26 de abril de 2015
por Esmael Morais
46 Comentários

Agentes penitenciários vão proteger professoras na Assembleia

agentes_previdenciaOs agentes penitenciários do Paraná, acostumados aos estresses de motins e rebeliões nos presídios, estarão na linha de frente das manifestações de professores e funcionários da educação básica e universitária em greve contra o confisco da poupança previdenciária pelo governador Beto Richa (PSDB).

Na primeira tentativa da Assembleia Legislativa em votar o pacotaço da maldade, que retirava direitos dos servidores públicos, em fevereiro último, os agentes penitenciários estiveram na vanguarda abrindo passagem para que os educadores ocupassem o plenário e as dependências do prédio.

De acordo com o Sindarspen, o Sindicato dos Agentes Penitenciários, a categoria decretou paralisação em todas as unidades prisionais do estado até quinta-feira (30). Só serão realizadas as atividades emergenciais, como distribuição da alimentação e movimentações em casos de emergências médicas e ordens judiciais. Leia mais

11 de março de 2015
por Esmael Morais
88 Comentários

Responda: ‘E daí, foi bom pra você?’

O feedback é o método mais avançado que existe na vida para medir a satisfação de terceiros.  Por isso responda, por favor: foi boa a cobertura do Blog do Esmael e da TV 15 durante a greve do magistério?

O feedback é o método mais avançado que existe na vida para medir a satisfação de terceiros. Por isso responda, por favor: foi boa a cobertura do Blog do Esmael e da TV 15 durante a greve do magistério?

Primeiramente, o Blog do Esmael saúda todos os professores, pedagogos, diretores e agentes educacionais do Paraná pela aula de cidadania, pela luta e resistência exemplar, pela vitoriosa greve de um mês. Parabéns aos educadores que triunfaram sobre a arrogância, a prepotência e o ódio do governador Beto Richa (PSDB)! ... 

Leia mais

5 de março de 2015
por Esmael Morais
5 Comentários

Sem proposta de Richa, servidores do Detran devem continuar em greve

detr.jpg

Os servidores do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) realizam uma assembleia geral nesta sexta-feira (6) para avaliar a greve que já dura mais de duas semanas. Sem nenhuma proposta do governador Beto Richa (PSDB), os servidores devem decidir pela continuidade da paralisação.

A greve foi motivada pelo calote do governador no terço de férias, além do atraso no pagamento de promoções e progressões; mas a principal reivindicação é a criação de uma carreira própria para os servidores do órgão, como determina a emenda constitucional 82.

Fora os calotes, a greve continua por pura incompetência e inoperância do governo, uma vez que só depende do envio da mensagem para a Assembleia Legislativa com o projeto de lei da carreira própria. Segundo a secretária-geral do Sindicato dos Servidores do Detran (Sisdep), Silvia Penerotti, essa questão não envolve gastos e os estudos para formulação da lei da carreira já foram feitos. Leia mais