7 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em O salário mínimo deveria ser R$ 3.804,06, afirma Dieese

O salário mínimo deveria ser R$ 3.804,06, afirma Dieese

O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) afirma que o salário mínimo deveria ser R$ 3.804,06 no mês de junho, qual seja, os trabalhadores brasileiros são “roubados” 3,99 vezes quando recebem apenas R$ 954. ... 

Leia mais

2 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi Hoffmann: Um ano sem CLT; menos direitos, menos empregos

Gleisi Hoffmann: Um ano sem CLT; menos direitos, menos empregos

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, lamenta que um ano depois de aprovada a reforma trabalhista, que revogou a CLT, o que se vê são muitos direitos a menos e nenhum emprego a mais. ... 

Leia mais

12 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Enio Verri: Éramos soberanos e não sabíamos

Enio Verri: Éramos soberanos e não sabíamos

O deputado Enio Verri (PT-PR) lamenta que nós brasileiros éramos soberanos — nos governos do PT — e não sabíamos. Ele também destaca “a farsa do sequestro do ex-presidente Lula” pela Operação Lava Jato, cuja denúncia não teria alcançado o exterior se ele não fosse um líder mundial. ... 

Leia mais

6 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Temer, de novo, reduz o salário mínimo

Temer, de novo, reduz o salário mínimo

Michel Temer é o atraso. De novo, o ilegítimo reduziu o valor do salário mínimo. De acordo com nota técnica da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, que analisa o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária para 2019, o trabalhador brasileiro assalariado ganhará apenas R$ 998. A previsão era que fosse reajustado para R$ 1.002. ... 

Leia mais

1 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
29 Comentários

Maduro aumenta em 40% salário mínimo na Venezuela. Já Temer… apenas 1,8%

Michel Temer perde em todos os quesitos para qualquer líder mundial. É o último em popularidade. Mas ganha disparado quando o assunto é ferrar os trabalhadores. Vide o reajuste miserável de 1,8% no salário mínimo que entrou em vigor hoje (1º), com viés de baixa. A título de comparação, na Venezuela, Nicolás Maduro anunciou aumento de 40% no salário mínimo. ... 

Leia mais

30 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
6 Comentários

Petrobras reajustou 116 vezes o preço da gasolina em um ano. Requião pede internamento de Temer

A maior desonestidade intelectual do golpe de Estado é dizer que o preço da gasolina — e do gás — foi necessário reajustar porque o governo do PT fez “populismo” ao manter o produto acessível a todos. Mentira. Dilma Rousseff foi derrubada justamente para que Michel Temer et caterva fizessem justamente o que estão fazendo com o nosso petróleo: privatizá-lo e reajustá-lo incríveis 116 vezes em apenas uma ano! ... 

Leia mais

29 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
5 Comentários

Temer baixou o salário mínimo em R$ 25 e criou o Dia do Palhaço no apagar das luzes

O privilegiado Michel Temer [ele se aposentou aos 55 anos com salário de R$ 30 mil ao mês] fez ‘barba, cabelo e bigode’ no apagar das luzes do mês de dezembro. Ele encolheu o salário mínimo em R$ 25 e criou o Dia do Palhaço. ... 

Leia mais

29 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
10 Comentários

Temer reduz R$ 25 do salário mínimo

O privilegiado Michel Temer — ele se aposentou aos 55 anos com salário de R$ 33 mil por mês — reduziu o salário mínimo pela terceira vez e, a partir de segunda-feira (1º), o mínimo passará a valer R$ 954, ou seja, R$ 25 a menos que o previsto inicialmente. ... 

Leia mais

14 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
13 Comentários

Congresso confirma redução do salário mínimo

O Congresso Nacional aprovou nesta quarta-feira (13) a proposta orçamentária de 2018 (PLN 20/17), a primeira sob a Emenda Constitucional 95, que instituiu a redução de investimentos públicos. Dentre as maldades está a confirmação da redução do salário mínimo para o ano que vem. Leia mais

10 de novembro de 2017
por Esmael Morais
10 Comentários

Motorista do UBER agora tem direito a salário mínimo… em Londres

Enquanto o Brasil semiescraviza motoristas do UBER, em Londres um tribunal trabalhista decidiu nesta sexta-feira (10) que aplicativo de transporte privado deve pagar salário mínimo a seus funcionários. Sim, na capital inglesa, esses trabalhadores tiveram o vínculo empregatício com a empresa norte-americana reconhecido. Leia mais

1 de maio de 2016
por Esmael Morais
4 Comentários

Dilma: “O golpe é contra as conquistas sociais”; assista a íntegra do discurso

dilma_golpeA presidente Dilma Rousseff discursou neste domingo, 1º de maio, durante meia hora na assembleia de trabalhadores promovida em São Paulo. Ela também anunciou aumento de 9,5% no Bolsa Família e correção de 5% no Imposto de Renda. Abaixo, assista a íntegra do pronunciamento: Leia mais

1 de maio de 2016
por admin
5 Comentários

Salário mínimo e CLT em risco

minimo

Enquanto o salário mínimo regional é novamente reajustado, seguindo a política de valorização, o salário mínimo nacional e os direitos trabalhistas estão em risco com a possibilidade de Michel Temer (PMDB) assumir a Presidência da República. É o que diz o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PSB), em sua coluna semanal excepcionalmente publicada neste domingo, 1º de Maio. Romanelli foi secretário do Trabalho e até hoje lidera a iniciativa de valorização do piso regional. Leia e ouça a seguir.  Leia mais

1 de janeiro de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Salário Mínimo de R$ 880 vai injetar R$ 57 bi na economia, diz Dieese

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) afirma que o novo salário mínimo, em vigor a partir desta sexta-feira (1º), vai injetar R$ 57,042 bilhões na economia nacional.

A renda extra que deverá reforçar a economia dar-se-á pelo aumento do mínimo, que passou de R$ 788,00 para R$ 880,00. Trata-se do maior valor desde o Plano Real, equivalente a US$ 223.

O Dieese também calcula que a arrecadação tributária subirá R$ 30,7 bilhões e impactará em R$ 30,2 bilhões nas contas públicas em 2016.

O aumento do salário mínimo é uma das apostas do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) para retomar o crescimento neste ano novo.

Conforme o Blog do Esmael registrou na quarta-feira (29), a presidente da República planeja mudanças mais radicais na economia.

Dilma pretende utilizar parte das reservas — cerca de US$ 100 bilhões — para vitaminar a economia interna, enfrentar a crise, retomar o crescimento e a geração de empregos.

A cerca do salário mínimo nacional

Dos 48,3 milhões de brasileiros que recebem o mínimo, 22,5 milhões são beneficiários do INSS, 13,4 milhões são empregados, 8,1 milhões trabalham por conta própria, 3,99 milhões são trabalhadores domésticos e apenas 169 são empregadores.

A lei que criou o salário mínimo foi assinada em 1936, pelo então presidente Getúlio Vargas. A legislação definiu o valor como a remuneração mínima devida ao trabalhador, capaz de satisfazer suas necessidades de alimentação, vestuário, habitação, higiene e transporte.

Leia mais

10 de outubro de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

Dilma defende valorização do salário mínimo e critica propostas do PSDB

via Agência Brasil

A candidata do PT à  reeleição, presidenta Dilma Rousseff, defendeu na quinta-feira (9) os atuais programas sociais e a política de valorização do salário mínimo. Sobre o último tema, ela citou o coordenador da área econômica da campanha do candidato Aécio Neves (PSDB), Armínio Fraga, a quem atribuiu conceito de que para resolver outros problemas da economia é preciso reduzir o salário mínimo.

Eles implicam com salário mínimo. Implicar com o salário mínimo é a maior característica desse senhor [Armínio Fraga] que foi presidente do Banco Central durante o [governo de] Fernando Henrique e que agora é aquele que aparece como sendo o eventual futuro ministro da Fazenda, que não vai ser. Ele acha que para resolver os problemas, eles têm que diminuir o salário mínimo. Isso é um escândalo. à‰ a típica proposta que fez com que esse país quebrasse três vezes!, disse em discurso durante ato político em Salvador.

Ao lado do governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), do governador eleito, Rui Costa (PT), e de outras lideranças do estado, Dilma disse que os governos do partido adversário nunca tiveram políticas para o desenvolvimento da Região Nordeste. Eles nunca tiveram um projeto para essa região. Nunca olharam para ela, deixaram anos e anos a fio sem investimento em infraestrutura, sempre usaram e abusaram da indústria da seca e não tentaram resolver o problema de fundo, que era garantir água, não de emergência, mas fazer com que o Nordeste convivesse com a seca, como nós estamos fazendo!.

A candidata também criticou declarações de lideranças do PSDB que associaram os votos no primeiro turno a candidatos do PT, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, a eleitores pobres e menos informados!. Quando querem atribuir a minha votação e o primeiro lugar que obtive, falam: ‘Ah, votaram nesse projeto porque as pessoas que votaram não são qualificadas, são desinformadas, não sabem o que estão fazendo’. Não só agradeço, mas respeito extremamente essas pessoas, esses cidadãos que votaram em mim!.

A candidata disse que, no próximo dia 26 de outubro, estarão em confronto dois projetos distintos para o país e que o do PT diz que o Brasil tem que ser governado para todos os brasileiros, olhando com prioridade, com cuidado, para aqueles que mais precisam!. Dilma criticou o adversário por apontar ter sido o criador das ideias em que se baseiam atuais programas sociais, como o Bolsa Família. A pergunta que não quer calar e que todos fazemos: por que eles não fizeram isso antes quando puderam? O que explica que nunca fizeram um programa como o Minha Casa, Minha Vida? Ousam dizer que fizeram o Bolsa Família. O Bolsa Família deles era para muito poucos, o nosso é para mais de 50 milhões de pessoas!.

Depois do ato político, Dilma seguiu para o Largo de Roma, para visitar um monumento e Leia mais