Veja sucumbe e Luis Nassif tem direito de resposta na revista depois de 12 anos

O jornalista Luis Nassif comemora o direito de resposta na revista Veja concedido pela Justiça depois de 12 anos. A publicação da editora Abril lutou por mais de uma década contra Nassif, que, ao longo das últimas décadas, vem denunciando a milícia da velha mídia golpista, que se especializou em moer reputações e em montar … Read more

Lula no Jornal Nacional, da TV Globo, incendeia as redes sociais

Pela quinta vez, uma ação contra Lula foi rejeitada pelo judiciário, no caso o TRF1, de Brasília, onde o ex-juiz Sérgio Moro e a Lava Jato tentaram invadir a jurisdição de forma parcial e ilegal. O lead da notícia era essa, mas o Jornal Nacional errou. O apresentador William Bonner teve de corrigir ao vivo … Read more

Folha de S. Paulo publica direito de resposta sobre Bolsonaro; confira a íntegra

O jornal Folha de S. Paulo publicou nesta segunda-feira (2) direito de resposta sobre o presidente Jair Bolsonaro por meio de artigo —O infame editorial— assinado pelo jornalista Fábio Wajngarten, chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. O representante de Bolsonaro reclama do linguajar chulo da Folha e acusa o jornalão de … Read more

Bolsonaro desafia a Globo; assista

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) desafiou neste sábado (2) a TV Globo, que, segundo ele, está sendo covarde e que irá pedir na Justiça direito de resposta à emissora. O presidente falou à imprensa hoje após comprar uma motocicleta. “Sistema Globo, acabou a mamata. Por que os Correios anunciavam carta se ninguém entrega a carta? … Read more

Globo pede direito de resposta para o Blog do Esmael; confira a íntegra

O Grupo Globo pediu direito de reposta ao Blog do Esmael para contestar o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, por meio de nota. Na última quinta (25), o Blog do Esmael repercutiu a entrevista coletiva do prefeito carioca (vídeo) na qual ele anunciou que exigirá da Globo a devolução de R$ 364 milhões … Read more

Ministro do STF revoga censura a sites Antagonista e Crusoé; leia a íntegra

O ministro do STF Alexandre de Moraes revogou nesta quinta (18) a censura imposta aos sites O Antagonista e Crusoé. Na segunda-feira (15), o relator do inquérito que investiga fake news e ameaças a ministro da Corte havia determinado a retirada do ar de matéria que citava o presidente do Supremo, Dias Toffoli. LEIA TAMBÉM … Read more

Bolsonaro: PEC das Domésticas causou desemprego no país; não é verdade

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), em direito de resposta no horário de Geraldo Alckmin (PSDB), disse no rádio nesta terça (18) que a PEC das Domésticas causou desemprego no Brasil. LEIA TAMBÉM Bolsonaro atrai repúdio de avós e mães solteiras após declaração de vice Com apenas 8 segundos na propaganda eleitoral, Bolsonaro obteve 1 minuto … Read more

Bolsonaro ganha direito de resposta na propaganda eleitoral de Alckmin

Geraldo Alckmin (PSDB) perdeu um minuto e 44 segundos do tempo do programa eleitoral no rádio para direito de resposta de Jair Bolsonaro (PSL). O esfaqueado candidato poderá se explicar no horário do Picolé de Chuchu como votou na PEC das Domésticas. Em seu programa no rádio, Alckmin sugere que o ex-capitão do Exército é … Read more

Direito de resposta concedido a Luís Mussi

O empresário Luís Mussi pede direito de resposta à publicação ‘Reviravolta no ‘Caso Castanheira’, do advogado criminalista Claudio Dalledone Junior. Pautado pelo princípio do contraditório, o Blog do Esmael concede a palavra solicitada pelo requerente.

Read more

Prefeito de Campo Largo vê “olho gordo” de vereador de oposição, que quer sua cadeira

prefeito-affonsoO prefeito de Campo Largo, Affonso Portugal Guimarães (PSD), conhecido como Beco, em nota, contestou o vereador João Marcos (PR), que levantou a possibilidade de seu afastamento do cargo. Abaixo, leia a íntegra da nota do prefeito:

Read more

Moro rompe com Requião: ‘direito de resposta é instrumento de censura’

A declaração do juiz Sergio Moro, em evento da velha mídia, contra a Lei Requião, pode representar o fim de uma admiração platônica, pois, apesar de algumas divergências pontuais, principalmente dos exageros e estrelismos, senador Roberto Requião (PMDB-PR) vinha se mostrando um entusiasta da atuação da Lava Jato. Quanto ao direito de resposta, o parlamentar é categórico: "Sem o direito de resposta a mídia é imprevisível Pitbull ameaçando a democracia".
A declaração do juiz Sergio Moro, em evento da velha mídia, contra a Lei Requião, pode representar o fim de uma admiração platônica, pois, apesar de algumas divergências pontuais, principalmente dos exageros e estrelismos, senador Roberto Requião (PMDB-PR) vinha se mostrando um entusiasta da atuação da Lava Jato. Quanto ao direito de resposta, o parlamentar é categórico: “Sem o direito de resposta a mídia é imprevisível Pitbull ameaçando a democracia”.
O juiz Sérgio Moro, da Lava Jato, em palestra no IX Fórum da Associação Nacional de Editores de Revista, em São Paulo, nesta segunda-feira (23), criticou a Lei Requião — de direito de resposta — considerando-a “vaga” e instrumento de “censura”.

O magistrado afirmou que não é contra o direito de resposta, que é garantido pela Constituição, “mas a forma, o procedimento, a vagueza da lei em não estabelecer as hipóteses em que esse direito deve ser exercido acabam possibilitando que ela seja usada como instrumento de censura”.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), autor da lei, tem explicado que não se trata de censura, mas de direito de defesa ao ofendido, sobretudo ao cidadão comum, contra o abuso da imprensa.

“Sem o direito de resposta a mídia é imprevisível Pitbull ameaçando a democracia”, rebate o parlamentar.

Para Requião, “é indigno o comportamento dos que falam de direito de defesa da mídia quando o que a lei exige é apenas o igual contraditório”.

Read more

Barões da mídia prometem ir ao STF contra a Lei Requião

requiao_midiaConsiderada um marco civilizatório, a Lei Requião, que garante o direito de resposta nos veículos de comunicação, começa sofrer ataque orquestrado pelos barões da mídia brasileira.

De acordo com a A Associação Nacional de Jornais (ANJ), a proposta do senador Roberto Requião (PMDB-PR), sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT), “contém flagrantes inconstitucionalidades em seus artigos 7 e 10”.

Em nota, a ANJ afirma que estuda recorrer ao Superior Tribunal Federal (STF) para declarar inconstitucionais esses trechos da lei.

Os dois artigos dizem respeito aos prazos da defesa dos veículos de comunicação e a decisão do juiz pelo direito de resposta ao ofendido.

Não é somente a ANJ e os barões da mídia que estão descontentes com a lei publicada nesta quinta-feira (12) no Diário Oficial da União. O próprio autor, senador Requião, também criticou o que ele considerou deformação de seu texto aprovado pelo Congresso.

“Estou chocado com a presidente Dilma, pois ela cedeu ao lobby das tevês. O governo dela é assim”, disse Requião na manhã de hoje ao Blog do Esmael.

Dilma vetou a possibilidade de o próprio ofendido “dar a resposta ou fazer a retificação pessoalmente” no rádio ou na TV.

A seguir, leia a íntegra a lei sancionada pela presidente Dilma:

Read more

Requião ao Blog do Esmael: “Estou chocado com o veto de Dilma”

Requiao_DilmaO senador Roberto Requião (PMDB-PR), em entrevista ao Blog do Esmael, afirmou nesta quinta-feira (12) que ficou “chocado” com o veto da presidente Dilma Rousseff (PT) à parte do artigo que trata do direito de resposta em veículo de audiovisual (rádio e TV).

Dilma vetou a possibilidade de o ofendido “dar a resposta ou fazer a retificação pessoalmente” no rádio ou na TV.

“Estou chocado com a presidente Dilma, pois ela cedeu ao lobby das tevês. O governo dela é assim”, lamentou Requião, que é autor da proposta aprovada pelo Congresso Nacional.

No texto original, a lei prevê que o ofendido no rádio e na TV pode requerer direito de resposta ou fazer retificação pessoalmente.

Mesmo com o veto a um dos artigos, a lei sancionada por Dilma ainda é alvo de críticas da velha mídia. A partir de agora, o veículo que atentar contra a honra, intimidade, reputação, conceito, nome, marca ou imagem está sujeito ao direito de resposta.

A Lei Requião vale para todas as plataformas de comunicação (rádio, TV, internet, impresso).

O direito de resposta deverá ter o mesmo destaque, publicidade, periodicidade e dimensão da publicação ofensiva.

“A Dilma vetou a alma do direito de resposta. Eu estou chocado”, disse o senador Roberto Requião.

Acerca da Lei Requião:

Read more

Envergonhada, Folha também assume que errou acerca de Lulinha

Para os meios políticos e jornalísticos, embora a reparação a Lulinha seja tímida, o reconhecimento dos erros já seria um reflexo da Lei Requião, que garante o direito de resposta ao ofendido; jornalões estariam se antecipando à nova legislação aprovada este mês pelo Congresso Nacional.
Para os meios políticos e jornalísticos, embora a reparação a Lulinha seja tímida, o reconhecimento dos erros já seria um reflexo da Lei Requião, que garante o direito de resposta ao ofendido; jornalões estariam se antecipando à nova legislação aprovada este mês pelo Congresso Nacional.
O Globo pedir desculpas na primeira página para Fábio Luís Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente Lula, o jornal Folha de S. Paulo publicou uma “errata” sobre o tema no rodapé da edição de desta terça-feira (10).

No dia 12 de outubro, a Folha destacou que o filho de Lula fora citado em delação premiada pelo lobista Fernando Baiano. O mesmo registro havia feito O Globo, no mesmo período, na estreia do colunista Lauro Jardim.

“Diferentemente do informado na chamada “Delator diz que pagou despesas de filho de Lula” e na reportagem “Lobista do PMDB diz que pagou despesas para filho de Lula”, o lobista Fernando Soares, o Baiano, afirmou que o empresário José Carlos Bumlai pediu dinheiro para pagar uma dívida de uma nora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não despesas de um dos seus filhos”, diz o texto no rodapé da Folha.

Read more

Lei do Direito de Resposta dá ‘dor de barriga’ na velha mídia

A velha mídia quer o monopólio da opinião, por isso se coloca contra o direito de resposta automático a ofendidos. A lei aprovada na noite de ontem (4), de autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), é importante não só para o exercício do contraditório como também fundamental para evitar a judicialização e a interdição do … Read more

Câmara aprova projeto do senador Requião que regulamenta o direito de resposta na imprensa

da Agência Câmara.

Projeto de Requião, aprovado na noite desta terça-feira (20) pela Câmara, considera ofensivo o conteúdo que atente contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica; ofendido terá 60 dias para pedir direito de resposta ao meio de comunicação.
Projeto do senador Roberto Requião (PMDB-PR), aprovado na noite desta terça-feira (20) pela Câmara, considera ofensivo o conteúdo que atente contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica; ofendido terá 60 dias para pedir direito de resposta ao meio de comunicação.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (20) o Projeto de Lei 6446/13, do Senado, que estabelece procedimentos para o exercício do direito de resposta por pessoa ou empresa em relação a matéria divulgada pela imprensa. Devido às mudanças feitas, a matéria retorna ao Senado.

De acordo com o texto, o ofendido terá 60 dias para pedir ao meio de comunicação o direito de resposta ou a retificação da informação. O prazo conta a partir de cada divulgação. Se tiverem ocorrido divulgações sucessivas e contínuas, conta a partir da primeira vez que apareceu a matéria.

O texto considera ofensivo o conteúdo que atente, mesmo por erro de informação, contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica.

A resposta ou retificação é garantida na mesma proporção do agravo, com divulgação gratuita. Não poderá ser pedido direito de resposta a comentários de matérias na internet.

Se, antes do pedido, ocorrer a retratação ou a retificação espontânea, isso não impede o exercício do direito de resposta nem prejudica a ação de reparação por dano moral.

Read more

Requião: “Nada de impeachment. O povo tem que aprender com o erro”; assista ao vídeo

requiao_tvO senador Roberto Requião (PMDB-PR), em entrevista ao programa Espaço Público, na TV Brasil, disse ontem (25) à noite que é contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT) e do governador Beto Richa (PSDB).

“Nada de impeachment. O povo tem que aprender com o erro”, declarou o peemedebista. “Sou contra impeachment até do piá de prédio [Beto Richa] no Paraná. O povo tem que aprender com isso”, afirmou.

Assista trecho da entrevista

O parlamentar falou sobre economia, política, investigações na Petrobras e BNDES, mas, acima de tudo, ele propôs um projeto nacional‏ em contraponto ao neoliberalismo.

Requião também sugeriu a expropriação das empreiteiras implicadas na Lava Jato visando capitalizar a Petrobras e as estatais estratégicas ao país.

Assista à entrevista completa:

Read more

Câmara define votação da “Lei Requião” que garante direito de resposta automático na mídia

O líder do PT na Câmara, Sibá Machado (PT-AC), informou nesta terça-feira (25) que o colégio de líder da Casa votará na semana que vem o projeto do senador Roberto Requião (PMDB-PR), já aprovado no Senado em setembro de 2013, que regulamenta o direito de resposta no país. O projeto de Requião considera objeto de … Read more

Paulo Rossi: “O prefeito Fruet também frequentava o ‘Comitê Lealdade'”

Gustavo Fruet compareu na inauguração do Comitê Lealdade, em 2008.
Gustavo Fruet compareu na inauguração do Comitê Lealdade, em 2008.
O fantasma do “Comitê Lealdade” formado por dissidentes do PRTB, em 2008, para apoiar a reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), voltou neste início de outono a assombrar os políticos curitibanos.

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Paulo Rossi, nesta sexta, pediu direito de respostas em cima da coluna do secretário Municipal de Governo, Ricardo Mac Donald, que enxergou viés político-eleitoral na greve dos garis encerrada ontem.

Mac Donald afirmou na coluna que conhece a ficha do dirigente Manassés Oliveira, do Siemaco, sindicato dos trabalhadores na limpeza pública, ex-comandante do “Comitê Lealdade” financiado com recursos de caixa 2. “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”, disparou.

Pois bem, Paulo Rossi divulgou esta tarde fotos de quando o então deputado Gustavo Fruet era assíduo frequentador do mesmo “Comitê Lealdade”.

“Ao invés de tentar desqualificar o trabalho de dirigentes que lutam pela classe que representam, o secretário deveria cobrar a empresa que detém a coleta de lixo, a CAVO, importante doadora de recursos em campanhas eleitorais, reconhecimento do trabalho dos garis”, contra-atacou o presidente da UGT.

A seguir, leia a íntegra do direito de resposta:

Read more

PT x PT: ‘Ninguém está autorizado a falar pela vice Mirian Gonçalves’

zezinho_olivia_mirian.jpgMaria Olivia Samek, Superintendente do Gabinete da Vice-Prefeita, em nota oficial, desautorizou o secretário de Organização do PT, Zezinho Vasconcelos, que lançou manifesto na sexta, 13, recheado de críticas contra a gestão de Gustavo Fruet (PDT).

“Temos hoje uma cidade sem rumo, desintegrada, sem políticas públicas para a população da periferia”, atirou o dirigente petista Zezinho, sinalizando pelo rompimento com o pedetista e candidatura própria do PT à Prefeitura de Curitiba (clique aqui).

O Blog do Esmael anotou que o autor do manifesto tem ligações políticas com o presidente estadual do PT, Enio Verri, com a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e a vice-prefeita Mirian Gonçalves.

Maria Olivia Samek refutou a informação: “Por ela, fala a própria Vice-Prefeita ou com a sua autorização”, diz em sua resposta a Zezinho Vasconcelos.

Declaração em resposta a publicação:

Read more

Responda: ‘E daí, foi bom pra você?’

Primeiramente, o Blog do Esmael saúda todos os professores, pedagogos, diretores e agentes educacionais do Paraná pela aula de cidadania, pela luta e resistência exemplar, pela vitoriosa greve de um mês. Parabéns aos educadores que triunfaram sobre a arrogância, a prepotência e o ódio do governador Beto Richa (PSDB)! Dito isto, a pergunta é: foi … Read more

Bom exemplo: Agredidos por Richa, professores exigem direito de resposta na velha mídia do Paraná

O presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão, em vídeo distribuído nas redes sociais, informou nesta terça-feira (10) que a entidade que dirige pediu direito de respostas à s emissoras de rádio e TV que exibiram entrevistas do governador Beto Richa (PSDB) com ataques a professores e funcionários de escola do Paraná. Além de responder à s … Read more

Lei Requião!: Cunha se compromete a votar na Câmara projeto que garante direito de resposta na imprensa

cunha_requiao.jpgO presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quinta-feira (5), telefonou para o senador Roberto Requião (PMDB-PR) para informá-lo que colocará em votação, em breve, o projeto que garante direito de resposta automático! na imprensa brasileira.

A “Lei Requião”, aprovada em setembro de 2013 no Senado, garante a todos os brasileiros o direito de responder, nos meios de comunicação, com o mesmo destaque da notícia original, quando vítimas de notícias não verdadeiras, distorcidas ou ofensivas.

Pela manhã, Cunha telefonou para cumprimentar o correligionário paranaense que hoje completa 74 anos. Requião teria pedido de “presente de aniversário” a votação de seu projeto de direito de resposta, que repousa na Câmara há quase dois anos.

Na época da aprovação do projeto no Senado, Requião argumentou que desde abril de 2009, quando, em boa hora, o Supremo Tribunal Federal extinguiu a chamada “Lei de Imprensa”, uma das últimas “heranças” da ditadura militar (1964-1985), o país não contava com uma legislação que disciplinasse o assunto!. Ele afirmara que seu projeto preenche este vazio.

Leia a íntegra do projeto aprovado pelo Senado, que agora vai ao plenário da Câmara:

Read more

Auditores Fiscais do Trabalho solicitam direito de resposta

enafit.jpg

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho !“ Sinait, a Delegacia Sindical do Sinait no Paraná e a Associação dos Auditores Fiscais do Trabalho no Paraná !“ AAFTPR solicitaram direito de resposta à s declarações e à  nota de esclarecimento emitidas pelo Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Estado do Paraná (SRTE), Neivo Beraldin.

As declarações e a nota de Neivo foram publicadas no Blog do Esmael no dia 28 de novembro sob a manchete Acabei com a mordomia deles, por isso protestam!, diz Neivo Beraldin, sobre auditores fiscais da SRTE. Atendendo a solicitação dos auditores, publicamos a seguir a íntegra da nota por eles emitida:

Read more

àlvaro tenta censurar Gomyde, mas perde outra vez na Justiça

Gomyde levou à  telinha denúncia de que àlvaro teria sido flagrado pela Receita Federal por não declarar aplicações financeiras de R$ 6 milhões e que teria requerido R$ 1,6 milhão relativos à  aposentadoria de ex-governador. "A prova não era difícil, bastava ao representante trazer cópia de sua declaração de renda!, afirmou o juiz Leonardo Castanho Mendes, do TRE, em despacho negando direito de resposta ao tucano; candidato do PCdoB aproveitou a decisão judicial para cutucar mais uma vez o "pai" do cachorrinho
Gomyde levou à  telinha denúncia de que àlvaro teria sido flagrado pela Receita Federal por não declarar aplicações financeiras de R$ 6 milhões e que teria requerido R$ 1,6 milhão relativos à  aposentadoria de ex-governador. “A prova não era difícil, bastava ao representante trazer cópia de sua declaração de renda!, afirmou o juiz Leonardo Castanho Mendes, do TRE, em despacho negando direito de resposta ao tucano; candidato do PCdoB aproveitou a decisão judicial para cutucar mais uma vez o “pai” do cachorrinho “Bichon Frisé” Hugo Henrique: “Por que não mostra a declaração de renda?”.
O senador àlvaro Dias, do PSDB, que defende a continuidade na cadeira, mais uma vez, não conseguiu censurar o programa de TV do desafiante Ricardo Gomyde, do PCdoB, no programa eleitoral gratuito. Pelo menos nos tribunais, o comunista tem dado trabalho ao tucano.

O juiz Leonardo Castanho Mendes, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), nesta terça-feira (30), negou liminar concedendo direito de resposta ao veterano parlamentar.

Gomyde levou à  telinha denúncia de que àlvaro teria sido flagrado pela Receita Federal por não declarar aplicações financeiras de R$ 6 milhões e que teria requerido R$ 1,6 milhão relativos à  aposentadoria de ex-governador.

Assista ao vídeo:

“A prova não era difícil, bastava ao representante trazer cópia de sua declaração de renda. Comprovaria, sem margem para dúvida, a declaração de referido numerário e demonstraria se tratar de afirmação inverídica”, diz o despacho do magistrado, ao negar liminar ao senador do PSDB.

O comunista aproveitou a decisão judicial para cutucar mais uma vez o “pai” do cachorrinho Bichon Frisé Hugo Henrique: “Por que não mostra a declaração de renda?”.

A seguir, leia a íntegra da decisão da Justiça Eleitoral:

Read more

Direito de resposta à  APP-Sindicato

Professor Hermes Leão, presidente eleito da APP-Sindicato, em nota, solicita direito de resposta ao Blog do Esmael que, por amor ao contraditório, o concede automaticamente em cima de declarações de Professor Paixão (Chapa 2); empossado nesta sexta-feira (19), Leão contesta informação sobre o número de urnas eletrônicas defeituosas na eleição do dia 10 de setembro, ressalta que comissão eleitoral fiscalizou todo o processo e afirma que o estatuto da entidade prevê posse até 30 dias após o pleito; abaixo, leia a íntegra do direito de resposta da APP.
Professor Hermes Leão, presidente eleito da APP-Sindicato, em nota, solicita direito de resposta ao Blog do Esmael que, por amor ao contraditório, o concede automaticamente em cima de declarações de Professor Paixão (Chapa 2); empossado nesta sexta-feira (19), Leão contesta informação sobre o número de urnas eletrônicas defeituosas na eleição do dia 10 de setembro, ressalta que comissão eleitoral fiscalizou todo o processo e afirma que o estatuto da entidade prevê posse até 30 dias após o pleito; abaixo, leia a íntegra do direito de resposta da APP.
O presidente da APP-Sindicato, Hermes Silva Leão, neste sábado (20), encaminhou um pedido de direito de resposta à s declarações de Professor Paixão, da Chapa 2, acerca das suspeitas de fraude na eleição da entidade representativa dos educadores no último dia 10 (clique aqui).

O Blog do Esmael, amante do bom debate, da democracia e do contraditório concede direito de resposta automático à  APP, que segue abaixo na íntegra:

Read more

Justiça nega a Alvaro Dias direito de resposta no horário de Gomyde

O candidato a reeleição ao senado Alvaro Dias (PSDB) tentou direito de resposta no programa eleitoral de Ricardo Gomyde (PCdoB), pois não lhe caiu bem figurar contra o programa de profissionalização do Governo Federal intitulado "Pronatec". Não só é contra, como há um link em seu site apontando para a Adin movida contra o Pronatec capitaneada por Alvaro; visto que coube à  Justiça negar o pedido.
O candidato à ! reeleição no senado Alvaro Dias (PSDB) tentou direito de resposta no programa eleitoral do rival! Ricardo Gomyde (PCdoB), pois não lhe caiu bem figurar contra o programa de profissionalização do Governo Federal intitulado “Pronatec”. Acontece que Alvaro não só é contra, como há um link em seu site apontando para a Ação Direta e Inconstitucionalidade (Adin) contra o Pronatec capitaneada por Alvaro;! portanto,! a! Justiça Eleitoral negou o pedido.

O! juiz auxiliar Guido José Dà¶beli, da! Justiça Eleitoral do Paraná, negou direito de resposta ao candidato Alvaro Dias (PSDB) no horário eleitoral de Ricardo Gomyde (PC do B), que disputa cadeira no Senado pela Coligação “Paraná Olhando Pra Frente”.

Alvaro! entrou com representação contra propaganda veiculada no dia 05 de setembro, em que! ele! foi! criticado por ter se posicionado contra o programa de profissionalização do Governo Federal intitulado “Pronatec”.

Em sua decisão, o juiz ! assinala que não verificou a presença de afirmação inverídica, julgando a representação improcedente. Pelo exposto, julgo extinta a representação, sem resolução do mérito, no que tange a qualquer forma de irregularidade da propaganda como a utilização de montagem e trucagem e, no que tange ao pedido de direito de resposta, julgo improcedente a presente Representação e indefiro o pedido de direito de resposta, ante não caracterização de afirmação sabidamente inverídica.!

Read more

30 de Agosto: Justiça Eleitoral nega direito de resposta a àlvaro Dias no horário de Ricardo Gomyde

Justiça Eleitoral negou neste sábado (30) direito de resposta a Alvaro Dias no horário eleitoral de Ricardo Gomyde, que, após apresentar sua plataforma, conclui dizendo que "jogar cavalo em cima de professor, comigo nunca", referindo-se ao confronto entre professores e cavalaria no dia 30 de agosto de 1988, quando Dias era governador do Paraná; "O protesto existiu, o enfrentamento com policiais da cavalaria existiu e o representante era, à  época, Governador do Estado", registrou o juiz Leonardo Castanha Mendes, ao julgar improcedente o pedido do tucano; abaixo, leia a decisão e assista ao vídeo da discórdia.
Justiça Eleitoral negou neste sábado (30) direito de resposta a Alvaro Dias no horário eleitoral de Ricardo Gomyde, que, após apresentar sua plataforma, conclui dizendo que “jogar cavalo em cima de professor, comigo nunca”, referindo-se ao confronto entre professores e cavalaria no dia 30 de agosto de 1988, quando Dias era governador do Paraná; “O protesto existiu, o enfrentamento com policiais da cavalaria existiu e o representante era, à  época, Governador do Estado”, registrou o juiz Leonardo Castanha Mendes, ao julgar improcedente o pedido do tucano; abaixo, leia a decisão e assista ao vídeo da discórdia.
O juiz Leonardo Castanho Mendes, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), neste sábado (30), negou ao senador àlvaro Dias (PSDB) direito de resposta no programa exibido no horário eleitoral do adversário Ricardo Gomyde (PCdoB).

Gomyde, após apresentar sua plataforma, conclui dizendo que “jogar cavalo em cima de professor, comigo nunca”, referindo-se ao confronto entre professores e cavalaria no dia 30 de agosto de 1988, quando Dias era governador do Paraná (clique aqui para assistir ao vídeo).

“O protesto existiu, o enfrentamento com policiais da cavalaria existiu e o representante era, à  época, Governador do Estado”, registrou o magistrado ao julgar improcedente o pedido do tucano.

“O mais são interpretações de quem viveu aqueles fatos, de quem se disse agredido por ordem do titular do Governo, que repercutiram ao longo dos anos, tanto que a cada aniversário do protesto novamente se revivem as acusações”, continuou o juiz.

Castanho Mendes ainda sugeriu ao indeferir a liminar de àlvaro Dias:

“Se o representante de fato deu a ordem para que ocorresse o enfrentamento, para que os cavaleiros avançassem sobre os protestantes, cuida-se de fato que não pode ser considerado sabidamente verídico, nem inverídico”.

Leia a íntegra da decisão judicial:

Read more

Sem papas na língua, Requião manda Globo e Veja pra ‘Puta Que Pariu’

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) anda à s turras com a Veja e Globo, que tentam colocá-lo no rol de parlamentares processados por corrupção. Redes sociais reverberam nesta terça (13) que o peemedebista mandou repórter da Globo, que o abordou na saída do plenário, para ‘Puta Que Pariu’. Em setembro do ano passado, do plenário, Requião … Read more

PDT jura que “não há racha”, mas Osmar aprendeu falar “companheiro”

O Blog do Esmael, amante do direito ao contraditório, recebeu e publica duas notas dos pedetistas Adalberto Grein e Haroldo Ferreira negando, peremptoriamente, que não há racha! no PDT; entretanto, consultado suas fontes, o Blog do Esmael reafirma que a situação não é muito confortável para Osmar Dias dentro do partido; há expectativa de que o vice-presidente do Banco do Brasil deixe a agremiação rumo ao PT, depois das eleições de outubro, caso a presidenta Dilma seja reeleita; leia as duas notas.
O Blog do Esmael, amante do direito ao contraditório, recebeu e publica duas notas dos pedetistas Adalberto Grein e Haroldo Ferreira negando, peremptoriamente, que não há racha! no PDT; entretanto, consultado suas fontes, o Blog do Esmael reafirma que a situação não é muito confortável para Osmar Dias dentro do partido; há expectativa de que o vice-presidente do Banco do Brasil deixe a agremiação rumo ao PT, depois das eleições de outubro, caso a presidenta Dilma seja reeleita; leia as duas notas.
Recebi duas notas de esclarecimento da direção do PDT do Paraná. A primeira é assinada pelo presidente em exercício Haroldo Ferreira e a segunda pelo secretário-geral Adalberto Grein. Sincronizados, eles negam que há racha na sigla do estado como divulgado neste post “Osmar Dias perde comando do PDT. Fruet pode dirigir partido no Paraná”.

O Blog do Esmael, democrático que é e amante do direito ao contraditório, publica na íntegra as duas mensagens dos pedetistas, mas, consultado suas fontes, reafirma que a situação não é muito confortável para o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias, dentro do PDT. Há, inclusive, expectativa de que ele deixe a agremiação rumo ao PT depois das eleições de outubro, caso a presidenta Dilma seja reeleita.

Licenciado da presidência estadual do PDT, Osmar não tem atendido correligionários nem feito política intramuros. De posse do estatuto do banco, ele garante que não pode subir em palanques na campanha eleitoral. Não o fez nas eleições de 2012, quando aliados ficaram esperando nos municípios por apoio dele que nunca chegou.

A seguir, leia as duas notas:

Read more