18 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PDT vai pedir nulidade das eleições por pacotes de ‘fake news’ de Bolsonaro contra o PT

PDT vai pedir nulidade das eleições por pacotes de ‘fake news’ de Bolsonaro contra o PT

O PDT de Ciro Gomes vai pedir a nulidade da eleição presidencial em razão dos pacotes de “fake news” comprados por apoiadores de Bolsonaro e usados contra o PT. ... 

Leia mais

10 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ciro é Haddad

Ciro é Haddad

O ex-presidenciável Ciro Gomes anunciou hoje (10) apoio crítico a Fernando Haddad na disputa pelo segundo turno. ... 

Leia mais

14 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PDT vai expulsar Osmar Dias após eleição

PDT vai expulsar Osmar Dias após eleição

O ex-candidato ao governador pelo PDT do Paraná, Osmar Dias, deverá ser expulso da agremiação após a eleição de outubro. ... 

Leia mais

3 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lupi vem aí para propor chapa Requião-Fruet, após intervenção no PDT do Paraná

Lupi vem aí para propor chapa Requião-Fruet, após intervenção no PDT do Paraná

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, interveio no diretório estadual do Paraná após desistência do candidato Osmar Dias.  ... 

Leia mais

2 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PDT pode apoiar João Arruda, do MDB, se Osmar Dias desistir no Paraná

PDT pode apoiar João Arruda, do MDB, se Osmar Dias desistir no Paraná

Se Osmar Dias desistir da disputa pelo governo do Paraná, conforme rumos, o PDT poderá apoiar o MDB de João Arruda. ... 

Leia mais

20 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ciro Gomes é aclamado no PDT candidato a presidente da República

Ciro Gomes é aclamado no PDT candidato a presidente da República

“Considero por aclamação a partir de hoje a candidatura de Ciro Gomes oficializada”, iniciou o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, na convenção pedetista. ... 

Leia mais

17 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PCdoB com Ciro

PCdoB com Ciro

A direção nacional do PCdoB se reuniu nesta terça (17), em Recife, com o presidenciável Ciro Gomes (PDT). ... 

Leia mais

19 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
11 Comentários

Osmar Dias “cristianizado” pelo PDT

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, esteve há uma semana em Curitiba para vender o peixe do ex-governador Ciro Gomes à Presidência da República. Garantiu a correligionários que o ex-senador Osmar Dias, que não estava presente ao evento, será candidato ao governo do Paraná. É aí que começa a “cristianização” do irmão do senador Alvaro Dias (Podemos). ... 

Leia mais

12 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
4 Comentários

Lupi em Curitiba

O presidente nacional do PDT Carlos Lupi desembarcou em Curitiba, nesta sexta-feira (12), para duas missões espinhosas: 1- arrancar uma decisão de Osmar Dias sobre a disputa pelo governo do Paraná pelo partido e 2- convencer o ex-prefeito Gustavo Fruet a concorrer pela legenda à Câmara. ... 

Leia mais

8 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
12 Comentários

Deputado deixa o PDT após Lupi manifestar apoio a Lula e criticar judiciário

Considerado um dos generais do ex-senador Osmar Dias, o deputado estadual Márcio Pauliki, do Paraná, anunciou nesta segunda-feira (8) sua saída do PDT. Ele informou o motivo que o fez deixar a agremiação: o apoio do presidente nacional da legenda Carlos Lupi contra a caçada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. ... 

Leia mais

1 de novembro de 2016
por Esmael Morais
72 Comentários

De olho em 2018, Requião percorre o país

requiao_2018O senador Roberto Requião (PMDB-PR) percorre o país de olho nas eleições de 2018. Ele pensa na sucessão de Michel Temer (PMDB), alçado à Presidência da República graças ao golpe de Estado ocorrido em 31 de agosto deste ano. Leia mais

6 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
5 Comentários

PCdoB e PDT levantam as primeiras barricadas contra o golpe

do Brasil 247

O governador do Maranhão, Flávio Dino, e o ex-ministro Ciro Gomes fizeram história, neste domingo, ao lançarem, conjuntamente, o Movimento Golpe Nunca Mais. A frente foi lançada no Palácio dos Leões, sede do governo maranhense, em coletiva conduzida por Dino, Ciro e também pelo presidente do PDT, Carlos Lupi.

“Estamos diante de uma situação absurda, uma monstruosidade institucional. Não podemos aceitar passivamente que se rasgue a Constituição. Lutamos muito para conquistar a democracia. Nenhum interesse pode estar acima da democracia”, afirmou Flávio Dino. “O direito à oposição é legítimo, mas ele não está acima do País”, afirmou.

O governador, que é juiz, lembrou que a tese das ‘pedaladas em 2015’ raia o absurdo, uma vez que o Congresso acaba de aprovar a nova meta fiscal. “Se o próprio Congresso Nacional aprovou a mudança da meta fiscal no exercício financeiro vigente, os decretos deste ano de suplementação orçamentária estão validados”, afirmou (para entender por que proposta de impeachment é golpista leia artigo de Leonardo Attuch, editor do 247).

“Há um valor, que está acima de tudo, e que deve ser sempre respeitado: é a própria liberdade”, disse Ciro, que teve sua candidatura presidencial lançada por Lupi. Ciro afirmou ainda que não há nenhuma acusação de ilícito contra a presidente Dilma Rousseff. “É uma senhora honesta, decente, a quem não estão permitindo governar”, afirmou.

Leia mais

5 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
41 Comentários

Cerco se fecha contra golpistas: PDT de Osmar e Fruet se soma ao PT de Dilma

osmar_fruet_dilmaO PDT do vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, e do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, assumiu a proa da resistência ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O presidente nacional do PDT, ex-ministro Carlos Lupi, deu ordem unida para a legenda lutar contra o golpe perpetrado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em consórcio com o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Com isso, o cerco vai se fechando contra os golpistas que querem apear Dilma do Palácio do Planalto.

Em Brasília, Lupi vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) na terça-feira (8) solicitar a decretação de “incapacidade civil” de Cunha, haja vista ele ser investigado pela Lava Jato.

No Paraná, no front político e popular, além do peso simbólico de Fruet e Osmar, as centrais sindicais convocaram uma reunião para a noite de segunda-feira (7) visando organizar a mobilização dos trabalhadores e movimentos populares (clique aqui).

Na mesma linha dos sindicalistas e dos brizolistas, em defesa da legalidade e de uma agenda desenvolvimentista, o diretório estadual do PT do Paraná também conclamou hoje o povo a sair às ruas em defesa da democracia.

“O impeachment atende a interesses de grupos políticos e econômicos que são contra os trabalhadores e trabalhadoras”, diz um trecho do manifesto dos petistas paranaenses.

A seguir, leia a íntegra do manifesto do PT contra o golpe: Leia mais

15 de outubro de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Lupi ameaça expulsar do PDT governador eleito do Mato Grosso que “pulou a cerca” para apoiar Aécio

por Jacques Gosch, Rdnews, via Instituto João Goulart
A direção nacional do PDT, sob a presidência de Carlos Lupi, aguarda o fim do segundo turno das eleições para se pronunciar sobre a postura do governador eleito Pedro Taques, que contrariou a decisão partidária e rejeitou a presidenciável Dilma Rousseff (PDT) anunciando apoio ao adversário Aécio Neves (PSDB), em ato político realizado no Memorial JK, em Brasília, na última quarta (8). As possíveis sanções incluem desde reprimenda pública até a expulsão da sigla.

Segundo Lupi, o PDT se apressou em divulgar resolução reafirmando o apoio a Dilma no segundo turno, com objetivo de evitar dissidências. Estamos com a presidente Dilma desde o primeiro turno. O Pedro Taques participou da convenção nacional realizada em 10 de junho e assinou a ata, que referenda a posição da esmagadora maioria do partido!, afirma em entrevista ao Rdnews.

Lupi também explica que nenhum pedetista dissidente sofrerá punição sumária. De acordo com o presidente nacional do PDT, a Comissão de à‰tica vai avaliar cada caso individualmente, considerando a realidade política dos Estados. Posso dizer que os companheiros que apoiam Aécio Neves estão em rota de colisão com o PDT, mas todos terão direito de expor suas razões!.

Apesar da aliança do PDT nacional com Dilma, inclusive com a indicação do ministro do Trabalho Manoel Dias, Taques foi liberado pela direção partidária para compor com PSDB e DEM no Estado. Na campanha que assegurou a vitória em primeiro turno, o governador eleito ignorou a petista e exibiu na TV depoimentos do próprio Aécio e da terceira colocada na disputa presidencial, Marina Silva (PSB).

Além de Taques, Aécio também conquistou o apoio de expoentes do PDT em Mato Grosso como o presidente regional da sigla e deputado estadual reeleito Zeca Viana. Entre os pedetistas que apoiam o tucano em âmbito nacional estão o senador Cristovam Buarque e o senador eleito José Antônio Raguffe, ambos do Distrito Federal.

Candidato a senador pelo Rio de Janeiro, Lupi teve apenas 3% dos votos na disputa eleitoral. No início do governo Dilma, o presidente nacional do PDT comandou o Ministério do Trabalho e deixou o cargo após denúncias de corrupção na pasta.

Resistência

O sociólogo Hélio Silva, que é membro da direção nacional do PDT, foi designado pelo diretório para coordenar a campanha pela reeleição de Dilma Rousseff (PT) em Mato Grosso. Ex-secretário-geral no Esta Leia mais

26 de junho de 2014
por Esmael Morais
21 Comentários

PDT intensifica diálogo com Requião

Executiva estadual do PDT, liderada pelo médico Haroldo Ferreira, se reúne nesta sexta (27) para avaliar proposta de coligação com o PMDB de Roberto Requião; segundo Valmor Stédile, dirigente pedetista, o diálogo com os peemedebistas é bastante intenso; na trincheira peemedebista, de acordo com João Arruda, a sensação é de que as chances de entendimento com os brizolistas são grandes.

Executiva estadual do PDT, liderada pelo médico Haroldo Ferreira, se reúne nesta sexta (27) para avaliar proposta de coligação com o PMDB de Roberto Requião; segundo Valmor Stédile, dirigente pedetista, o diálogo com os peemedebistas é bastante intenso; na trincheira peemedebista, de acordo com João Arruda, a sensação é de que as chances de entendimento com os brizolistas são grandes.

O advogado Valmor Stédile, membro das direções nacional e estadual do PDT, em mensagem ao Blog do Esmael, nesta quinta (26), informa que é intenso o diálogo do partido brizolista visando uma coligação com o PMDB do senador Roberto Requião. ... 

Leia mais

25 de junho de 2014
por Esmael Morais
16 Comentários

Requião trabalha frente de centro-esquerda com até 10 partidos

Tendência é que a vice de Requião fique com a deputada verde Rosane Ferreira; nesta quarta-feira (25), senador conversou com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sobre a possibilidade de coligação com o PMDB.

Tendência é que a vice de Requião fique com a deputada verde Rosane Ferreira; nesta quarta-feira (25), senador conversou com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sobre a possibilidade de coligação com o PMDB.

O senador Roberto Requião, candidato ao governo do Paraná, trabalha pela formação de uma frente de centro-esquerda com até 10 partidos políticos. Além de seu PMDB, a coalizão poderá reunir ainda PV, PDT, PCdoB, PPL, PEN, PTN e setores da Rede e do braço sindical do Solidariedade. ... 

Leia mais

24 de junho de 2014
por Esmael Morais
13 Comentários

PDT desmente coligação com PT e põe água no chope de Gleisi

Em nota oficial, PDT desmente velha mídia acerca de coligação com Gleisi Hoffmann; em letras garrafais, secretário-geral do partido brizolista, Adalberto Grein, garante que "NàƒO PROCEDE" informação divulgada nas últimas horas de acordo com PT; no domingo (22), em primeira mão, Blog do Esmael anotou que pedetistas abriram negociações com o senador Roberto Requião, que também conversa com PV e PCdoB visando construir um arco de alianças para disputar o governo do Paraná.

Em nota oficial, PDT desmente velha mídia acerca de coligação com Gleisi Hoffmann; em letras garrafais, secretário-geral do partido brizolista, Adalberto Grein, garante que “NàƒO PROCEDE” informação divulgada nas últimas horas de acordo com PT; no domingo (22), em primeira mão, Blog do Esmael anotou que pedetistas abriram negociações com o senador Roberto Requião, que também conversa com PV e PCdoB visando construir um arco de alianças para disputar o governo do Paraná.

O secretário-geral do PDT do Paraná, Adalberto Grein, em nota oficial, nesta terça-feira (24), afirma em letras garrafais que “NàƒO PROCEDE” a informação divulgada na velha mídia de que o partido decidiu apoiar a senadora Gleisi Hoffmann (PT) ao governo do Paraná. ... 

Leia mais

8 de maio de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

PDT jura que “não há racha”, mas Osmar aprendeu falar “companheiro”

Recebi duas notas de esclarecimento da direção do PDT do Paraná. A primeira é assinada pelo presidente em exercício Haroldo Ferreira e a segunda pelo secretário-geral Adalberto Grein. Sincronizados, eles negam que há racha na sigla do estado como divulgado neste post “Osmar Dias perde comando do PDT. Fruet pode dirigir partido no Paraná”.

O Blog do Esmael, democrático que é e amante do direito ao contraditório, publica na íntegra as duas mensagens dos pedetistas, mas, consultado suas fontes, reafirma que a situação não é muito confortável para o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, dentro do PDT. Há, inclusive, expectativa de que ele deixe a agremiação rumo ao PT depois das eleições de outubro, caso a presidenta Dilma seja reeleita.

Licenciado da presidência estadual do PDT, Osmar não tem atendido correligionários nem feito política intramuros. De posse do estatuto do banco, ele garante que não pode subir em palanques na campanha eleitoral. Não o fez nas eleições de 2012, quando aliados ficaram esperando nos municípios por apoio dele que nunca chegou.

A seguir, leia as duas notas:

Nota de Haroldo Ferreira:

Prezado Esmael:

Venho solicitar-lhe a gentileza de publicar no seu prestigioso blog, do qual sou assíduo leitor, nota do PDT, com relação a vinda recente do Presidente Lupi a Curitiba, para dissipar qualquer dúvida e ou insinuação, com relação a unidade partidária no tocante à s lideranças maiores do Partido no Estado e Nacional, envolvendo o Presidente Lupi, Osmar Dias e Gustavo Fruet.

Trabalhismo marcha unido no Paraná, não há racha!

Com a decisão de Osmar Dias em permanecer à  frente da Vice-Presidência do Banco do Brasil e continuar dando indispensável colaboração à  gestão da Presidenta Dilma, principalmente no que se refere à s áreas de Agronegócios, Micro e Pequenas Empresas, abrindo mão de disputar as próximas eleições no Paraná, outro nome passou a circular no PDT como pré candidato ao Senado, além do ex-deputado Léo de Almeida Neves e Jorge Bernardi. Trata-se do deputado Andre Bueno, de Cascavel, cuja postulação passou a ser considerada nos meios políticos da capital e foi defendida pelo deputado Nelson Luersen na reunião do PDT com pré-candidatos da sigla, realizada terça-feira (29/4) na Sede Estadual do PDT em Curitiba, com a presença do presidente nacional Carlos Lupi. Dentre os importa Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
6 Comentários

Osmar Dias perde comando do PDT. Fruet pode dirigir partido no Paraná

via Blog do Johnny

O antenadíssimo Blog do Johnny, do Caderno Ponta Grossa, parceiro do Blog do Esmael, informa nesta terça (6) que o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, perdeu as rédeas do PDT paranaense; o ex-senador perdeu musculatura ao preferir ficar no cargo a concorrer nas eleições de outubro; a seção estadual estaria sob a intervenção do próprio Carlos Lupi, presidente nacional da agremiação, que tem realizado as reuniões do diretório nas terras das araucárias; pelo andar da carruagem, o controle do partido no estado tende cair no colo no prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, que já dirige a sigla na capital.

O antenadíssimo Blog do Johnny, do Caderno Ponta Grossa, parceiro do Blog do Esmael, informa nesta terça (6) que o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, perdeu as rédeas do PDT paranaense; o ex-senador perdeu musculatura ao preferir ficar no cargo a concorrer nas eleições de outubro; a seção estadual estaria sob a intervenção do próprio Carlos Lupi, presidente nacional da agremiação, que tem realizado as reuniões do diretório nas terras das araucárias; pelo andar da carruagem, o controle do partido no estado tende cair no colo no prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, que já dirige a sigla na capital.

PDT do Paraná está rachado. Quem vem comandando o partido no Estado é o presidente nacional da agremiação Carlos Lupi. à‰ ele quem negocia com o PT, a despeito do presidente licenciado do PDT e vice-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, Osmar Dias, afirmar que ainda dá as cartas no partido. Lupi tem como aliado o presidente em exercício Haroldo Ferreira.  ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo