada", diz jornal do tucano; leia a nota.
Jornal Hoje, de propriedade do tucano Alfredo Kaefer, sempre tem dado destaque à  questão da segurança em Cascavel e na fronteira, como na edição de 3 de janeiro deste ano; direção do diário, em nota, nega que governador Beto Richa (PSDB) tenha perdido o controle da segurança pública e coloca o surgimento do Primeiro Comando da Capital (PCC) na conta do governo da presidenta Dilma Rousseff; “Se tem algum culpado nesta história é o governo federal que faz de conta que nossa fronteira está segura e controlada”, diz jornal do tucano; leia a nota.
Recebi nota da direção dos jornais O Paraná e Hoje, de Cascavel, negando que matéria publicada nesta segunda (4), sobre a atuação do Primeiro Comando da Capital (PCC), tenha afirmado que o governador Beto Richa (PSDB) tenha perdido o controle da segurança pública na área de fronteira (clique aqui).

“Se tem algum culpado nesta história é o governo federal que faz de conta que nossa fronteira está segura e controlada”, diz trecho da nota assinada por Emilio Fernando Martini, diretor administrativo dos jornais que pertencem ao deputado federal Alfredo Kaefer (PSDB).

“… ficamos preocupados quando querem nos usar tanto como meio de comunicação como também utilizando o nome do deputado Alfredo Kaefer, que não está no dia a dia do jornal e portanto não é o responsável direto pelo editorial desta e de outras matérias que o jornal realiza de forma investigativa”.

Na manhã desta segunda, o blog afirmou que “o insuspeito Jornal Hoje, de Cascavel, no Oeste do Paraná, traz reportagem de Juliet Manfrin sobre a instalação do PCC (Primeiro Comando da Capital) na região da tríplice fronteira (Brasil, Paraguai e Argentina). Na prática, o jornal, de propriedade do deputado federal tucano Alfredo Kaefer (PSDB), denuncia o que todos os paranaenses já sabem faz tempo: Beto Richa (PSDB) perdeu o controle da Segurança Pública. Enquanto o pau canta na fronteira, o tucano visita New York, New York!¦ (clique aqui)”.

A seguir, leia a íntegra da nota enviada pela direção do jornal:

Read more