URGENTE: INTERVENÇÃO MILITAR JÁ COMEÇOU PELO PARANÁ

A governadora Cida Borghetti (PP) não quis esperar pela eleição deste domingo (7) nem por uma quartelada das Forças Armadas. Ela determinou uma “intervenção militar” (sic) nas empresas de pedágio do Paraná, que foram alvo da 55ª fase da operação lava jato. LEIA TAMBÉM URGENTE: Gilmar Mendes manda soltar irmão do ex-governador Beto Richa A … Read more

Lava jato decreta prisão de primo do ex-governador Beto Richa

A lava jato decretou nesta quarta (26) a prisão temporária, por cinco dias, do lobista Luiz Abi Antoun, primo do ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), candidato ao Senado. O parente do tucano é alvo de um dos 92 mandados judiciais na 55ª fase da operação do juiz Sérgio Moro, no âmbito da Operação Integração … Read more

Moro e Aécio: Para nunca esquecer este 12 de Junho

Neste 12 de Junho, para nunca esquecer. A foto que o juiz Sérgio Moro tirou ‘pertinho’ do tucano Aécio Neves (PSDB) é bastante emblemática, embora ela tenha sido registrada no início de dezembro de 2016. LEIA TAMBÉM Moro ‘pede para sair’ de ações sobre a máfia do pedágio no Paraná Depois de um tour com … Read more

Será o começo do fim do pedágio mais caro do mundo?

A governadora Cida Borghetti (PP) tornou público nesta segunda-feira (11) que as seis concessionárias que exploram as rodovias paranaenses e cobram o pedágio mais carro do mundo foram notificadas sobre o fim dos contratos em 2021. A notificação dá início aos processos de encerramento das atuais concessões rumo a um novo modelo “com mais obras … Read more

Péricles de Mello: Beto Richa “sabia de tudo” sobre a atuação da máfia do pedágio

O deputado estadual Péricles de Holleben Mello (PT) escreve que o governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, “sabia de tudo” sobre a atuação da máfia do pedágio. “O governo Beto Richa sabia de tudo isso, mas ao invés de lutar pelo direito do povo, preferiu, como dissemos, o caminho “gentil” da conciliação.” Escândalo do pedágio … Read more

Péricles de Mello: Beto Richa “sabia de tudo” sobre a atuação da máfia do pedágio

O deputado estadual Péricles de Holleben Mello (PT) escreve que o governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, “sabia de tudo” sobre a atuação da máfia do pedágio. “O governo Beto Richa sabia de tudo isso, mas ao invés de lutar pelo direito do povo, preferiu, como dissemos, o caminho “gentil” da conciliação.” Escândalo do pedágio … Read more

Péricles de Mello: Beto Richa “sabia de tudo” sobre a atuação da máfia do pedágio

O deputado estadual Péricles de Holleben Mello (PT) escreve que o governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, “sabia de tudo” sobre a atuação da máfia do pedágio. “O governo Beto Richa sabia de tudo isso, mas ao invés de lutar pelo direito do povo, preferiu, como dissemos, o caminho “gentil” da conciliação.” Escândalo do pedágio … Read more

Governo Beto Richa emporcalhou o Paraná, dizem deputados da oposição sobre pedágios

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) repercutiu nesta segunda (26) a Operação Integração, da lava jato, que prendeu integrantes do governo Beto Richa (PSDB) sob alegação de envolvimento com a máfia do pedágio. Os parlamentares também gravaram um vídeo explicando o teor de dois requerimentos ao Palácio Iguaçu. “O governo deve … Read more

“Requião é o caminho, eles o pedágio”, diz slogan do MDB-PR

O MDB quer surfar no desgaste de políticos “pedageiros” do Paraná antecipando slogan que poderá ser utilizado pelo senador Roberto Requião, que voltou a se animar com a possibilidade de concorrer ao Palácio Iguaçu: “Requião é o caminho, eles o pedágio”, dizem os marqueteiros emedebistas. LEIA TAMBÉM: Para Osmar Dias, tucano Beto Richa “debocha” e … Read more

Romanelli: Pela ‘redução já’ do pedágio

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) escreve sobre as duas décadas de luta contra o abuso do pedágio no Paraná, as decisões da Justiça Federal em benefício das concessionárias e a omissão do Ministério Público Federal nesse período. O parlamentar sugere que a lava jato, para redimir os pecados pretéritos desses órgãos jurisdicionais, peticione a … Read more

Veja quanto deveria custar (sem propina) o pedágio nas rodovias do Paraná

A partir da informação da Operação Integração, da lava jato, segunda qual o pedágio está superfaturado em até 400% nas 27 praças que integram o Anel da Integração, o Blog do Esmael simulou o preço que deveria ser cobrado dos usuários das rodovias paranaenses. Abaixo, confira os valores sem a propina. Antes, porém, é importante … Read more

Requião cobra pronunciamentos de Osmar Dias e Ratinho Junior sobre máfia dos pedágios

O senador Roberto Requião (MDB-PR), pelo Twitter, cobrou nesta sexta (23) pronunciamentos do ex-senador Osmar Dias (PDT) e do deputado Ratinho Junior (PSD), ambos também pré-candidatos ao governo do Paraná, sobre o estouro da máfia dos pedágios pela lava jato. “Aguardo com ansiedade os pronunciamentos arrasadores de Osmar Dias e Ratinho sobre o escândalo do … Read more

Beto Richa sempre foi uma “mãe” para as concessionárias, diz ex-relator da CPI dos Pedágios

O deputado Péricles de Mello (PT) afirmou nesta sexta (23) que o governador Beto Richa é o responsável direito pelo aumento nas tarifas de pedágio nas rodovias paranaenses. Segundo o petista, que foi o relator da CPI dos Pedágios na Assembleia Legislativa do Paraná, em 2014, o tucano desrespeitava índices indicados por técnicos do DER … Read more

Beto Richa cria figura do ‘assessor distante’ para driblar vínculo com suspeito de integrar máfia do pedágio

Depois de criar a figura do ‘primo distante’ para se desvencilhar das acusações de corrupção de seu primo Luiz Abi Antoun, no governo do Paraná, Beto Richa (PSDB) também inventou a nomenclatura ‘assessor distante’ para driblar vínculo com Carlos Nasser, o Naninho, que assessora diretamente o tucano desde a Prefeitura de Curitiba. Além do ‘primo … Read more

PowerPoint de Richa “quebra” a internet

O procurador Deltan Dallagnol fez escola, pois um PowerPoint do governador do Paraná Beto Richa (PSDB) está “quebrando” a internet nesta sexta (23) pelo sucesso estrondoso. A lava jato confirmou ontem (22) o que o Blog do Esmael vinha mostrando, há mais de sete anos, sobre a existência da máfia do pedágio no Paraná. Antes … Read more

Máfia do Pedágio superfatura tarifa em 400% no Paraná. Veja como seriam os preços sem as propinas

A força-tarefa lava jato, além de quebrar a asa e o bico do governador Beto Richa (PSDB), afirma que a máfia do pedágio superfatura a tarifa em até 400% nas rodovias do Paraná. Abaixo, confira qual seria o preço justo nas 27 praças do Anel da Integração. Procuradores e auditores da Receita Federal que deflagraram … Read more

Prisão de parte da máfia do pedágio muda cenário eleitoral no Paraná

O cenário político do Paraná mudou nas últimas horas. A revelação de que integrantes do governo Beto Richa (PSDB) recebiam propina para aumentar o pedágio nas rodovias concessionadas vitamina o projeto “Volta, Requião” ao Palácio Iguaçu. LEIA TAMBÉM: Requião: Beto Richa é ‘efeito colateral’ de operação contra Tacla Duran Considerado radical pelos adversários, o senador … Read more

Beto Richa autoriza aumento acima da inflação para o pedágio mais caro do mundo

richa_pedagio_reajusteO governador Beto Richa (PSDB) autorizou aumento de até 13% nas 27 praças de pedágios nas rodovias que cortam o Paraná. Os novos valores serão aplicados a partir de 1º de dezembro, “data-base” das concessionárias.

Read more

Operação da PF contra pedageira no PR teve origem em denúncia de Requião; leia a íntegra do documento

requiao_pedagio_richaA Polícia Federal cumpriu na manhã desta quinta (10), no Paraná, mandados de busca e apreensão em concessionária de pedágio. A operação foi desencadeada a partir de denúncia de fraude apresentada ao Ministério Público pelo senador Roberto Requião (PMDB), em 2014, conforme documento abaixo, onde também o parlamentar pede providências ao governdor Beto Richa (PSDB).

Read more

Coluna do Jorge Bernardi: Governo Richa e o cartel do pedágio

pedagio
Em sua coluna deste sábado (13), o vereador Jorge Bernardi (REDE) fala sobre o cartel do pedágio que se instalou no Paraná no governo de Jaime Lerner e segue até hoje explorando quem passa pelas rodovias federais no Estado. O vereador aponta o absurdo da tarifa, das obras não executadas, e questiona as reais intenções do governador Beto Richa (PSDB) que deseja prorrogar os contratos com as concessionárias por mais 24 anos. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Download áudio

Jorge Bernardi*

Pior que os capitalistas que nos compram são os governantes que nos vendem. Em várias setores da administração pública, onde serviços, deveriam ter caráter público, são explorados por grupos financeiros empresariais, que formam cartel, com só um objetivo: o lucro fácil.

O pedágio é um destes exemplos. Com pode os valores serem tão inconsistentes? De Curitiba a Paranaguá, R$ 18 reais, percurso 90 km; Curitiba a Balneário Camboriú, R$ 1,90 x 3, ou R$ 5,80, percurso 200 km (Rodovias 376 e 101). Há algo de estranhos e incompreensível nesta equação.

O transporte coletivo, a coleta do lixo, iluminação pública são outros exemplos desta exploração a que estão submetidos os brasileiros. O objetivo destes grupos não é oferecer aos usuários serviços de qualidade, mas usufruir lucros e mais lucros.

Read more

Coluna do Enio Verri: A realidade do Paraná de Beto Richa assusta

pedagio
Em sua coluna semanal, o deputado federal Enio Verri (PT) fala sobre os novos aumentos nos pedágios nas estradas estaduais. Para Enio, se na propaganda o governo do Estado é referência em qualidade de vida, a realidade assusta o setor produtivo e a todos os paranaenses. Pelas novas tarifas válidas a partir de hoje (1°), uma viajem de carro entre Foz do Iguaçu a Curitiba custa R$ 98,90, e entre Curitiba e as praias, R$ 18,00. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Download

Enio Verri*

Se nas vinhetas televisivas e radiofônicas, patrocinadas pela publicidade oficial do Governo do Estado, o Paraná é referência em qualidade de vida e desenvolvimento; no mundo real, a perspectiva não só não se repete, como ainda, assusta o setor produtivo e todos os paranaenses.

Distante do protagonismo exercido em décadas passadas, o Estado que acumula polêmicas, autoritarismo, denúncias de corrupção, entre outras ações equivocadas do Governo Richa (PSDB) é o mesmo que ganha as capas dos jornais com mais um reajuste nas tarifas do pedágio – um dos mais caros do mundo.

Autorizado pela Agência Reguladora do Paraná (Agepar), o pedágio do Paraná, desde o início da madrugada desse 1º de dezembro, obteve um acréscimo que varia entre 6,69% e 7,05%. Porém, o reajuste pode chegar a 10,28%, conforme ato do Governo que autoriza a cobrança de obras não previstas em contrato.

Sob as rédeas das concessionárias, o governador que busca apoio federal à renovação da concessão do pedágio, com a justificativa de modernização rodoviária e redução tarifária, abusa da paciência de todos os paranaenses e, novamente, deprecia nossa economia estadual ao elevar os custos de produção.

Read more

Beto Richa aumenta preço do pedágio para caminhoneiros no Paraná

Desde a zero hora desta terça-feira (8), o governo Beto Richa (PSDB) autorizou as concessionárias de pedágio a cobrarem pedágio dos eixos suspensos de caminhões. A decisão do tucano foi amparada pela Agência Reguladora do Paraná (Agepar) por meio da resolução 002/15. Considerado o “Rei do Pedágio”, Richa alegou que as pedageiras estavam tendo prejuízo … Read more

Artigo de Zeca Dirceu: O jeito malandro de Beto Richa se livrar das obrigações

Deputado federal Zeca Dirceu, em artigo especial para o Blog do Esmael, denuncia o “jeito malandro” de o governador Beto Richa fugir de responsabilidades; parlamentar afirma que o tucano vai enrolar a população do Sudoeste, como fez com os moradores do Noroeste, acerca de melhorias e duplicação na PR-280; “Ele vai dizer que está ‘surpreso’ quando for cobrado pelas promessas não cumpridas e culpará alguém”, ironiza o parlamentar do PT; Zeca afirma ainda ser contra prorrogação do pedágio e transferência de rodovias federais para o Estado; "Richa não consegue nem cortar o mato na beira da estrada, então, por que ele gosta tanto de ficar responsável pelas rodovias?", questiona; leia o texto e compartilhe.
Deputado federal Zeca Dirceu, em artigo especial para o Blog do Esmael, denuncia o “jeito malandro” de o governador Beto Richa fugir de responsabilidades; parlamentar afirma que o tucano vai enrolar a população do Sudoeste, como fez com os moradores do Noroeste, acerca de melhorias e duplicação na PR-280; “Ele vai dizer que está ‘surpreso’ quando for cobrado pelas promessas não cumpridas e culpará alguém”, ironiza o parlamentar do PT; Zeca afirma ainda ser contra prorrogação do pedágio e transferência de rodovias federais para o Estado; “Richa não consegue nem cortar o mato na beira da estrada, então, por que ele gosta tanto de ficar responsável pelas rodovias?”, questiona; leia o texto e compartilhe.
Zeca Dirceu*

Na campanha ao governo do Estado, Beto Richa (PSDB) se defendia das falhas cometidas por ele na gestão do Paraná dizendo que “estava surpreso”. A desculpa rendeu-lhe o apelido de “Kinder Ovo”, uma definição muito adequada dada pela senadora Gleisi Hoffmann (PT) na época. As surpresas, no entanto, ainda estão por aí.

Agora o governador culpa o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) pelo atraso no início das obras de duplicação das rodovias do Estado. Conversei com alguns amigos comerciantes e empresários do Noroeste recentemente e eles são unânimes: as condições de tráfego nas estradas do Paraná são péssimas.

Mas devemos lembrar o passado: Em 2010, Beto Richa se comprometeu em duplicar a rodovia PR-323, entre Maringá e Guaíra e disse que enquanto a duplicação não fosse implantada, o trecho teria, ao menos, terceiras faixas. E não acaba por aí: em entrevista à rádio CBN Maringá, Richa afirmou que tudo isso seria feito o mais breve possível.

O tempo passou e, em 2014, Richa fez uma nova promessa: que a duplicação viria em breve, por meio de parceria público-privada, com pedágio. Mais uma surpresa do Kinder Ovo. O que era para ser rápido e sem mais custos para os paranaenses, demorou e veio com o adendo do pedágio.

Agora, um ano depois, a rodovia segue sem duplicação, sem terceira pista e sem pedágio. Mas o governo do Estado se supera a cada dia. O pedágio que nos foi enfiado por goela abaixo é o mais caro do Brasil. As taxas são 20% maiores do que o pedágio implantado por Jaime Lerner. Esta é a “turma do pedágio”. Privatizam, vendem o que é do Estado e sacrificam os paranaenses.

Read more

Garganta Profunda de Londrina: ‘Sciarra deverá ocupar a Secretaria de Representação em Brasília’

rossoni_richa_roma_sciarraNem Copel nem Secretaria da Infraestrutura.

Garganta Profunda de Londrina relata que o destino do atual chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), será o Escritório da Representação do Paraná em Brasília. Até o final deste mês, o quarto andar do Palácio Iguaçu terá como titular o “biscatão” deputado federal Valdir Rossoni (PSDB).

Garganta Profunda de Londrina conta com exclusividade aos leitores do Blog do Esmael detalhes do encontro ocorrido na manhã desta segunda-feira (13) entre o governador Beto Richa (PSDB) e Rossoni.

De acordo com o informante, Sciarra será “exilado” em Brasília com a tarefa de prorrogar o contrato do ‘pedágio mais caro do mundo’ haja vista a resistência de boa parte da bancada federal paranaense.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), ao Blog do Esmael, contestou as informações de Garganta Profunda. “Não existe esse movimento de troca na Casa Civil”, jurou.

Read more

Em crise, Beto Richa pode trocar esta semana o chefe da Casa Civil

Desgastado na opinião pública após os pacotes de maldades e o massacre no Centro Cívico, em abril, o governador Beto Richa (PSDB) planeja agora reconstruir sua imagem política a partir do “zero”. O primeiro passo, já decidido, será trocar o atual chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), pelo deputado federal Valdir Rossoni (PSDB). Rossoni … Read more

Empresário acusa federações do G-7 de fazerem lobby para perpetuar ‘pedágio mais caro do mundo’ no PR

richa_pedagioO empresário toledano Antônio Lange, ex-presidente da Caciopar (Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná), em artigo especial para o Blog do Esmael, criticou neste sábado (4) o apoio das entidades representativas do setor produtivo, o G-7, à perpetuação do ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias do estado.

Lange acusa os dirigentes das principais federações de estarem mais interessados em construir rede de relacionamento com os poderosos do que defender o setor produtivo do Paraná. “A história dos pedágios no Paraná é um exemplo disso”, completa.

Nesta semana, o Blog do Esmael mostrou que o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), e a vice-governadora Cida Borghetti (PROS), com a anuência do governador Beto Richa (PSDB), foram a Brasília com o intuito de prorrogar os contratos das concessionárias do pedágio até 2050. Por ora, a missão bateu na trave (clique aqui).

No entanto, a perpetuação do ‘pedágio mais caro do mundo’ tem a reprovação das poderosas Fiep (Federação das Indústrias do Paraná) e Fecoopar (Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná). Ou seja, houve um racha no G-7 neste debate.

A seguir, leia a íntegra do artigo especial de Antônio Lange:

Read more

Fracassa missão de Richa para prorrogar ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias do Paraná

Bateu na trave a missão do governo Beto Richa (PSDB) que foi negociar ontem (1º), em Brasília, a prorrogação dos contratos do ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias do Paraná. O ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, disse à delegação paranaense liderada pela vice-governadora Cida Borghetti (PROS), o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra … Read more

Gleisi Hoffmann sobre a prorrogação do pedágio no PR: ‘Nem a pau Juvenal’

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) jogou água no chope da comitiva do governo Beto Richa (PSDB) que desembarca nesta quarta-feira (1º), em Brasília, com o intuito de prorrogar os contratos do “pedágio mais caro do mundo” no Paraná. O grupo liderado pela vice-governadora Cida Borghetti (PROS) e o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), … Read more

Governo Richa vai a Brasília para prorrogar o ‘pedágio mais caro do mundo’. Terá êxito o tucano?

Uma nova expedição do governo do Paraná seguirá amanhã (quarta, 1º de Julho) para Brasília, a pedido do governador Beto Richa (PSDB), com o intuito de prorrogar os contratos do ‘pedágio mais caro do mundo’. O objetivo da comitiva paranaense é dilatar o prazo das concessões para mais 25 anos. As concessões do governo federal, … Read more

Richa prioriza prorrogação do ‘pedágio mais caro do mundo’ ao invés de resolver a greve na educação

pedagio_profs_richa

O governador Beto Richa (PSDB) retomou a ofensiva, esta semana, visando alongar os contratos de concessão do pedágio nas rodovias que cortam o estado do Paraná. As concessões do governo federal, que delegou os trechos pedagiados ao estado, vencem em 2021.

O Palácio Iguaçu prioriza a continuidade do ‘pedágio mais caro do mundo’ ao invés de tentar resolver as greves na educação básica e nas universidades estaduais. Alunos paranaenses já correm o risco de perder o ano letivo devido à falta de proposta do governo para pôr fim ao movimento paredista.

O secretário da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), estaria na linha de frente das negociações pela prorrogação dos contratos do pedágio por mais 25 anos “em troca de obras” nas rodovias paranaenses.

O senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, manifestou-se contrário à perpetuação das pedageiras. “Depois de massacrar professores, roubar a previdência, a prioridade de Richa é prorrogar contratos de pedágio!”, protestou.

Até agora, a CPI dos Pedágios, que concluiu os trabalhos na Assembleia no final de 2014, não disponibilizou o relatório final das investigações. Dentre as irregularidades levantadas na época estão obras não realizadas pelas empresas concessionárias que exploram o pedágio em 27 praças de arrecadação, sem que sejam imoladas pelo governo do estado.

O governo tucano teria, inclusive, pressionado entidades patronais conhecidas como G7 (Fiep, Fecomércio, Faep, Faciap, Fetranspar, Fecoopar e ACP) para aderirem à campanha pela prorrogação dos contratos.

O Blog do Esmael prospectou que apenas a Fecoopar (cooperativas) e Fiep (indústrias) se recusaram a assinar uma minuta favorável ao alongamento do pedágio no estado até 2050.

Read more

Deputado quer “cabresto online” no pedágio mais caro do mundo

O deputado estadual Péricles Mello (PT) tem insistentemente denunciado na Assembleia Legislativa que os desvios da Lava Jato, investigados pelo juiz Sérgio Moro, são café pequeno perto do que a máfia do pedágio fatura no Paraná. Não foi diferente ontem (15), quando o petista sugeriu um “cabresto online” no pedágio mais caro do mundo (clique … Read more

Caixa preta do pedágio apresenta números incompletos e divergentes

via Jornal de Londrina

Como pode o governo estadual, ou até mesmo a justiça, agir em relação à s concessionárias de pedágio que atuam no Estado se os dados sobre o fluxo de veículos nas praças de pedágio e o faturamento das concessionárias são secretos? Matéria do Jornal de Londrina mostra que dados da mesma fonte (a própria concessionária Econorte) são divergentes e incompletos.
Como pode o governo estadual, ou até mesmo a justiça, agir em relação à s concessionárias de pedágio que atuam no Estado se os dados sobre o fluxo de veículos nas praças de pedágio e o faturamento das concessionárias são secretos? Matéria do Jornal de Londrina mostra que dados da mesma fonte (a própria concessionária Econorte) são divergentes e incompletos.

Ter acesso aos números do pedágio no Paraná é difícil. E quando se consegue, há dúvidas sobre a veracidade. O Jornal de Londrina obteve de duas fontes diferentes, da Agência Reguladora do Paraná (Agepar), órgão responsável pela fiscalização das concessões, e da Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias (ABCR), entidade representativa das concessionárias, números divergentes sobre o movimento nas três praças de pedágio administradas pela Econorte: a de Jacarezinho e Jataizinho, na BR-369, e a de Sertaneja, na PR-323.

Por um lado, a ABCR informou que 8.068.000 veículos passaram pelas três praças de pedágio no ano passado, uma média de 22.104 por dia. Por outro, a Agepar afirmou que foram 7.398.761 veículos, 20.270 por dia. A diferença é de 669.239 !“ algo incompreensível, já que a fonte das duas informações é a mesma: a concessionária Econorte.

A Agepar, que recebeu os dados do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), explicou que a contagem é feita exclusivamente pela Econorte. Na semana passada, o JL tentou contato com o DER, por meio da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Seil). E a informação é a mesma: por contrato, somente as concessionárias fazem a contagem dos veículos.

Pelos números informados, não é possível chegar perto do valor real arrecadado pela Econorte. Isto porque existem nove categorias de veículos, cada uma com um valor diferente, cuja pormenorização não é divulgada. Na praça de pedágio de Sertaneja, que é a mais barata, o valor é de R$ 6,10 para motos e bicicletas a motor; R$ 12,20 para veículos leves; e chega a R$ 69 para caminhões com seis eixos. Só os números totais, e divergentes, estão disponíveis.

Read more