20 de junho de 2015
por Esmael Morais
20 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Roubalheira e crimes no governo Richa continuarão impunes, como dantes?

bernardi_crimes_impunes_richaJorge Bernardi*

A ocasião faz o ladrão, é o ditado popular. A carreira política do governador Beto Richa está manchada por escândalos desde sua eleição a deputado estadual. Na Assembleia Legislativa, houve os casos da sogra e do gabinete fantasma. O “primo distante”, Luiz Abi, fora um dos nomeados para o gabinete virtual do ex-deputado Beto Richa, que exercia o cargo de vice-prefeito de Curitiba.

Em 2000, Beto Richa disputou a Prefeitura de Curitiba como vice de Cassio Taniguchi. Aquela eleição foi marcada pelo maior escândalo financeiro de Caixa 2 de todos os tempos. Nela foram utilizados, de forma ilícita, R$ 29,8 milhões (R$ 97,7 milhões atualizados pelo IGP-100 em 05/2015) não declarados à Justiça Eleitoral, que contribuíram para a eleição de Taniguchi e Richa.

Dinheiro sujo da corrupção.

As estripulias de Taniguchi e Richa não deram em nada. Cumpriu-se a máxima: “na guerra, no amor e na política o único crime é perder”. Mais um escândalo sem ser apurado, graças a omissão dos responsáveis por denunciar e punir. O “bom moço” continuou sua carreira política impune. Leia mais

20 de março de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Paulo Rossi: “O prefeito Fruet também frequentava o ‘Comitê Lealdade'”

O fantasma do “Comitê Lealdade” formado por dissidentes do PRTB, em 2008, para apoiar a reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), voltou neste início de outono a assombrar os políticos curitibanos.

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Paulo Rossi, nesta sexta, pediu direito de respostas em cima da coluna do secretário Municipal de Governo, Ricardo Mac Donald, que enxergou viés político-eleitoral na greve dos garis encerrada ontem.

Mac Donald afirmou na coluna que conhece a ficha do dirigente Manassés Oliveira, do Siemaco, sindicato dos trabalhadores na limpeza pública, ex-comandante do “Comitê Lealdade” financiado com recursos de caixa 2. “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”, disparou.

Pois bem, Paulo Rossi divulgou esta tarde fotos de quando o então deputado Gustavo Fruet era assíduo frequentador do mesmo “Comitê Lealdade”.

“Ao invés de tentar desqualificar o trabalho de dirigentes que lutam pela classe que representam, o secretário deveria cobrar a empresa que detém a coleta de lixo, a CAVO, importante doadora de recursos em campanhas eleitorais, reconhecimento do trabalho dos garis”, contra-atacou o presidente da UGT.

A seguir, leia a íntegra do direito de resposta:

Prezado amigo e blogueiro Esmael Morais,

No seu respeitado blog desta sexta-feira, o secretário de governo(?) da Prefeitura de Curitiba, Ricardo Mac Donald, na coluna semanal, tenta vincular a greve dos garis, encerrada ontem, quinta-feira, ao fato do companheiro Manassés Oliveira, presidente do Siemaco – Sindicato que representa a categoria, então vereador em 2008, ter participado do “Comitê Lealdade” de apoio à reeleição do prefeito Beto Richa(PSDB).

O mesmo secretário e colunista nas horas vagas tenta fugir das responsabilidades do município em garantir salários e condições dignas de trabalho aos trabalhadores da limpeza urbana da capital paranaense, imputando ao movimento paredista a sua relação com grupos de oposição ao atual prefeito.

Ao invés de tentar desqualificar o trabalho de dirigentes sindicais que lutam pela classe que representam, o p Leia mais

20 de março de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Coluna do Ricardo Mac Donald: “A greve do lixo em Curitiba”

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, afirma que  conhece a ficha dos dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco); ele se refere ao presidente da entidade, Manassés Oliveira, ex-comandante do Comitê Lealdade na campanha de reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), em 2008, financiado com recursos de caixa 2; capitão do time do atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não tem dúvidas: “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”; leia a íntegra do texto.

Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, afirma que conhece a ficha dos dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco); ele se refere ao presidente da entidade, Manassés Oliveira, ex-comandante do Comitê Lealdade na campanha de reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), em 2008, financiado com recursos de caixa 2; capitão do time do atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não tem dúvidas: “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”; leia a íntegra do texto.

Ricardo Mac Donald* ... 

Leia mais

2 de junho de 2014
por Esmael Morais
43 Comentários

Agora vai: Linguiça do Circo anuncia apoio à  reeleição de Richa

Beto Richa recebe apoio hoje à  noite, em Curitiba, do ex-candidato a vereador Linguiça do Circo; tucanos e assemelhados realizam na casa de shows do Adelson, no bairro Sítio Cercado, à s 19 horas, evento pela reeleição do governador do PSDB; assista ao vídeo.

Beto Richa recebe apoio hoje à  noite, em Curitiba, do ex-candidato a vereador Linguiça do Circo; tucanos e assemelhados realizam na casa de shows do Adelson, no bairro Sítio Cercado, à s 19 horas, evento pela reeleição do governador do PSDB; assista ao vídeo.

O folclórico ex-candidato a vereador Linguiça do Circo, agora no PSC, é a principal “arma secreta” do governador Beto Richa (PSDB) à  reeleição deste ano. Com o PMDB cada vez mais distante, o apoio do empresário do mundo circense ganhou peso e pode até mesmo ser o vice do tucano. ... 

Leia mais

4 de abril de 2012
por Esmael Morais
3 Comentários

Para o TRE, Ducci não teve ligação com caixa 2 na campanha de 2008

Luciano Ducci (PSB).

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), foi inocentado ontem pela Justiça Eleitoral da acusação de prática de caixa dois na campanha de 2008. Na época, ele concorreu à  vice na chapa de Beto Richa (PSDB) — que deixou a prefeitura em 2010 para disputar o governo do estado. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo