21 de agosto de 2017
por esmael
18 Comentários

PGR denuncia Jucá ao STF por corrupção no âmbito da Operação Zelotes

Se depender do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) deve ser “expulso” da política para sempre. Janot denunciou ao STF, nesta segunda-feira (21), o presidente nacional do PMDB por crimes investigados no âmbito da Operação Zelotes.

23 de julho de 2016
por esmael
5 Comentários

Temer e Maia fazem acordo para enterrar na Câmara a CPI dos grandes sonegadores

temer_maia_carfO novo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), preferiu jogar a sujeira dos grandes sonegadores debaixo do tapete. Claro, com a anuência do interino Michel Temer (PMDB). O sucessor de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) anunciou para o início de agosto o enterro da CPI do Carf, surgida a partir de investigações da PF na Operação Zelotes.

31 de Maio de 2016
por esmael
5 Comentários

Operação Zelotes da Polícia Federal indicia presidente do Bradesco

luiz_trabuco_bradesco_zelotes

O presidente do Bradesco, Luiz Trabuco, foi indiciado pela Polícia Federal depois de investigações da Operação Zelotes.

A Operação Zelotes, deflagrada pela Polícia Federal em março de 2015, investiga um dos maiores esquemas de sonegação fiscal já descobertos no Brasil.

Além do Bradesco, estão sob investigação da Zelotes: Ford e Mitsubishi (automobilístico), BR Foods (alimentício) (BR Foods), Camargo Corrêa (construção civil), comunicação (RBS, afiliada da Rede Globo no Sul) e os bancos/financeiras Opportunity, Safra, Santander, BankBoston, dentre outros.

26 de outubro de 2015
por esmael
2 Comentários

PF deflagra nova fase da Operação Zelotes em três estados e no DF

da Agência Brasil

PF_SonegacaoA Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (26) uma nova fase da Operação Zelotes, responsável por investigar organizações criminosas que atuavam na manipulação do trâmite de processos e no resultado de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). A estimativa é que tenham sido desviados mais de R$ 19 bilhões. O lobista Alexandre Paes dos Santos foi preso na manhã de hoje.

25 de julho de 2015
por esmael
21 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: A prisão de Odebrecht e o silêncio da mídia nacional com a corrupção no governo Richa

bernardiJorge Bernardi*

Com as prisões dos presidentes das duas maiores construtoras brasileiras, Odebrecht e Andrade Gutierrez, que até então estavam blindadas na Operação Lava-Jato, a casa da mega corrupção brasileira que estava abalada, desmoronou de vez. Mas ainda tem muita sujeira debaixo do tapete que deve ser varrida, começando com as fraudes praticadas por bancos, montadoras de automóveis, siderúrgicas, cimenteiras e outras grandes empresas apontadas no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, CARF, órgão do Ministério da Fazenda.

A corrupção na Petrobrás é apenas a ponta de um iceberg que atinge toda a sociedade brasileira, começando pelas instituições públicas. Até agora a Policia Federal e os Procuradores da República chegaram a cerca de R$ 19 bilhões de desvios na petroleira nacional.

A fraude monumental no CARF também conhecida como Operação Zelotes, inexplicavelmente, pouco ou quase nenhum espaço tem na grande mídia. Será porque além de envolver bancos, montadoras de automóveis, portanto grandes anunciantes, também são suspeitas de se beneficiarem grandes empresas na área de comunicação social? Será porque nela, por enquanto, não foram encontrados agentes políticos. O valor dos desvios na Operação Zelotes também é monumental chegou também a R$ 19 bilhões.

A prisão de Marcelo Oldebrecht é emblemática, simbólica, pois se trata do dono da maior empreiteira brasileira, multinacional, com tentáculos em vários países do mundo, fazendo obras financiadas pelo tesouro brasileiro. Erga omnes, a lei vale para todos, como foi batizada esta operação significa que o Brasil está deixando de ser uma república de uns poucos, que só pobres vão para a cadeia.

15 de Abril de 2015
por esmael
33 Comentários

Prisão de Vaccari criminaliza o PT e todos os partidos políticos do país

alckmin_vaccari_aecioDiferente do que imagina o mais desavisado, a prisão de João Vaccari Neto, tesoureiro nacional do PT, na manhã desta quarta (15), não é apenas mais um capítulo da luta contra o partido de Lula e da presidenta Dilma. Pelo contrário. Trata-se de mais um passo rumo à criminalização da política como um todo. Em perspectiva, atinge todas as legendas de todos os matizes ideológicas. Leia mais

11 de Abril de 2015
por esmael
12 Comentários

“A Receita é ferramenta de arrecadação para Beto Richa”, acusa deputado João Arruda; assista ao vídeo

Requião dá pistas sobre o rumo das investigações de corrupção na Receita Estadual: "Esse sujeito [Luiz Abi] chefiou o caixa 2 do governo, segundo o Ministério Público Estadual. Isso não pode terminar só nele. ‘O melhor está por vir’, sem sombra de dúvidas"; abaixo, assista ao vídeo com discurso de João Arruda.

Requião dá pistas sobre o rumo das investigações de corrupção na Receita Estadual: “Esse sujeito [Luiz Abi] chefiou o caixa 2 do governo, segundo o Ministério Público Estadual. Isso não pode terminar só nele. ‘O melhor está por vir’, sem sombra de dúvidas”; abaixo, assista ao vídeo com discurso de João Arruda.

O deputado federal João Arruda, coordenador-geral da bancada paranaense em Brasília, foi o orador mais virulento ontem à noite (10), no município de Fernandes Pinheiro, região dos Campos Gerais, durante encontro regional do PMDB. Leia mais

6 de Abril de 2015
por esmael
24 Comentários

Vem aí o “Placar da Corrupção” na Assembleia Legislativa do Paraná

placar_corrupcao_requiaofilhoMovimentos sociais levarão às ruas no próximo dia 19 de abril, durante manifestação pelo impeachment do governador Beto Richa (PSDB), um “Placar da Corrupção” com os nomes dos 54 deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Paraná. Leia mais

31 de Março de 2015
por esmael
25 Comentários

Quadrilha fraudava licitação de dentro do palácio do governo Richa; assista

richa_palacio_abiSe fosse aquele quadro ‘Gol do Fantástico’, o governador Beto Richa (PSDB) teria hoje direito de pedir música devido à aparição, pela terceira vez consecutiva, em menos de uma semana, em reportagem negativa para o Paraná. Leia mais

31 de Março de 2015
por esmael
9 Comentários

Requião Filho pede informações sobre o Conselho de Contribuintes do PR

richa_requiaofilhoO deputado Requião Filho, vice-líder do PMDB, vai protocolar nesta terça-feira (31) pedido de informações sobre os trabalhos do Conselho de Contribuintes e Recursos Fiscais do Paraná. O requerimento será endereçado ao secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, a quem o colegiado está ligado no organograma do órgão. Leia mais

31 de Março de 2015
por esmael
31 Comentários

Mais uma vez, Beto Richa faz vergonha em rede nacional de TV; assista

Na última sexta-feira (27), os esquemas de corrupção no governo Beto Richa foram ao Jornal Nacional pela primeira vez; ontem, menos de uma semana depois, o tucano voltou a envergonhar o Paraná em rede nacional; abaixo, assista ao vídeo com a reportagem global.

Na última sexta-feira (27), os esquemas de corrupção no governo Beto Richa foram ao Jornal Nacional pela primeira vez; ontem, menos de uma semana depois, o tucano voltou a envergonhar o Paraná em rede nacional; abaixo, assista ao vídeo com a reportagem global.

Nem a TV Globo respeita mais o governo Beto Richa (PSDB). O tucano, mais uma vez, envergonha o Paraná em rede nacional. A corrupção que assola o estado voltou a ser tema até mesmo no Jornal Nacional, tradicionalmente avesso a críticas aos políticos do PSDB. Antes tarde do que nunca, diz um ditado popular. Leia mais

30 de Março de 2015
por esmael
10 Comentários

Oposição consegue mais uma assinatura para a CPI da Receita

“De grão em grão a galinha enche o papo”, disse nesta segunda-feira (30) o deputado Requião Filho, vice-líder do PMDB, ao comemorar mais uma assinatura em apoio à criação de uma comissão de investigação da corrupção na Receita Estadual de Londrina.

O deputado Nelson Luersen, líder do PDT, é o dono da nona assinatura favorável à investigação dos escândalos no órgão de gestão fiscal do estado. Estima-se que os prejuízos ao erário cheguem a R$ 1 bilhão, em virtude da ação da quadrilha na Receita.

Segundo o autor da proposta da CPI, Requião Filho, até quarta-feira mais dois parlamentares vão anunciar apoio às investigações de corrupção. Ele não quis antecipar os nomes, mas a proposta de comissão de inquérito começará a Páscoa com 11 assinaturas.

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), líder do governo na Assembleia, luta no outro polo contra a CPI da Receita Estadual. “Pela minha experiência parlamentar, eu confio mais no Gaeco do que numa CPI”, desconversou o governista.

Para o líder do PMDB, Nereu Moura, é uma vergonha a Assembleia seguir a reboque da imprensa que todos os dias veicula mais escândalos acerca de corrupção no governo estadual. O deputado se referiu às recentes notícias sobre as digitais do primo do governador, o lobista Luiz Abi Antoun, na arrecadação de dinheiro para a campanha de Richa (clique aqui).

Ao falar sobre a necessidade da CPI da Receita, Requião Filho ainda fustigou a fila com seis CPIs laranjas. Ele disse que só faz sentido a “CPI da Violência contra a Mulher” se houver investigação os crimes contra meninas vítimas de pedofilia em Londrina.

“Vamos trazer à Casa as vítimas do fotógrafo tatuado. Vamos perguntar quem abusou delas em Londrina”, sugeriu o vice-líder peemedebista.

Assista ao vídeo com o discurso de Requião Filho:

30 de Março de 2015
por esmael
24 Comentários

Fotógrafo delata esquema de corrupção no governo Richa

richa_tchello_abiA situação no governo Beto Richa (PSDB) é mais grave do que a vã filosofia pode supor. Os esquemas de corrupção atribuídos ao lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador tucano, bateram à porta do Palácio Iguaçu. Embora mais curta por causa do feriado, os palacianos já trabalham com a hipótese de uma “semana de cão” nos arredores do Centro Cívico. Leia mais

29 de Março de 2015
por esmael
20 Comentários

‘Beto Richa sabia da influência do primo Luiz Abi na Receita Estadual’

richa_sefa_abiO governador Beto Richa (PSDB) sabia do trânsito livre que seu primo Luiz Abi Antoun tinha dentro da Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA). O tucano teria sido alertado várias vezes sobre a desenvoltura do parente no órgão de gestão fiscal e no governo como um todo. A informação exclusiva foi repassada ao Blog do Esmael por um representante de grandes empresas que atuam no estado.

Sob a condição de anonimato, a fonte diz que alertou o governador Beto Richa várias vezes sobre a atuação de seu primo na SEFA e na Coordenação da Receita do Estado (CRE).

Na época, o inspetor geral de fiscalização da Receita Estadual era o auditor Márcio Albuquerque Lima, colega do governador em corridas de automobilismo, que está foragido da polícia. O primo Luiz Abi não teve a mesma sorte, pois, por uma semana, ficou preso em Londrina sob a acusação de “chefiar a quadrilha”. Acabou solto graças a um habeas corpus do Tribunal de Justiça.

O Grupo de Atuação Especial de Combate do Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público, deverá desencadear nova operação nos próximos dias voltada à cúpula da Receita. Os promotores já teriam um organograma do esquema que supostamente envolveria integrantes do conselho de contribuintes, Paraná Competitivo, diretoria e delegacias regionais da SEFA, bem como escritórios especializados em direito tributário.

Os promotores londrinenses também estariam de olho em um tal “mágico” que teria capacidade de fazer “desaparecer” débitos de empresas com a Receita Estadual.

Em 7 agosto de 2014, durante a campanha pela reeleição, Beto Richa foi homenageado em jantar promovido pelos agentes fazendários da SEFA e do CRE no restaurante Dom Antônio, bairro Santa Felicidade, em Curitiba.

Segundo um tributarista ouvido pelo Blog do Esmael, a Operação Publicano, que investiga prejuízo que pode ultrapassar R$ 1 bilhão ao governo do estado, o modus operandi da quadrilha que atua na Receita Estadual pode ser muito parecido com aquele desbaratado na Receita Federal, semana passada, pela Operação Zelotes da Polícia Federal.

Na Operação Zelotes, da PF, estima-se em prejuízo de R$ 19 bilhões provocados por bancos e grandes empresas que tiveram suas dívidas apagadas no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

Na última sexta-feira (27), o Ministério Público bateu à porta do primeiro escalão do governo do estado ao pedir que o Tribunal de Justiça investigue a secretária Dinorah Nogara. Ela é suspeita e integrar o esquema que fraudava licitações em favor de Luiz Abi.

Leia também: