17 de abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em STF não autoriza transmissão ao vivo de julgamento de Aécio Neves pela internet

STF não autoriza transmissão ao vivo de julgamento de Aécio Neves pela internet

Diferentemente de como procedeu no caso Lula, o STF não autorizou a transmissão ao vivo, via internet, do julgamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal. Leia mais

13 de outubro de 2016
por esmael
36 Comentários

Alvaro Dias pede mais transparência no BNDES

alvaro_bndesO senador Alvaro Dias (PV-PR), em sua coluna de hoje (13), afirma que o contribuinte brasileiro porque acaba subsidiando a diferença entre o juro pago pelo governo e o juro pago pela empresa beneficiada com empréstimo do BNDES. O parlamentar pede fim ao sigilo das transações entre o banco e nações. “Não há por que não conferir publicidade a esses atos da Administração Pública”, advoga Alvaro.

17 de junho de 2016
por esmael
13 Comentários

Bruno Meirinho: Não basta ao prefeito ser ético, é preciso que ele seja transparente

fruet_meirinhoBruno Meirinho (PSol), em sua coluna desta sexta (17), defende o empoderamento dos curitibanos para decidir os destinos da cidade. Segundo ele, o atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) se destaca pelo “notável imobilismo” e que se sustenta com a imagem “ética” percebida pela opinião pública, que, ainda de acordo com o colunista, teme os ratos, cobras e lagartos, enfim, “a turma da mão grande”.

Meirinho acusa a gestão pedetista pela falta de transparência, pois, de acordo com ele, as caixas pretas ainda precisam ser abertas. É nesse contexto que o articulista sugere que a Prefeitura de Curitiba se abra à participação popular. Para Meirinho, não basta o prefeito ser ético, é preciso que ele também seja transparente. Leia, comente, compartilhe a íntegra do texto abaixo:

16 de junho de 2016
por esmael
29 Comentários

Com 3 ministros a menos, Temer pode pedir música para o Fantástico?

temer_queda_ministrosOriginalmente, a pergunta veio pelo leitor “Olho do Paraná”. Pelo twitter, ele indagou ao Blog do Esmael: “@esmaelmorais 3 ministros em um mês de governo, vale pedir música no Fantástico?”.

Pela regra do programa dominical da Globo, no artigo 359, o interino Michel Temer (PMDB) também tem direito a pedir música no Fantástico toda vez que caem três ministros.

16 de junho de 2016
por esmael
17 Comentários

Cai o terceiro ministro interino de Michel Temer. Agora só falta “elle” sair

henrique-alves-michel-temerO ministro interino do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), pediu demissão do cargo nesta quinta-feira (16). Ex-presidente da Câmara, ele foi denunciado ao Supremo como articulador de recursos desviados da Petrobras em troca de favores para a empreiteira OAS.

O delator Sérgio Machado (PSDB), o ex-presidente da Transpetro, confirmou que repassou ao ministro R$ 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014.

Machado também delatou o interino Michel Temer (PMDB) que, hoje, depois de muito titubear, fez um pronunciamento negando as acusações de que teria pedido propina para a campanha de Gabriel Chalita (PMDB) na eleição à Prefeitura de São Paulo, em 2012.

30 de maio de 2016
por esmael
11 Comentários

Dilma tira casquinha de golpistas: nunca tivemos um ministro da CGU afastado

dilma_rousseff_unb

A presidente eleita Dilma Rousseff tirou uma casquinha dos golpista na noite desta segunda-feira (30), em Brasília, durante lançamento do livro “A Resistência ao Golpe de 2016”. No discurso ela comparou o governo provisório de Michel Temer (PMDB) com o seu, interrompido pelo golpe: “segundo ministro interino se afasta; nunca tivemos o ministro da Controladoria Geral afastado”, disse ela, referindo-se à demissão nesta noite do ministro Fabiano Silveira. Abaixo, leia matéria completa do Brasil 247:

30 de maio de 2016
por esmael
9 Comentários

Ministro da (in)Transparência de Temer é barrado pelos funcionários; assista

O ministro da (in)Transparência, Fabiano Silveira, que responde interinamente pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle (antiga CGU), foi barrado na manhã desta segunda (30) pelos funcionários da pasta.

18 de fevereiro de 2016
por admin
6 Comentários

Coluna do Requião Filho: Transparência X Beto Richa

Download áudio

Requião Filho*

Tem coisas que não se misturam, não se completam ou não se combinam, como água e óleo, Deus e o diabo e o grande exemplo paranaense “Beto Richa e a Transparência”.

Há quem acredite que transparência é só portal da transparência, mas é algo bem mais amplo e envolve, principalmente, as contas do Estado.

Vejam só o famigerado Caixa Único-CU, que mistura em uma mesma conta praticamente todas as verbas do Estado, fazendo uma verdadeira lambança com o dinheiro público. Até mesmo o próprio Governador, recentemente, se disse surpreso por ter o Tribunal de Contas conseguido desvendar a destinação para a empresa Valor, investigada pelo GAECO, do dinheiro excedente devolvido pela ALEP.

Estaria Beto Richa realmente surpreso com a capacidade do TCE-PR desvendar os obscuros caminhos do Caixa Único, ou por não ter dado certo o seu plano de construir um labirinto contábil??!!

Da eventual surpresa do Governador só se tem uma certeza: a de que o Caixa Único foi inventado para por fim à transparência, criando um regime sombrio sobre as contas do Estado.

No discurso de ontem, como novo Líder da Oposição, demonstrei que o Estado do Paraná se vale de todos os meios para dificultar, quiçá esconder seus atos, e não mede esforços para conseguir o seu intento, exemplos claros foram alguns dos diversos vetos encaminhados pelo Governo, que pisoteiam tanto na autonomia quanto no poder de fiscalização da ALEP.

Seja o que for, venha da forma que vier, com os empecilhos, armadilhas e obstáculos inimagináveis, não interessa! Vamos continuar, sem medo, questionando, fiscalizando e denunciando as contas e os atos do Governo Estadual!

*Requião Filho é advogado, deputado estadual pelo PMDB e líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, especialista em políticas públicas.

4 de janeiro de 2016
por admin
Comentários desativados em Coluna do João Arruda: Redes sociais, JoãoTV, e a política às claras

Coluna do João Arruda: Redes sociais, JoãoTV, e a política às claras

Download áudio

João Arruda*

As redes sociais se consolidaram como veículos eficientes de aproximação entre as pessoas. Isso vale, também, para políticos e eleitores. Ferramentas surgem de tempo em tempo para estreitar ainda mais esses contatos. Todos ganham. Quem tem mandato pode prestar conta do que faz diariamente. Já o eleitor pode sugerir, fiscalizar e cobrar diretamente aquele que elegeu. É uma relação que pede respeito e bom senso. Quando isso acontece, faz muito bem à democracia.

O uso adequado das redes sociais leva o político que se pauta pela seriedade a praticar transparência. É por isso que sou um entusiasta desse modelo de relacionamento com meus eleitores e simpatizantes. Tanto que resolvi criar a JoãoTV, um canal de vídeo para contato ao vivo com meus seguidores do Facebook. A estreia, mesmo com improviso, mostrou a força da ferramenta para essa aproximação sem intermediários.

A JoãoTV consiste em realizar transmissões ao vivo para todos os seguidores da minha ‘fanpage’ no Facebook. Minha ideia é apresentar um programa semanal de uma hora e, em outros momentos, entradas e inserções a partir de diferentes pontos, no Congresso Nacional, nas cidades que visito pelo interior do Paraná, eventos, solenidades, seminários, inaugurações, debates, manifestações e reuniões do meu partido.

Quero ir além da mera prestação de contas, até porque dar satisfação sobre as atividades parlamentares é um dos meus deveres como deputado. Minha ideia é explicar projetos, além de comentar e me posicionar sobre assuntos que movimentam o País, o Paraná, e os 399 municípios do nosso estado.  Quem curtir ou já curtiu a minha página será sempre avisado antes de cada transmissão e poderá participar com perguntas, comentários, sugestões e críticas.

Isso me torna ainda mais acessível aos quase 178 mil eleitores de todo o Paraná que estiveram comigo em 2014 e de todos que quiserem participar de um bom debate. Quem não estiver junto com eles, ao vivo pela JoãoTV, saberá aonde estou e o que estou fazendo. Ser votado em mais de 350 municípios e manter contato com todos é sempre um desafio.

Esse nível de relação é um avanço desses tempos em que vivemos conectados. Aliás, cabe lembrar que, quando fui presidente da comissão especial que analisou do Marco Civil da Internet, trabalhei pelo princípio de neutralidade da rede, afinal, ela deve ser igual para todos. O usuário paga pela velocidade de acesso, não pelo que acessa.

É um mundo novo. Não há mais distâncias. Tudo ficou ao alcance de um clique. No Brasil, o uso

19 de agosto de 2015
por esmael
4 Comentários

Aprovado pedido de Veneri para que deputados tenham acesso ao Siafi

richa_veneri

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade na sessão desta quarta (19) pedido do líder da oposição, deputado Tadeu Veneri (PT), para que a Secretaria da Fazenda disponibilize aos parlamentares acesso irrestrito aos sistemas de execução orçamentária e financeira utilizados pelo governo estadual, Siafi e e-COP. Leia mais

22 de novembro de 2013
por esmael
6 Comentários

Coluna do Ricardo Mac Donald: “Celular: utilidade ou escravidão?”

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, dá um mergulho filosófico na evolução da tecnologia; "Celular é utilidade ou escravidão?", provoca, para logo em seguida revelar que pesquisa recente, ao perguntar como os cidadãos curitibanos obtêm informações da prefeitura, pela primeira vez o número telefônico 156, com 19%, perdeu para a internet que atingiu 21%; colunista destaca a internet e o celular na transparência de governos; capitão do time do prefeito Gustavo Fruet (PDT) também observa que avanços tecnológicos transformam pessoas em meio homens - meio máquinas!; ao final, ele propõe um desafio: fique 24 horas sem celular e internet e saberá como a vida era há 30 anos!; leia o texto.

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, dá um mergulho filosófico na evolução da tecnologia; “Celular é utilidade ou escravidão?”, provoca, para logo em seguida revelar que pesquisa recente, ao perguntar como os cidadãos curitibanos obtêm informações da prefeitura, pela primeira vez o número telefônico 156, com 19%, perdeu para a internet que atingiu 21%; colunista destaca a internet e o celular na transparência de governos; capitão do time do prefeito Gustavo Fruet (PDT) também observa que avanços tecnológicos transformam pessoas em meio homens – meio máquinas!; ao final, ele propõe um desafio: fique 24 horas sem celular e internet e saberá como a vida era há 30 anos!; leia o texto.

por Ricardo Mac Donald*

Lembro que, na década de 90, os primeiros celulares eram um tijolão! que não cabia no bolso e precisavam ficar um tempão na tomada para carregar a bateria. Leia mais