8 de julho de 2015
por esmael
14 Comentários

Professores planejam “festa” de 50 anos para Richa no dia 29 de julho

richa_festa_profsO governador Beto Richa (PSDB) completará no próximo dia 29 de julho 50 anos de idade. A data também é simbólica para educadores paranaenses, pois nesse dia serão lembrados os três meses do massacre ocorrido em 29 de abril no Centro Cívico. Leia mais

8 de julho de 2015
por esmael
28 Comentários

Mais um parente do governador tucano Beto Richa é preso no Paraná

khalil_abi_richaMais um parente distante do governador Beto Richa (PSDB) foi preso nesta terça-feira (7) no Paraná. Segundo sites de notícia da região Norte, o empresário Khalil Albert Abi Antoun, de 48 anos, recebeu voz de prisão por crimes de receptação cometidos em maio de 2011.

De acordo com o portal Bonde, Antoun foi condenado, em primeira instância, por ocultar, em um galpão de sua propriedade, 7,7 mil peças de roupas avaliadas em aproximadamente R$ 220 mil. A mercadoria havia sido roubada de duas empresas de confecção, de Alvorada do Sul e Londrina, entre os dias 14 e 18 de maio de 2011.

A defesa do empresário entrou com um recurso contra a condenação no Tribunal de Justiça do Paraná, mas a apelação foi negada pelos desembargadores da 5ª turma no final de outubro de 2014.

1 de julho de 2015
por esmael
27 Comentários

Por 25 votos a 14, Assembleia rejeita convite para denunciante de desvios na Educação do Paraná

Ex-superintendente da SUDE, Jaime Sunye Neto, delatou esquema de corrupção na Educação do Paraná; Assembleia rejeitou requerimento para ouvi-lo sobre desvios que podem ultrapassar R$ 30 milhões de obras escolas não executadas pelo governo Beto Richa (PSDB).

Ex-superintendente da SUDE, Jaime Sunye Neto, delatou esquema de corrupção na Educação do Paraná; Assembleia rejeitou requerimento para ouvi-lo sobre desvios que podem ultrapassar R$ 30 milhões de obras escolas não executadas pelo governo Beto Richa (PSDB).

A “Bancada do Camburão” rejeitou nesta quarta-feira, 1º de julho, por 25 votos a 14, requerimento que convocava o ex-superintendente da SUDE (Superintendência de Desenvolvimento Educacional), Jaime Sunye, para esclarecer denúncias de desvios que podem ultrapassar R$ 30 milhões de obras escolares não executadas. Leia mais

30 de junho de 2015
por esmael
27 Comentários

“Bancada do Camburão” derruba sessão para não convocar denunciante de roubo na educação do PR

“Bancada do Camburão” derrubou a sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (30); por que os governistas temem ouvir Jaime Sunye, ex-superintendente da SUDE, se o mesmo poderia esclarecer as denúncias [que ele fez] de corrupção de mais de R$ 30 milhões na Secretaria da Educação? Blog do Esmael divulgou em primeira mão, no dia 7 de junho, os esquemas com obras escolares não executadas.

“Bancada do Camburão” derrubou a sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (30); por que os governistas temem ouvir Jaime Sunye, ex-superintendente da SUDE, se o mesmo poderia esclarecer as denúncias [que ele fez] de corrupção de mais de R$ 30 milhões na Secretaria da Educação? Blog do Esmael divulgou em primeira mão, no dia 7 de junho, os esquemas com obras escolares não executadas.

Os deputados que compõem a base de sustentação do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia, a conhecida Bancada do Camburão, nesta terça-feira (30), em fila indiana, se retirou do plenário para derrubar a sessão e evitar votação de requerimento convocando o ex-superintendente Jaime Sunye, da Superintendência do Desenvolvimento Educacional (SUDE). Leia mais

20 de junho de 2015
por esmael
20 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Roubalheira e crimes no governo Richa continuarão impunes, como dantes?

bernardi_crimes_impunes_richaJorge Bernardi*

A ocasião faz o ladrão, é o ditado popular. A carreira política do governador Beto Richa está manchada por escândalos desde sua eleição a deputado estadual. Na Assembleia Legislativa, houve os casos da sogra e do gabinete fantasma. O “primo distante”, Luiz Abi, fora um dos nomeados para o gabinete virtual do ex-deputado Beto Richa, que exercia o cargo de vice-prefeito de Curitiba.

Em 2000, Beto Richa disputou a Prefeitura de Curitiba como vice de Cassio Taniguchi. Aquela eleição foi marcada pelo maior escândalo financeiro de Caixa 2 de todos os tempos. Nela foram utilizados, de forma ilícita, R$ 29,8 milhões (R$ 97,7 milhões atualizados pelo IGP-100 em 05/2015) não declarados à Justiça Eleitoral, que contribuíram para a eleição de Taniguchi e Richa.

Dinheiro sujo da corrupção.

As estripulias de Taniguchi e Richa não deram em nada. Cumpriu-se a máxima: “na guerra, no amor e na política o único crime é perder”. Mais um escândalo sem ser apurado, graças a omissão dos responsáveis por denunciar e punir. O “bom moço” continuou sua carreira política impune.

11 de Março de 2015
por esmael
20 Comentários

A TV Globo não vai mostrar, mas Câmara vai investigar contas secretas de brasileiros no HSBC da Suíça

A Rede Globo, por óbvio, não vai mostra hoje à  noite que a Câmara Federal aprovou o requerimento n!º 10/2015, do deputado federal Toninho Wandscheer (PT-PR), para criação de uma Subcomissão Especial a fim de investigar as contas secretas de brasileiros no Banco HSBC da Suíça.

Ao Blog do Esmael, o parlamentar paranaense informou que a Subcomissão Especial será instalada oficialmente na próxima quarta-feira, dia 18, em Brasília.

Jeitoso que é, o deputado Toninho adiantou que vai procurar o jornalista Fernando Rodrigues, do portal UOL, que detém as informações e a lista com os nomes “SwissLeaks” (vazamentos suíços) porque teve origem no maior furto de dados bancários da história, numa agência do HSBC, em Genebra.

O objetivo da Subcomissão é propor legislação que possibilite a recuperação de ativos originários e produtos de crimes, encontrados no exterior, de forma eficiente e célere, além de investigar as contas bancárias dos brasileiros – objeto de ampla divulgação da mídia nacional e internacional nos últimos dias.

Segundo o parlamentar, toda e qualquer corrupção deve ser investigada.

O HSBC, considerado um dos maiores bancos do mundo, virou alvo nas últimas semanas de escândalo proporcional ao seu tamanho. Registros internos de sua filial na Suíça vazados à  imprensa indicam que a instituição financeira manteve, até 2007, práticas condenadas pelas regras internacionais de combate à  lavagem de dinheiro. O HSBC teria gerido mais de US$ 100 bilhões em recursos de origem duvidosa!, explicou Wandscheer.

O deputado disse ainda, que o Ministério Público suíço abriu inquérito sobre o caso. Fizeram uma devassa na sede do banco em Genebra, na Suíça, e descobriram 8,7 mil correntistas brasileiros com mais de US$ 7 bilhões em depósitos!, disse.

Para o deputado, agora, surge o elo entre o escândalo envolvendo o HSBC e o Petrolão. Integrantes da Operação Lava Jato já reúnem provas de que a filial do HSBC no Brasil serviu de guarda-chuva para operações ilegais do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro que drenou os cofres da Petrobras.

Se a Globo não mostra, o Blog do Esmael escancara em tempo real tudo sobre o “SwissLeaks”. Acompanhe aqui.

26 de setembro de 2014
por esmael
60 Comentários

Gleisi pode ser beneficiada pelo confronto Richa x Requião?

A pergunta que a frente política faz é a seguinte: Gleisi Hoffmann, do PT, poderá se beneficiar dessa luta entre Richa e Requião em tatame de lama? Candidato do PMDB promete "revelação" que poderá colocar fim à  carreira política do governador do PSDB!. Indignado com furto de documentos de sua esposa, peemedebista afirma que antecipação de Richa foi um "peido de véia" perto da "bomba" que levará à  TV na segunda-feira, dia 29, durante horário eleitoral.

A pergunta que a frente política faz é a seguinte: Gleisi Hoffmann, do PT, poderá se beneficiar dessa luta entre Richa e Requião em tatame de lama? Candidato do PMDB promete “revelação” que poderá colocar fim à  carreira política do governador do PSDB!. Indignado com furto de documentos de sua esposa, peemedebista afirma que antecipação de Richa foi um “peido de véia” perto da “bomba” que levará à  TV na segunda-feira, dia 29, durante horário eleitoral.

Ferveu o K-Suco na reta final da eleição no Paraná. O senador Roberto Requião (PMDB) promete na segunda-feira, dia 29, “finalizar” a disputa pelo governo do Paraná com uma “bala de prata” e uma estaca de madeira “peroba” contra o governador Beto Richa (PSDB). Leia mais