4 de dezembro de 2017
por esmael
6 Comentários

Deputados sofrem cerco de professores nas vésperas da votação da reforma da previdência

Aeroporto é lugar mais insalubre para deputados da base de Michel Temer, principalmente nas vésperas de votação da reforma da previdência. Veja o caso dos parlamentares paranaenses, que sofreram cerco de professores no Afonso Pena (Curitiba).

11 de outubro de 2017
por esmael
15 Comentários

ENQUETE: Você é favorável à redução e congelamento de salários dos deputados?

Partindo do pressuposto de que pau que bate em Chico também bate em Francisco, você é favorável à redução e congelamento de salários dos deputados? Leia mais

14 de setembro de 2016
por esmael
28 Comentários

Richa e deputados demotucanos caem nas garras de Moro na Justiça Federal do PR

moro_demotucanos_quadro_negroA juíza Danielle Nogueira Mota Comar, da 9ª Vara Criminal, encaminhou ontem (13) o processo da Operação Quadro Negro, que investiga desvio de R$ 50 milhões da educação do Paraná, para a 1ª instância da Justiça Federal do Paraná. Com o fim da Lava Jato, em dezembro, muito provavelmente contenda caia nas mãos do juiz federal Sérgio Moro.

23 de dezembro de 2015
por esmael
10 Comentários

Presidente da Assembleia é ilustre desconhecido para 93%, revela Paraná Pesquisas

O instituto Paraná Pesquisas foi às ruas entre os dias 10 e 14 de dezembro, em 60 municípios do estado, para sondar o grau de conhecimento dos eleitores em relação à Assembleia Legislativa. Pasme, caro leitor: 93% dizem não saber sobre a existência do presidente da Casa; penas 6% citaram o nome do deputado Ademar Traiano, do PSDB, pré-candidato à sucessão do governador Beto Richa (PSDB) em 2018.

O ostracismo dos presidentes da Assembleia não é exclusividade de Traiano. Em 2014, Valdir Rossoni, também do PSDB, deixou o comando da Casa com 86% desconhecendo sua existência. Porém, há um ano, a nota média obtida pelos deputados era de 5,55. Agora, segundo a sondagem, caiu para 4,41, portanto, média inferior ao período do escândalo dos “Diários Secretos” (funcionários fantasmas).

Sempre é bom recordar que a gestão ostentação de Ademar Traiano, a Assembleia, foi a que mais gastou em 162 anos de história política do Paraná (clique aqui). O gajo torrou R$ 377 milhões neste ano ante R$ 310 milhões de Rossoni em 2014.

Ainda de acordo com o levantamento da Paraná Pesquisas divulgado nesta quarta-feira (23), 61% não souberam dizer em quem votaram nas eleições de 2014, ou seja, pouco mais de um ano foi tempo suficiente para apagar da memória do eleitor o voto conferido nas urnas.

A maioria dos eleitores (77%) desconhece algum projeto relevante na Assembleia, mas os que conhecem citam a retirada de benefícios aos professores (6%), aumento de impostos (5%), ParanáPrevidência (55), etc.

O instituto não perguntou nada sobre a “Bancada do Camburão” e sobre possível responsabilidade dos deputados governistas no massacre de 29 de abril.

A Paraná Pesquisas entrevistou 1.520 eleitores em 60 municípios do Paraná entre os dias 10 e 14 de dezembro. A margem de erro é de 2,5 pontos porcentuais.

5 de outubro de 2015
por esmael
6 Comentários

Deputados contrários à democracia na escola cavam a própria cova eleitoral

Os deputados de primeiro mandato ainda não sentiram o gosto de “parlamentar” no sentido lato sensu desde que assumiram em 1º de fevereiro deste ano. A primeira providência da maioria deles foi embarcar num camburão para votar retirada de direitos dos professores e servidores públicos, por isso são chamados como integrantes da “bancada do camburão”.

Sem entrar no mérito da ambulância ou carguinho comissionado para o companheirinho, mas a realidade é que esses deputados governistas estão cavando a própria cova (os primeiros palmos serão percebidos já nas eleições de 2016). Muito provavelmente, a maioria deles, inclusive os mais experimentados, não deverão voltar na legislatura seguinte.

Os deputados podem ser governistas, não há pecado nisso, mas perdem a legitimidade quando mancomunado a um governo corrupto, autoritário e antipopular, atacam conquistas sociais e políticas de todos os paranaenses.

Quem bate pode até esquecer, mas quem apanha não esquece jamais! Esse ditado popular é verdadeiro porque reforça na memória da sociedade paranaense o massacre de 29 de abril, no Centro Cívico, que teve como cúmplices os deputados governistas.

Dito isto, sobre o consenso de que os parlamentares cavam a própria cova, o governo Beto Richa (PSDB) continua empurrando-os para o fundo do buraco sem volta. Agora com o planejamento da retirada de direitos políticos da comunidade escolar. Trata-se do ‘pacote de maldades’ número 4.

O governador do PSDB quer cassar o voto direto na eleição para a eleição de diretor de escolar. O argumento do tucano é de que a função é de confiança, portanto, tem que se somar ao exército de comissionados do estado.

Richa dá uma marcha à ré de 30 anos nessa conquista, pois a comunidade escolar é quem tem prerrogativa de eleger ou destituir um gestor. O governador quer o poder de revogar o mandato do diretor de escola, se assim de desejar, caso o mesmo não dance conforme da música do Palácio Iguaçu e do chefe político regional.

Hoje à tarde, na Assembleia Legislativa, volta à discussão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

22 de agosto de 2015
por esmael
16 Comentários

Justiça revoga “decreto mata o véio” do governador Beto Richa

velho_richaO juiz César Ghizoni, do 15º Juizado Especial da Fazenda Pública de Curitiba, considerou ontem ilegal o “decreto mata o véio” do governador Beto Richa (PSDB), que empurrava para a fila de precatórios velhos e doentes com direito a receber do Estado valores superiores a R$ 13.811,50.

No último dia 7 de agosto, o tucano emitiu um decreto reduzindo o valor de pagamento das obrigações de pequeno valor de 40 salários mínimos (RS 31.520,00) para R$ 13.811,50.

Segundo o magistrado, o poder executivo “usurpou” a função legislativa ao decretar a redução da valor do teto nas requisições de pequeno valor (RPVs). Para Ghizoni, a ilegalidade se constituiu porque a Assembleia Legislativa já havia reprovado essa matéria anteriormente.

Com o “decreto mata o véio”, o governador jogava para a fila de precatórios milhares de pequenos credores do governo.

19 de agosto de 2015
por esmael
11 Comentários

Assembleia perde queda de braço e sacanagem de Richa com velhos e doentes “segue em frente” no Paraná

roma_costa_richaO governo de Beto Richa (PSDB) informou ontem (18) que não recua de mandar para a fila dos precatórios velhos e doentes que têm direito a receber valores superiores a R$ 13.811,50 a entrar na fila dos precatórios. Leia mais

18 de agosto de 2015
por esmael
7 Comentários

Ao vivo: Assembleia do PR debate “devolução” de secretário tucano a SP

A Assembleia Legislativa do Paraná debate na sessão desta terça-feira (18) a devolução do interventor do PSDB nas finanças, Mauro Ricardo Costa, titular na Secretaria da Fazenda.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo o quiproquó para o Brasil e o mundo.

Importado da Bahia, onde era secretário municipal de finanças, Costa também esteve à frente da pasta em São Paulo e é para os paulistas que os deputados paranaenses querem “devolver” o dito cujo.

Os parlamentares das terras das araucárias dizem que essa condição de “nômade” reflete na falta de compromisso de Mauro Ricardo com os interesses locais.

Os deputados do Paraná exigem a demissão imediata de Mauro Ricardo porque ele empurrou velhinhos e doentes para a fila do precatório. Além disso, sempre com a anuência do governador Beto Richa (PSDB), fechou as delegacias da Receita Estadual em Foz do Iguaçu e União da Vitória. Há quem acredite em “queima de arquivo” nesses súbitos desaparecimentos das regionais do órgão fazendário.

Portanto, nesta tarde, Richa terá de iniciar uma dura escolha entre o secretário da Fazenda e a base governista na Assembleia. É um ou outro, oito ou oitenta.

18 de agosto de 2015
por esmael
13 Comentários

Secretário da Fazenda de Richa ameaça pedir demissão, se Assembleia revogar decreto contra velhos e doentes

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite esse quiproquó ao vivo direto da Assembleia Legislativa. Acompanhe o desfecho aqui. Deputado Hussein Bakri (PSC), da base governista, se soma aos colegas da oposição que quer saber do secretário Mauro Ricardo Costa quem manda de fato na Receita Estadual.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite esse quiproquó ao vivo direto da Assembleia Legislativa. Acompanhe o desfecho aqui. Deputado Hussein Bakri (PSC), da base governista, se soma aos colegas da oposição que quer saber do secretário Mauro Ricardo Costa quem manda de fato na Receita Estadual.

Está nas mãos do governador Beto Richa (PSDB) a permanência ou não do interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, que entrou em rota de colisão com deputados da situação e da oposição. Na verdade, 100% da Assembleia Legislativa quer a cabeça do Secretário da Fazenda. Leia mais

10 de Fevereiro de 2015
por esmael
42 Comentários

Assista: “Deputados vão apanhar nas ruas se votarem contra os funcionários públicos”, prevê Requião

requiao_tv15O senador Roberto Requião (PMDB), em debate na TV 15, ao analisar a greve geral do funcionalismo público do Paraná, fez um prognóstico sombrio acerca da reação da sociedade se aprovado o pacotaço do governador Beto Richa (PSDB): Leia mais

11 de dezembro de 2014
por esmael
25 Comentários

Coluna do Requião Filho: Que diabos temem os deputados do Paraná?

requiao_tarifaco_richaRequião Filho*

Não! Não vou escrever sobre o tarifaço do Beto Richa. Não vou me delongar explicando, novamente, como as mentiras de uma campanha sórdida caem por terra e se desnuda em um Estado quebrado. Não vou nem mencionar que o forasteiro admitiu que o Richa errou “no momento em que gastou mais do que devia. Se você faz um orçamento acima das possibilidades de receita, você quebra o estado. E, se faz isso com frequência, agrava-se mais ainda a situação, o estado vai acumulando dívidas ano a ano…” Leia mais

25 de novembro de 2014
por esmael
24 Comentários

Teori cobra explicações de Moro sobre deputados na Operação Lava Jato

do Brasil 247

teori

Os rumos da Operação Lava Jato nos meandros jurídicos podem mudar rapidamente. O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, acaba de mandar um questionamento oficial ao juiz Sergio Moro, que julga a Operação Lava Jato, com uma dúvida do advogado Fabio Tofic Simantob. O defensor do empreiteiro Gerson Almada, vice-presidente da Engevis, sensibilizou Teori com sua indagação a respeito da presença de deputados entre os envolvidos na Operação Lava Jato.

Dada a presença de parlamentares, que têm foro judicial privilegiado, o caso teria de sair da Vara Federal de Curitiba, comandada por Moro, para ‘subir’ diretamente ao STF, onde ganharia nova dinâmica processual. Os deputados envolvidos até agora na denúncia de recebimento de propinas são André Vargas (sem partido-PR) e Luiz Argôlo (SSD-BA).

O jornalista Paulo Moreira Leite, em seu blog no 247, noticiou no mês passado que a situação poderia provocar uma transferência do processo da Lava Jato, de resto, como manda a lei. Com o objetivo de evitar perder o controle sobre o processo, o juiz Sergio Moro tem orientado delatores premiados como o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Yousseff a não citar personagens como ministros, governadores e parlamentares em seus depoimentos, exatamente porque eles têm foro privilegiado e causaria, com isso, o mesmo movimento de fuga do processo das mãos de Moro.

8 de junho de 2014
por esmael
92 Comentários

Requião chama de picaretas! deputados do PMDB que defendem coligação com PSDB; assista

Na última reunião da Caravana Volta Requião, realizada na noite deste sábado (7), em Curitiba, o senador Roberto Requião bateu duro nos deputados estaduais do PMDB que trabalham pela coligação com o PSDB; "São picaretas que se elegeram pela legenda do PMDB e não dão atenção nenhuma à  base e à  população!, atacou; partidários da candidatura própria prometem lançar candidatos novos nas bases dos parlamentares que flertam com Richa; 85% dos delegados votarão pela candidatura própria!; Blog do Esmael apurou que tem deputado fazendo jogo duplo diante da convenção do próximo dia 20 de junho.

Na última reunião da Caravana Volta Requião, realizada na noite deste sábado (7), em Curitiba, o senador Roberto Requião bateu duro nos deputados estaduais do PMDB que trabalham pela coligação com o PSDB; “São picaretas que se elegeram pela legenda do PMDB e não dão atenção nenhuma à  base e à  população!, atacou; partidários da candidatura própria prometem lançar candidatos novos nas bases dos parlamentares que flertam com Richa; 85% dos delegados votarão pela candidatura própria!; Blog do Esmael apurou que tem deputado fazendo jogo duplo diante da convenção do próximo dia 20 de junho.

Como era previsto, ferveu o k-suco na última reunião da “Caravana Volta Requião” realizada na noite deste sábado (7) em Curitiba. O senador Roberto Requião, pré-candidato ao Palácio Iguaçu, classificou de picaretas! os deputados estaduais do PMDB que defendem escondidos! a coligação com o PSDB do governador Beto Richa. Leia mais

28 de Maio de 2014
por esmael
19 Comentários

TSE tira um deputado federal e um estadual do Paraná

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu ontem (27) derrubar o Projeto de Decreto Legislativo 1.361/13, aprovado pela Câmara dos Deputados em novembro do ano passado, que anulou a resolução do tribunal sobre o número de deputados de cada estado para as eleições de outubro. Com a decisão, fica mantida a mudança na representação de 13 estados.

Por unanimidade, os ministros entenderam que as mudanças deveriam ter sido aprovadas por meio de lei complementar e não por decreto legislativo. Conforme decisão original do TSE, definida em abril do ano passado, perderão uma cadeira: Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Duas cadeiras: Paraíba e Piauí. Ganharão uma cadeira: Amazonas e Santa Catarina. Duas cadeiras: Ceará e Minas Gerais. O maior ganhador de cadeiras na Câmara é o Pará, que terá mais quatro deputados.

A nova composição das bancadas foi definida de acordo com o Censo de 2010. Os cálculos levam em conta a população do estado e a quantidade mínima (8) e máxima (70) de parlamentares permitidos por lei para uma unidade da federação, além do quesito da proporcionalidade exigido pela Constituição.

A decisão do tribunal foi tomada com base no questionamento apresentado pela Assembleia Legislativa do Amazonas. A casa alegou que a representação populacional do estado na Câmara já não condizia com a realidade, pois tinha como referência um censo defasado. Sustentou, ainda, que estados com menor população, como Alagoas e Piauí, tinham mais representatividade na Câmara: com nove e dez deputados federais, contra oito do Amazonas.

A mudança na composição das bancadas, definida em processo administrativo, é contestada no Supremo Tribunal Federal (STF) por cinco ações de inconstitucionalidade impetradas pelos estados de Pernambuco, do Espírito Santo, Piauí e pela Assembleia Legislativa e o governo da Paraíba.

Com informações da Agência Brasil

24 de Abril de 2014
por esmael
7 Comentários

PDT de Lupi e Osmar Dias flerta com Eduardo Campos no Paraná

A presidenta Dilma Rousseff poderá ter dor de cabeça com sua base aliada no Paraná que, pelo andar da carruagem, anda mais firme que palanque no bainhado!. Veja se eu não tenho razão, caro leitor.

O ex-governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB) foi ciceroneado ontem em Cascavel, Oeste do estado, pelo prefeito Edgar Bueno (PDT).

Não é segredo para ninguém que o prefeito cascavelense não engole nem com farinha o PT e, consequentemente, a ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann, candidata ao governo do Paraná, pois o resultado das eleições municipais de 2012 ainda está sob litígio e o deputado petista Professor Lemos ainda lhe funga no cangote.

O PDT de Carlos Lupi e de Osmar Dias, presidente licenciado da sigla no Paraná e vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil, não afrouxa o sutiã! somente em Cascavel. O partido também faz corpo mole! em relação a Dilma e Gleisi em Pato Branco, no Sudoeste, e na Assembleia Legislativa, onde tem três cadeiras.

Durante sua estada em Cascavel, Campos participou de reunião com prefeitos de 52 cidades vinculados à  AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná). O presidenciável salientou que 80% dos eleitores querem mudança e previu sua presença no segundo turno. Ele também bateu em Dilma acusando-a de perseguir o estado!, repetindo o discurso do governador Beto Richa (PSDB) de que as velhas brigas políticas atrapalhando o Paraná!.

Cascavel tem 305 mil habitantes e fica a 491 km de Curitiba. A cidade está entre as dez mais ricas do estado.

Pato Branco, a 433 km da capital, tem 74 mil moradores e é a 4!ª melhor cidade em qualidade de vida no Paraná.

20 de Março de 2014
por esmael
25 Comentários

Zeca Dirceu vê “ciúme de homem” na bancada do Paraná

O deputado federal Zeca Dirceu (PT), em nota oficial, disse nesta quinta (20) que foi surpreendido por “ataques e ameaças” dos colegas da bancada paranaense Fernando Giacobo (PR), Osmar Serraglio (PMDB) e Nelson Meurer (PP) que o acusam de “roubar” municípios de seus mandatos.

Ao blog, o petista desabafou: “ciúmes de homem é muito pior que de mulher”.

O chororô dos três parlamentares foi registrado na edição de hoje do jornal Gazeta do Povo, de Curitiba.

A seguir, leia a íntegra da nota de Zeca Dirceu:

Infelizmente hoje o dia começa com um desabafo! Mais uma vez me surpreendo com ataques e ameaças de outros deputados. Meu posicionamento:

1. Sugiro que eles cuidem mais dos seus mandatos ao invés de se preocuparem tanto comigo.

2. Fico decepcionado ao ver que alguns parlamentares se consideram DONOS de alguns municípios. Já passou da hora de superar o coronelismo e o conceito de curral eleitoral.

3. Se os prefeitos de todo o Estado me visitam em Brasília e me convidam para ir aos municípios, isto é sinal que meu mandato tem sido útil e eficiente para o Paraná.

4. Só defendo em Brasília e divulgo os resultados dos pedidos que são repassados a mim formalmente por ofício.

5. Divulgar ações do Governo Federal é minha obrigação! Faço isto com alegria pois estou voto a voto ajudando a presidenta Dilma a aprovar e implantar importantes programas.

6. O trabalho parlamentar não pode ser confundido com disputa eleitoral. Cada deputado que tiver resultados com sua atuação pode e deve divulgar boas notícias.

7. Sigo com o entendimento que nossa obrigação em Brasília é defender a população do Paraná atendendo aos municípios. Temos que fazer isto todos juntos, nunca com botinadas e pontapés. Quem perde com a divisão da bancada é o Paraná!