8 de outubro de 2013
por Esmael Morais
4 Comentários

Flagrado “pulando a cerca”, Canziani jura que é Richa desde criancinha

Deputado Alex Canziani, do PTB, jura amor eterno! ao governador Beto Richa, do PSDB, a quem promete apoiar na reeleição de 2014; entretanto, petebista confirma articulação para tentar emplacar diretor do Porto de Paranaguá, Luiz Henrique Dividino, como diretor da ANTT; cargos federais no Paraná passam, necessariamente, pelo crivo da ministra Gleisi, coincidentemente candidata ao Palácio Iguaçu e adversária do tucano.

Deputado Alex Canziani, do PTB, jura amor eterno! ao governador Beto Richa, do PSDB, a quem promete apoiar na reeleição de 2014; entretanto, petebista confirma articulação para tentar emplacar diretor do Porto de Paranaguá, Luiz Henrique Dividino, como diretor da ANTT; cargos federais no Paraná passam, necessariamente, pelo crivo da ministra Gleisi, coincidentemente candidata ao Palácio Iguaçu e adversária do tucano.

A despeito da nota publicada na coluna Painel, no jornal Folha de S. Paulo, o deputado federal Alex Canziani, presidente estadual do PTB, jura de pés juntos que vai de Beto Richa (PSDB) nas eleições de 2014. ... 

Leia mais

8 de outubro de 2013
por Esmael Morais
19 Comentários

Aliança entre Campos e Marina detonou palanques do PSDB nos estados

Tucanos são os mais prejudicados com a aliança Campos e Marina; Aécio perde palanques "duplos" nos estados; Richa poderá perder aliado tradicional no Paraná, o PSB; desarranjo pode atingir dez estados, diz levantamento da Folha de S. Paulo.

Tucanos são os mais prejudicados com a aliança Campos e Marina; Aécio perde palanques “duplos” nos estados; Richa poderá perder aliado tradicional no Paraná, o PSB; desarranjo pode atingir dez estados, diz levantamento da Folha de S. Paulo.

Os tucanos estão a lamber feridas deixadas pela adesão de Marina Silva ao PSB do governador pernambucano Eduardo Campos.  ... 

Leia mais

8 de outubro de 2013
por Esmael Morais
4 Comentários

Lula: Campos cresceu. Marina se apequenou

do Brasil 247 Num encontro de cinco horas, que reuniu várias lideranças do PT, ontem em São Paulo, o ex-presidente Lula fez suas primeiras análises sobre a aliança entre o governador pernambucano Eduardo Campos e a ex-senadora Marina Silva.

Considerado surpreendente, o pacto foi visto por Lula como uma decisão que, segundo relatos dos presentes, “engrandece” Campos, mas “acrescenta pouco” a Marina (leia aqui o relato da reunião feito pela Folha). Em outras palavras, enquanto o governador pernambucano cresceu, Marina se apequenou, na visão de Lula.

O ex-presidente se referia especificamente ao fato de Marina abrir mão de seu capital político !“ de 16%, no Ibope, a 26%, no Datafolha, das intenções de voto !“ e entregá-lo a uma candidato que aparece abaixo de 10% nas pesquisas. Nas últimas sondagens, Campos tinha, no melhor cenário, 8%.

No entanto, a aliança Campos-Marina quebra a lógica que marcou as últimas eleições presidenciais vencidas pelo PT, quando se fez a comparação entre governos petistas e tucanos. “A campanha não será mais em torno da memória dos governos de Lula e FHC, mas uma disputa sobre o futuro”, disse o governador gaúcho Tarso Genro, chancelando, na prática, o discurso do próprio Eduardo Campos e de Marina, que defendem o fim da polarização entre PT e PSDB.

A aliança também foi debatida em outra conversa entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma. Os dois previram turbulências no PSB, uma vez que as pesquisas continuarão a ser feitas com Marina Silva sendo incluída em alguns cenários. Como ela tende a aparecer à  frente de Campos, ao menos nos próximos meses, o PSB será pressionado a adotar o “Plano M”, como informa Vera Magalhães, no Leia mais

6 de outubro de 2013
por Esmael Morais
31 Comentários

“Sem projeto, Richa depende de carona em obras do governo federal”, diz Vargas

Pelo Twitter, Vargas espezinha Richa; segundo petista, o governador não tem projeto e por isso dependeria de carona nas obras do governo federal; semana passada, o vice-presidente da Câmara havia classificado o tucano de "turco lento".

Pelo Twitter, Vargas espezinha Richa; segundo petista, o governador não tem projeto e por isso dependeria de carona nas obras do governo federal; semana passada, o vice-presidente da Câmara havia classificado o tucano de “turco lento”.

O deputado federal André Vargas (PT), vice-presidente da Câmara, tem repetido que o governador Beto Richa (PSDB) não tem projeto algum e que depende da carona nas obras do governo federal. ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Ministério Público: A culpa é toda sua, Marina, não dos cartórios eleitorais

do Brasil 247
Ontem foi a vez de José Serra que, diante da realidade, desistiu de deixar o PSDB e, salvo um imprevisto com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), estará fora da sucessão presidencial em 2014.

Amanhã, ao que tudo indica, será a vez de Marina Silva, que terá negado, pelo Tribunal Superior Eleitoral, o registro de sua Rede Sustentabilidade, ficando também excluída desse jogo.

De quem é a culpa? Da ex-senadora Marina !“ e de ninguém mais. à‰ o que sustenta o procurador Eugênio Aragão, do Ministério Público, que rejeitou, em seu parecer, o pedido da Rede.

“Uma firma deixa de ser reconhecida pelo simples fato de não haver correspondência entre as assinaturas apresentadas. Não seria razoável cobrar dos cartórios eleitorais discriminação individualizada sobre o porquê de cada uma dessas 98.000 assinaturas não terem sido reconhecidas e contabilizadas. Provar a autenticidade das assinaturas é ônus do partido e não dos cartórios”, diz o parecer (leia aqui a íntegra).

Marina declarou ontem “confiar em Deus”, mas, aparentemente, essa batalha já está perdida. Na Folha, o colunista Igor Gielow lembra que um partido não se cria com 500 mil curtidas no Facebook (leia aqui). Em Veja, Reinaldo Azevedo afirma que, se o TSE seguir a lei, a Rede não poderá ser criada (leia aqui). No Globo, Merval Pereira avisa que é hora de um “plano B” e sugere que o PPS, de Roberto Freire talvez seja uma alternativa melhor do que o PEN, que já ofereceu à  ex-senadora o comando total da legenda !“ além da própria mudança de nome.

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente tem sido enfática ao afirmar que não tem “plano B”. Nas 24 horas que antecedem a decisão do TSE, ela tem se reunido com apoiadores políticos e financeiros em Brasília, numa corrente final. Ontem, quem desembarcou na capital federal foi Neca Setúbal, uma das herdeiras do Itaú e também fundadora da Rede.

Mas o jogo parece perdido. E a culpa, como disse o procurador Aragão, não é dos cartórios.

Leia mais

1 de outubro de 2013
por Esmael Morais
11 Comentários

Globo dá tiro de misericórdia na Rede: partido fora da lei

do Brasil 247A Rede Sustentabilidade, partido que a ex-senadora Marina Silva pretende criar, não atende os parâmetros exigidos pela lei brasileira.

Quem informa é o jornal O Globo, em sua manchete desta terça-feira: “Partidos montam balcão e Rede apela por brecha”.

Como juízes do Tribunal Superior Eleitoral são treinados para aplicar a lei, e não para ceder a pressões ou buscar brechas que favoreçam eventuais partes em demandas judiciais, O Globo deu o tiro de misericórdia na Rede, com sua manchete desta terça.

Aos juízes, não restará alternativa, a não ser recusar o pedido de registro.

O texto da reportagem informa ainda que a Rede não obteve o mínimo de apoios exigido por lei: 492 mil assinaturas. “Na última semana para a criação de partidos em condições de disputar as eleições de 2014, a ex-senadora Marina Silva insiste na sua Rede, mas advogados da sigla admitem que a contagem do TSE não atingirá as 492 mil assinaturas exigidas por lei. Hoje, em Brasília, Marina apelará ao TSE por uma brecha que permita a legalização da Rede”.

à‰ um discurso diferente do que vinha sendo adotado pelo Globo até recentemente. Merval Pereira dizia que havia um “movimento suprapartidário” em defesa da Rede. Miriam Leitão afirmava que não permitir a criação do partido seria um “crime contra a democracia” (leia mais aqui).

Agora, ao que tudo indica, O Globo não fará grandes esforços para evitar que a Rede morra na praia. Ato contínuo, Marina será convidada para ser vice na chapa de Aécio Neves (leia aqui).

No jornal, quem ainda pede uma flexibilização da lei é justamente o colunista Merval Pereira, que, na Ação Penal 470, também se comportou quase como juiz. Leia abaixo:

O espírito da lei – MERVAL PEREIRA

Se faltam ao Rede Sustentabilidade, o partido que a ex-senadora Marina Silva quer criar, cerca de 30 mil assinaturas certificadas para atingir o mínimo exigido na legislação eleitoral, sobram diretórios regionais aprovados pelos Tribunais Regionais Eleitorais. O partido está formado em nada menos que 15 estados brasileiros, o que lhe dá a indiscutível marca nacional, que é o espírito da legislação.

Ao afirmar ontem que a criação de novos partidos políticos não faz bem à  estabili!­dade da democracia brasileira, o presidente do Supremo tribunal Federal (STF), mi!­nistro Joaquim Barbosa, tocou num dos pontos ; centrais da discussão no Tribunal Superior Elei!­toral (TSE), que pode decidir ainda hoje, o mais tardar amanhã, o destino do partido que a ex-se!­nadora Marina Silva pretende criar.

Há ministros que consideram que é preciso flexibilizar o entendimento da legislação para que não haja pesos diferentes nas decisões, que des!­de a aprovação do PSD do ex-prefeito paulista Gilberto Kassab têm sido bastante benevolente com os políticos.

Também nos casos do PROS e do Solidarieda!­de, aprovados recentemente, houve flexibiliza!­ção da legislação. As denúncias de fraudes não chegaram a sensibilizar a maioria do plenário, que considerou em suma que eventuais desvios poderiam ser investigados e punidos posterior!­mente, sem que o r Leia mais

1 de outubro de 2013
por Esmael Morais
1 Comentário

Blog do Esmael lançará Caderno Foz do Iguaçu! no dia 18 de outubro

Um dos jornalistas mais experientes e polêmicos da fronteira, Rogério Bonato será parceiro estratégico do Blog do Esmael; a ideia consiste na troca de conteúdos visando a melhor cobertura política em tempo real nas eleições de 2014; enquanto os jornais tradicionais discutem como fechar e cobrar pelo conteúdo, a parceria visa aumentar a oferta de conteúdo grátis e compartilhável; evento público marcará o lançamento do Caderno Foz do Iguaçu! no próximo dia 18 de outubro.

Um dos jornalistas mais experientes e polêmicos da fronteira, Rogério Bonato será parceiro estratégico do Blog do Esmael; a ideia consiste na troca de conteúdos visando a melhor cobertura política em tempo real nas eleições de 2014; enquanto os jornais tradicionais discutem como fechar e cobrar pelo conteúdo, a parceria visa aumentar a oferta de conteúdo grátis e compartilhável; evento público marcará o lançamento do Caderno Foz do Iguaçu! no próximo dia 18 de outubro.

Este blogueiro vai à  cidade de Foz do Iguaçu, no próximo dia 18 de outubro, participar de evento de lançamento do Caderno Foz do Iguaçu! em parceria com o jornalista Rogério Bonato (www.rogeriobonato.com.br). ... 

Leia mais

30 de setembro de 2013
por Esmael Morais
1 Comentário

Campagnolo se encontra com Dilma

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, foi recebido nesta segunda, no Palácio do Planalto, pela presidenta Dilma durante solenidade com o presidente do Paraguai, Horacio Cartes; o empresário paranaense é o vice dos sonhos da ministra Gleisi, na disputa pelo Palácio Iguaçu.

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, foi recebido nesta segunda, no Palácio do Planalto, pela presidenta Dilma durante solenidade com o presidente do Paraguai, Horacio Cartes; o empresário paranaense é o vice dos sonhos da ministra Gleisi, na disputa pelo Palácio Iguaçu.

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, se encontrou hoje, em Brasília, com a presidenta Dilma.  ... 

Leia mais

30 de setembro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Vem aí o Iguatemi, um novo shopping para Fruet chamar de “seu”

Gustavo Fruet deu sinal verde para a construção de um novo shopping em Curitiba, o Iguatemi Champagnat, que será construído na antiga Universidade Tuiuti, no bairro Bigorrilho; empreendimento do grupo cearense Van, com franquias espalhadas em quase todas as capitais do país, prevê 250 mil metros quadrados e investimentos de R$ 450 milhões; o prefeito não foi à  recente inauguração do Pátio Batel, de 137 mil metros quadrados e investimentos de R$ 280 milhões, identificado com o governador Beto Richa; agora, o pedetista terá um shopping para chamar de seu!.

Gustavo Fruet deu sinal verde para a construção de um novo shopping em Curitiba, o Iguatemi Champagnat, que será construído na antiga Universidade Tuiuti, no bairro Bigorrilho; empreendimento do grupo cearense Van, com franquias espalhadas em quase todas as capitais do país, prevê 250 mil metros quadrados e investimentos de R$ 450 milhões; o prefeito não foi à  recente inauguração do Pátio Batel, de 137 mil metros quadrados e investimentos de R$ 280 milhões, identificado com o governador Beto Richa; agora, o pedetista terá um shopping para chamar de seu!.

Foi batido o martelo na semana passada para a construção de mais um novo shopping em Curitiba, o Iguatemi, que será construído na Rua Padre Marcelino Champagnat, no bairro Bigorrilho, no antigo prédio da Universidade Tuiuti, ao lado do Colégio Positivo Júnior. ... 

Leia mais

30 de setembro de 2013
por Esmael Morais
5 Comentários

Gazeta do Povo puxa a orelha de médicos em editorial que condena “revolta do jaleco branco”

do Brasil 247Aos poucos, até mesmo os meios de comunicação mais conservadores começam a condenar a postura de entidades médicas diante do programa Mais Médicos, do governo federal. Foi o que fez, nesta segunda, a Gazeta do Povo, que “afrouxou o sutiã” em editorial. Leia abaixo:

A revolta do jaleco branco – EDITORIAL GAZETA DO POVO – PR

Profissionais da medicina precisam desenvolver agenda positiva, fazendo da crise gerada pelo Mais Médicos um degrau para avanços na saúde pública

O ano de 2013 vai ser lembrado como aquele em que a medicina no Brasil passou por um tsunami. O programa Mais Médicos, do governo federal, se tornou alvo de toda a sorte de impropérios. Ainda se pode ouvir o eco da voz de Roberto D”àvila, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), tachando o projeto de demagógico, eleitoreiro, populista, atrasado!. Na batalha verbal, os médicos saíram em desvantagem. Havia uma demanda reprimida na sociedade em relação à  categoria, que no imaginário do cidadão comum paga a conta pelas deficiências dos serviços de saúde no país. Os predicados creditados pelos populares aos médicos em geral não são cartas de amor: corporativistas, ligeiros no atendimento, não raro negligentes.

Infelizmente, tudo indica que o governo não assinou a Medida Provisória 621, de 8 de julho, apenas para sanar a falta de profissionais de medicina nos rincões do país. Aproveitou a deixa para tirar proveito da má fase dos médicos com a população. Nesse sentido, o protesto de D”àvila merece o eco que teve. Houve uma dose de covardia nessa história. Trouxe efeitos colaterais. Numa das centenas de textos publicados na imprensa sobre o assunto, um dos mais contundentes !“ do filósofo Leia mais

30 de setembro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Sciarra emplaca aliado em conselho de investimento federal que gere R$ 25 bi

Desprezado pelo governo Richa, PSD emplaca dirigente no conselho do FI-FGTS, do governo federal, que gere R$ 25 bilhões; Paulo Rossi, presidente da UGT, braço político do partido de Sciarra e Leprevost no movimento sindical, foi nomeado como conselheiro efetivo com apoio da CUT e do PT, da ministra Gleisi Hoffmann; semana passada, os kassabistas perderam a Secretaria de Turismo, que foi extinta na reforma do tucano.

Desprezado pelo governo Richa, PSD emplaca dirigente no conselho do FI-FGTS, do governo federal, que gere R$ 25 bilhões; Paulo Rossi, presidente da UGT, braço político do partido de Sciarra e Leprevost no movimento sindical, foi nomeado como conselheiro efetivo com apoio da CUT e do PT, da ministra Gleisi Hoffmann; semana passada, os kassabistas perderam a Secretaria de Turismo, que foi extinta na reforma do tucano.

O deputado federal Eduardo Sciarra, líder do PSD na Câmara e presidente estadual da sigla no Paraná, conseguiu emplacar o sindicalista aliado Paulo Rossi, presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), como conselheiro efetivo do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS). ... 

Leia mais

30 de setembro de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

PF investiga já propinoduto tucano de R$ 52 mi no metrô paulista

do Brasil 247
A Polícia Federal está cada vez mais perto de desvendar o esquema de desvio de recursos do metrô paulista, usado para abastecer o caixa de campanhas políticas do PSDB em São Paulo.

Reportagem dos jornalistas Flávio Ferreira, Mario Cesar Carvalho e José Ernesto Credendio (leia aqui) aponta propinas de R$ 52 milhões, que teriam sido pagas a consultorias pelas empresas envolvidas no cartel dos trens.

De acordo com a Polícia Federal, Alstom, Siemens, Bombardier e Tejofran teriam repassado esses valores para empresas ligadas aos irmãos Fagali, arrecadadores de campanha do PSDB, a Robson Marinho, ex-secretário da Casa Civil de Mário Covas, e Romeu Pinto Jr., outro empresário ligado aos tucanos.

Um dos alvos principais da investigação é a consultoria MCA, de Pinto Jr., que recebeu R$ 45,7 milhões da Alstom, em recursos depositados no Brasil e na Suíça. Depois disso, o dinheiro ou foi sacado em espécie ou movimentado por doleiros, sem que se possa determinar o destino. Outras consultorias investigadas são a ENV e a Acqua-Lux.

Outra empresa citada no cartel, a Tejofran, que despontou durante o governo Mario Covas, pagou R$ 1,5 milhão à  consultoria BJG, que era controlada pelo ex-secretário estadual de transportes, José Fagali Neto. Próximo a José Serra, ele é investigado desde 2008, quando foram descobertos pagamentos de US$ 6,5 milhões na Suíça !“ os recursos estão bloqueados por determinação judicial.

O advogado Belisário dos Santos Jr., que defende Fagali Neto, argumenta que ele poderá comprovar que prestou serviços de consultoria.

Leia mais

29 de setembro de 2013
por Esmael Morais
10 Comentários

Debandada no PCdoB do Paraná

Francischini, do Solidariedade e Força Sindical, e Paulo Rossi, da UGT e PSD, lutam pelo espólio do PCdoB no movimento sindical paranaense; Gomyde, recém-eleito comandante supremo dos comunistas no estado, pode ficar sem tropa para 2014; movimento pelo esvaziamento da gestão do presidente parece ser orquestrado pela banda defenestrada da direção da legenda vermelha.

Francischini, do Solidariedade e Força Sindical, e Paulo Rossi, da UGT e PSD, lutam pelo espólio do PCdoB no movimento sindical paranaense; Gomyde, recém-eleito comandante supremo dos comunistas no estado, pode ficar sem tropa para 2014; movimento pelo esvaziamento da gestão do presidente parece ser orquestrado pela banda defenestrada da direção da legenda vermelha.

A chegada de Ricardo Gomyde à  posição máxima no PCdoB do Paraná ainda está causando efeitos colaterais.  ... 

Leia mais

29 de setembro de 2013
por Esmael Morais
26 Comentários

à‰ guerra: tucana, Folha acusa Dilma de caixa dois em 2010

do Brasil 247
A Folha de S. Paulo, de Otavio Frias, declarou oficialmente neste domingo guerra contra a reeleição de Dilma Rousseff em 2014. Na manchete desta edição, a publicação aponta suposta fraude nas contras da candidata petista em 2010.

A reportagem diz ter identificado ao menos 43 cabos eleitorais que foram declarados na prestação de contas ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) como trabalhadores voluntários!, mas que teriam recebido dinheiro pelo trabalho realizado no segundo turno da eleição !“ o caixa 2 totalizaria doações de cerca de R$ 20 mil!.

O jornal traz depoimentos de 12 dessas pessoas que teriam sido localizadas, em Mato Grosso e no Piauí. Um dele, um motoboy de Teresina (PI), diz ter recebido R$ 300 e mais o tanque de gasolina para rodar a cidade carregando bandeiras da candidata do PT.

E no pé da matéria dá a Folha sua sentença: efetuar pagamentos de campanha e não declará-los é crime de caixa dois.

O PT nega a acusação e diz que suas contas foram aprovadas. No total, a campanha da atual presidente registrou arrecadação de R$ 135 milhões e despesas de R$ 153 milhões.

Leia mais

28 de setembro de 2013
por Esmael Morais
25 Comentários

Sem partido, Marina terá convite para vice de Aécio. Alguma surpresa?

do Brasil 247
Faltam exatos sete dias para que o Brasil saiba se o partido que a ex-senadora Marina Silva pretende criar, o Rede Sustentabilidade, sairá ou não do papel. As perspectivas, no entanto, não parecem nada positivas. Segundo o vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, ele não fará “nenhuma concessão” para que o partido seja criado fora dos parâmetros legais. De acordo com um parecer produzido por ele, Marina comprovou pouco mais de 100 mil das 492 mil assinaturas exigidas.

Nos tribunais superiores, não há muita boa vontade para providenciar um “jeitinho”. “Coloque o dedo na ferida: sem as assinaturas é uma esperança vã”, disse o ministro Marco Aurélio Mello. Marina apelou para artistas, como Marcos Palmeira e Adriana Calcanhotto, que postaram vídeos no YouTube, mas a ministra Carmen Lúcia afirmou que isso não mudará a posição do Tribunal Superior Eleitoral, presidido por ela.

Portanto, a tendência concreta é a de que Marina não consiga êxito na criação da Rede !“ o que não terá sido por falta de tempo, nem de recursos, uma vez que sua candidatura é apoiada por bilionários, como Guilherme Leal, da Natura, e Neca Setúbal, do Itaú.

Nesse quadro, o que fazer então com seu patrimônio eleitoral, de 16% dos votos, segundo o Ibope? Um partido nanico, o PEN, ofereceu a Marina uma proposta inusitada. Trocaria seu nome para “Rede”, caso ela aceitasse disputar a presidência pelo partido. Ela ainda teria opções como o PPS e o PV, mas sem o controle da máquina partidária.

Nesse cenário de indefinições e incertezas, Marina será tentada com uma nova oferta: a de ser vice do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Os tucanos pretendem tratar o não registro do Rede como uma violência do PT contra Marina. Em seguida, abrirão as portas do partido. Ontem, Aécio afirmou que o Brasil “merece ter uma alternativa como Marina”. Neste sábado, na coluna de Sônia Racy, no Estado de S. Paulo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que a ex-senador é uma “liderança moral” do País.

Depois de 5 de outubro, após a decisão provavelmente contrária do TSE à  Rede, o assédio tucano a Marina será pesado. Com apoio de vários colunistas e grandes meios de comunicação.

Leia mais

27 de setembro de 2013
por Esmael Morais
13 Comentários

Agentes penitenciários do PR ameaçam entrar em greve a partir de segunda-feira

Trabalhadores do sistema carcerário paranaense realizam assembleia geral da categoria, nesta segunda (30), a partir das 16 horas, para definir se entram ou não em greve. O encontro será na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Há duas semanas, os agentes penitenciários levantaram acampamento em frente à  sede do governo estadual depois de nove dias no local. A principal reivindicação deles, segundo a diretoria do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), “um Sistema Prisional mais seguro e humano e por reivindicações salariais sobre o reajuste do Adicional de Risco”.

Na oportunidade, os trabalhadores do sistema prisional aceitaram levantar acampamento depois de garantias do secretário de governo, Cesar Silvestre, e do chefe da Casa Civil, Reinold Stephanes, de que eram prioridade para o governo e que os receberiam até o dia 30 de setembro para conversar sobre o reajuste de 23,37% já acordado em abril.

Reajuste

Os agentes penitenciários estão reivindicando um reajuste de 23,37% sobre o Adicional de Risco. Nos últimos anos os índices de morte de agentes penitenciários fora de serviço aumentaram. Entre 2007 e 2012, 10 agentes morrem por conta da profissão. Em 2013 quatro (04) morrem e outros dois ficaram feridos.

A onda de crime contra a vida do agente penitenciário aumenta o custo de vida do profissional. Temos vários casos de agentes que saíram do bairro e foram morar no centro em busca de mais segurança; agentes que transferiram os estudos dos filhos para escolas particulares; aquisição de equipamentos de segurança para uso pessoal. O reajuste vai apenas suprir os gastos obtidos por medida de segurança!, explica o presidente do Sindarspen, José Roberto das Neves.

O reajuste já havia sido acordado pelo governo no mês de abril pela secretária Dinorah Nogara da SEAP (Secretaria da Administração e Previdência). Entretanto, o reajuste não foi cumprido e a negociação se estendeu sem progressos.

Panorama:

Leia mais

27 de setembro de 2013
por Esmael Morais
7 Comentários

Richa perde o PROS para Gleisi

Gleisi toma! o PROS do arco de alianças de Richa; tucano havia anunciado apoio do 31!º partido do país na quarta; comissão provisória pró-petista será formada nos próximos dias. Fotos: Roberto Custtódio/Wenderson Araújo.

Gleisi toma! o PROS do arco de alianças de Richa; tucano havia anunciado apoio do 31!º partido do país na quarta; comissão provisória pró-petista será formada nos próximos dias. Fotos: Roberto Custtódio/Wenderson Araújo.

Começou a batalha pelo apoio das legendas no Paraná. Na quarta (25), o governador Beto Richa (PSDB) havia anunciado com pompa e circunstância a adesão do PROS (Partido Republicano da Ordem Social) para a sua reeleição. Bateu na trave. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo