23 de março de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Casa de Saúde Indígena do DF vive o caos no governo Bolsonaro

Casa de Saúde Indígena do DF vive o caos no governo Bolsonaro

A Casa de Saúde Indígena (Casai) do Distrito Federal está localizada em Sobradinho a cerca de 30 km do Palácio do Planalto. A instituição vive o completo abandono do governo. Está sem recursos mínimos para funcionar e os funcionários estão com os salários atrasados. ... 

Leia mais

6 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro vai encerrar ‘Mais Médicos’ e deixar milhões sem acesso à saúde

Bolsonaro vai encerrar ‘Mais Médicos’ e deixar milhões sem acesso à saúde

O governo de Jair Bolsonaro (PSL), após uma campanha difamatória contra os médicos cubanos, anunciou que vai acabar com o programa Mais Médicos. Com isso, cerca de 4 mil municípios perderão profissionais que fazem o atendimento pelo Sistema Único de Saúde. ... 

Leia mais

16 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ricardo Barros na mira do Ministério Público Federal

Ricardo Barros na mira do Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal está processando o ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), por improbidade administrativa.

Segundo MPF, houve favorecimento a empresas que não tinham histórico de prestação de serviços na área causando falta de remédios para centenas de pacientes. 14 pessoas morreram.

Além de Barros, quatro servidores do ministério também estão sendo processados.

“O que causa espanto, neste caso – de aquisição do tipo emergencial para cumprir decisões judiciais diversas – é que os requeridos tenham optado por contratar empresa que, ao que tudo indicava, não poderia cumprir o contrato e, ainda que posteriormente demonstrada esta impossibilidade, não tenham logo adotado as medidas de sua competência para sanar os vícios dessa contratação”, disse a procuradora da República Luciana Loureiro, autora da ação.

A ação pede que os envolvidos devolvam quase R$ 20 milhões; além da perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos.

As informações são do Portal G1. Leia mais

11 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mais Médicos: 1.462 profissionais não se apresentaram aos municípios

Mais Médicos: 1.462 profissionais não se apresentaram aos municípios

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (11) um balanço que informa que 1.462 profissionais com registro no Brasil e inscritos na segunda chamada do Programa Mais Médicos não se apresentaram nas localidades escolhidas.

De acordo com a pasta, 1.087 profissionais se apresentaram aos municípios no prazo definido – entre 7 e 10 de janeiro.

A próxima chamada do programa está prevista para ocorrer nos dias 23 e 24, quando brasileiros graduados no exterior terão a chance de selecionar municípios de alocação pelo site do programa.

Nos dias 30 e 31 de janeiro, médicos estrangeiros poderão acessar o sistema e optar por localidades com vagas em aberto.

Com informações da Agência Brasil
Leia mais

7 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministério da Saúde apela aos médicos cubanos que ficaram no Brasil e propõe ‘novo Revalida’

Ministério da Saúde apela aos médicos cubanos que ficaram no Brasil e propõe ‘novo Revalida’


O Ministério da Saúde, do governo Bolsonaro, iniciou um operação de busca para localizar os médicos cubanos que ficaram no Brasil, após o anúncio do fim do programa Mais Médicos. Uma das medidas em estudo pelo governo é a criação de um “novo Revalida”, a medida conta com apoio da Associação Médica Brasileira e do Conselho Federal de Medicina (CFM).

A secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, responsável pelo desmonte do programa Mais Médicos no governo de Bolsonaro, é a célebre pediatra cearense que vaiou e xingou os médicos cubanos.

Mayra tem feito apelos insistentes e até carinhosos para os “colegas” e irmãos” cubanos para que se apresentem e participem do programa reformulado. Segundo informou, a ideia é transformar o atual programa Mais Médicos em um programa chamado Mais Saúde, adicionando outros profissionais além do médico nas vagas hoje custeadas pelo governo federal.

Mayra, agora, apela desesperadamente para os médicos cubanos na tentativa de preencher as mais de 30% de vagas abertas e não ocupadas pelos médicos brasileiros. Leia mais

20 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mais Médicos: Quase três mil vagas ainda não foram preenchidas

Mais Médicos: Quase três mil vagas ainda não foram preenchidas


O Ministério da Saúde divulgou balanço nesta quinta-feira (20) que 5.846 médicos que se inscreveram no Programa Mais Médicos se apresentaram nas cidades escolhidas ou iniciaram as atividades. Restam 2.448 vagas em 1.177 municípios e 28 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) que não foram ocupadas. Os interessados em participar da seleção para as vagas que não foram preenchidas têm até amanhã (21) para se inscrever no site do programa.

Esses profissionais vão substituir os médicos cubanos que começaram a deixar o país no mês passado. Podem participar da nova chamada apenas os médicos que possuem registro no Brasil (CRM).

O Ministério da Saúde diz que atualizará o sistema ainda nesta quinta-feira com as vagas disponíveis. Os médicos que decidirem não comparecer mais às atividades devem informar ao município alocado, que comunicará a desistência ao Ministério da Saúde. Aqueles que desistiram ficam impossibilitados de escolher outro município.

O Programa Mais Médicos foi criado em 2013, no governo da presidente Dilma Rousseff, para ampliar a assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. O programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 DSEIs levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.

*Com informações da Agência Brasil Leia mais

30 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em No desespero, governo vai telefonar para médicos que podem substituir os cubanos

No desespero, governo vai telefonar para médicos que podem substituir os cubanos

O ministério da Saúde resolveu telefonar para os médicos inscritos no programa Mais Médicos para que se apressem e se apresentem nos municípios. Menos de 3% dos 8.300 médicos inscritos começaram a trabalhar.

Menos Médicos de Bolsonaro gera caos na saúde brasileira ... 

Leia mais

29 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mais Médicos com menos de 3% dos selecionados nos locais de trabalho

Mais Médicos com menos de 3% dos selecionados nos locais de trabalho


Menos de 3% dos mais de oitos mil profissionais selecionados para o Programa Mais Médicos começaram efetivamente a trabalhar, são 230 médicos já “homologados” que se apresentaram nas cidades ou fizeram contatos com as prefeituras para acertar as condições de trabalho, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta quinta-feira (29).

O Ministério da Saúde vai realizar um mutirão de ligações telefônicas para evitar desistências em massa. O objetivo é pedir que os médicos antecipem a ida ao município ou que avisem da desistência. O prazo final estipulado para início do trabalho no Mais Médicos é no dia 14 de dezembro.

O quadro está sendo agravado pela saída de médicos integrantes de equipes do Programa Saúde da Família (PSF) da rede municipal básica para o Mais Médicos, atraídos por vantagens salariais, o que deixará os postos de saúde sem atendimento. O número de profissionais migrando do PSF para o Mais Médicos representa 34% dos 8,3 mil médicos já selecionados, segundo informou o ministério. Leia mais

27 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mais Médicos: Apenas 224 se apresentaram para ocupar lugar dos cubanos

Mais Médicos: Apenas 224 se apresentaram para ocupar lugar dos cubanos


Relatório do Ministério da Saúde aponta que apenas 224 médicos selecionados no edital do programa Mais Médicos se apresentaram em 118 municípios onde deverão prestar atendimento à população. A maior parte dos médicos alocados está em São Paulo e Minas Gerais. Apesar disso, o governo divulgou que 97,2% das vagas do programa foram ocupadas.

Segundo o Ministério da Saúde, os 224 médicos já estão efetivamente trabalhando. Ainda não há informação se todos os profissionais são brasileiros, mas todos eles têm registro CRM ou passaram por aprovação do Revalida. Eles estão distribuídos em 19 estados e no Distrito Federal e representam 2,6% dos 8.517 profissionais que podem ser selecionados pelo edital.

Os 118 municípios representam 4% da lista de 2.824 cidades com vagas disponíveis no último edital do programa. Os Estados que já receberam o maior número de médicos até agora foram São Paulo e Minas, com 42 cada um, seguidos por Espírito Santo (27) e Paraná (15).

Segundo o Conselho Federal de Medicina, o Brasil registra mais de 450 mil médicos. Entretanto, a ida de médicos para regiões remotas do país e às periferias das capitais e regiões metropolitanas enfrenta forte resistência dos profissionais da Saúde. Leia mais

22 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mandetta é preposto dos Planos de Saúde

Mandetta é preposto dos Planos de Saúde

O médico e deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM), indicado por Jair Bolsonaro (PSL) para o ministério da Saúde, é um preposto dos planos de saúde e deve atuar para enfraquecer e desmontar o SUS.

Mandetta entrou para a política em 2005, quando assumiu a Secretaria de Saúde de Campo Grande (MS). Em 2010, foi eleito deputado federal e reeleito em 2014. Vale lembrar que ele não se reelegeu para o cargo de deputado federal.

O futuro ministro da saúde é o terceiro do DEM a integrar o governo Bolsonaro. Onyx Lorenzoni lidera a equipe de transição e será o titular da Casa Civil, e Tereza Cristina será a ministra da Agricultura.

LEIA TAMBÉM:

Depois de generais, DEM ganha ‘musculatura’ no governo de Bolsonaro ... 

Leia mais

19 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mais Médicos: Ministério da Saúde corre para minimizar estrago causado por Bolsonaro

Mais Médicos: Ministério da Saúde corre para minimizar estrago causado por Bolsonaro

O ministro da Saúde do ilegítimo Temer, Gilberto Occhi, prometeu a publicação de um novo edital para o Mais Médicos já nesta terça-feira (20). Segundo ele, o edital terá 8,5 mil vagas todas com a indicação da cidade em que o profissional deverá trabalhar.

Neste edital, só poderão participar médicos formados no Brasil.

LEIA MAIS:

Em carta aberta a Bolsonaro, médico cubano pede “respeito” ... 

Leia mais

17 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em A pedido de Bolsonaro, Temer corta R$ 77,8 milhões de programas de saúde mental

A pedido de Bolsonaro, Temer corta R$ 77,8 milhões de programas de saúde mental

O Diário Oficial da União desta sexta (16) trouxe a publicação da Portaria Nº 3.659 suspendendo o repasse de R$ 77,8 milhões, pelo Ministério da Saúde, para os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial).

LEIA TAMBÉM

Prefeitos estão irados com Bolsonaro pela mancada do “menos médicos” ... 

Leia mais

16 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Defensoria Pública da União pede à Justiça manutenção das regras atuais do Mais Médicos

Defensoria Pública da União pede à Justiça manutenção das regras atuais do Mais Médicos


A Defensoria Pública da União (DPU) formalizou nesta sexta-feira (16) um pedido à Justiça Federal de Brasília que determine à União a manutenção das atuais regras do programa Mais Médicos. A DPU pede que os profissionais estrangeiros não precisem ser submetidos ao Revalida, segundo informou o portal G1.

“Indica-se como pedido principal, nos termos do art. 303 do CPC/2015, seja determinada à União a manutenção das atuais regras do programa ‘Mais Médicos’ para a participação de médicos estrangeiros de qualquer nacionalidade, condicionando quaisquer alterações, especialmente no tocante a desnecessidade de submissão ao Revalida, à realização de prévio estudo de impacto e comprovação da eficácia imediata das medidas compensatórias que assegurem a plena continuidade do serviços, como medida de Justiça”, relata o documento da DPU.

Conforme a Defensoria, os profissionais cubanos representam mais da metade dos médicos do programa e, por isso, a rescisão “repentina” dos contratos impactará negativamente, deixando 29 milhões de pessoas em um “cenário desastroso” em pelo menos 3.243 municípios. Leia mais

15 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Dr. Rey ameaça largar o Brasil caso não seja chamado para o governo Bolsonaro

Dr. Rey ameaça largar o Brasil caso não seja chamado para o governo Bolsonaro

O médico “cirurgião das celebridades”, Dr. Rey, ameaçou abrir mão da cidadania brasileira caso não venha integrar o governo de Jair Bolsonaro (PSL) como ministro ou embaixador.

É que ele teria recebido um convite da marinha dos Estados Unidos. Mas, para aceitar, teria que abrir mão da cidadania brasileira. As informações são do

portal F5 ... 

Leia mais

14 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Nas redes sociais, Bolsonaro é criticado pela saída dos cubanos do ‘Mais Médicos’

Nas redes sociais, Bolsonaro é criticado pela saída dos cubanos do ‘Mais Médicos’


Nas redes sociais, o presidente eleito, Jair Bolsonaro(PSL), é fortemente criticado depois do anúncio do governo cubano, nesta quarta-feira(14), de retirar os quase nove mil médicos que integram o Programa Mais Médicos no Brasil. O assunto é um dos mais comentados no Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp. É o mais impactante desgaste na imagem de Bolsonaro depois da eleição.

O governo golpista de Temer fez um anúncio nesta tarde que fará novo edital do programa para a convocação de médicos.

Leia mais

14 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Dr. Rey: Brasil escolheu palhaços; assista

Dr. Rey: Brasil escolheu palhaços; assista

Rejeitado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, Dr. Rey, que tinha se oferecido para assumir o Ministério da Saúde ou a embaixada brasileira nos Estados Unidos, disse que vai ser capitão cirurgião da Marinha americana.

LEIA TAMBÉM:
Dr. Rey visita Bolsonaro para discutir ministério

Em vídeo, Dr. Rey afirma que fez campanha para Bolsonaro e até se humilhou para participar da “reconstrução do Brasil”.

“O Brasil só escolhe ator pornô, palhaço e funkeiro. Meu sonho era ajudar a minha nação natal. Se a minha nação natal não me quer, não tem problema. Vou servir a nação que me adotou”, disse Dr. Rey.
Assista:
(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = 'https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js#xfbml=1&version=v3.2'; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

"O Brasil só escolhe ator pornô, palhaço e funkeiro", diz Dr. Rey depois de, sem sucesso, se oferecer para o Ministério da Saúde. Em vídeo, o cirurgião desabafou sobre seu desejo de participar do que chamou de "reconstrução do Brasil". "Meu sonho era ajudar a minha nação natal. Se a minha nação natal não mer quer, não tem problema. Vou servir a nação que me adotou", disse o cirurgião, ao contar que foi convidado para trabalhar na Marinha americana. https://glo.bo/2DCiFyd ... 

Leia mais

13 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Preferido de Bolsonaro para o Ministério da Saúde é investigado por fraude e tráfico de influência

Preferido de Bolsonaro para o Ministério da Saúde é investigado por fraude e tráfico de influência

O preferido do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o Ministério da Saúde em seu futuro governo, o deputado do DEM Henrique Mandetta, é investigado num inquérito de tráfico de influência e de fraude à Lei de Licitações.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro indica condenado por estelionato para compor equipe de transição ... 

Leia mais

9 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Dr. Rey visita Bolsonaro para discutir ministério

Dr. Rey visita Bolsonaro para discutir ministério

O cirurgião plástico conhecido como Dr. Rey esteve hoje na casa do “coiso” para tratar da sua participação no futuro governo. Ele está se oferecendo para o ministério da Saúde. Agora vai!

A informação foi divulgada pela repórter Fernanda Rouvenat (G1 e TV Globo) pelo twitter.

A postagem abaixo mostra o momento em que o cirurgião das estrelas saía do condomínio do “coiso”.

Dr. Rey acaba de sair do condomínio de Jair Bolsonaro. Ele não comentou se o presidente eleito o recebeu ou não. pic.twitter.com/VvGTIXncZZ ... 

Leia mais

16 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Sob Michel Temer, aumenta mortalidade infantil pela 1ª vez em 26 anos

Sob Michel Temer, aumenta mortalidade infantil pela 1ª vez em 26 anos

Se na economia

o Brasil voltou 40 anos em dois ... 

Leia mais

3 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Temer, o presidente do sarampo

Temer, o presidente do sarampo

Michel Temer ressuscitou o sarampo no Brasil. As autoridades sanitárias reconhecem que há cerca de 500 casos confirmados e mais de 1,5 mil em investigação nos estados do Amazonas e Roraima, região Norte do país.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), não havia registro da doença no Brasil até julho de 2015. Até então, a moléstia era considerada erradicada no país.

Entretanto, após o golpe de Temer, surtos de doenças como sarampo, poliomielite e rubéola voltaram a assombrar os brasileiros. Um dos motivos que concorreu para o retorno dessas moléstias foi o congelamento de investimentos na saúde pelos próximos 20 anos (PEC 95).

Para a OMS, a principal razão por trás do aumento de casos de sarampo são as falhas nos programas de imunização, além de pouca cobertura de grupos marginalizados, interrupções na entrega de vacinas e falhas nos sistemas de vigilância sanitária.

Resumo da ópera: além de restaurar a semiescravidão, com a reforma trabalhista, Michel Temer ressuscitou o sarampo; é o Brasil voltando 70 anos em 2.

Leia mais