13 de outubro de 2016
por esmael
13 Comentários

Ney amplia 2º turno com mais dois partidos

neyA dois dias do reinício do horário eleitoral na TV, o candidato à Prefeitura de Curitiba Ney Leprevost ganhou o apoio do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) e do Partido da Mulher Brasileira (PMB).

20 de setembro de 2016
por esmael
16 Comentários

Richa põe “tio-torto” na marca do pênalti

richa_crise-592x295O secretário de Comunicação do Paraná, engenheiro Márcio Villela, “tio distante” do governador Beto Richa (PSDB), foi colocado na marca do pênalti. Portanto, segundo o Palácio Iguaçu, será chutado para a meta após as eleições municipais, ou seja, daqui duas semanas.

14 de setembro de 2016
por esmael
22 Comentários

Para evitar 2º turno, Richa convoca comissionados para ‘ataque final’ pró-Greca

richa_comissionados_grecaO governador do Paraná Beto Richa (PSDB) determinou que o exército de 4 mil comissionados do governo do estado vá às ruas na sexta-feira, dia 23 de setembro, para o ‘ataque final’ com o intuito de forçar a vitória do candidato Rafael Greca (PMN) no primeiro turno em Curitiba.

19 de agosto de 2016
por esmael
38 Comentários

Encurralado, governador interino foge pela porta dos fundos no interior do Paraná; assista

traiano_protesto_capanemaSegundo Garganta Profunda do Sudoeste, o deputado Ademar Traiano (PSDB), governador interino do Paraná, teve que sair às pressas pela porta dos fundos durante inauguração de uma unidade de saúde no município de Capanema, na região Sudoeste. Educadores encurralaram o tucano. Abaixo, assista ao vídeo:

17 de agosto de 2016
por esmael
19 Comentários

Greca e Requião iniciam campanha com vídeos nas redes sociais; assista

greca_requiaoOs candidatos Rafael Greca (PMN) e Requião Filho (PMDB) iniciam suas respectivas campanhas, à Prefeitura de Curitiba, postando vídeos nas redes sociais (assista abaixo). Veja também o que fazem os demais candidatos:

12 de agosto de 2016
por esmael
29 Comentários

Ministro trapalhão da Saúde leva sabugada da própria filha; assista ao vídeo

vic_ricardo_cidaA pré-candidata à Prefeitura de Curitiba, Maria Victória (PP), filha do ministro trapalhão da Saúde, Ricardo Barros, deu uma sabugada no pai ao contestá-lo sobre a afirmação de que os homens procuram menos serviço médico por “trabalharem mais do que as mulheres” e serem provedores do lar. Abaixo, assista:

6 de agosto de 2016
por esmael
9 Comentários

Em Curitiba, Fruet escolhe vereador do PV para a vice; veja quem serão os 7 demais

salamuni_fruetO vereador Paulo Salamuni, do PV, foi o escolhido pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT) para acompanhá-lo na chapa de reeleição.

26 de julho de 2016
por esmael
38 Comentários

Oito candidatos disputarão a Prefeitura de Curitiba; veja os nomes e os partidos

eleicoes_2016A temporada das convenções partidárias iniciou na semana passada. Até 5 de agosto, porém, muita água vai rolar debaixo dessa ponte. Mas vamos mostrar o quadro atual, que ainda pode sofrer modificações nas próximas horas e dias. Abaixo, veja quem são os 8 candidatos que estão de olho na Prefeitura de Curitiba:

20 de julho de 2016
por esmael
9 Comentários

Em Curitiba, Richa cogita “chutar” Fruet para “ficar” com Greca

greca_richa_fruetO PSDB está flertando com o prefeito Gustavo Fruet, do PDT, mas a tendência é o partido governador Beto Richa “chutar” o pedetista para “ficar” com o ex Rafael Greca, do PMN.

19 de dezembro de 2015
por esmael
98 Comentários

Deputada contrária ao Bolsa Família e primeira-dama de Curitiba batem boca nas redes sociais

Nem o espírito de Natal está sendo capaz de segurar a troca de farpas entre a deputada Maria Victória (PP) e a primeira-dama de Curitiba, Márcia Fruet.

Tudo começou com a parlamentar defendendo corte no programa Bolsa Família em sua coluna publicada no Blog do Esmael. Para ela, o o governo federal “dá o peixe” ao invés de “ensinar a pescar”.

Márcia Fruet, mulher do prefeito Gustavo Fruet (PDT), rebateu Maria Victória pelo Facebook: “Dizem que temos que ensinar a pescar, não dar o peixe. Mas, quando já lhes tiraram o anzol, o barco, a vara, é preciso, sim, dar o peixe”, escreveu citando o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica.

Em carta aberta, Maria Victória observou que a primeira-dama de Curitiba “colocou a própria indignação acima da esperança”.

“Minha esperança de juventude jamais será derrotada por nada, nem por ninguém”, rebateu a deputado Maria Victória, que é pré-candidata à Prefeitura de Curitiba.

A seguir, leia a carta aberta de Maria Victória para Márcia Fruet:

“Minha opinião sobre o programa Bolsa Família na semana passada gerou repercussões de todo lado e de muita gente. Sinal claro de que esse assunto mexe com as pessoas e, por isso mesmo, deve ser debatido e esclarecido. Mas um ponto de vista, particularmente, me chamou a atenção: o texto divulgado pela primeira dama de Curitiba, Márcia Fruet, que colocou a própria indignação (contra o que entendeu ser a minha opinião), acima da esperança (de ser compreendida por mim em seus argumentos).

Respeito toda a experiência alegada pela Primeira Dama de Curitiba com os mais pobres e suas necessidades.

Sou jovem, sim, cara Primeira Dama Márcia, tenho 23 anos, mas aprendi desde muito cedo a não temer polêmicas e muito menos a emitir minha opinião. Tenho na convivência familiar, a liberdade de pensar. E, mais ainda, a coragem de discordar.

Pertenço a uma geração que começa a lutar por um argumento básico, esquecido pela grande maioria dos gestores públicos brasileiros, o que explica, em grande parte, a situação do Brasil atual: eficiência.

A política precisa, urgente e sem rodeios, de eficiência. A economia, idem. A Educação também. E, mais particularmente, cara Pr

30 de novembro de 2015
por esmael
95 Comentários

Coluna da Maria Victória: Curitiba tem famílias em situação de risco a exemplo de países da África

Download do áudio

“Conheço esta cidade
como a palma da minha pica.
      Sei onde o palácio
sei onde a fonte fica,

      Só não sei da saudade
a fina flor que fabrica.
      Ser, eu sei. Quem sabe,
esta cidade me significa.”

Curitibas (Paulo Leminski)

Maria Victoria Borghetti Barros*

E como essa cidade me significa! Como muitos que aqui residem, também me considero curitibana. Maringaense de nascimento,vivo aqui desde os 13 anos; a família de minha mãe, Cida Borghetti, é curitibana. Minha querida avó dona Ires Anna Borghetti e seu Ivo Borghetti (in memorian), proprietários do restaurante Cantina Grande e militantes políticos e ligados aos movimentos da Igreja Católica, educaram seus 13 filhos com muita disciplina e amor. Tamanho amor, que une esta grande família cheia de problemas, soluções, tristezas e muitas alegrias. Aqui sinto-me em casa: acolhida pela minha família e por bons amigos.

É uma honra poder compartilhar minhas ideias e convicções neste espaço. Hoje, começarei com uma apresentação informal e com o passar das semanas dividirei este espaço para relatar meu trabalho, dificuldades e conquistas.

Meu grande objetivo é ampliar o debate, a discussão das boas ideias e, acima de tudo, atrair gente do bem para atuar na política, pessoas que assim como eu, desejam fazer a diferença.

Aos 23 anos, já me vejo em uma posição de tamanha responsabilidade. Responsabilidade que aprendi em casa, desde cedo. Aos 6 anos de idade estava no palanque, pedindo votos para os candidatos Ricardo Barros, Jaime Lerner e Fernando Henrique Cardoso; que alegria perceber que comecei lutando por meus maiores ídolos da política Brasileira.

Sou empresária há 5 anos. Tenho uma escola bilíngue para crianças, outra fonte de inspiração para entrar na política e possibilitar a mesma educação fornecida na minha escola para todas as crianças paranaenses.

Trago no coração uma tarefa desafiadora, a implementação do inglês em todas as escolas municipais. Através de um indicação minha, há aproximadamente três anos, o prefeito de Maringá, Roberto Pupin, com sua visão empresarial e foco em educação, tornou o sonho em realidade e hoje todas as escolas municipais de Maringá ensinam a língua inglesa. Um pequeno passo, de uma caminhada que temos à frente.

Embora ter nascido na política, nem sempre tenho meus mestres por perto para me orientar. Não é fácil, mas não me arrependo em momento algum das escolhas que fiz.

Assim como amo esta cidade, amo a política, não me imagino fazendo qualquer outra coisa e tenho fé na nossa gente e no nosso país. Não basta só reclamar do atual cenário político onde muitas decepções estão se revelando através da imensa corrupção e ficar de braços cruzados. Temos de participar e fazer melhor.

Comecei a minha vida escolar em Curitiba aos dois anos de idade na turma da Ms. Rosinha, da Escola Internacional de Curitiba.  Filha de políticos, sempre mudando de cidade para acompanhar meus pais tive uma vida escolar diversificada e interessante: estudei no Colégio Joao Paulo II em Brasília, no Colégio Marista e Platão em Maringá, fiz Positivo, TASIS (The American School in Switzerland), estudei por cinco anos na Suíça, trabalhei na China e realizei projetos humanitários na África.

Experiências que contribuíram não só na minha educação mas também a me apresentar diferentes e distantes realidades. Aliás, durante a última campanha percebi que não precisava ir a África para encontrar cenários vistos no continente africano, já que aqui no Paraná e mesmo dentro de Curitiba temos milhares de famílias vivendo em situações de risco, convivendo diariamente com falta de saneamento básico, energia e água.

E é por isso que trabalho e me levanto todos os dias de manhã, para fazer o que realmente amo: ajudar as pessoas que precisam. Agradeço todos os dias aos meus pais

28 de novembro de 2015
por esmael
36 Comentários

Maria Victória inaugura segunda-feira coluna no Blog do Esmael

Maria_Victoria_ColunaA deputada estadual Maria Victória Barros (PP) será a nova colunista semanal do Blog do Esmael, a partir desta segunda-feira (30). Ela escreverá sempre depois do meio dia e fará companhia neste espaço a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB).

A nova colunista vai escrever sobre “Educação e Cultura” e, claro, sobre tudo que ocorre também nos bastidores da Assembleia Legislativa do Paraná e seu olhar sobre Curitiba.

A presença semanal de Maria Victória reforça o caráter plural, suprapartidário e multidisciplinar do Blog do Esmael. Ela se somará ao melhor time de colunistas políticos que a imprensa paranaense já teve.

1 de junho de 2015
por esmael
42 Comentários

Quiproquó envolve clã dos Barros na Assembleia Legislativa do Paraná

O k-suco ferveu no início desta tarde no oitavo andar da Assembleia Legislativa do Paraná.

Por volta das 13 horas, um grupo de professores e servidores públicos encontraram-se com a deputada Maria Victoria (PP). Foram pedir-lhe apoio ao reajuste na data-base de 8,17% e pelo fim da greve.

Os educadores foram ríspidos ao cobrar uma posição da parlamentar que se diz na Casa “defensora da educação”.

O pai da moça, o deputado federal Ricardo Barros (PP), ao perceber que a filhota estava em “apuros”, foi acudi-la. Foi aí que começou o quiproquó.

“Leitão Vesgo”, como é conhecido o marido da vice-governadora Cida Borghetti (PROS), partiu para o insulto. Recebeu o revide da tropa da APP-Sindicato e o bate-boca quase terminou em sopapos.

Mais cedo, no município de Sarandi, no Noroeste do estado, outro Barros borrou a “cueca de seda” — segundo professores de Maringá. O secretário de Estado do Planejamento, Silvio Barros II (PHS), irmão do Leitão Vesgo, não conseguiu palestrar numa escola sobre meio ambiente devido aos intensos apupos.

Assista ao vídeo

Os grevistas fazem corpo a corpo na Assembleia desde a manhã desta segunda-feira (1º). Pedem aos deputados estaduais a rejeição da mensagem do governador Beto Richa (PSDB), que destrói a carreira no magistério, e solicitam emenda ao projeto para encerrar a greve de 35 dias.

4 de Maio de 2015
por esmael
43 Comentários

Educadores planejam barrar agenda da filha da vice-governadora nos NREs

vitoriaA direção da APP-Sindicato de Cascavel decidiu que vai barrar a entrada da filha da vice-governadora Cida Borghetti (PROS), deputada estadual Maria Victoria Barros (PP), no NRE (Núcleo Regional de Educação) de Cascavel.

A deputada é a representante da Assembleia Legislativa no Conselho Estadual de Educação e o posicionamento dela de ignorar o ataque aos professores no último dia 29 de abril, no Centro Cívico, votando favor do confisco da previdência dos servidores, revoltou a categoria.

Segundo o presidente do núcleo da APP em Cascavel, Professor Paulino, já circula nos bastidores da rede estadual que Maria Victoria organiza uma agenda em vários Núcleos Regionais (NREs) para construção de pautas políticas com diretores. E diante dessa informação, os professores se antecipam anunciando que não querem diálogo com a deputada.

17 de Abril de 2015
por esmael
18 Comentários

De olho no Palácio Iguaçu, Ricardo Barros protege suas mulheres

barros_richa_governoO deputado federal Ricardo Barros (PP), de longe, é quem mais fatura politicamente com a crise no governo Beto Richa (PSDB). Leia mais

8 de Março de 2015
por esmael
57 Comentários

Projeto da deputada Maria Victoria estimula reflexões nas escolas sobre o combate à  violência contra a mulher

vic_maria_penha.jpgA deputada estadual Maria Victória (PP) conseguiu aprovar semana passada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa, um projeto de lei que institui nas escolas estaduais do Paraná a Semana Estadual Maria da Penha!.

Segundo o projeto, no mês de março de cada ano serão realizadas atividades nos colégios com o objetivo de apresentar aos alunos a Lei Maria da Penha, que criminaliza e pune atos de violência contra a mulher.

A ideia da parlamentar é estimular reflexões contra atos de violência e também conscientizar a comunidade escolar sobre a importância do respeito aos direitos humanos.

6 de outubro de 2014
por esmael
17 Comentários

Fortalecido politicamente pelas urnas, Barros mira novamente na Fiep

Deputado federal eleito Ricardo Barros fortalecido pelas urnas, fez barba e cabelo com a eleição da mulher Cida Borghetti como vice-governadora e da filha Maria Victoria como deputada estadual; ex-secretário da Indústria e Comércio, como um leitão vesgo!, já mira na poderosa Federação das Indústrias do Paraná; ele quer revanche em 2015 com Edson Campagnolo, para quem perdeu a eleição na  entidade empresarial em 2011.

Deputado federal eleito Ricardo Barros fortalecido pelas urnas, fez barba e cabelo com a eleição da mulher Cida Borghetti como vice-governadora e da filha Maria Victoria como deputada estadual; ex-secretário da Indústria e Comércio, como um leitão vesgo!, já mira na poderosa Federação das Indústrias do Paraná; ele quer revanche em 2015 com Edson Campagnolo, para quem perdeu a eleição na entidade empresarial em 2011.

Além de àlvaro Dias (PSDB), outro político paranaense tem motivo de sobra para comemorar o resultado deste domingo nas urnas: o deputado eleito Ricardo Barros (PP), ex-secretário de Estado da Indústria e Comércio. Leia mais

3 de julho de 2014
por esmael
46 Comentários

Maria Victória, a musa de 2014

A bela Maria Victória, filha da deputada Cida Borghetti, vice de Richa, mostrou ontem que não joga na defensiva; a musa das eleições de 2014 pediu o meu voto, coisa que nem marmanjos experimentados fazem com o eleitorado em geral por causa da crescente criminalização da atividade política; despolitização do processo eleitoral, imbecilização dos eleitores e ojeriza da população à s discussões maiores, do estado e do país, só interessam aos barões da mídia que querem continuar decidindo pela desavisada massa.

A bela Maria Victória, filha da deputada Cida Borghetti, vice de Richa, mostrou ontem que não joga na defensiva; a musa das eleições de 2014 pediu o meu voto, coisa que nem marmanjos experimentados fazem com o eleitorado em geral por causa da crescente criminalização da atividade política; despolitização do processo eleitoral, imbecilização dos eleitores e ojeriza da população à s discussões maiores, do estado e do país, só interessam aos barões da mídia que querem continuar decidindo pela desavisada massa.

No meio de brucutus se destaca a delicadeza da maringaense Maria Victória Borghetti Barros, candidata a deputada estadual pelo PP. Ela é filha de Cida Borghetti (Pros), a candidata à  vice de Beto Richa (PSDB), e do ex-secretário Ricardo Barros (PP), que vai a federal. Leia mais