Ao vivo: Rui Pimenta, do PCO, lança livro sobre a máquina de censura da extrema direita

Moro se declara “suspeito” para julgar blogueiro. Será que fará o mesmo em relação a Lula?

O juiz Sérgio Moro se declarou “suspeito” de julgar o jornalista Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, em virtude de “notória inimizade” entre ambos. Ora, essa mesma inimizade no coração de Moro também é percebida em relação ao ex-presidente Lula.

Blogueiro relata detalhes do sequestro que sofreu a mando de Sérgio Moro

O jornalista Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, faz um emocionado e detalhado relato do sequestro que sofreu na terça (21) a mando do juiz Sérgio Moro. “Não é mais juiz, é parte de um litígio”, opina o blogueiro, que acusa do magistrado de ter quebrado seu sigilo telefônico para descobrir a fonte de suas notícias.

‘Recuo de Moro é insuficiente’, diz advogado de blogueiro

O arrependimento do juiz Sérgio Moro, que recuou da perseguição contra o blogueiro Eduardo Guimarães, não é suficiente. Esta é a opinião do advogado Fernando Hideo Lacerda, que exige a devolução dos equipamentos apreendidos pela Lava Jato e a retirada do depoimento “mediante sequestro” de Guimarães.

Ao vivo: Ato em solidariedade ao blogueiro Eduardo Guimarães; pela liberdade de imprensa

Jornalistas e ativistas pela liberdade de expressão realizam na noite desta terça-feira (21), em São Paulo, ato em solidariedade ao blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, pela liberdade de imprensa no país.

Blogs livres realizam ato em São Paulo contra a “Vaza Jato” e putaria da Globo

 

Ato em favor da liberdade de expressão e contra a “Vaza Jato” vai reunir nesta segunda-feira (7), às 19 horas, no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (Sindijor-SP), as forças vivas em defesa da democracia e de repúdio à tentativa de golpe jurídico-midiático no país; dentre os convidados estão: Roberto Requião (PMDB-PR); Jandira Feghali (PCdoB-RJ); Paulo Pimenta (PT-RS); Camila Marques (Artigo 19); Rosane Bertotti (FNDC); Celso Schröder (Fenaj); e Lindbergh Farias (PT-RJ); evento também debaterá a putaria armada pela Globo contra o blogueiro Eduardo Guimarães, o Edu, do Blog da Cidadania; Blog do Esmael vai transmitir o evento ao vivo para o Brasil e o mundo a partir das 19 horas.
Ato em favor da liberdade de expressão e contra a “Vaza Jato” vai reunir nesta segunda-feira (7), às 19 horas, no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (Sindijor-SP), as forças vivas em defesa da democracia e de repúdio à tentativa de golpe jurídico-midiático no país; dentre os convidados estão: Roberto Requião (PMDB-PR); Jandira Feghali (PCdoB-RJ); Paulo Pimenta (PT-RS); Camila Marques (Artigo 19); Rosane Bertotti (FNDC); Celso Schröder (Fenaj); e Lindbergh Farias (PT-RJ); evento também debaterá a putaria armada pela Globo contra o blogueiro Eduardo Guimarães, o Edu, do Blog da Cidadania; Blog do Esmael vai transmitir o evento ao vivo para o Brasil e o mundo a partir das 19 horas.

UTC doou mais a Aécio que a Dilma em 2014, mas velha mídia esconde

Por Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania

aecio_dilmaQuem lê os principais jornais dando conta de que a UTC doou 7,5 milhões de reais à campanha de Dilma Rousseff fica com a impressão de que há, aí, uma grande descoberta e que a presidente foi especialmente beneficiada por essa empresa. Nada mais falso.

Em primeiro lugar, se esses grandes veículos fizessem jornalismo deveriam esclarecer que essa empresa doou inclusive mais dinheiro à campanha de Aécio Neves no ano passado do que à de Dilma Rousseff.

Levantamento feito pelo site Às Claras, ligado à ONG Transparência Brasil, mostra que a UTC doou R$ 8.722.566,00 para a campanha a presidente de Aécio Neves, no ano passado. O valor é R$ 1,22 milhão superior ao valor doado à campanha de Dilma Rousseff na mesma época.

Diz o noticiário que Pessoa sentiu-se pressionado a doar a Dilma e ao PT porque tinha medo de que, se não doasse, o governo petista prejudicaria seus negócios. A pergunta que é obrigatório fazer, diante de tal acusação, é muito simples: por que Aécio, sem pressionar, recebeu mais do que Dilma?

Uma campanha recebeu 7,5 milhões de reais do empresário porque o intimidou e a outra – que, conforme a omissão do noticiário em citá-la, subentende-se que não intimidou – recebe 8,7 milhões de reais.

A primeira doação decorre de chantagem e a segunda de “amor” ao candidato?

Ora, façam-me o favor…

midia_pt

Mas o pior não é isso. Uma simples busca na internet revela que essa celeuma que dominou a grande mídia a partir da última sexta-feira (26) por conta das “novas” revelações de Ricardo Pessoa, da UTC, não tem a menor justificativa porque é matéria requentada.

Os três maiores jornais do país (Folha, Globo e Estadão) publicaram, neste sábado (27/06), praticamente a mesma matéria sobre o tema, inclusive com manchetes praticamente idênticas. Desse modo, tomemos como exemplo a matéria da Folha, que afirma que “Revelações de empreiteiro ampliam pressão sobre o PT”.

Barbosa criou “lei” para só ele ser carrasco de Dirceu

do Brasil 247

Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães, revela articulação do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, para que ele pudesse permanecer como único responsável pela execução da pena do ex-ministro José Dirceu, pela condenação na Ação Penal 470; no dia 14 de novembro do ano passado (um dia antes da prisão do petista), Barbosa emitiu a resolução 514, em que definiu que "o relator ficará responsável pela execução penal dos condenados até o fim de suas penas"; informação dá significado à s dificuldades que Dirceu enfrenta desde que foi preso - foi colocado em regime fechado, mesmo sendo condenado ao semiaberto e não conseguiu ter aprovado, até agora, seu pedido de trabalho externo.
Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães, revela articulação do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, para que ele pudesse permanecer como único responsável pela execução da pena do ex-ministro José Dirceu, pela condenação na Ação Penal 470; no dia 14 de novembro do ano passado (um dia antes da prisão do petista), Barbosa emitiu a resolução 514, em que definiu que “o relator ficará responsável pela execução penal dos condenados até o fim de suas penas”; informação dá significado à s dificuldades que Dirceu enfrenta desde que foi preso – foi colocado em regime fechado, mesmo sendo condenado ao semiaberto e não conseguiu ter aprovado, até agora, seu pedido de trabalho externo.
O blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, publica nesta segunda-feira (21) artigo em que revela que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, emitiu, um dia antes da prisão do ex-ministro José Dirceu, em 14 de novembro do ano passado, uma resolução, em que se coloca como uma espécie de carcereiro eterno do petista. Na determinação que criou, Barbosa definiu que o relator ficará responsável pela execução penal dos condenados “até o fim de suas penas”.

Abaixo o texto na íntegra: