9 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Não são de nossa autoria, diz Bolsonaro sobre propostas para reforma da Previdência

Não são de nossa autoria, diz Bolsonaro sobre propostas para reforma da Previdência

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) usou o Twitter nesta sexta-feira para afirmar que não partiu de sua equipe as propostas que estabelecem 40 anos de contribuição para aposentadoria integral e alíquota previdenciária complementar de até 22% para servidores públicos federais. ... 

Leia mais

1 de agosto de 2017
por Esmael Morais
26 Comentários

Temer quer que inválidos provem que precisam de benefícios do INSS

Era só que faltava. O ilegítimo Michel Temer convocou segurados do INSS pelo Diário Oficial da União, desta terça (1º), para que provem que necessitam do benefício por incapacidade. Leia mais

14 de setembro de 2016
por Esmael Morais
50 Comentários

Michel Temer criará ‘pedágio proporcional’ para conceder aposentadoria, revela Alvaro Dias

alvarodias_plenario_aposentadoria_65O senador Alvaro Dias (PV-PR), em sua coluna desta quarta (14), ao explicar a reforma da previdência, que pretende elevar a idade mínima para 65 anos para aposentadoria de homens e mulheres, afirmou que Michel Temer (PMDB) criará ‘pedágio proporcional’ para conceder o benefício. O parlamentar prevê ainda que “o governo terá que enfrentar o lobby, o corporativismo e as forças sindicais organizadas”. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto: Leia mais

25 de agosto de 2015
por Esmael Morais
3 Comentários

Dilma autoriza adiantamento de 50% do 13º salário em setembro. Levy perde mais um embate no governo

levyO ministro da Fazenda, Joaquim Levy, perdeu ontem (24) mais um embate no governo. A presidenta Dilma Rousseff (PT) autorizou o adiantamento de 50% do 13º salário em setembro aos aposentados e pensionistas do INSS.Embora não seja lei, a antecipação é tradição de 9 anos. ... 

Leia mais

9 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
52 Comentários

Mesmo com quiproquó, tratoraço! na Assembleia garante pacotaço da malvadeza! de Richa

trator_richa.jpgO k-suco ferveu na tarde desta terça-feira (9) na Assembleia Legislativa do Paraná. A mando de Beto Richa (PSDB), por 34 votos a 15, os deputados governistas votaram pela transformação do plenário em comissão geral — tratoraço — para acelerar a aprovação do “pacotaço da malvadeza” tucana.

A sessão foi bastante tumultuada e teve que ser suspensa pelo presidente da Casa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), por 15 minutos até que a temperatura baixasse.

O peemedebista Luiz Cláudio Romanelli, ao defender o tarifaço de Richa, debutou como “líder do governo” informal, com direito a vaias e xingamentos das galerias. “Vendido” era a principal palavra de ordem dos manifestantes, que eram servidores públicos da ativa e aposentados.

O líder do PT, deputado Tadeu Veneri, disse esperar que os colegas tenham o “mesmo zelo” com o erário quando chegar à  Assembleia a mensagem que reajusta o subsídio dos parlamentares.

O rolo compressor de Richa na Assembleia aprovou aumento de 12% para 18% ou 25% da alíquota do ICMS sobre uma extensa lista de produtos, que pode atingir até 95 mil itens de consumo popular, como medicamentos, produtos de higiene e eletrodomésticos. O texto do governo manteve a elevação de 40% na alíquota do IPVA e de um ponto porcentual na do ICMS da gasolina.

A Assembleia igualmente garantiu a aprovação do projeto que retira 11% da renda de aposentados e pensionistas que recebem acima do teto do INSS fixado em R$ 4.390,24. Entidades sindicais desconfiam que o governador Beto Richa esteja planejando fazer caixa com esses recursos para pagamento da folha de comissionados.

Para fechar o repolho, os deputados também aprovaram projeto de lei que altera a Lei Orgânica da Defensoria Pública e a autonomia financeira do órgão.

Veja tudo o que foi aprovado no tratoraço de Richa: Leia mais

8 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
28 Comentários

Acuado por críticas, Richa adia por 24h projeto que reajusta IPVA e ICMS

richa_campagnolo.jpgDepois de apanhar mais que cachorro sem dono, o governador Beto Richa (PSDB) determinou que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa do Paraná, retirasse da pauta a mensagem que reajusta o ICMS e IPVA. ... 

Leia mais