12 de setembro de 2017
por esmael
29 Comentários

Verdadeiro “pai da lava jato” contesta filme “Polícia Federal – A lei é Para Todos”

O ex-deputado Neivo Beraldin presidiu a CPI do Banestado, em 2003, que culminou com primeira prisão do doleiro Alberto Youssef e o juiz Sérgio Moro foi quem, na época, autorizou a quebra do sigilo de doleiros de todo o país.

24 de novembro de 2016
por esmael
40 Comentários

Temer fez lobby pró-Geddel, diz ex-ministro à PF; oposição pede impeachment do ilegítimo

geddel_temerO ilegítimo Michel Temer (PMDB) fez pressão, isto é, lobby para “enquadrar” o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero visando liberar empreendimento de interesse particular do ministro de Governo Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) em Salvador. A oposição exige o impeachment do tinhoso.

17 de novembro de 2016
por esmael
54 Comentários

Mais um ex-governador do Rio é preso pela PF

cabral_pfA Polícia Federal (PF), em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal do Brasil (RFB), deflagraram agora pela manhã (17) a Operação Calicute com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões.

27 de outubro de 2016
por esmael
45 Comentários

Renan derrota “juizeco” de 1ª instância

renan_pf_teoriO senador Renan Calheiros (PMDB-AL) ganhou o primeiro round da luta contra o “juizeco” de 1ª instância, Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, e contra a presidente do Supremo, Carmén Lúcia, que havia dito nesta semana que ‘onde um juiz fosse destratado ela também o seria’.

21 de julho de 2016
por esmael
87 Comentários

Muito estranhas essas prisões antiterroristas a 15 dias dos Jogos Olímpicos

Alexandre_ISISO ministro interino da Justiça, Alexandre Moraes, em coletiva à imprensa informou que foi realizada na manhã desta quinta (21) a Operação Hashtag, em 10 estados, simultaneamente, que prendeu 10 pessoas suspeitas de ligação com terroristas. Nem a CIA, Scotland Yard, Mossad ou serviço secreto francês foram tão eficazes anteriormente…

23 de junho de 2016
por esmael
21 Comentários

Operações da PF deveriam ser chamadas de “Operações Impeachment”

PT_bernardoAs operações da Polícia Federal prendem pessoas ligadas ao PT. Deveriam ser chamadas, todas elas, de “Operações Impeachment” em virtude de seu impacto no golpe de Estado e no trâmite da cassação da presidente eleita Dilma Rousseff no Senado.

Há o precedente da condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas vésperas da votação do impeachment na Câmara. Teve também aquele “vazamento” de áudios ilegais para a Globo, tudo para influenciar no resultado do golpe.

23 de junho de 2016
por esmael
34 Comentários

PF prende ex-ministro Paulo Bernardo

Paulo_BernardiO ex-ministro das Comunicações e do Planejamento Paulo Bernardo foi preso na manhã desta quinta-feira (23), em Brasília, pela ‘Operação Custo Brasil’ da Polícia Federal. A ação conjunta com o MPF e a Receita investiga suposto pagamento de propina de R$ 100 milhões em contratos de informática.

18 de junho de 2016
por esmael
61 Comentários

Lava Jato e Zelotes geraram mais de 1 milhão de desempregados no país, diz Estadão

desemprego_juiz_sergio_moroDe acordo com reportagem do Estadão, as operações Lava Jato e Zelotes, da Polícia Federal, conseguiram produzir, até agora, mais de 1 milhão de desempregados no país. Ou seja, enquanto o juiz Sérgio Moro mais ganha prêmios internacionais e jantares mais trabalhadores perdem postos de trabalho.

31 de Maio de 2016
por esmael
5 Comentários

Operação Zelotes da Polícia Federal indicia presidente do Bradesco

luiz_trabuco_bradesco_zelotes

O presidente do Bradesco, Luiz Trabuco, foi indiciado pela Polícia Federal depois de investigações da Operação Zelotes.

A Operação Zelotes, deflagrada pela Polícia Federal em março de 2015, investiga um dos maiores esquemas de sonegação fiscal já descobertos no Brasil.

Além do Bradesco, estão sob investigação da Zelotes: Ford e Mitsubishi (automobilístico), BR Foods (alimentício) (BR Foods), Camargo Corrêa (construção civil), comunicação (RBS, afiliada da Rede Globo no Sul) e os bancos/financeiras Opportunity, Safra, Santander, BankBoston, dentre outros.

19 de Abril de 2016
por admin
32 Comentários

PF prende prefeito e funcionário de Beto Richa em Foz do Iguaçu

richa_reni

A Polícia Federal realizou na manhã desta terça-feira (19) uma operação de combate a esquema de corrupção envolvendo o prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB), e o diretor regional da Sanepar, Rodrigo Becker. Reni foi alvo de condução coercitiva para depoimento e Rodrigo foi preso. Ambos são aliados políticos do governador do Paraná Beto Richa (PSDB), um dos articuladores nacional do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

18 de Abril de 2016
por esmael
12 Comentários

Prefeito é preso após ser elogiado na votação do impeachment

raquel_muniz“O meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso a todos nós com sua gestão”. Esse foi o discurso da deputada federal Raquel Muniz (PSB-MG), no domingo (17), durante a votação do impeachment na Câmara dos Deputados. Ela votou “sim” pela saída da presidenta Dilma Rousseff. O prefeito de Montes Claros, Ruy Adriano Borges Muniz, é marido de Raquel. No dia seguinte, nesta quinta de manhã (18), Muniz foi preso pela Polícia Federal em Brasília.

30 de Março de 2016
por admin
43 Comentários

Coluna do Alvaro Dias: Impeachment não é golpe

Download áudio

Alvaro Dias*

Torna-se dispensável estimular o contraditório em relação à temática de que impeachment é golpe. Há quanto tempo estamos discutindo se o impeachment é ou não golpe? Creio que, apesar de preciosismos jurídicos, o processo de impeachment é consequência de um julgamento político no Congresso Nacional. E o que prevalece, nesses casos, é o conjunto da obra. Pedaladas fiscais e suplementação de verbas sem autorização legal são apenas detalhes da existência de um complexo e sofisticado esquema de corrupção idealizado em nome de um projeto de poder de longo prazo.

Um leque de questões desenha o momento dramático vivido pelo País. Como não considerar os escabrosos crimes, revelados pela Operação-Lava Jato, à sombra do poder no País? Como não considerar a farta documentação encaminhada ao Tribunal Superior Eleitoral, onde juízes haverão de julgar a cassação de mandato da presidente e do vice-presidente da República, em razão de crimes praticados durante a campanha eleitoral?

Investigações, documentos e delatores revelaram ao País a utilização

23 de Março de 2016
por admin
25 Comentários

Coluna do Alvaro Dias: Declarações do ministro da Justiça sob suspeição

Alvaro Dias*

Como parte da missão parlamentar de fiscalizar os atos do Poder Executivo, propus a convocação do ministro da Justiça, Eduardo Aragão, para fundamentar, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, as declarações divulgadas pela imprensa, e que culminaram com o protesto das associações de delegados de todo o País.

O ministro da Justiça declarou, em entrevista: “Cheirou vazamento de investigação por um agente nosso, a equipe será trocada, toda. Cheirou. Eu não preciso ter prova. A PF está sob nossa supervisão. Se eu tiver um cheiro de vazamento, eu troco a equipe. Agora, quero também que, se a equipe disser ‘não fomos nós’, que me traga claros elementos de quem vazou porque aí vou ter de conversar com quem de direito”.

Na minha opinião, essa declaração cheira a suspeição, porque de certa forma é uma ameaça que tem como objetivo obstruir o trabalho independente de investigação realizado pelos policiais. É uma declaração infeliz.

A Lei nº 12.830/2013, que dispõe sobre a investigação criminal conduzida pelo delegado de polícia, estabelece que as funç

7 de Março de 2016
por admin
9 Comentários

Coluna da Gleisi Hoffmann: Quem vai acalmar o país agora?

Download áudio

Gleisi Hoffmann*

O sequestro de Lula foi uma operação política, midiática e inconstitucional. Incendiou os ânimos da militância de parte a parte e colocou a sociedade em estado de ebulição política. A situação ficou tão grave que o próprio juiz Sérgio Moro, que fala que só se manifesta nos autos, soltou uma nota para justificar o feito.

Disse que não havia antecipação de culpa, que a medida visava apenas esclarecimentos da verdade e que foram tomados cuidados para preservar a imagem do ex -presidente Lula(?). Repudiou ainda “atos de violência”.

Para tomar um depoimento à bem da verdade precisa o Ministério Público mobilizar 200 policiais federais, helicópteros, carros, naquela quantidade? Uma intimação juridicamente sustentada não teria chegado ao mesmo resultado, sem grandes gastos, comoção e insuflação política?!

A dita condução coercitiva está sendo objeto de discordância e críticas por vários juristas: “Condução coercitiva? O que é isso? Eu não compreendi. Só se conduz coercitivamente ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão que resiste e não comparece para dep

29 de Fevereiro de 2016
por esmael
3 Comentários

Dilma anuncia saída de Cardozo; Ministério Justiça será comandado por procurador baiano

do Brasil 247 

A presidente Dilma Rousseff oficializou, em nota divulgada na tarde desta segunda-feira 29, que José Eduardo Cardozo deixará o Ministério da Justiça e assumirá a chefia da Advocacia Geral da União (AGU) no lugar de Luís Inácio Adams, que já havia anunciado sua saída do governo.

Como previsto, assumirá o lugar de Cardozo o ex-procurador Geral da Justiça da Bahia, Dr. Wellington César Lima e Silva, um nome indicado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, também baiano.

A presidente aproveitou as mudanças para nomear Luiz Navarro de Brito como novo ministro da Controladoria Geral da União (CGU), que até então estava sendo comandada interinamente por Carlos Higino, desde que Valdir Simão foi nomeado ministro do Planejamento.

Cardozo deixou o comando do Ministério da Justiça sob pressão e críticas do PT de que não tinha o controle da Polícia Federal, responsável por operações consideradas abusivas pelo partido. O ministro sempre defendeu a independência da corporação e argumentava que não podia interferir.

Nesta segunda, a Associação dos Delegados da PF divulgou uma nota em que dizia ver com “extrema preocupação” a saída de Cardozo. A troca no Ministério da Justiça deixa em dúvida a permanência no cargo do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello.

Leia abaixo a nota do Planalto:

A Presidenta da República Dilma Rousseff informa que o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deixará a pasta e assumirá a chefia da Advocacia Geral da União, em substituição ao Ministro Luiz Inácio Adams que solicitou o seu desligamento, por razões pessoais.

Assumirá o Ministério da Justiça o ex-Procurador Geral da Justiça do Estado da Bahia, Dr. Wellington César Lima e Silva.

Assumirá o cargo de Ministro-Chefe da Controladoria Geral

26 de Fevereiro de 2016
por admin
16 Comentários

Polícia Federal irá investigar FHC por pagamentos a Mirian Dutra

via Brasil 247.

A Polícia Federal decidiu investigar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso por repasses feitos pelo tucano à sua ex-amante, Mirian Dutra, no exterior, entre 2002 e 2006.

Em entrevistas recentes à imprensa, a jornalista, que trabalhou 35 anos na TV Globo, revelou que FHC lhe pagava uma mesada por meio da empresa Brasif, que controlava free shops nos aeroportos brasileiros.

Segundo a jornalista, o tucano teria depositado US$ 100 mil na conta da Brasif, que repassava a ela mensalmente, em parcelas de US$ 3 mil, por meio de um contrato fictício de trabalho que nunca foi cumprido.

À época, Mirian vivia na Espanha com o filho Tomás. Pela Globo, ela também morou em Londres e em Lisboa, mas seu trabalho dificilmente era veiculado na emissora, como relatou em uma entrevista à revista Brazil com Z.

Em nota, a Brasif confirmou ter contratado a jornalista Mirian Dutra Schmidt, em 2002, mas negou participação do ex-presidente na contratação ou no depósito de dinheiro na conta da empresa para ser repassado a ela.

A empresa também disse que a contratação de Mirian foi uma indicação de Fernando Lemos, cunhado da jornalista. A nota informa que a Brasif Duty Free Shop e a Eurotrade Ltd foram vendidas em 2006.

A jornalista diz que Tomás é filho de FHC, mas dois exames de DNA deram resultado negativo. Nesta mesma entrevista, ela sugere que o ex-presidente possa ter comprado o exame e nega que o tucano tenha alguma vez reconhecido a paternidade, conforme já foi divulgado.

Nesta semana, deputados do PT e do PCdoB foram ao Ministério da Justiça apresentar formalmente um pedido de investigação sobre as den