17 de Maio de 2018
por esmael
Comente agora

Gleisi: “Prefeito de Porecatu se elegeu preso e cumpriu o mandato”

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, ao reafirmar em Curitiba que Lula será candidato ‘preso’ ou ‘solto’, recordou nesta quinta (17) que no Paraná o prefeito de Porecatu foi eleito mesmo estando preso — e assumiu o cargo. Leia mais

5 de Maio de 2018
por esmael
Comente agora

Porta-voz diz que sabatina sem Lula não vale nada, é fraude

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, alçada à condição de porta-voz oficial de Lula, reafirmou que debates e entrevistas sobre as eleições de nada valem sem a presença do ex-presidente porque ele é o líder nas pesquisas. Leia mais

19 de Abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em Na falta do que fazer, PGR vai investigar entrevista de Gleisi à TV Al Jazeera

Na falta do que fazer, PGR vai investigar entrevista de Gleisi à TV Al Jazeera

A Procuradoria-Geral da República, a PGR, não tem mais o que fazer. Segundo o Estadão, o órgão vai investigar a entrevista que a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, concedeu à TV Al Jazeera. Leia mais

13 de Abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em Gleisi desnuda MPF tucano

Gleisi desnuda MPF tucano

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, via Twitter, desnudou nesta sexta (13) o Ministério Público Federal (MPF) tucano. Segundo ela, há “alinhamento ideológico” entre o PSDB e os procuradores do órgão. Leia mais

11 de Abril de 2018
por esmael
4 Comentários

STJ alivia para Alckmin

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nancy Andrighi, que relata o inquérito contra o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), no âmbito da lava jato, aliviou para o tucano ao encaminhar o processo para a Justiça Eleitoral. Leia mais

3 de novembro de 2016
por esmael
28 Comentários

Temer tenta jogar ‘estudante contra estudante’ ao adiar ENEM, denunciam entidades

cep_temerA UNE e a UBES lançaram nota conjunta denunciando o governo de Michel Temer (PMDB), que, segundo as entidades, a adiar a realização do ENEM nas instituições ocupadas para o mês de dezembro, tenta colocar os estudantes uns contra os outros para enfraquecer o movimento legítimo das ocupações.

23 de outubro de 2016
por esmael
10 Comentários

Justiça autoriza Câmara instalar ‘CPI do Impeachment’ do prefeito de Ponta Grossa (PR)

laroca_rangelO juiz Ivo Faccenda, do Tribunal de Justiça do Paraná, cassou neste domingo (23) liminar do prefeito do município de Ponta Grossa (PR), Marcelo Rangel (PPS), que proibia a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar suposto crime de responsabilidade em sua administração.

8 de outubro de 2016
por esmael
30 Comentários

Facebook ficará 24h fora do ar por decisão da Justiça Eleitoral

arruda_censura_facebookO deputado federal João Arruda (PMDB-PR) criticou neste sábado (8) a decisão da Justiça Eleitoral, de Santa Catarina, de bloquear o Facebook por 24 horas em todo o país. O parlamentar é autor de um projeto de lei, na Câmara, que proíbe bloqueio de aplicativos de redes sociais como Facebook e WhatsApp.

18 de setembro de 2016
por esmael
9 Comentários

Justiça rejeita censura à pesquisa Ibope

candidatos_curitibaA Justiça Eleitoral considerou improcedentes três pedidos de censura do Ibope, por isso o instituto divulgará nesta segunda (19) novos números sobre a disputa pela Prefeitura de Curitiba.

12 de agosto de 2016
por esmael
10 Comentários

Justiça Eleitoral confirma candidatura de Requião Filho à Prefeitura de Curitiba

requiao_filho_2016O juiz João Luiz Manassés de Albuquerque Filho, juiz da 1ª Zona Eleitoral, pôs fim à pendenga acerca das convenções do PMDB e considerou válida aquela que escolheu o deputado Requião Filho candidato à Prefeitura de Curitiba.

13 de julho de 2016
por esmael
8 Comentários

Greca acusa tentativa de Fruet de cercear sua candidatura à Prefeitura de Curitiba

greca_vs_fruetRafael Greca, candidato a prefeito de Curitiba pelo PMN, por meio da assessoria jurídica, denunciou que há um claro movimento para cercear sua candidatura. O advogado Walber Agra, representante do ex-prefeito, esclarece que os perfis retirados do Facebook foram “Volta Curitiba” e “Volta Greca” e não o perfil oficial do candidato. O jurídico do contendor do PMN considera ainda que a liminar do TRE fere “o sacrossanto direto da liberdade de expressão”. Abaixo, leia a íntegra do despacho do representante de Rafael Greca:

20 de junho de 2015
por esmael
20 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Roubalheira e crimes no governo Richa continuarão impunes, como dantes?

bernardi_crimes_impunes_richaJorge Bernardi*

A ocasião faz o ladrão, é o ditado popular. A carreira política do governador Beto Richa está manchada por escândalos desde sua eleição a deputado estadual. Na Assembleia Legislativa, houve os casos da sogra e do gabinete fantasma. O “primo distante”, Luiz Abi, fora um dos nomeados para o gabinete virtual do ex-deputado Beto Richa, que exercia o cargo de vice-prefeito de Curitiba.

Em 2000, Beto Richa disputou a Prefeitura de Curitiba como vice de Cassio Taniguchi. Aquela eleição foi marcada pelo maior escândalo financeiro de Caixa 2 de todos os tempos. Nela foram utilizados, de forma ilícita, R$ 29,8 milhões (R$ 97,7 milhões atualizados pelo IGP-100 em 05/2015) não declarados à Justiça Eleitoral, que contribuíram para a eleição de Taniguchi e Richa.

Dinheiro sujo da corrupção.

As estripulias de Taniguchi e Richa não deram em nada. Cumpriu-se a máxima: “na guerra, no amor e na política o único crime é perder”. Mais um escândalo sem ser apurado, graças a omissão dos responsáveis por denunciar e punir. O “bom moço” continuou sua carreira política impune.

18 de Maio de 2015
por esmael
20 Comentários

Oposição ‘federaliza’ investigação de propina na reeleição de Richa

oposicao_richaA bancada de oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, formada sete deputados, ‘federalizou’ nesta segunda-feira (18) a investigação de crimes eleitorais cometidos pelo governador Beto Richa (PSDB). Segundo denúncia do auditor Luiz Antônio de Souza, o tucano recebeu R$ 2 milhões oriundos do esquema de corrupção na Receita Estadual de Londrina.

Os parlamentares oposicionistas protocolaram hoje representação no Ministério Público Federal pedindo a instauração de inquérito pela Polícia Federal.

“Além dos R$ 2 milhões sem a devida contabilização e declaração à Justiça Eleitoral, havendo indícios de caixa dois, o auditor contou também que as divisórias do comitê de Beto Richa em Londrina foram pagas pelo próprio Luiz Antônio de Souza – com nota fiscal emitida em seu nome”, diz o documento.

3 de outubro de 2014
por esmael
8 Comentários

Com os bancos em greve, como serão pagos os cabos eleitorais?

A campanha salarial dos bancários iniciada no mês de agosto pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) não alcançou acordo nas rodadas de negociação com os banqueiros representados pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), e desde a última terça-feira (30/09) os bancos estão fechados com os bancários em greve. Nada mais justo.

Agora, fica a pergunta: como é que os candidatos estão fazendo para pagar seus cabos eleitorais? Todo mundo que circula no meio político sabe que o grosso da mão de obra de campanha é paga diariamente, ou pelo menos toda semana; e que ninguém se arrisca a deixar para receber depois que as urnas forem abertas.

Em matéria publicada ontem pelo Blog do Esmael sobre um depósito que abrigava panfletos apócrifos, o ex-secretário de Educação do Estado Maurício Requião (PMDB) afirmou que havia cerca de 40 funcionários trabalhando clandestinamente sem registro. Eles montavam cavaletes para a campanha de Beto Richa (PSDB). Como seriam pagos esses trabalhadores?

Será que é tudo na base do velho caixa dois!, feito com dinheiro vivo, sem passar pelos bancos?

23 de setembro de 2014
por esmael
41 Comentários

Gleisi entra com ação para que Richa explique repasses a 13 jornais que enaltecem governo

A coligação Paraná Olhando pra Frente entrou na Justiça Eleitoral com uma ação contra o candidato à  reeleição, governador Beto Richa (PSDB), por abuso de poder político, econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

São citados 13 jornais que vêm recebendo recursos do governo do estado e sistematicamente dispensam tratamento privilegiado a Beto Richa em seu conteúdo editorial.

Os jornais são: Diário do Noroeste (Paranavaí); Diário do Norte (Maringá); O Presente (Marechal Cândido Rondon); O Paraná, Hoje e Tribuna do Povo (Cascavel); Folha de Londrina (Londrina); Diário dos Campos (Ponta Grossa); Diário de Guarapuava e Diário do Sudoeste (Guarapuava e Pato Branco); Gazeta do Paraná (Cascavel); Jornal de Beltrão (Francisco Beltrão); Gazeta Regional (Goioerê).

O Governo Beto Richa, conforme afirma o próprio Tribunal de Contas, aumentou em 668% os gastos com publicidade.!  Não surpreende, portanto, o tratamento dispensado por alguns jornais ao candidato à  reeleição. Esse jornais que indicamos na ação receberam mais de R$ 5 milhões da atual administração!, explica o coordenador jurídico da coligação Paraná Olhando pra Frente, Luiz Fernando Pereira.

Caso seja condenado, o atual governador está sujeito inclusive a cassação do registro de candidatura. Na hipótese do julgamento ocorrer após a eleição e o governador for reeleito, estará sujeito a cassação do mandato.

22 de setembro de 2014
por esmael
14 Comentários

Datafolha é multado por esconder dados de pesquisa no Paraná

O que o Datafolha tem a esconder?!, pergunta o advogado Luiz Fernando Delazari, ao comentar multa de R$ 10.641,00 contra o instituto de pesquisa contratado pela RPC TV (Globo) para levantar a intenção de votos para o governo do Paraná; DatafAlha descumpriu determinação do magistrado que o obrigava abrir planilhas com os questionários, como prevê a Lei Eleitoral, ao senador Roberto Requião, candidato ao governo.

O que o Datafolha tem a esconder?!, pergunta o advogado Luiz Fernando Delazari, ao comentar multa de R$ 10.641,00 contra o instituto de pesquisa contratado pela RPC TV (Globo) para levantar a intenção de votos para o governo do Paraná; DatafAlha descumpriu determinação do magistrado que o obrigava abrir planilhas com os questionários, como prevê a Lei Eleitoral, ao senador Roberto Requião, candidato ao governo.

O desembargador Guido José Dà¶beli, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), nesta segunda-feira (22), aplicou multa de R$ 10.641,00 contra o instituto Datafolha, que no estado ganhou a corruptela DatafAlha, por sonegar informações relativas à  sondagem sobre a disputa pelo Palácio Iguaçu. Leia mais

22 de setembro de 2014
por esmael
42 Comentários

Educadores denunciam mais um jantar “grátis” da campanha de Beto Richa

Professores e funcionários da Secretaria de Estado da Educação (SEED) denunciam que estão sendo

Professores e funcionários da Secretaria de Estado da Educação (SEED) denunciam que estão sendo “convocados” para um jantar de campanha do governador-candidato Beto Richa (PSDB), hoje à  noite, no Hotel Hara, na Praça Ouvidor Pardinho, em Curitiba. Os organizadores dizem que é por adesão, mas fontes na SEED garantem que tudo será grátis!, o que é ilegal pela lei eleitoral vigente. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) promete mais uma blitz no local esta noite, a exemplo do que fez na última quarta-feira (17) durante jantar no Buffet Ilha do Mel.

Professores e funcionários da Secretaria de Estado da Educação (SEED) denunciam que estão sendo ‘convocados’ para participar de um jantar nesta segunda-feira (22), à s 19 horas, no Hotel Hara, Praça Ouvidor Pardinho, em Curitiba, pela reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

19 de setembro de 2014
por esmael
37 Comentários

Gleisi denuncia Richa por distribuição de micro-ônibus para prefeitos em período eleitoral

A coligação Paraná Olhando pra Frente entrou hoje com uma representação contra o candidato à  reeleição, governador Beto Richa (PSDB), por realizar a distribuição de micro-ônibus da saúde para municípios em pleno período eleitoral.

A prática contraria o artigo 73 da Lei 9.504/97, que trata das condutas vedadas aos agentes públicos em campanha.

A Lei afirma que o agente público não pode fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo Poder Público!.

Para embasar a denúncia, a coligação que tem Gleisi Hoffmann apresentou à  Justiça Eleitoral fotos e vídeos que comprovam forte presença de material de campanha de Beto Richa nos eventos de entrega dos ônibus.

Além de Richa, são citados na ação o secretário de Estado da Saúde, Michelle Caputo e a candidata à  vice-governadora, Cida Borghetti.

A legislação eleitoral é muito clara. Não bastasse a estratégia de realizar a entrega de bem caro e durável (micro-ônibus), especificamente para a sensível área da saúde, vemos que no caso da entrega realizada em Piraquara o evento tomou uma proporção eleitoral mais acentuada!, explica o coordenador jurídico da coligação Paraná Olhando pra Frente, Luiz Fernando Pereira.

Rápida busca feita por Gleisi na internet confirmaria a entrega de vários ônibus, a diversos Municípios, no período de campanha:

14/08/2014 !“ Paranaguá/PR e Litoral !“ 01 micro-ônibus e diversos veículos;
28/08/2014 !“ Jacarezinho/PR !“ 06 micro-ônibus;
28/08/2014 !“ Cornélio Procópio/PR !“ 07 micro-ônibus;
03/09/2014 !“ Ponta Grossa/PR !“ 04 micro-ônibus;
04/09/2014 !“ Piraquara/PR !“ 04/09/2014 !“ 04 micro-ônibus.

Confira a íntegra da representação:! 

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/09/20132838/representa.pdf

15 de setembro de 2014
por esmael
21 Comentários

Panfletos da coligação de Beto Richa atacam Requião. Desespero?

O município de Campo Mourão amanheceu coalhado! de panfletos assinados pela coligação Todos pelo Paraná!, do governador-candidato Beto Richa (PSDB), atacando o candidato Roberto Requião (PMDB). Foram dois panfletos diferentes, um falando sobre a atuação de Requião no Senado, outro atacando a sua aposentadoria!. A tropa de choque de Requião promete revidar com chumbo grosso mostrando a dupla aposentadoria da mãe de Richa que recebe mais de R$ 37 mil sem nunca ter sido governadora ou senadora, dentre outras revelações bombásticas!.

O município de Campo Mourão amanheceu coalhado! de panfletos assinados pela coligação Todos pelo Paraná!, do governador-candidato Beto Richa (PSDB), atacando o candidato Roberto Requião (PMDB). Foram dois panfletos diferentes, um falando sobre a atuação de Requião no Senado, outro atacando a sua aposentadoria!. A tropa de choque de Requião promete revidar com chumbo grosso mostrando a dupla aposentadoria da mãe de Richa que recebe mais de R$ 37 mil sem nunca ter sido governadora ou senadora, dentre outras revelações bombásticas!.

A campanha do governador-candidato Beto Richa (PSDB) parece disposta a usar de todos os meios para garantir a sua reeleição. Isso vai desde o uso repetido da máquina pública, diversas vezes noticiado aqui no Blog do Esmael e também diversas vezes condenado pela Justiça Eleitoral. Leia mais

10 de setembro de 2014
por esmael
11 Comentários

Justiça nega a Alvaro Dias direito de resposta no horário de Gomyde

O! juiz auxiliar Guido José Dà¶beli, da! Justiça Eleitoral do Paraná, negou direito de resposta ao candidato Alvaro Dias (PSDB) no horário eleitoral de Ricardo Gomyde (PC do B), que disputa cadeira no Senado pela Coligação “Paraná Olhando Pra Frente”.

Alvaro! entrou com representação contra propaganda veiculada no dia 05 de setembro, em que! ele! foi! criticado por ter se posicionado contra o programa de profissionalização do Governo Federal intitulado “Pronatec”.

Em sua decisão, o juiz ! assinala que não verificou a presença de afirmação inverídica, julgando a representação improcedente. Pelo exposto, julgo extinta a representação, sem resolução do mérito, no que tange a qualquer forma de irregularidade da propaganda como a utilização de montagem e trucagem e, no que tange ao pedido de direito de resposta, julgo improcedente a presente Representação e indefiro o pedido de direito de resposta, ante não caracterização de afirmação sabidamente inverídica.!

A assessoria jurídica da Coligação “Paraná Olhando Pra Frente” destaca que o candidato Alvaro Dias tanto se posicionou contra o Pronatec que há link específico em seu site intitulado “Adin contra medida provisória” que se refere a MP 548/2011. Além disso, notícias e documentos comprovam a intervenção judicial capitaneada pelo candidato para barrar recursos do Pronatec.

A propaganda está estritamente dentro do que permite o bom debate político no que tange a críticas a oposição veemente de Alvaro Dias em relação a programas e projetos do Governo Federal!, explica o coordenador jurídico da coligação Paraná Olhando pra Frente, Luiz Fernando Pereira.