14 de abril de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Romanelli: A lava jato tem que abrir o acordo de leniência com o pedágio

Romanelli: A lava jato tem que abrir o acordo de leniência com o pedágio

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) cobra da lava jato a abertura das cláusulas do acordo de leniência, de R$ 1,25 bilhão, com as concessionárias de pedágio Viapar e Rodonorte, ambas denunciadas no âmbito da Operação Anel da Integração. ... 

Leia mais

20 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em TJ-SP absolve João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, no caso Bancoop

TJ-SP absolve João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, no caso Bancoop


Desembargadores da 16ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) rejeitaram por unanimidade nesta terça-feira (19) recurso do Ministério Público e mantiveram a absolvição do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto por suposto crime de estelionato em empreendimentos da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), entre eles do Condomínio Solaris, no Guarujá – alvo da primeira condenação do ex-presidente Lula. ... 

Leia mais

29 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Engenheiros que atestaram segurança da barragem em Brumadinho são presos

Engenheiros que atestaram segurança da barragem em Brumadinho são presos

Dois engenheiros que prestaram serviços à Vale e atestaram a segurança da barragem que rompeu em Brumadinho (MG) foram presos na manhã desta terça-feira (29) em São Paulo.  ... 

Leia mais

22 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT cobra agilidade do Judiciário e do Ministério Público no caso Queiroz-Bolsonaro

PT cobra agilidade do Judiciário e do Ministério Público no caso Queiroz-Bolsonaro

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e o líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), destacaram, logo após reunião com deputados e senadores da legenda, nesta segunda-feira (21), que o partido espera celeridade na posição do Judiciário e do Ministério Público sobre os escândalos que envolvem a família Bolsonaro e Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), acusados de receberem depósitos sem origem identificada em suas contas correntes.

LEIA TAMBÉM:

“Bandeira do Brasil não é para enxugar a cara de malandro”, diz Requião ... 

Leia mais

18 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Assessoria de Lula publica nota sobre novo trecho da delação de Palocci

Assessoria de Lula publica nota sobre novo trecho da delação de Palocci

A assessoria do ex-presidente Lula publicou uma nota nas redes sociais refutando as novas acusações divulgadas nesta quinta-feira (17).

Segundo a nota, em nenhuma das delações feitas no âmbito da operação Lava Jato foram apresentadas provas. Isso inclui a delação do ex-ministro Antonio Palocci.

LEIA TAMBÉM:

A coisa “tá feia” para os Bolsonaro; solta mais uma acusação contra o Lula ... 

Leia mais

9 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Família Queiroz, ‘parça dos Bolsonaros’, foge do Ministério Público e de depoimentos

Família Queiroz, ‘parça dos Bolsonaros’, foge do Ministério Público e de depoimentos


Os familiares de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro citado em relatório do Coaf por movimentações suspeitas de R$ 1,2 milhões, e que também depositou R$ 24 mil na conta da esposa de Jair Bolsonaro, faltaram ao depoimento agendado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro na terça (8). O MP já estuda autorizar a quebra do sigilo bancário e fiscal dos envolvidos.

No dia em que seus familiares não compareceram ao MP-RJ, Queiroz recebeu alta do hospital Albert Einsten, conforme publicou o site Poder 360. Ele mesmo deixou de comparecer duas vezes à depoimentos, nos dias 19 e 21 de dezembro, afirmando que teve problemas de saúde e divulgou ter sido internado no dia 30.

É curioso que, apesar de não prestar esclarecimentos à Justiça, Queiroz tem conversado com diversos meios de comunicação. No dia 26 de dezembro deu entrevista para o SBT, na qual não respondeu a nenhum dos questionamentos sobre as movimentações financeiras suspeitas. Nesta terça ele ainda deu entrevista ao Estadão, reclamando que foi tratado como “se fosse o pior bandido do mundo”.

Flávio Bolsonaro tão pouco respondeu ao convite feito pelo MP-RJ para prestar depoimento, que está previsto para a próxima quinta-feira (10).

Com o não comparecimento de Queiroz e seus familiares, o MP-RJ já estuda a quebra do sigilo bancário. Em nota, o órgão informa que “a prova documental encaminhada pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) ao MPRJ tem informações que permitem o prosseguimento das investigações, com a realização de outras diligências de natureza sigilosa, inclusive a quebra dos sigilos bancário e fiscal”.

Além de trabalhar no gabinete de Flávio, Queiroz é amigo pessoal de Jair Bolsonaro. Em 2013, postou em seu perfil no Instagram uma foto com o militar, pescando.

*Com Agência PT de notícias Leia mais

7 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministério Público pede cassação de Fernando Francischini

Ministério Público pede cassação de Fernando Francischini


O Ministério Público Eleitoral (MPE-PR) protocolou nesta segunda-feira (7) uma representação contra o deputado estadual ‘bolsonarista’ Fernando Francischini (PSL) pedindo a cassação do seu mandato por captação e gasto ilícito de recursos durante a campanha.

Segundo o documento do MPE, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) constatou “graves irregularidades” nas contas de campanha do deputado eleito, “indicando gastos não quitados” como a promoção de um lauto jantar no restaurante Irmãos Madalosso, no valor de valor de R$ 74.290,00.

A lei eleitoral em vigor proíbe a “produção ou patrocínio eventos promocionais de candidatura”, por considerar uma ação de compra de votos. “Desta forma, a estratégia de livre distribuição de alimentos e bebidas como forma de arregimentar eleitores para participação em comícios mostra-se ilícita”, ressalta a promotoria. Leia mais

22 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em João de Deus salva Bolsonaro

João de Deus salva Bolsonaro

Leitores adeptos da teoria da conspiração afirmam que os escândalos de corrupção dos Bolsonaro estão sendo abafados pela mídia com o caso do médium João de Deus.

“[…] penso é que este escândalo do médium João [de Deus] vem numa hora muito boa para desviar a população dos assuntos relacionados às corrupções do [futuro] governo Bolsonaro”, pede para registrar uma leitora.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro estuda proibir ‘molhar o bico’ e sexo antes do casamento ... 

Leia mais

20 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Futuro ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro é condenado pela Justiça

Futuro ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro é condenado pela Justiça

O futuro ministro do Meio Ambiente do governo de Jair Bolsonaro (PSL), o advogado Ricardo Salles, foi condenado nesta quarta-feira (19) por improbidade administrativa e teve os direitos políticos suspensos por três anos. A decisão é do juiz Fausto José Martins Seabra, da 3ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo.

LEIA TAMBÉM:

Toffoli mantém Lula preso ... 

Leia mais

17 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Fux ‘enganou um bobo na casca do ovo’ porque o CNJ vai recriar auxílio-moradia

Fux ‘enganou um bobo na casca do ovo’ porque o CNJ vai recriar auxílio-moradia

Sabe aquela provocação ‘enganei um bobo na casca do ovo’? Pois é, parece que o ministro do STF Luiz Fux se utilizou deste expediente para aumentar o salário da casta.

Após Michel Temer sancionar o aumento salarial para os ministros do STF de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil, Fux “revogou” o auxílio-moradia no fim de novembro.

LEIA TAMBÉM

Fachin mentiu ao dizer que o STF é maior que a lava jato ... 

Leia mais

15 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em ONG fundada por ministra que ‘viu Jesus no pé de goiaba’ é alvo do Ministério Público

ONG fundada por ministra que ‘viu Jesus no pé de goiaba’ é alvo do Ministério Público

A futura ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, é fundadora de uma ONG — a Atini (Voz Pela Vida) — que é investigada pelo Ministério Público por tráfico e sequestro de crianças e incitação ao ódio contra indígenas.

De acordo com a Folha, que obteve acesso a ações contra a entidade, a Polícia Federal pediu em 2016 informações à Funai (Fundação Nacional do Índio) sobre supostos crimes de “tráfico e exploração sexual” de indígenas.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro visita Silvio Santos e anuncia corte de publicidade na Globo ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Empresário fez ‘delação do fim do mundo’ no Paraná

Empresário fez ‘delação do fim do mundo’ no Paraná

O empresário Joel Malucelli um dos alvos da Operação Rádio Patrulha, do Gaeco no Paraná, fez delação considerada ‘fim do mundo’ por promotores do Ministério Público.

LEIA TAMBÉM

Novo presidente do TCU agradece Lula na posse em frente a Moro e Paulo Guedes ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ex-assessor de Flávio Bolsonaro vive em casa simples, então siga o dinheiro…

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro vive em casa simples, então siga o dinheiro…

Segundo reportagem d’O Globo, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, que movimentou atipicamente R$ 1,2 milhão, mora em uma casa muito simples e não ostenta sinais de riqueza — apesar da conta bancária rechonchuda.

LEIA TAMBÉM

Moro faz silêncio sobre escândalo de Bolsonaro; políticos cobram posição ... 

Leia mais

6 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro preocupado com depoimentos de Adélio Bispo, autor da facada

Bolsonaro preocupado com depoimentos de Adélio Bispo, autor da facada

Jair Bolsonaro pediu para ser assistente de acusação do Ministério Público, autor da ação penal pública contra Adélio Bispo, que deu a facada no presidente eleito durante a campanha.

LEIA TAMBÉM

Gilmar Mendes mantém decisão que proibiu entrevista de Adélio Bispo à Veja ... 

Leia mais

30 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Raquel Dodge tenta manter o auxílio moradia para o MP

Raquel Dodge tenta manter o auxílio moradia para o MP

Foto de Michael Melo/Metrópoles

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu ao Supremo Tribunal Federal na tentativa de manter o auxílio moradia para o Ministério Público.

Ela usou argumento processual, ou seja, não discute o mérito da questão, de que o auxílio é uma vergonha para o poder judiciário como um todo.

LEIA TAMBÉM:

STF revoga liminar que garante auxílio-moradia para juízes ... 

Leia mais

30 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Promotores “pró-sociedade” defendem censura, redução da idade penal e fim das cotas

Promotores “pró-sociedade” defendem censura, redução da idade penal e fim das cotas

Promotores de Justiça e procuradores da República estão realizando nesta quinta e sexta (29 e 30) o primeiro Congresso Nacional do coletivo “Ministério Público Pró-Sociedade”, em Brasília (DF). Eles defendem ideias conservadoras como a “escola sem partido”, o encarceramento em massa e redução da idade penal.

LEIA TAMBÉM:

Dallagnol sai em defesa de promotor que chamou Gilmar Mendes de “laxante” ... 

Leia mais

27 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Tradicional Escola de Minas Gerais é alvo de tentativa de censura pelo MP

Tradicional Escola de Minas Gerais é alvo de tentativa de censura pelo MP

Uma tradicional escola católica de Belo Horizonte (MG), o Colégio Santo Agostinho, está respondendo a um processo na Justiça por causa de supostas aulas que falavam sobre a chamada “ideologia de gênero” a alunos das 3ª e 6ª.

É um reflexo na prática de como a o projeto “Escola sem Partido” pode causar estragos mesmo antes de ser aprovado.

LEIA TAMBÉM:

‘Escola Sem Partido’ é rejeitada por 150 entidades de 87 países ... 

Leia mais

19 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Presidente da Renault, Carlos Ghosn, é preso no Japão

Presidente da Renault, Carlos Ghosn, é preso no Japão

O brasileiro Carlos Ghosn, presidente da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, foi preso nesta segunda-feira (19) no Japão.

De acordo com informações com a Nissan, Ghosn caiu por sonegação de imposto de renda e outros malfeitos não revelados pela montadora

“Além disso, se tratando de Ghosn, numerosos outros atos de conduta errônea foram descobertos, como uso pessoal dos ativos da companhia. A Nissan está fornecendo informação aos promotores públicos do Japão e está cooperando com as investigações”, diz um trecho da nota.

Diferente de procuradores brasileiros, membros do Ministério Público japonês se negaram a exibir um powerpoint do executivo investigado.

Paraná, de novo, no olho do furacão

O presidente da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi é um sujeito bastante conhecido no Paraná e da velha mídia paranaense. Em outubro de 2011, por exemplo, Carlos Ghosn e o então governador Beto Richa (PSDB) assinaram protocolo para enquadrar novo investimento da montadora francesa no programa Paraná Competitivo.

Ato contínuo, em abril deste ano, antes de ser preso em setembro,

o tucano foi acusado pelo Ministério Público de receber R$ 5 milhões em propina ... 

Leia mais

9 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PSOL critica aumento dos salários dos juízes, MP e parlamentares

PSOL critica aumento dos salários dos juízes, MP e parlamentares


O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)criticou o aumento dos juízes aprovado pelo Supremo Tribunal Federal(STF), na última quarta-feira(7), que terá um efeito cascata na receitas da União e dos Estados. Segundo a nota assinada pelos integrantes da bancada do partido na Câmara de Deputados, o aumento ocorre “em meio a uma das maiores crises econômicas do país, na qual o governo federal vem impondo ao conjunto da sociedade um cruel programa de contingenciamento de gastos nas mais diversas áreas sociais”. A legenda defende a rejeição da medida no Congresso Nacional. Leia a íntegra da nota.

Nota da bancada do PSOL contra o aumento dos salários de juízes, membros do MP e parlamentares

Em meio a uma das maiores crises econômicas da história brasileira, na qual o governo federal vem impondo ao conjunto da sociedade cruel programa de contingenciamento de gastos nas mais diversas áreas sociais, como educação, saúde, segurança alimentar e saneamento básico, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira (07), por 7 votos a 4, incluir no orçamento de 2019 a previsão de reajuste salarial de 16,38% para os ministros da Corte. Atualmente em R$ 33,7 mil, o salário dos ministros ultrapassará R$ 39 mil. Em seguida, o Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) também aprovou, por unanimidade, proposta com reajuste de 16,38% para todos os procuradores da República. Além dos altos salários, essas categorias são beneficiadas com inúmeras verbas extras que violam o teto constitucional.

Estima-se que tais aumentos, se aprovadas pelo Congresso Nacional, culminarão em um efeito cascata que pode gerar uma fatura extra de até R$ 4 bilhões, a ser dividida entre os poderes da União e dos Estados. Destaque-se que a grande maioria dos servidores públicos tem remuneração defasada e não será beneficiada por tal medida, ampliando a desigualdade salarial no serviço público. Para se ter uma ideia, o piso dos professores com jornada de 40 horas semanais é de apenas R$ 2.455,35.

A situação se torna ainda mais grave quando levamos em consideração a vigência do teto que congela gastos públicos por um período de vinte anos. Por conta do teto, a elevação desses subsídios acarretará contingenciamento de gastos sociais para todo o conjunto da população, que já vem sendo duramente penalizado pelo cruel programa de austeridade em curso no país. O STF, inclusive, não se manifestou sobre as inúmeras ações que questionam a constitucionalidade da emenda do teto, contribuindo para os seus efeitos perversos.

É sintomático notar que, ao mesmo tempo que se cogita elevar o salário dos ministros do Supremo, o governo ilegítimo de Michel Temer tenta impor um corte de pelo menos R$ 580 milhões no orçamento da CAPES para o ano de 2019, o que paralisaria a pesquisa científica no Brasil.

O aumento dos subsídios ainda terá que ser votado e aprovado pelo Congresso Nacional. Diante disso, a bancada do PSOL na Câmara dos Deputados reafirma o seu compromisso com o combate aos privilégios e se posicionará contra o aumento dos subsídios dos membros do Ministério Público, da magistratura e dos parlamentares.

Bancada do PSOL na Câmara
Deputado Ivan Valente (SP)
Deputado Chico Alencar (RJ)
Deputado Edmilson Rodrigues (PA)
Deputado Glauber Braga (RJ)
Deputado Jean Wyllys (RJ)
Deputada Luiza Erundina (SP) Leia mais

28 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lava jato faz boca de urna

Lava jato faz boca de urna

O partido da lava jato fez boca de urna no Paraná, Rio, Goiás, Amapá, dentre outras localidades no país.

O Ministério Público se consolidou nesta eleição como partido político, embora [ainda] não tenha registro no TSE.

Nunca o MP teve tanto protagonismo numa disputa eleitoral como em 2018. Apareceu mais que muitos candidatos.

Leia mais