6 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro, o Coiso, gera pânico entre professores

Bolsonaro, o Coiso, gera pânico entre professores

Professores dos ensinos básico e universitário nas escolas públicas e privadas, de todo o país, estão apavorados diante de patrulhamento ideológico solicitado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).  ... 

Leia mais

12 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lula é absolvido pela 1ª vez de ‘fake news’ da lava jato

Lula é absolvido pela 1ª vez de ‘fake news’ da lava jato

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, comemorou nesta quinta (12) a absolvição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ‘fake news’ da lava jato. ... 

Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Golpistas fizeram o impeachment para não serem “comidos” pela Lava Jato

aecio_temer

Que crime de responsabilidade, que nada! Deputados e senadores golpistas fizeram o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff, na Câmara e no Senado, para não serem “comidos” – usando a expressão das gravações do delator Sérgio Machado, ex-tucano que presidia a Transpetro.

Segundo conversa de Machado com o senador Romero Jucá (PMDB-RR), o Breve, Aécio Neves (PSDB-MG) seria o primeiro a ser comido caso prosperassem as investigações da Lava Jato.

A destituição de Dilma, portanto, ensejaria um “pacto” envolvendo ministros do Supremo para interromper a força-tarefa do juiz Sérgio Moro.

Novas gravações que vieram à tona nesta quinta revelam mais sobre Aécio. De acordo com o delator, que foi tucano, o presidente nacional do PSDB é “o cara mais vulnerável do mundo”. Leia mais

23 de maio de 2016
por Esmael Morais
38 Comentários

Jucá puxa STF para dentro do golpe

juca_stfO ministro interino do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), na gravação vazada pela Folha de S. Paulo, entregou a participação ativa dos ministros do Supremo Tribunal Federal no golpe contra a presidente eleita Dilma Rousseff (PT).

O senador licenciado relatou que havia mantido conversas com “ministros do Supremo”, sem, no entanto, nominá-los.

Na versão de Jucá, eles [os ministros do STF] teriam relacionado a saída de Dilma ao fim das pressões da imprensa e de outros setores pela continuidade das investigações da Lava Jato. Leia mais

28 de abril de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Conjur: gravação mostra MP tentando induzir depoimento contra Lula

por Marcos de Vasconcellos, no Conjur

lulaAmeaçar testemunhas com o intuito de influenciar o resultado de uma investigação criminal configura crime de coação no curso do processo, previsto no artigo 344 do Código Penal, já decidiu o Supremo Tribunal Federal. No entanto, é difícil imaginar qual é o possível desfecho quando a atitude é do próprio Ministério Público Federal.

Ameaças veladas, como “se o senhor disser isso, eu apresento documentos, e aí vai ficar ruim pro senhor”, que poderiam estar em um filme policial, foram feitas em plena operação “lava jato”. E em procedimento informal, fora dos autos. Leia mais