11 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Justiça determina bloqueio de receita de concessionária do pedágio no Paraná

Justiça determina bloqueio de receita de concessionária do pedágio no Paraná

O juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, determinou o bloqueio imediato de 1/3 da receita bruta mensal da concessionária de rodovias Viapar.  ... 

Leia mais

30 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Pedágio, uma tragédia anunciada

Pedágio, uma tragédia anunciada

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) recorda que o Paraná tem um dos pedágios mais caro do mundo graças a juízes federais que sempre decidiram a favor das concessionárias, contra o governo do estado e os interesses da sociedade paranaense.

Uma tragédia anunciada ... 

Leia mais

11 de junho de 2018
por editor
Comentários desativados em Será o começo do fim do pedágio mais caro do mundo?

Será o começo do fim do pedágio mais caro do mundo?

A governadora Cida Borghetti (PP) tornou público nesta segunda-feira (11) que as seis concessionárias que exploram as rodovias paranaenses e cobram o pedágio mais carro do mundo foram notificadas sobre o fim dos contratos em 2021. A notificação dá início aos processos de encerramento das atuais concessões rumo a um novo modelo “com mais obras e redução das tarifas em 50%, em média”, afirmou Cida. Será que agora vai?

Segundo matéria da

Agência Estadual de Notícias ... 

Leia mais

11 de março de 2018
por LUIZ CLAUDIO ROMANELLI
1 Comentário

MPF tem que exigir duplicação de rodovia com pedágio mais caro do mundo

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), à luz da Operação Integração, da lava jato, afirma que o MPF tem que exigir duplicação rodovia com o pedágio mais caro do mundo. Ele fala sobre a duplicação da BR 369, entre os municípios de Cornélio Procópio e Jataizinho. Romanelli ainda sugere que os procuradores da lava jato peticionem pela redução das tarifas, haja vista que eles identificaram superfaturamento de até 400% no pedágio.

Não queremos enrolação, queremos a obra de duplicação! ... 

Leia mais

7 de março de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi Hoffmann ajudou a enterrar ‘o pedágio mais caro do mundo’ no Paraná

Gleisi Hoffmann ajudou a enterrar ‘o pedágio mais caro do mundo’ no Paraná

A lava jato pode até ter ficado com os louros a partir da Operação Integração, mas a retomada ou não — pela União — das rodovias concessionadas às empresas de pedágio teve o dedo da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Em 2011, ela pediu auditoria ao Tribunal de Contas da União (TCU) para revisar os contratos de pedágio no Paraná. “Deu resultado”, comemora.

Gleisi se refere à informação do Ministério dos Transportes segundo qual não irá apoiar a prorrogação dos contratos no chamado Anel de Integração. Os atuais contratos com as concessionárias que exploram ‘o pedágio mais caro do mundo’ no Paraná terminam daqui a três anos.

“O governo Beto Richa pretendia prorrogar os contratos. Mas sem a concordância da União e sem a delegação, não poderá realizar essa intenção”, relata a petista.

Portanto, caberá ao próximo presidente da República e ao próximo governador do Paraná a redefinição do modelo de pedágio. A tendência é que haja a retomada pelo Estado, ou seja, o próprio governo do estado ou a União passe a cobrar tarifas módicas para a manutenção das rodovias. Para obras mais pesadas, isto é, construção ou duplicação de estradas, os recursos seriam oriundos do orçamento público.

“Os acordos dão mais lucro às concessionárias do que trazem vantagens aos usuários das rodovias. Por isso a tarifa é tão alta e pedimos para reavaliar os contratos. O governo do estado não tomou essa providência”, critica a senadora.

Leia mais

3 de março de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em A lava jato e o pedágio no Paraná

A lava jato e o pedágio no Paraná

O pré-candidato ao governo do Paraná Jorge Bernardi, da Rede, em artigo especial, retoma o debate sobre o superfaturamento da tarifa do pedágio nas rodovias paranaenses. “Os investigadores da Lava Jato chegaram à conclusão de que o pedágio no Paraná está 400% acima do que deveria ser”, lembra, sem antes comparar a situação nas “terras das araucárias” com a do Rio de Janeiro, “onde as mais altas autoridades daquele estado estão cumprindo uma temporada na prisão”.

ASSISTA AO VÍDEO

A lava jato e o pedágio no Paraná ... 

Leia mais

24 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Rebelião contra a máfia dos pedágios

Rebelião contra a máfia dos pedágios

O k-suco vai ferver no início de março nas 27 praças de pedágio que compõem o ‘Anel da Integração’ nas rodovias do Paraná. Movimentos populares se reuniram neste sábado (24), em Curitiba, para organizar uma rebelião que promete dinamitar a máfia dos pedágios e as pretensões senatoriais do governador Beto Richa (PSDB).

Na última quinta (22), a primeira da lava jato de 2018 detonou um esquema de propina paga por concessionárias de pedágio a agentes públicos para superfaturar a tarifa em até 400%. Membros do governo Richa foram presos pela força-tarefa na ‘Operação Integração’ — em alusão ao ‘Anel da Integração’ criado em 1998.

Segundo procuradores do Ministério Público Federal, as concessionárias deixavam de cumprir cláusulas contratuais que previam obras nas rodovias com a anuência do estafe do governo tucano. Mesmo assim as pedageiras conseguiam reajustar as tarifas nas praças de pedágio.

O Blog do Esmael apurou que os movimentos sociais articulam um ‘Dia Estadual de Lutas Contra a Máfia do Pedágio’. Por óbvio, o governador Beto Richa não será esquecido nesta data querida.

Na semana que vem, na Assembleia Legislativa do Paraná, deputados oposicionistas também deverão protestar sugerindo a imediata renúncia do governador do PSDB por mais um escândalo – agora nos pedágios.

Pela lei eleitoral, Beto Richa terá de se desincompatibilizar (renunciar) do cargo em 1º de abril, daqui a 37 dias, para disputar o Senado.

Por fim, o Blog do Esmael simulou o preço do pedágio que deveria ser cobrado dos usuários das rodovias paranaenses. Abaixo, confira os valores sem a propina.

Leia mais

24 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Veja quanto deveria custar (sem propina) o pedágio nas rodovias do Paraná

Veja quanto deveria custar (sem propina) o pedágio nas rodovias do Paraná

A partir da informação da Operação Integração, da lava jato, segunda qual o pedágio está superfaturado em até 400% nas 27 praças que integram o Anel da Integração, o Blog do Esmael simulou o preço que deveria ser cobrado dos usuários das rodovias paranaenses. Abaixo, confira os valores sem a propina.

Antes, porém, é importante esclarecer que esses valores reduzidos (sem a propina) só seriam justos se as concessionárias de pedágio cumprissem obras previstas nos contratos. Acerca disse, o ex-senador Osmar Dias (PDT), pré-candidato ao governo do Paraná, deu a seguinte declaração:

“Um absurdo fazer a inauguração da tão prometida duplicação de parte da BR 369, uma obra que é uma responsabilidade contratual da Econorte, que aliás já foi muito bem paga pelos usuários do pedágio mais caro do Brasil”, disse o pedetista. ... 

Leia mais

24 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Para Osmar Dias, tucano Beto Richa “debocha” e expõe amizade com pedageiras; ouça o áudio

Para Osmar Dias, tucano Beto Richa “debocha” e expõe amizade com pedageiras; ouça o áudio

O ex-senador Osmar Dias (PDT) afirmou em entrevista à rádio Graúna, de Cornélio Procópio, na quarta (21), que o governador Beto Richa (PSDB) “debocha” ao lançar uma “pedra fundamental” para duplicar parte da BR-369. Segundo o pedetista, a obra é responsabilidade contratual da concessionária, não do governo ou do usuário da rodovia.

LEIA TAMBÉM::

Beto Richa sempre foi uma “mãe” para as concessionárias, diz ex-relator da CPI dos Pedágios ... 

Leia mais

23 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Faltam professores no Paraná, a terra do pedágio mais caro do mundo

Faltam professores no Paraná, a terra do pedágio mais caro do mundo

O Paraná tem o pedágio mais caro do mundo? Tem sim, senhor. O Paraná tem professor? Não tem não, senhor. O “Tucanistão do Sul” reúne corrupção, máfia do pedágio com incompetência administrativa. Por exemplo, as aulas foram canceladas na manhã desta sexta (23) no Colégio Estadual Pedro Macedo, de Curitiba, por falta de mestres nas salas de aula.

Segundo a APP-Sindicato, os estudantes deste estabelecimento ensino — um dos maiores colégios do estado — foram dispensados porque a Secretaria de Estado da Educação (SEED) não tem realizado a contratação de professores temporários. “Chegamos para a visita na escola e descobrimos que a direção havia dispensado os estudantes”, relatou na manhã de hoje a secretária-geral da entidade Vanda Santos Bandeira.

Em conversa com outros professores, há informação de que outras escolas também sofrem com a falta de profissionais no início deste ano letivo.

“Além de reduzir o salário dos professores temporários, fechar turmas e reduzir a hora-atividade dos educadores, agora o governo atrasa a contratação de profissionais”, afirma a diretora da APP.

O Sindicato tem procurado a Secretaria de Educação constantemente para cobrar a pauta da categoria, que vai desde o reajuste salarial à suspensão da redução de salários. Porém, o governo do Paraná continua com medidas de ajuste e economia na educação, mesmo com anúncio do superávit no caixa do Estado.

A APP-Sindicato não descarta deflagrar greve por tempo indeterminado a partir de 3 de março, quando a categoria realiza assembleia geral. Leia mais

23 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Máfia do Pedágio superfatura tarifa em 400% no Paraná. Veja como seriam os preços sem as propinas

Máfia do Pedágio superfatura tarifa em 400% no Paraná. Veja como seriam os preços sem as propinas

A força-tarefa lava jato, além de quebrar a asa e o bico do governador Beto Richa (PSDB), afirma que a máfia do pedágio superfatura a tarifa em até 400% nas rodovias do Paraná. Abaixo, confira qual seria o preço justo nas 27 praças do Anel da Integração.

Procuradores e auditores da Receita Federal que deflagraram ontem (22) a Operação Integração, ao comparar os preços praticados por uma mesma concessionárias em outros estados, chegaram à conclusão de que as tarifas cobradas nas 27 praças paranaenses têm gordura acumulada de 400% em virtude das propinas pagas a agentes públicos.

O Blog do Esmael simulou qual seria o preço honesto e justo nas 27 praças de pedágio que integram o Anel da Integração (confira abaixo), isto é, sem as malditas propinas.

Na praça de Jataizinho, no Norte do Paraná, um dos pedágios mais caros do mundo, por exemplo, o valor cobrado de R$ 22,00 por carro de passeio seria reduzido para R$ 5,50 e para motos o preço cairia dos atuais R$ 11 para 2,80.

A descida rumo às praias paranaenses, via São José dos Pinhais, seria reduzida de R$ 19,40 para R$ 4,80 (automóveis) e de R$ 9,70 para R$ 2,40 (motos).

Veja qual seria o valor correto e justo do pedágio no Paraná, com base nas denúncias da lava jato:

Leia mais

22 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Prisão de parte da máfia do pedágio muda cenário eleitoral no Paraná

O cenário político do Paraná mudou nas últimas horas. A revelação de que integrantes do governo Beto Richa (PSDB) recebiam propina para aumentar o pedágio nas rodovias concessionadas vitamina o projeto “Volta, Requião” ao Palácio Iguaçu.

LEIA TAMBÉM:

Requião: Beto Richa é ‘efeito colateral’ de operação contra Tacla Duran ... 

Leia mais

22 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Requião: Beto Richa é ‘efeito colateral’ de operação contra Tacla Duran

O senador Roberto Requião (MDB-PR), ao analisar a Operação Integração, da lava jato, limitou-se a dizer que o alvo principal era o ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, que hoje vive na Espanha, mas, colateralmente, atingiu o governo Beto Richa (PSDB).

“Era para pegar o advogado da Odebrecht, mas acabou pegando a turma do governo Richa”, disse o parlamentar.

Nas duas últimas oportunidades em que foi governador do Paraná, entre 2003 e 2010, Requião travou uma guerra sem trégua com as concessionárias de pedágio. Ele se negou a conceder aumentos nas tarifas por sete anos, mas as pedageiras sempre conseguiram reajustar o preço do pedágio pela via judicial.

Voltemos ao personagem Tacla Duran.

A defesa do ex-presidente Lula, no caso do apartamento de São Bernardo do Campo (SP), teve ontem (21) o pedido negado no TRF4 para ouvir Tacla Duran. O ex-advogado da Odebrecht, em depoimento na

CPMI da JBS ... 

Leia mais

22 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Integrantes do governo Beto Richa e do ‘pedágio mais caro do mundo’ presos pela lava jato

Integrantes do governo Beto Richa e do ‘pedágio mais caro do mundo’ presos pela lava jato

Além de integrantes do governo Beto Richa (PSDB), do Paraná, a Polícia Federal também prendeu temporariamente hoje (22) membros das concessionárias de pedágio no âmbito da Operação Integração.

LEIA TAMBÉM:

Beto Richa autoriza aumento acima da inflação para o pedágio mais caro do mundo ... 

Leia mais

28 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
11 Comentários

Próximo governador terá papel de ‘acabar’ ou ‘continuar’ pedágio mais caro do mundo

Daqui a menos de 4 anos, em novembro de 2021, chegará ao fim as concessões das rodovias paranaenses às atuais pedageiras. Caberá ao próximo governador, a ser eleito em 2018, a decisão de ‘acabar’ ou ‘continuar’ com a tarifa mais cara do mundo nas 27 praças de pedágios espalhadas pelo Paraná.

A lembrança ao tema foi do engenheiro mecânico Ronald Renê, de Curitiba, que enviou ao Blog do Esmael a seguinte mensagem:

“Prezado Esmael,
Como você já deve saber, o próximo governador do Paraná será quem decidirá se o pedágio continuará além de 2022. Precisamos alertar constantemente o eleitor disso. Favor postar algo sobre isso. Obrigado.
Atenciosamente,
Ronald Renê, engenheiro mecânico – Curitiba -PR”

O atual governador Beto Richa (PSDB) tem sido apontado como “advogado” das concessionárias em detrimento dos interesses dos paranaenses e do setor produtivo, haja vista que os preços proibitivos no pedágio roubam a competitividade de mercadorias e serviços locais em relação aos demais unidades da Federação.

O último tarifaço autorizado pelo tucano ocorreu há menos de um mês, no dia 1º de dezembro, garantindo o título de

pedágio mais caro do mundo ... 

Leia mais

29 de novembro de 2017
por Esmael Morais
8 Comentários

Deputado decifra farra de helicóptero no governo Richa: “estrada ruim e pedágio caro”

O deputado Nereu Moura (PMDB) não foi surpreendido com a informação de que governistas tucanos se locomovem somente com aeronaves do Estado. Aliás, o peemedebista decifrou porque os governistas só deslocam por helicópteros: devido as péssimas condições das rodovias paranaenses e o aumento dos pedágios a partir desta sexta (1º). Leia mais

28 de novembro de 2017
por Esmael Morais
20 Comentários

Pedágio mais caro do mundo terá novo aumento no Paraná

O governo Beto Richa (PSDB) autorizou novo aumento no pedágio mais caro do mundo, que é o do Paraná, a partir desta sexta-feira (1º de Dezembro). Leia mais

29 de novembro de 2016
por Esmael Morais
50 Comentários

Beto Richa autoriza aumento acima da inflação para o pedágio mais caro do mundo

richa_pedagio_reajusteO governador Beto Richa (PSDB) autorizou aumento de até 13% nas 27 praças de pedágios nas rodovias que cortam o Paraná. Os novos valores serão aplicados a partir de 1º de dezembro, “data-base” das concessionárias. Leia mais

16 de maio de 2016
por Esmael Morais
15 Comentários

Ao vivo: deputados lançam campanha contra o pedágio no Paraná; assista

pedagio_parana

A Assembleia Legislativa lança nesta segunda-feira (16) a Frente Parlamentar contra a prorrogação dos contratos de PEDÁGIO no Paraná. A ideia é avisar o governo interino Michel Temer da reprovação do atual modelo. Os deputados também devem protocolar Pedido de Providências para o MPF para investigar os contratos terceirizados das concessionárias de pedágio, na execução de obras das rodovias. O Blog do Esmael transmite o evento ao vivo, em parceria com a TV 15, para o Brasil e o mundo. Abaixo, assista agora: Leia mais

4 de maio de 2016
por Esmael Morais
14 Comentários

Temer poderia prorrogar pedágio mais caro do mundo no Paraná; Alep monta trincheira contra

 

Faltando cinco anos para o fim dos contratos do pedágio mais caro do mundo, o futuro da concessão das rodovias no Paraná continua incerto.

Se por um lado o governador Beto Richa (PSDB) tenta adiantar a prorrogação dos contratos, sabe-se lá com quais interesses; o setor produtivo e a população torcem para que esse assalto constante termine, e uma nova realidade se estabeleça com preços menos abusivos e melhor qualidade nos serviços.

Medida corajosa mesmo seria a encampação pelo poder público das rodovias paranaenses e o fim do pedágio — “principalmente aos políticos”.

No mês de março, o juiz Rogério Cangussu Dantas Cachichi, da 1ª Vara Federal de Jacarezinho, concedeu liminar proibindo a renovação dos contratos de pedágio sem licitação. Mas o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) derrubou a liminar por entender que não há iniciativa concreta de renovação.

O duro é que o recurso pela derrubada da liminar partiu da Advocacia-Geral da União (AGU), que recorreu por entender que ainda falta muito tempo para o fim dos contratos. Até agora, o Ministério dos Transportes do governo da presidenta Dilma vinha se posicionando de maneira contrária à renovação antecipada e sem licitação.

Com a possí Leia mais