22 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ministro do TCU deu pedalada no Imposto de Renda, diz Polícia Federal

Ministro do TCU deu pedalada no Imposto de Renda, diz Polícia Federal

O ministro do Tribunal de Constas da União (TCU) Augusto Nardes, responsável pela farsa das pedaladas fiscais de Dilma Rousseff, deu uma pedalada no Imposto de Renda (IR). A constatação é da Polícia Federal. ... 

Leia mais

7 de outubro de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Golpe paraguaio: TCU rejeita afastar relator das contas do governo Dilma

augusto_nardesO Tribunal de Contas da União (TCU), por unanimidade, acompanhou o relatório do ministro Raimundo Carreira, pela rejeição do afastamento do ministro Augusto Nardes, relator das contas do governo Dilma Rousseff (PT) no exercício de 2014. ... 

Leia mais

5 de outubro de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

Assista: Gleisi Hoffmann chama ministro do TCU de “golpista”

nardes_gleisiA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), nesta segunda-feira (5), da tribuna, abriu fogo contra o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, que antecipou o voto contra a aprovação das contas da presidenta Dilma Rousseff (PT).

Para a petista, Nardes age como se fosse um parlamentar de oposição e não como um magistrado da corte de contas ao antecipar o voto em entrevistas.

“É uma postura, no meu entender, golpista, somando-se aos esforços de grupos e partidos que militam pelo afastamento da presidenta da República, inconformados com sua vitória legítima nas últimas eleições”, fuzilou Gleisi.

O discurso da senadora foi proferido para comentar a decisão da Advocacia-Geral da União, que requereu ao TCU o afastamento de Nardes da relatoria do processo que vai julgar as contas de 2014 do governo Dilma.

Assista ao vídeo: Leia mais

5 de outubro de 2015
por Esmael Morais
6 Comentários

Ministro do TCU falou pelos cotovelos e fechou pacto com a velha mídia

do Brasil 247

Eis o que diz o inciso III, do artigo 36 da Lei Orgânica da Magistratura, à qual estão submetidos todos os ministros do Tribunal de Contas da União:

Art. 36 – É vedado ao magistrado:

III – manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério.

Confira, agora, o que fez Augusto Nardes, relator do caso sobre as chamadas pedaladas fiscais, nos últimos meses.

Em 30 de abril de 2015, quando o governo nem tinha apresentado sua defesa, ele afirmou à revista Istoé que “está claro que o governo fez um arranjo com uma série de irregularidades” (leia aqui).

Em julho, Nardes concedeu outra entrevista, desta vez a Época, e disse ter alertado a própria presidente Dilma Rousseff sobre as tais “irregularidades” (leia aqui).

Mais recentemente, ao Valor Econômico, ele também antecipou seu voto, ao dizer que o “TCU fará história” (confira aqui).

Ou seja: Nardes, que começou sua carreira política como vereador no interior do Rio Grande do Sul pela Arena, partido que dava apoio ao regime militar, não fez outra coisa, a não ser falar pelos cotovelos – o que é vedado pela lei.

Ontem, depois que a Advocacia-Geral da União anunciou que irá apresentar recurso arguindo sua suspeição, os jornais fizeram a leitura de que se trata de uma manobra para ganhar tempo.

Ocorre que o pacto foi recíproco. Nardes fez uma aliança com a mídia, em busca de holofotes, que também se aliou a ele, em busca de um objetivo espúrio: o impeachment.

A tal ponto que o colunista Ricardo Noblat, chegou até a lançar Nardes à presidência, na coluna em que o chamou de “ministro desassombrado” (leia aqui).

Leia mais

4 de julho de 2015
por Esmael Morais
14 Comentários

Empresário acusa federações do G-7 de fazerem lobby para perpetuar ‘pedágio mais caro do mundo’ no PR

richa_pedagioO empresário toledano Antônio Lange, ex-presidente da Caciopar (Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná), em artigo especial para o Blog do Esmael, criticou neste sábado (4) o apoio das entidades representativas do setor produtivo, o G-7, à perpetuação do ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias do estado.

Lange acusa os dirigentes das principais federações de estarem mais interessados em construir rede de relacionamento com os poderosos do que defender o setor produtivo do Paraná. “A história dos pedágios no Paraná é um exemplo disso”, completa.

Nesta semana, o Blog do Esmael mostrou que o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), e a vice-governadora Cida Borghetti (PROS), com a anuência do governador Beto Richa (PSDB), foram a Brasília com o intuito de prorrogar os contratos das concessionárias do pedágio até 2050. Por ora, a missão bateu na trave (clique aqui).

No entanto, a perpetuação do ‘pedágio mais caro do mundo’ tem a reprovação das poderosas Fiep (Federação das Indústrias do Paraná) e Fecoopar (Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná). Ou seja, houve um racha no G-7 neste debate.

A seguir, leia a íntegra do artigo especial de Antônio Lange: Leia mais

2 de julho de 2015
por Esmael Morais
46 Comentários

Fracassa missão de Richa para prorrogar ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias do Paraná

“¡No pasarán!”: Senadora Gleisi Hoffmann (PT), ao Blog do Esmael, afirmou que é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que os contratos com as pedageiras serem prorrogados por mais 25 anos.

“¡No pasarán!”: Senadora Gleisi Hoffmann (PT), ao Blog do Esmael, afirmou que é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que os contratos com as pedageiras serem prorrogados por mais 25 anos.

Bateu na trave a missão do governo Beto Richa (PSDB) que foi negociar ontem (1º), em Brasília, a prorrogação dos contratos do ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias do Paraná.  ... 

Leia mais

1 de julho de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

Gleisi Hoffmann sobre a prorrogação do pedágio no PR: ‘Nem a pau Juvenal’

Richa_Pedagio_GleisiA senadora Gleisi Hoffmann (PT) jogou água no chope da comitiva do governo Beto Richa (PSDB) que desembarca nesta quarta-feira (1º), em Brasília, com o intuito de prorrogar os contratos do “pedágio mais caro do mundo” no Paraná. ... 

Leia mais