28 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em STF afrouxa para mais um tucano

STF afrouxa para mais um tucano

Não se trade de uma ode ao punitivismo. Pelo contrário. Apenas de uma comparação entre o ânimo jus puniendi do STF quando o acusado é tucano e quando o investigado é petista. ... 

Leia mais

20 de maio de 2018
por editor
Comentários desativados em Alckmin levou R$ 5 mi em propina da CCR, dizem empresários

Alckmin levou R$ 5 mi em propina da CCR, dizem empresários

A situação não anda nada boa para o pré-candidato a presidente pelo PSDB, Geraldo Alckmin. Em baixa nas pesquisas, ele vai sendo abandonado pelos aliados. Para piorar, as denúncias de corrupção continuam a aparecer. Desta vez foram representantes da concessionária CCR que afirmaram ao Ministério Público de São Paulo terem pago de R$ 5 milhões em propina para a campanha do tucano em 2010. ... 

Leia mais

11 de abril de 2018
por Esmael Morais
2 Comentários

Sem foro, Beto Richa vira alvo do MPF

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), que renunciou ao cargo para concorrer ao Senado, virou alvo do Ministério Público Federal. O tucano perdeu o véu do foro por prerrogativa de função que o protegia.  ... 

Leia mais

18 de abril de 2017
por Esmael Morais
4 Comentários

Beto Richa combinou “eu não sabia” com tesoureiros do PSDB

Na semana passada, Beto Richa se reuniu secretamente com tesoureiros de campanha e responsáveis pela arrecadação financeira do PSDB para combinar uma resposta padrão à acusação de que ele, o governador, recebeu da empreiteira Odebrecht R$ 3,5 milhões no caixa dois. Leia mais

9 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
17 Comentários

Santo Alckmin recebeu R$ 2 milhões em propina da Odebrecht, diz Folha

santo_odebrechtO governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) teria recebido R$ 2 milhões em dinheiro vivo da Odebrecht como forma de pagamento de propina em 2010. Leia mais

6 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Se o sistema de justiça não confia nele, quem confiará?

enio_judiciarioO deputado Enio Verri (PT-PR), em sua coluna desta terça (6), coloca o “guizo no gato” ao discorrer sobre o abuso de autoridade praticado cometido por juízes e integrantes do MP. Segundo ele, há o sentimento da “inimputabilidade” de membros do Poder Judiciário e do MPF cuja pena máxima a malfeitos é aposentadoria com salário integral. Leia mais

29 de novembro de 2016
por Esmael Morais
2 Comentários

A ditadura do Judiciário e o crime de responsabilidade de Temer

enio_ditaduraO deputado Enio Verri (PT-PR), em sua coluna desta terça (29), afirma que Michel Temer (PMDB) será representado perante o Ministério Público Federal e deverá, até os primeiros meses de 2017, ser apeado do poder pelo STF, para dar lugar à continuidade do golpe. Portanto, abusando da mesóclise, dar-se-á espaço à ditadura do Judiciário que já está aí… Leia mais

24 de novembro de 2016
por Esmael Morais
35 Comentários

Na garupa da Lava Jato, objetivo do golpe Estado mais próximo com anistia para 200 políticos pró-Temer

deltan_temer_maiaNesta quinta (24), a Câmara deverá aprovar a anistia a mais de 200 políticos que fizeram caixa dois. O diabo é que o objetivo final do golpe de Estado vai sendo atingido na garupa da Operação Lava Jato, pois o texto leva ironicamente a grife “10 Medidas Anticorrupção” do procurador Deltan Dallagnol. Leia mais

12 de outubro de 2016
por Esmael Morais
32 Comentários

Assembleia define hoje greve nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná

educacao_greve_richaA APP-Sindicato realiza nesta quarta (12), às 8h30, no Paraná Clube Sede Social, em Curitiba, assembleia geral dos trabalhadores na educação básica com objetivo de aprovar greve, por tempo indeterminado, nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná a partir da próxima segunda-feira (17). Leia mais

7 de agosto de 2016
por Esmael Morais
34 Comentários

“Temer não se sustenta mais”, diz Requião

requiao_temer“Depois de ler jornais e revistas deste fim de semana, tenho a certeza de que Temer não se sustenta mais no governo”. A afirmação do senador Roberto Requião (PMDB-PR) ocorreu na noite neste domingo (7), em Curitiba, no Circo da Democracia, ao referir-se à delação premiada da Odebrecht. Leia mais

6 de agosto de 2016
por Esmael Morais
40 Comentários

ADEUS, TEMER

temer_padilha_odebrechtA delação premiada de Marcelo Odebrecht, se homologada pela Lava Jato, seria motivo bastante forte para abreviar a interinidade de Michel Temer (PMDB). Segundo depoimento do empreiteiro, o dono do golpe pediu e recebeu em dinheiro vivo R$ 10 milhões de propina. Leia mais

27 de maio de 2016
por Esmael Morais
24 Comentários

Caixa 2 de partidos financiou as manifestações contra Dilma

temer_golpe_cunha

Em 18 de março passado, o Blog do Esmael lançou suspeita acerca da farra publicitária do movimento que pedia o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff (clique aqui para relembrar). Na época, este site registrou que “nem o show do Rolling Stones possuía aparato de som e propaganda que dispõem os golpistas na capital paranaense ou ‘Capital da Lava Jato’ como eles se orgulham nas redes sociais”.

Pois bem, pouco mais de dois meses depois, hoje (27), eis que o jornal Folha de S. Paulo revela gravações mostrando a origem do dinheiro: PMDB, DEM, PSDB e SD.

Segundo a Folha, o MBL (Movimento Brasil Livre) se definia como apartidário e sem ligações financeiras com siglas políticas. Em suas páginas em redes sociais, fazia campanhas permanentes para receber ajuda financeira das pessoas, sem ligação com partidos. Há quem tenha acreditado nessa história… Leia mais

18 de março de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Dinheiro suspeito (caixa 2) financia manifestações de golpistas no país

Na noite desta quinta-feira (17) o DataEsmael contou cerca de 300 pessoas vestidas de “camisas amarelas” se concentrando em frente à Praça do Homem Nu, centro de Curitiba, em apoio ao juiz Sérgio Moro e o golpe contra a democracia – que eles também denominam de impeachment da presidente Dilma e contra a posse do ministro Lula na Casa Civil.

O que chamou a atenção não foi o fiasco de mais uma manifestação dos “camisas amarelas” – em alusão aos “camisas negras” das jornadas fascistas –, mas sim a estrutura de mobilização que os poucos gatos-pingados tinham e têm à sua disposição para lutar contra o governo democraticamente eleito. Nem o show do Rolling Stones possuía aparato de som e propaganda que dispõem os golpistas na capital paranaense ou “Capital da Lava Jato” como eles se orgulham nas redes sociais.

Dinheiro de caixa dois? De onde vem a bufunfa que patrocina os golpistas? A grana vem do estrangeiro? Podem eles utilizar verbas de origem duvidosa para supostamente combater criminosos, a exemplo de grampos ilegais para punir supostos crimes? Evidentemente que não, mas nesses tempos de fascismos tudo pode e [quase] tudo é acobertado pela carcomida mídia golpista.

Não há a quem recorrer para pedir investigação sobre a origem do dinheiro dos golpistas, pois eles se uniram à mídia e aos juízes que, aliás, ontem à tarde, em Curitiba, realizaram comício em frente à Justiça Federal em defesa da Lava Jato.

Parte dessa turma que organiza o movimento e grita “fora, Dilma” é composta de gente que tem problema na Justiça; outra é ligada a movimentos extremistas, fundamentalistas, com direito a financiamento público por meio de uma organização criminosa chamada “Tenda Digital” – da qual os leitores do Blog do Esmael já estão de saco cheio de tanto ouvir falar.

Mas os juízes estão atrás de um “mal maior”, que seria prender Lula e derrubar Dilma; possivelmente sonhem instituir uma “ditadura-jurídica-policial” para eles mesmos, haja vista o enfraquecimento dos partidos políticos.

Esse ativismo judicial da magistratura tem como objetivo a derrubada do governo constitucional, a tomada do poder, e nada a ver com democracia. Até mesmo o jornal Folha de S. Paulo, em editorial, na edição de hoje, vê excessos do juiz Sérgio Moro: “… não pode avançar à revelia das garantias individuais e das leis em vigor no país”, diz o jornalão dos Frias, que sabe do que fala porque na década de 60 apoio o golpe que re Leia mais

30 de setembro de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Beto Richa é citado em e-mails apreendidos da Lava Jato; tucano recebeu dinheiro maldito

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), recebeu R$ 580 mil para a campanha eleitoral de 2010 de empresas investigadas pela operação Lava Jato. As doações coincidem com e-mails apreendidos pela Polícia Federal na sede da construtora Odebrecht, em São Paulo, no mês de junho deste ano.

Segundo prestação de contas no Superior Tribunal Eleitoral (TSE), o tucano recebeu R$ 580 mil em doações de ao menos duas empresas que receberam e-mails da secretária de Marcelo Odebrecht, Darci Luz, a Bunge e a Gerdau.

Richa não é formalmente investigado pelo juiz Sérgio Moro, mas desde abril deste ano o Blog do Esmael vem relatando que a Lava Jato ronda o Palácio Iguaçu.

Em julho passado, o doleiro Aberto Youssef, principal delator preso pela operação Lava Jato, prestou depoimento à Procuradoria Geral da República (PGR) sobre esquema que teria irrigado a campanha de reeleição do governador Beto Richa.

As investigações do Ministério Público Federal fizeram “conexão” com a Operação Publicano, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço policial do Ministério Público do Paraná.

O fio da meada seria o repasse de R$ 2 milhões, por auditores fiscais da Receita Estadual, à campanha tucana por meio de caixa 2. O dinheiro teria origem na cobrança de propina no órgão fazendário.

Leia mais

12 de setembro de 2015
por admin
21 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: O crime compensa? Que o digam os empresários da Lava Jato

Bernardi_PF

Em sua coluna deste sábado, o vereador Jorge Bernardi (PDT) analisa as possíveis punições e acordos de delação feitos pelos empreiteiros envolvidos em corrupção na Operação Lava Jato da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Justiça Federal. Segundo Bernardi, o esquema de corrupção na Petrobras e outras áreas do governo causou grandes danos à economia nacional, mas para boa parte dos envolvidos as penas deverão ser brandas. Leia, ouça, comente e compartilhe o texto abaixo: Leia mais

27 de junho de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

UTC doou mais a Aécio que a Dilma em 2014, mas velha mídia esconde

Por Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania

aecio_dilmaQuem lê os principais jornais dando conta de que a UTC doou 7,5 milhões de reais à campanha de Dilma Rousseff fica com a impressão de que há, aí, uma grande descoberta e que a presidente foi especialmente beneficiada por essa empresa. Nada mais falso.

Em primeiro lugar, se esses grandes veículos fizessem jornalismo deveriam esclarecer que essa empresa doou inclusive mais dinheiro à campanha de Aécio Neves no ano passado do que à de Dilma Rousseff.

Levantamento feito pelo site Às Claras, ligado à ONG Transparência Brasil, mostra que a UTC doou R$ 8.722.566,00 para a campanha a presidente de Aécio Neves, no ano passado. O valor é R$ 1,22 milhão superior ao valor doado à campanha de Dilma Rousseff na mesma época.

Diz o noticiário que Pessoa sentiu-se pressionado a doar a Dilma e ao PT porque tinha medo de que, se não doasse, o governo petista prejudicaria seus negócios. A pergunta que é obrigatório fazer, diante de tal acusação, é muito simples: por que Aécio, sem pressionar, recebeu mais do que Dilma?

Uma campanha recebeu 7,5 milhões de reais do empresário porque o intimidou e a outra – que, conforme a omissão do noticiário em citá-la, subentende-se que não intimidou – recebe 8,7 milhões de reais.

A primeira doação decorre de chantagem e a segunda de “amor” ao candidato?

Ora, façam-me o favor…

midia_pt

Mas o pior não é isso. Uma simples busca na internet revela que essa celeuma que dominou a grande mídia a partir da última sexta-feira (26) por conta das “novas” revelações de Ricardo Pessoa, da UTC, não tem a menor justificativa porque é matéria requentada.

Os três maiores jornais do país (Folha, Globo e Estadão) publicaram, neste sábado (27/06), praticamente a mesma matéria sobre o tema, inclusive com manchetes praticamente idênticas. Desse modo, tomemos como exemplo a matéria da Folha, que afirma que “Revelações de empreiteiro ampliam pressão sobre o PT”. Leia mais

20 de junho de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Roubalheira e crimes no governo Richa continuarão impunes, como dantes?

bernardi_crimes_impunes_richaJorge Bernardi*

A ocasião faz o ladrão, é o ditado popular. A carreira política do governador Beto Richa está manchada por escândalos desde sua eleição a deputado estadual. Na Assembleia Legislativa, houve os casos da sogra e do gabinete fantasma. O “primo distante”, Luiz Abi, fora um dos nomeados para o gabinete virtual do ex-deputado Beto Richa, que exercia o cargo de vice-prefeito de Curitiba.

Em 2000, Beto Richa disputou a Prefeitura de Curitiba como vice de Cassio Taniguchi. Aquela eleição foi marcada pelo maior escândalo financeiro de Caixa 2 de todos os tempos. Nela foram utilizados, de forma ilícita, R$ 29,8 milhões (R$ 97,7 milhões atualizados pelo IGP-100 em 05/2015) não declarados à Justiça Eleitoral, que contribuíram para a eleição de Taniguchi e Richa.

Dinheiro sujo da corrupção.

As estripulias de Taniguchi e Richa não deram em nada. Cumpriu-se a máxima: “na guerra, no amor e na política o único crime é perder”. Mais um escândalo sem ser apurado, graças a omissão dos responsáveis por denunciar e punir. O “bom moço” continuou sua carreira política impune. Leia mais

18 de junho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Habeas corpus suspende audiência de ‘braço direito’ da primeira-dama do Estado Fernanda Richa

gaeco_provopar_richaNunca antes na história do Paraná se expediu tantos habeas corpus em tão pouco tempo. Em tempos de atuação forte do Gaeco, praticamente todos os integrantes do primeiro escalão do governo do estado têm um “salvo conduto” judicial pronto para usar a qualquer momento.

A faz-tudo da primeira-dama do Estado, Fernanda Richa, Carlise Kwiatkowski, é a mais nova beneficiária de um habeas corpus concedido pelo desembargador Luiz Fernando Tomais Keppen, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Nunca é demais recordar que o presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Luiz Tarcísio Mossato Pinto, manteve-se no cargo graças a um desses habeas corpus concedido pela Justiça.

Carlise, que é do Provopar, se negou três vezes a comparecer em audiência no TRE como testemunha em processo sobre a distribuição de cobertores em comícios eleitorais em favor de Beto Richa (PSDB). Então, a Corregedoria Regional Eleitoral determinou que a Polícia Federal a conduzisse coercitivamente ao juízo.

A insistente fuga da mulher que é braço direito de Fernanda Richa na ONG Provopar, aliás, desde a época de FAS (Fundação de Ação Social) da Prefeitura de Curitiba, intrigou e chamou a atenção dos promotores do Gaeco — o combativo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado. Leia mais

18 de maio de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

Oposição ‘federaliza’ investigação de propina na reeleição de Richa

oposicao_richaA bancada de oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, formada sete deputados, ‘federalizou’ nesta segunda-feira (18) a investigação de crimes eleitorais cometidos pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo denúncia do auditor Luiz Antônio de Souza, o tucano recebeu R$ 2 milhões oriundos do esquema de corrupção na Receita Estadual de Londrina.

Os parlamentares oposicionistas protocolaram hoje representação no Ministério Público Federal pedindo a instauração de inquérito pela Polícia Federal.

“Além dos R$ 2 milhões sem a devida contabilização e declaração à Justiça Eleitoral, havendo indícios de caixa dois, o auditor contou também que as divisórias do comitê de Beto Richa em Londrina foram pagas pelo próprio Luiz Antônio de Souza – com nota fiscal emitida em seu nome”, diz o documento. Leia mais

16 de abril de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Fórum apresenta ‘Placar da Corrupção’ idealizado pelos primos Requião

Os primos Arruda e Requião Filho, idealizadores do fórum anticorrupção no governo Richa, apresentam placar que será inaugurado dia 26; Os integrantes do clã Requião distribuíram hoje imagem simulando o painel na Rua XV, em Curitiba.

Os primos Arruda e Requião Filho, idealizadores do fórum anticorrupção no governo Richa, apresentam placar que será inaugurado dia 26; Os integrantes do clã Requião distribuíram hoje imagem simulando o painel na Rua XV, em Curitiba.

O ‘Fórum Popular Contra a Corrupção no Paraná’ apresentou nesta quinta-feira (16) o ‘Placar da Corrupção’, que será inaugurado no próximo dia 26 de abril, em Curitiba, durante manifestação pelo impeachment do governador Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais