26 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Doria perde coordenador de campanha, após operação da PF

Doria perde coordenador de campanha, após operação da PF

O economista Roberto Giannetti da Fonseca caiu da coordenação da campanha de João Doria (PSDB) ao governo de São Paulo, nesta quinta (26), após ser alvo da Operação Zelotes da Polícia Federal. ... 

Leia mais

16 de maio de 2017
por Esmael Morais
3 Comentários

Lula indiciado na Zelotes é mais um “tríplex” criado pela mídia

Até o mais tongo dos coxinhas sabe que a Operação Zelotes, da PF, surgiu em março de 2015 para investigar os grandes sonegadores de impostos que fraudavam o Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). Leia mais

31 de maio de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Operação Zelotes da Polícia Federal indicia presidente do Bradesco

luiz_trabuco_bradesco_zelotes

O presidente do Bradesco, Luiz Trabuco, foi indiciado pela Polícia Federal depois de investigações da Operação Zelotes.

A Operação Zelotes, deflagrada pela Polícia Federal em março de 2015, investiga um dos maiores esquemas de sonegação fiscal já descobertos no Brasil.

Além do Bradesco, estão sob investigação da Zelotes: Ford e Mitsubishi (automobilístico), BR Foods (alimentício) (BR Foods), Camargo Corrêa (construção civil), comunicação (RBS, afiliada da Rede Globo no Sul) e os bancos/financeiras Opportunity, Safra, Santander, BankBoston, dentre outros. Leia mais

25 de fevereiro de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Gerdau é alvo da 6ª fase da Operação Zelotes da Polícia Federal

do Brasil 247

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (25) mais uma fase da Operação Zelotes, tendo como alvo é a empresa Gerdau (GGBR4). A siderúrgica éinvestigada por suposta compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais).

A PF cumpre 18 mandados de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva (quando a pessoa presta depoimento na delegacia e depois é liberada) no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco e no Distrito Federal. Nenhum mandado é de prisão. Um dos mandados de condução coercitiva é para o presidente do Conselho Consultivo do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau.

Ele também é integrante do Conselho de Desenvolvimento Econômico, o “Conselhão”, ligado à Presidência da República.

A suspeita é que o grupo tenha tentado interferir no Carf no pagamento de multas que somariam R$ 1,5 bilhão. A PF está nos endereços da empresa cumprindo mandado de busca.

Leia mais

25 de julho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: A prisão de Odebrecht e o silêncio da mídia nacional com a corrupção no governo Richa

bernardiJorge Bernardi*

Com as prisões dos presidentes das duas maiores construtoras brasileiras, Odebrecht e Andrade Gutierrez, que até então estavam blindadas na Operação Lava-Jato, a casa da mega corrupção brasileira que estava abalada, desmoronou de vez. Mas ainda tem muita sujeira debaixo do tapete que deve ser varrida, começando com as fraudes praticadas por bancos, montadoras de automóveis, siderúrgicas, cimenteiras e outras grandes empresas apontadas no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, CARF, órgão do Ministério da Fazenda.

A corrupção na Petrobrás é apenas a ponta de um iceberg que atinge toda a sociedade brasileira, começando pelas instituições públicas. Até agora a Policia Federal e os Procuradores da República chegaram a cerca de R$ 19 bilhões de desvios na petroleira nacional.

A fraude monumental no CARF também conhecida como Operação Zelotes, inexplicavelmente, pouco ou quase nenhum espaço tem na grande mídia. Será porque além de envolver bancos, montadoras de automóveis, portanto grandes anunciantes, também são suspeitas de se beneficiarem grandes empresas na área de comunicação social? Será porque nela, por enquanto, não foram encontrados agentes políticos. O valor dos desvios na Operação Zelotes também é monumental chegou também a R$ 19 bilhões.

A prisão de Marcelo Oldebrecht é emblemática, simbólica, pois se trata do dono da maior empreiteira brasileira, multinacional, com tentáculos em vários países do mundo, fazendo obras financiadas pelo tesouro brasileiro. Erga omnes, a lei vale para todos, como foi batizada esta operação significa que o Brasil está deixando de ser uma república de uns poucos, que só pobres vão para a cadeia. Leia mais