23 de Março de 2017
por esmael
2 Comentários

‘Recuo de Moro é insuficiente’, diz advogado de blogueiro

O arrependimento do juiz Sérgio Moro, que recuou da perseguição contra o blogueiro Eduardo Guimarães, não é suficiente. Esta é a opinião do advogado Fernando Hideo Lacerda, que exige a devolução dos equipamentos apreendidos pela Lava Jato e a retirada do depoimento “mediante sequestro” de Guimarães.

20 de novembro de 2016
por esmael
16 Comentários

Beto Richa recua da extinção do contraturno nas escolas do Paraná

contraturno_richaO governador Beto Richa (PSDB) teve um lampejo neste sábado (20) ao recuar da decisão de extinguir o programa de contraturno nas 2,1 mil escolas da rede pública no Paraná.

29 de setembro de 2016
por esmael
19 Comentários

Para enrolar a torcida, Temer diz que pode desistir da reforma trabalhista

temer_fatura_golpeNo dia em que 2,5 milhões de metalúrgicos cruzaram os braços contra o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB), o próprio, o Tinhoso, faz chegar ao distinto público que não pretende mais realizar a reforma trabalhista.

2 de junho de 2016
por esmael
36 Comentários

Interino Michel Temer sofre mais duas importantes derrotas em menos de 24 horas

temer_melo_boullosO presidente provisório Michel Temer (PMDB) colecionou mais duas derrotas em menos de 24 horas. A penúltima diz respeito à volta do jornalista Ricardo Melo, por determinação do Supremo, à presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A antepenúltima ocorreu ainda ontem à noite (1º), quando o golpista recuou diante da ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), na ocupação do gabinete da Presidência da República em São Paulo.

21 de Maio de 2016
por esmael
19 Comentários

Derrotado pelas ruas, Michel Temer recria Ministério da Cultura

O presidente provisório Michel Temer não suportou a pressão das ruas — e principalmente da classe artística — e por isso anunciou, neste sábado (21), a recriação do Ministério da Cultura, extinto no último dia 12 após a consumação do golpe de Estado.

O novo titular da pasta será será Marcelo Calero, anunciado na última quarta (18) como secretário Nacional de Cultura. Ele chega ao cargo com 18 unidades do Ministério ocupadas em todo o país.

O recuo do governo golpista é uma prova concreta de que nada está “tranquilo e favorável” a Temer, que sofre contestações acerca de sua legitimidade como nunca visto antes no país.

A “decisão” de Temer reflete o que seu governo claudicante vem fazendo bastante até agora: recuando de posições — vide os casos dos ministros da Saúde, Justiça, Educação, Fazenda, etc. — e empurrado o país para o retrocesso com o fim de políticas públicas consagradas mundialmente (SUS, Bolsa Família, FIES, dentre outras).

A insustentabilidade do golpe é evidente pelas ruas, haja vista os protestos pelo Fora Temer em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio, Brasília, Recife, Florianópolis, Macapá, Belo Horizonte, que ontem reuniu 40 mil pessoas para recepcionar a presidente eleita Dilma Rousseff.

Temer não resistirá à pressão das ruas porque seu projeto neoliberal atenta contra a soberania nacional, contra as conquistas do nosso povo, nossos velhos, nossas mulheres, nossos filhos, nossa juventude, enfim, é um governo que golpeia o futuro da nação brasileira.

P

19 de novembro de 2015
por esmael
14 Comentários

Tal qual Richa no Paraná, Alckmin “afrouxou a tanga” em São Paulo

do Brasil 247

Os estudantes secundaristas obtiveram uma vitória histórica contra o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB, que pretendia fechar nada menos que 94 escolas, afetando 311 mil alunos.

O secretário estadual de Educação, Herman Voorwald, anunciou na tarde desta quinta-feira 19, durante em audiência de conciliação entre governo, professores e estudantes, que a reorganização do sistema educacional está suspensa e o governo espera, agora, que os alunos desocupem as escolas.

Nos últimos dias, o governo Alckmin chegou a usar a polícia contra alunos e professores, para tentar a reintegração de posse. A ocupação chegou a alcançar 50 escolas, com o apoio de integrantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto).

Alguns docentes foram agredidos e duas lideranças estudantis, Camila Lanes, eleita presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, e Angela Meyer, presidente da Upes, chegaram a ser detidas.

No fim, a despeito da truculência, o governo paulista foi derrotado e os

12 de dezembro de 2014
por esmael
36 Comentários

Richa recua de calote em professores em menos de 24 horas

richa_educacao.jpgGraças à  rápida mobilização dos professores, em todo o Paraná, durou menos de 24 horas a tentativa de calote do governador Beto Richa (PSDB) na progressão da categoria. Leia mais