16 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Hackers invadem grupo de mulheres contra Bolsonaro, mas tiro sai pela culatra

Hackers invadem grupo de mulheres contra Bolsonaro, mas tiro sai pela culatra

O grupo “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro”, que contava com mais de dois milhões de integrantes, começou a sofrer ataques de hackes na quinta-feira (13). O grupo foi invadido e o nome foi trocado para “Mulheres Com Bolsonaro”. O reação das mulheres é muito forte e pode causar estragos à campanha do candidato da extrema direita. ... 

Leia mais

11 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Grupo de mulheres unidas contra Bolsonaro já tem quase 1 milhão de integrantes

Grupo de mulheres unidas contra Bolsonaro já tem quase 1 milhão de integrantes

Cresce rapidamente no Facebook o grupo “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro”. Criado no final de agosto, o grupo já conta com mais de 800 mil integrantes. ... 

Leia mais

24 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mulheres são assediadas e ridicularizadas na Rússia, e o que você tem a ver com isso?

Mulheres são assediadas e ridicularizadas na Rússia, e o que você tem a ver com isso?

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) escreve sobre a polêmica envolvendo rapazes alegres, brasileiros, provavelmente embalados por generosas doses de vodca, ou por pura falta de educação mesmo, em um ato machista e misógino, fizeram uma grosseria que envergonhou milhões de brasileiros.  ... 

Leia mais

6 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mulheres são maioria no governo socialista da Espanha

Mulheres são maioria no governo socialista da Espanha

Diferente do que ocorreu com o golpe no Brasil, em que Michel Temer formou um governo branco e machista, na Espanha o socialista Pedro Sánchez surpreendeu o mundo ao apostar nas mulheres. De 17 ministérios, onze serão comandados por mulheres.  ... 

Leia mais

7 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ofensor na internet pede desculpas a Gleisi

Ofensor na internet pede desculpas a Gleisi

A Justiça do Distrito Federal determinou que o internauta Fábio Contrim se retratasse publicamente por ofensas à senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT. ... 

Leia mais

18 de março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Mais uma pérola de Bolsonaro: leite de ornitorrinco da Amazônia

Mais uma pérola de Bolsonaro: leite de ornitorrinco da Amazônia


Não é só a truculência, o autoritarismo, o machismo e a xenofobia que caracterizam o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). A falta de noção da realidade também é notável. A última pérola do deputado fluminense foi publicada em seu twitter. Ele fala do leite de ornitorrinco(!) como parte da biodiversidade amazônica. ... 

Leia mais

8 de março de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Hoje é Dia da Mulher, Dia de Dilma

Hoje é Dia da Mulher, Dia de Dilma

8 de Março é Dia de Dilma Rousseff. A presidente eleita é o símbolo mais realístico da vítima do misoginia, do machismo e da violência contra a mulher brasileira. Quem acompanhou a deposição desta mulher honesta sabe que, do outro lado, homens desonestos a agrediram e agrediram uma nação inteira para tomar o poder, massacrar trabalhadores e trabalhadoras, escravizar, privatizar, instituir um país para poucos. ... 

Leia mais

24 de março de 2017
por Esmael Morais
2 Comentários

‘Ninguém faz limpeza melhor do que a mulher’, pensa o relator da terceirização

A declaração do relator da terceirização aprovada na Câmara, deputado Laércio Oliveira (SD-SE), segundo qual ‘ninguém faz limpeza melhor do que a mulher’ é prova inconteste de que o golpe de Estado é machista. Leia mais

20 de agosto de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Dilma sofre processo de impeachment só porque ela é mulher, acusa Gleisi

gleisi_giro_dilmaA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em entrevista ao programa “Giro com Willian Corrêa” da TV Cultura, em Brasília, acusou a “misoginia” de estar por trás do golpe contra a presidente Dilma Rousseff. Abaixo, assista ao vídeo: Leia mais

15 de agosto de 2016
por Esmael Morais
7 Comentários

É preciso uma revolução cultural para por fim a violência contra a mulher

romanelli_maria_penhaO deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), em sua coluna desta segunda (15), propõe uma revolução cultural para enfrentar a violência contra a mulher e o feminicídio. Ele relata o calvário da farmacêutica Maria da Penha, que deu nome à lei que combate o machismo no país. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto: Leia mais

12 de agosto de 2016
por Esmael Morais
29 Comentários

Ministro trapalhão da Saúde leva sabugada da própria filha; assista ao vídeo

vic_ricardo_cidaA pré-candidata à Prefeitura de Curitiba, Maria Victória (PP), filha do ministro trapalhão da Saúde, Ricardo Barros, deu uma sabugada no pai ao contestá-lo sobre a afirmação de que os homens procuram menos serviço médico por “trabalharem mais do que as mulheres” e serem provedores do lar. Abaixo, assista: Leia mais

3 de agosto de 2016
por Esmael Morais
60 Comentários

A misoginia d’O Antagonista

vanessa_antagonista_gleisi“O Antagonista”, espécie de assessoria de Michel Temer (PMDB) e do golpe, é um site misógino. O Blog do Esmael selecionou algumas postagens do dia de ontem (2) contra as senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Gleisi Hoffmann (PT-PR). Leia mais

30 de julho de 2016
por Esmael Morais
8 Comentários

Contra machismo, Justiça obriga IstoÉ dar direito de resposta a Dilma

dima_istoe_respA juíza Tatiana Dias da Silva, da 18ª Vara Cível de Brasília, deu ganho de causa à presidenta Dilma Rousseff, reconhecendo o direito de resposta que a revista será obrigada a conceder. Leia mais

15 de junho de 2016
por Esmael Morais
6 Comentários

Gleisi faz chamamento para o “voto popular” ao destacar Casa da Mulher Brasileira de Curitiba

gleisi_mulheresA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em artigo especial, nesta quarta (15), ao destacar a inauguração da Casa da Mulher Brasileira de Curitiba — uma realização da presidente eleita Dilma Rousseff — fez um inédito chamamento ao “voto popular” (link para a proposta do plebiscito).

A parlamentar destaca no texto a importância da inauguração na proteção das mulheres em situação de vulnerabilidade, “que significa proteção contra violência, abrigo contra opressão e apoio para recomeçar a vida”. Leia mais

30 de maio de 2016
por Esmael Morais
18 Comentários

Gleisi Hoffmann: “Pelo fim da cultura do estupro”

Gleisi_Fora_Temer

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em sua coluna de hoje (30), lamenta a cultura machista e o estupro contra as mulheres. Ela afirma que a legislação garante direitos, mas os “costumes” ainda falam mais alto. A colunista se diz chocada com o fato de uma jovem de 16 anos sendo abusada por mais de 30 homens. Para Gleisi, o governo interino de Michel Temer (PMDB) não tem sensibilidade para as causas das mulheres ao não deixar nenhuma no primeiro escalão. Abaixo, leia, comente e compartilhe a íntegra do texto: Leia mais

9 de abril de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Escândalo Andrade Gutierrez/PSDB: veja como a mídia golpista manipula a informação da Vaza Jato

estadao_aecio_AG_dilmaO mau-caratismo e seletividade da velha mídia golpista e de seus miquinhos amestrados da Vaza Jato podem ser explicados — e detalhados — pela própria velha mídia golpista. A manipulação é tosca e escandalosa ao mesmo tempo.

O Blog do Esmael resgatou do fundo do baú neste sábado (9) uma reportagem do Estadão, datada de 7 de outubro de 2015, sobre troca de mensagens no WhatsApp entre a cúpula da empreiteira Andrade Gutierrez.

O distinto leitor ficará chocado com os conteúdos machistas, sexistas e misóginos dos diálogos que têm como alvo a presidente Dilma Rousseff na véspera e no dia do segundo turno — 26 de outubro de 2014.

As conversas abaixo foram resgatadas pela Polícia Federal na Vaza Jato.

“É agora… O tema corrupção….A mulher está nervosa demais….Agora o homem moeu a gorda de perna aberta”, disse Anuar Caram, que foi logo respondido por Ricardo Sá: “Fora sapa com cara do satanás!!!”. Leia mais

2 de abril de 2016
por Esmael Morais
13 Comentários

Ivana Bentes: #IstoÉMachismo

Um ataque as Mulheres! É um acinte, um desrespeito e uma violência contra todas as mulheres a capa da Revista IstoÉ com um texto vexaminoso, utilizando todos os estereótipos e adjetivos machistas e misóginos, para desqualificar uma mulher na Presidência do Brasil!

A estratégia da revista é a mesma utilizada no vazamento contra Lula, que expunha sua fala informal em telefonemas privados usados para desclassificá-lo moralmente.

Mas com Dilma Rousseff é ainda pior, mais escandaloso, sexista e intolerável. É um ataque e um texto que ultrapassa qualquer ética jornalistica, com aspas sem nenhuma fonte!

Vendo o impeachment balançar na correlação das forças políticas, com uma reação vigorosa nas ruas do Brasil e na mídia internacional, a revista IstoÉ parte para uma desqualificação psicológica e emocional da Presidenta da República, que teria “perdido o equilíbrio e as condições emocionais para conduzir o país” e é descrita (sem fontes identificadas) como uma desequilibrada, histérica, furiosa e a beira de um ataque de nervos e propensa a atos violentos!

Trata-se de um ataque genérico de um jornalismo covarde (“fontes do Palácio do Planalto”) que usa aspas fantasmas (ninguém é citado!) para demolir sua reputação com base no ódio as mulheres que ocupam espaços de poder e nos clichês que descrevem uma mulher histérica, desequilibrada, destemperada, com “crises nervosas” sendo “medicada” para aplacar seus rompantes e acessos de violência e histeria.

O texto é uma peça de como a mídia passa a usar da pessoalização, de argumentos e análises extra política para demolir a pessoa, o caráter, construindo um personagem de ficção em que a Presidenta é comparada com “Maria, a Louca”, uma “autista” com uma retórica “cretina” e cuja permanência significa uma ameaça de “volta do terror”(!)

Passam de um estereótipo, “a gerentona masculinizada” , para outro: o da mulher acuada e descontrolada que responde a um ataque político não com articulação, atos, ações e discursos, mas como uma mulher histérica e furiosa quebrando móveis!

Os adjetivos utilizados para desqualificar a Presidenta mulher fazem parte de um extenso vocabulário moral, científico, médico e psicanalítico de destituição do feminino como Leia mais

10 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
26 Comentários

Comentário sexista faz ministra jogar vinho na cara do tucano José Serra

do Brasil 247

Ministra da Agricultura, Kátia Abreu, jogou uma taça de vinho no rosto do senador José Serra (PSDB-SP) durante um jantar de fim de ano realizado na casa do senador Eunício Guimarães (PMDB-CE), no qual também estava presente o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP).

Incidente teria acontecido quando a ministra conversava com alguns dos senadores presentes na confraternização. Segundo Kátia, Serra “simplesmente chegou numa roda em que não tinha sido chamado, sem mais nem menos” e teria afirmado que “dizem por aí que você é muito namoradeira”. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) ainda teria alertado o senador tucano. “Serra, a ministra se casou neste ano”, teria dito.

Irritada, Kátia Abreu enquadrou José Serra. “Você é um homem deselegante, descortês, arrogante, prepotente. É por isso que você nunca chegará à Presidência da República”, disparou. : “E, de mais a mais, nunca traí ninguém na minha vida”, emendou. Em seguida, jogou o vinho na cara do senador tucano e pediu que ele se retirasse do local.

Kátia disse que o quiprocó entre ela e Serra não tem ligação alguma com o fato de estarem em lados opostos quanto ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Enquanto o tucano atua para afastar a presidente, Kátia é ministra e amiga pessoal de Dilma.

Leia mais

4 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
38 Comentários

Machismo contra Dilma. Se o presidente fosse Ciro, Lula ou Requião, golpe de Aécio-Cunha seria aberto?

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) em diversos momentos denunciou aqui no Blog do Esmael, onde ela possuiu uma coluna semanal, que muitos desses ataques contra a presidente Dilma Rousseff (PT) ocorrem devido ao machismo impregnado na política brasileira.

Os leitores também têm percepção deste sexismo, portanto, do ato covarde praticado pela oposição que não deu trégua à primeira mulher eleita presidente da República e, mais de um ano depois, ainda não assimilou a derrota que sofreu nas urnas.

Gleisi por exemplo denunciou aqui, por exemplo, agressões contra Dilma em tatuagens que a mostram com um pênis na boca e outra a retratando como diabo.

“É crime e ofende a todas nós, mulheres, independente de posição política”, protestou a senadora em sua coluna do dia 9 de novembro.

Pois bem, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) que fora machista nos debates durante a campanha retoma agora sua verve violenta em relação ao sexo oposto. Ele se uniu a outro machista declarado e juramentado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, que é acusado de corrupção, autor de projeto que fere a dignidade das mulheres em caso de estupro.

Agora a pergunta que não quer calar: os machões Aécio e Cunha, novamente aliados nessa empreitada para afastar Dilma, teriam a mesma desenvoltura contra políticos do calibre, por exemplo, do ex-presidente Lula, de Ciro Gomes (PDT-CE) ou do senador Roberto Requião (PMDB-PR)? Ou eles se aproveitam da fragilidade das mulheres? Opine.

Leia mais