Delubio Soares candidato pelo PT

O ex-tesoureiro do PT, Delubio Soares, disse que vai disputar um cargo eletivo assim que recuperar seus direitos políticos. O petista foi entrevistado neste domingo (6) pela TV Esmael.

Após revisar seus processos no Mensalão e na Lava Jato, Delubio afirmou que sonha concorrer a um cargo ao parlamento. No entanto, o ex-tesoureiro colocou-se à disposição do PT para projetos mais ousados.

O ex-presidente Lula é a figura mais popular entre os petistas, mas, depois dele, Delubio Soares é tido como o mais emblemático dos militantes.

Em mais de 15 anos de perseguição política e de tortura psicológica, Delubio foi compelido pela velha mídia, CPIs e parte do judiciário a delatar contra o PT e Lula. Não titubeou. Por isso é querido pela base e respeitado pela cúpula partidária.

Na entrevista exclusiva ao Blog do Esmael, Delubio Soares ressalvou que é mais crível disputar as eleições em 2030, em virtude de processos e da lei da ficha limpa, porém, condicionou a antecipação de desse desejo eleitoral a anulações de condenações.

Uma das possibilidades seria o ex-tesoureiro do PT apoiar-se na tese do advogado Luiz Fernando Pereira, do Paraná, segundo qual a inelegibilidade só se aplica após o trânsito em julgado da ação penal.

Com a confirmação da constitucionalidade do art. 283 do CPP, no julgamento das ADCs 43, 44 e 54, pelo STF, as esperanças de Delubio Soares e do ex-presidente Lula podem ser antecipadas já para 2022.

LEIA TAMBÉM

Requião anuncia luto oficial no feriado de 7 de Setembro

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), de preto, anunciou neste domingo (6) que entrou em luto oficial durante o feriadão da Independência.

Requião disse que neste 7 de Setembro baixará a bandeira a meio mastro em luto pela falência da soberania nacional.

“Dia 7 de setembro estarei de luto pela falência da soberania do nosso Brasil”, anunciou solenemente o emedebista.

Porém, Requião disse que na terça-feira (8) voltará à ativa contra os neoliberais e entreguistas.

“Dia oito, reinicio a luta e a resistência, pela retomada da soberania e dos direitos dos trabalhadores”, prometeu.

Eleições 2020 em Curitiba

Reflexivo sobre as eleições 2020, Roberto Requião aproveitou para falar sobre a disputa pela Prefeitura de Curitiba.

“Como todos sabiam ou previam, o companheiro [Ney] Leprevost foi readquirido pelo rato [governador Ratinho Junior]”, escreveu o ex-senador.

“Como se fará agora a aquisição do Francisquini: compra, doação, adesão simples,ou composta? Opinem! Quero saber!”, provocou Requião, referindo-se ao deputado Fernando Francischini (PSC), pré-candidato à Prefeitura de Curitiba.

A debandada de pré-candidatos de oposição na capital paranaense tem a ver com o bom desempenho o prefeito Rafael Greca (DEM) nas sondagens eleitorais. Segundo a Paraná Pesquisas, o Greca seria reeleito já no primeiro turno se a eleição fosse hoje.

O ex-senador Roberto Requião jurou que não será candidato à Prefeitura de Curitiba. Portanto, sem adversário, o atual prefeito já encomendou o terno para a posse de reeleição, no dia 1º de janeiro de 2021.

Vídeo: entrevista com Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, herói da base petista

O professor de matemática Delúbio Soares entende de números e por isso foi tesoureiro do PT. Ele esteve no centro de duas ações penais que marcaram o populismo penal no País: Mensalão e Lava Jato.

A princípio, os dois tribunais de exceção –Mensalão e Lava Jato– agiram contra a lei e violou a Constituição Federal.

De acordo com o art. 5º inciso XXXVII da Constituição Federal de 1988, não haverá juízo ou tribunal de exceção.

Como disse na última quinta-feira (3) o criminalista Kakay, aqui no Blog do Esmael, defender hoje a Constituição é um ato revolucionário.

Pois bem, em mais de 15 anos de perseguição política e de tortura psicológica, Delúbio foi compelido pela velha mídia, por CPIs e parte do judiciário a delatar contra o PT e Lula. Ele aguentou firme. Agiu diferente do ex-ministro Antonio Palocci, por exemplo, por isso é considerado um herói pela base petista e querido pela direção do partido.

Delúbio Soares, herói da base petista, será entrevistado às 10h deste domingo

O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, considerado herói pela base petista, será entrevistado neste domingo (6), às 10h, no Blog do Esmael. A transmissão será multicanais ao vivo (confira abaixo os locais). Delúbio está colhendo vitórias em processos que lhe foram movidos tanto pela AP 470, o Mensalão, quanto pela Lava Jato. Decisões do ex-ministro … Read more

Genoino e Delúbio são inocentados pela Justiça no caso “mensalão” após 15 anos

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília, extinguiu a punição aos petistas Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, e José Genoino, ex-presidente da legenda. Eles eram acusados de falsidade ideológica pela Ação Penal do BMG, originada no Mensalão, deflagrada em 2005 nas CPMIs dos Correios e da Compra de Votos. A decisão do … Read more

Lava Jato é incompetente para julgar Delúbio Soares, decide STJ

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconheceu nesta sexta-feira (7) que a Lava Jato, por meio da 13ª Vara Federal de Curitiba, é um foro incompetente para processar e julgar o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. O STJ decidiu que os processos no âmbito da Lava Jato contra Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, devem ser … Read more

José Dirceu de volta para casa, após proibição da prisão em segunda instância

A proibição da prisão em segunda instância, pelo STF, além de soltar Lula, também vai mandar para casa o ex-ministro José Dirceu. Zé Dirceu, como é conhecido, foi quatro vezes preso pela Lava Jato. O núcleo duro petista se completa ainda com João Vaccari Neto e Delúbio Soares, ambos cumprindo pena restritiva com tornozeleira eletrônica … Read more

Delúbio Soares, que cumpre pena no semiaberto, é tietado em Curitiba

O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, teve a progressão para o regime semiaberto há 3 meses. Ele cumpre a pena em Curitiba e utiliza uma tornozeleira eletrônica. Neste sábado (27), durante evento da TV 247, na capital paranaense, Delúbio foi citado diversas vezes por palestrantes e ovacionado pelos cerca de 300 participantes do encontro promovido … Read more

Fora da lei, Moro manda prender Delúbio

O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, deverá ser preso novamente. A determinação é do juiz federal Sérgio Moro, da lava jato, após o TRF4 negar nesta quarta (23) o último recurso do petista. Trata-se de inconstitucional antecipação da pena. Delúbio foi condenado a seis anos de prisão em regime fechado pelo crime de lavagem de … Read more

Mensalão tucano chega a dez anos de impunidade. Até quando, STF?

do Brasil 247
mensalao_tucanoPassada quase uma década, petistas já finalizando o cumprimento de suas penas por conta de acusações semelhantes, e os denunciados pelo chamado mensalão tucano de Minas Gerais sequer foram julgados. O escândalo de compra de apoios à  reeleição do então governador Eduardo Azeredo (PSDB) aconteceu em 1998, mas foi descoberto apenas em julho de 2005. De acordo com denúncia do Ministério Público Federal, o mensalão tucano envolveu desvios de R$ 3,5 milhões de empresas públicas de Minas, usados na campanha eleitoral.

Enquanto isso, a Ação Penal 470, o mensalão do PT, foi julgado com rigor extremo pelo Supremo Tribunal Federal (STF), comandado implacavelmente pelo então ministro Joaquim Barbosa e num ambiente de espetacularização da mídia familiar.

Praticamente todos os acusados receberam penas duríssimas, sumárias e inéditas na história da Corte Suprema. Figuras importante do petismo e da República, a exemplo do ex-tesoureiro Delúbio Soares, o ex-presidente da sigla José Genoíno e do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu cumprem suas estão em pleno cumprimento de suas condenações já no regime semi aberto.

Em relação ao escândalo envolvendo o tucanato, o STF não teve o mesmo rigor. A corte que não admitiu o desmembramento do processo para envio à s instâncias inferiores, teve entendimento diferente nos caso de Azeredo. O processo do então governador mineiro, que desde março de 2014 está pronto para ir a julgamento, deverá ser analisado pela primeira instância da Justiça mineira. A data sequer foi marcada ainda.

Read more

Justiça “afrouxa o sutiã” e liberta réus do mensalão para trabalhar fora

Agência Brasil

Ao autorizar Delúbio Soares trabalhar fora da prisão, juíza cumpre determinação do Supremo Tribunal Federal que, na semana passada, autorizou o benefício para os condenados em regime semiaberto; ex-deputados Valdemar Costa Neto e Bispo Rodrigues e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu também foram transferidos para o Centro de Progressão Penitenciária (CPP).
Ao autorizar Delúbio Soares trabalhar fora da prisão, juíza cumpre determinação do Supremo Tribunal Federal que, na semana passada, autorizou o benefício para os condenados em regime semiaberto; ex-deputados Valdemar Costa Neto e Bispo Rodrigues e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu também foram transferidos para o Centro de Progressão Penitenciária (CPP).
A juíza Leila Cury, da Vara de Execuções do Distrito Federal, liberou hoje (2) o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares para voltar a trabalhar durante o dia na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em Brasília.

Com a decisão, Delúbio também será transferido do Presídio da Papuda, no Distrito Federal, para o Centro de Progressão Penitenciária (CPP), local destinado a presos que têm autorização para trabalhar fora.

Read more

Previsão de goleada em Barbosa nesta quarta no STF, que deverá liberar trabalho externo a mensaleiros

do Brasil 247

Estão pautados para esta quarta-feira os recursos dos condenados na Ação Penal 470, que pleiteiam o direito ao trabalho externo; a tendência é que Joaquim Barbosa, que decidiu não participar da sessão, seja derrotado de forma unânime por seus colegas Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Luiz Fux, Dias Toffoli, Carmen Lúcia, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso e Teori Zavascki; entre os pedidos, estão o de réus notórios, como José Dirceu e Delúbio Soares; direito de condenados em regime semiaberto ao trabalho externo conta com o apoio da procuradoria-geral da República.
Estão pautados para esta quarta-feira os recursos dos condenados na Ação Penal 470, que pleiteiam o direito ao trabalho externo; a tendência é que Joaquim Barbosa, que decidiu não participar da sessão, seja derrotado de forma unânime por seus colegas Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Luiz Fux, Dias Toffoli, Carmen Lúcia, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso e Teori Zavascki; entre os pedidos, estão o de réus notórios, como José Dirceu e Delúbio Soares; direito de condenados em regime semiaberto ao trabalho externo conta com o apoio da procuradoria-geral da República.
Hoje é dia de goleada, mas não na Copa do Mundo, e sim no Supremo Tribunal Federal. Estão pautados para esta quarta-feira os julgamentos dos recursos dos condenados na Ação Penal 470, no que tange ao direito ao trabalho externo. Joaquim Barbosa, presidente “demissionário” do STF, protelou enquanto pôde a análise desses pedidos, agindo à  margem do que determina a jurisprudência já consagrada nos tribunais superiores. Por isso, ele tende a ser derrotado de forma unânime por seus pares. Barbosa também decidiu que não estará presente à  sessão, que deve ser comandada por Ricardo Lewandowski. Leia, abaixo, reportagem da Agência Brasil:

Read more

STF no divã: mundo jurídico isola ministro Joaquim Barbosa e já o vê como sociopata!

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, cada vez mais vai se revelando verdadeiro sociopata cujas características evidentes são: egoísmo, não admite culpa ou erro, não sente vergonha, é maldoso e teatraliza sentimentos para impressionar terceiros (a velha mídia e a elite branca). Pois bem, Barbosa se isola de seus colegas no … Read more

Derrotado, Joaquim Barbosa chora: “Maioria feita sob medida”

do Brasil 247

Sem chances de reverter a aprovação dos embargos infringentes, presidente do STF conclui à s 12h53 seu voto pela formação de quadrilha na AP 470; em vão; placar ficou em 6 a 5 pela absolvição dos réus, entre eles os ex-presidentes do PT José Dirceu e José Genoino; Esta é uma tarde triste para o Supremo!, proclamou, derrotado; antes, atacara: Uma maioria de circunstância formada sob medida derrubou um trabalho primoroso desta corte!, desferiu; Como não dizer que toda essa trama não constitui quadrilha?!, perguntou; Essa tese não convence a ninguém, os argumentos foram pífios!; e cravou: O determinismo social está embutido nessa maioria que se formou hoje!; sessão suspensa; o deputado André Vargas, vice-presidente da Câmara, de punho cerrado, comemorou a prevista derrota do presidente do STF: Chora, Barbosa!!.
Sem chances de reverter a aprovação dos embargos infringentes, presidente do STF conclui à s 12h53 seu voto pela formação de quadrilha na AP 470; em vão; placar ficou em 6 a 5 pela absolvição dos réus, entre eles os ex-presidentes do PT José Dirceu e José Genoino; Esta é uma tarde triste para o Supremo!, proclamou, derrotado; antes, atacara: Uma maioria de circunstância formada sob medida derrubou um trabalho primoroso desta corte!, desferiu; Como não dizer que toda essa trama não constitui quadrilha?!, perguntou; Essa tese não convence a ninguém, os argumentos foram pífios!; e cravou: O determinismo social está embutido nessa maioria que se formou hoje!; sessão suspensa; o deputado André Vargas, vice-presidente da Câmara, de punho cerrado, comemorou a prevista derrota do presidente do STF: Chora, Barbosa!!.
“Esta é uma tarde triste para este pleno do STF, porque com argumentos pífios foi reformada, foi, como eu disse, jogada por terra, extirpada do mundo jurídico uma decisão plenária solida, bem fundamentada, tomada por esse plenário”.

Com estas palavras, à s 12:53, o presidente do STF, Joaquim Barbosa, iniciou a proclamação do resultado da votação dos embargos infringentes na AP 470. Os réus que haviam sido condenados na primeira rodada de votação, no ano passado, foram absolvidos agora do crime de formação de quadrilha (aqui).

“Foi formada aqui uma maioria sob medida”, desferiu ele em seu voto contra os recursos. Para ele, “o Supremo fez um trabalho brilhante” que foi “jogado por terra” pelos novos juízes. “Há dúvidas que eles se reuniram por três anos para a prática de crimes?”, perguntou Barbosa.

Read more

Barbosa deverá ser derrotado hoje no STF; ministro tentará a sorte na política

O ministro Joaquim Barbosa deverá sofrer nesta quinta (27) a sua principal derrota desde que assumiu a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) em 2012. Hoje, a corte finalizará a votação que derruba a tese de formação de quadrilha dos condenados na Ação Penal 470 (mensalão). Com essa decisão consumada, José Dirceu, José Genoino e … Read more

Deputados e senadores do PT ajudam nas vaquinhas para as vítimas de Joaquim Barbosa

do Brasil 247A grande maioria dos parlamentares do PT está fazendo doações nas vaquinhas dos quatro condenados no julgamento da Ação Penal 470 para pagamento de suas respectivas multas impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O jornal Folha de São Paulo diz que ouviu 22 petistas, entre deputados e senadores, 16 deles confirmaram ajuda financeira … Read more

Gilmar Mendes quer abater vaquinhas do PT porque “ridicularizam” multas

do Brasil 247

Em carta ao senador Eduardo Suplicy (PT-SP), ministro do STF reitera sua ira contra correntes de solidariedade promovidas pelo PT para quitar multas a seus condenados; arrecadação "sabota e ridiculariza o cumprimento da pena", que é "intransferível e restrita aos condenados", registrou; magistrado pede que Suplicy lidere vaquinha para cobrir rombo de R$ 100 milhões desviados no chamado 'mensalão' e fala em "falta de transparência" no processo; membro do STF não disse, no entanto, que iniciativas de familiares e amigos de José Genoino, Delúbio Soares e José Dirceu estão dentro da lei; além disso, ninguém pode ser punido por ter simpatizantes; ou Gilmar Mendes quer mudar isso?
Em carta ao senador Eduardo Suplicy (PT-SP), ministro do STF reitera sua ira contra correntes de solidariedade promovidas pelo PT para quitar multas a seus condenados; arrecadação “sabota e ridiculariza o cumprimento da pena”, que é “intransferível e restrita aos condenados”, registrou; magistrado pede que Suplicy lidere vaquinha para cobrir rombo de R$ 100 milhões desviados no chamado ‘mensalão’ e fala em “falta de transparência” no processo; membro do STF não disse, no entanto, que iniciativas de familiares e amigos de José Genoino, Delúbio Soares e José Dirceu estão dentro da lei; além disso, ninguém pode ser punido por ter simpatizantes; ou Gilmar Mendes quer mudar isso?
Numa carta escrita para o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) responde a alegação do parlamentar de que o dinheiro arrecadado para pagar as multas dos petistas condenados na Ação Penal 470 eram legítimas e dispara críticas contra o processo de arrecadação !“ a criação de sites na internet fizeram com que José Genoino e Delúbio Soares arrecadassem, juntos, mais de R$ 1,7 milhão para quitar a dívida com a União. Em um dia, José Dirceu arrecadou quase R$ 100 mil.

No documento, ao qual o jornalista Gerson Camarotti, do portal G1 e da Globonews, teve acesso, Gilmar afirma que a ação “sabota e ridiculariza o cumprimento da pena !“ que a Constituição estabelece como individual e intransferível !“ pelo próprio apenado, fazendo aumentar a sensação de impunidade que tanto prejudica a paz social no país”. Ele exige que se “tornem públicos todos os dados relativos à s doações” para que sejam submetidos à  Receita Federal e ao Ministério Público.

Read more

No Congresso, Vargas cerra punhos em provocação a Barbosa; veja as imagens

O deputado federal André Vargas (PT-PR), vice-presidente da Câmara, cerrou os punhos em ato de provocação ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e em solidariedade aos petistas condenados no processo do mensalão — José Genoino, Delúbio Soares e José Dirceu. Vargas fez o gesto durante a sessão solene de abertura dos trabalhos … Read more

Joaquim Barbosa tira foto em Miami com empresário foragido

do Brasil 247

Circula no Facebook imagem do presidente do Supremo Tribunal Federal ao lado Antonio Mahfuz, em Miami, com a legenda: Sob a mesma luz que guiava os peregrinos no deserto! Renasce a esperança com o Justiceiro. Thanks God!!; empresário é réu em 221 processos e fugiu do Brasil há quinze anos para escapar de calotes; segundo colunista Paulo Nogueira, do DCM, seja qual for a origem da confraternização, está claro que magistrado deve uma satisfação aos brasileiros; no Twitter, Delúbio Soares, um dos condenados mais notórios da ação penal 470, também critica Barbosa: "Antônio Mahfuz: 221 processos, prisão decretada, foragido do Brasil. Em Miami, com Joaquim Barbosa, num bar".
Circula no Facebook imagem do presidente do Supremo Tribunal Federal ao lado Antonio Mahfuz, em Miami, com a legenda: Sob a mesma luz que guiava os peregrinos no deserto! Renasce a esperança com o Justiceiro. Thanks God!!; empresário é réu em 221 processos e fugiu do Brasil há quinze anos para escapar de calotes; segundo colunista Paulo Nogueira, do DCM, seja qual for a origem da confraternização, está claro que magistrado deve uma satisfação aos brasileiros; no Twitter, Delúbio Soares, um dos condenados mais notórios da ação penal 470, também critica Barbosa: “Antônio Mahfuz: 221 processos, prisão decretada, foragido do Brasil. Em Miami, com Joaquim Barbosa, num bar”.
O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, se envolveu em mais uma polêmica. Ainda sem conseguir justificar as 11 diárias financiadas pela Corte em suas férias na Europa, circula atualmente na internet uma imagem em que o magistrado aparece em Miami ao lado de um foragido da Justiça brasileira.

Barbosa aparece com Antonio Mahfuz em imagem postada no seu Facebook, com a legenda: Sob a mesma luz que guiava os peregrinos no deserto! Renasce a esperança com o Justiceiro. Thanks God!!.

Segundo Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, não haveria problema nenhum não fosse Mahfuz a chamada chave de cadeia. Ele fugiu do Brasil, há quinze anos, e deixou atrás de si copiosos calotes. Uma contabilidade recente coloca Mahfuz como réu em 221 processos!.

Read more

Vaquinha de Dirceu começa com R$ 600 mil de Delúbio

da Agência Brasil, via 247

Multado em R$ 466,8 mil pelo STF, ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares conseguiu arrecadar R$ 1.013.657,26 em campanha promovida por companheiros de partido pela internet; multa foi quitada nesta sexta-feira 31 e excedente será doado à  nova campanha, que beneficiará o ex-ministro José Dirceu, punido em R$ 960 mil; "Temos confiança de que, mais uma vez, alcançaremos o valor da multa com excedente", disse o coordenador jurídico do partido, Marco Aurélio Carvalho; sucesso da arrecadação deve-se, segundo ele, à  militância, "que respondeu de forma cívica e altiva aos excessos e provocações de Joaquim Barbosa".
Multado em R$ 466,8 mil pelo STF, ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares conseguiu arrecadar R$ 1.013.657,26 em campanha promovida por companheiros de partido pela internet; multa foi quitada nesta sexta-feira 31 e excedente será doado à  nova campanha, que beneficiará o ex-ministro José Dirceu, punido em R$ 960 mil; “Temos confiança de que, mais uma vez, alcançaremos o valor da multa com excedente”, disse o coordenador jurídico do partido, Marco Aurélio Carvalho; sucesso da arrecadação deve-se, segundo ele, à  militância, “que respondeu de forma cívica e altiva aos excessos e provocações de Joaquim Barbosa”.
O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares pagou nesta sexta-feira 31 a multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) como parte de sua condenação no processo do mensalão. Segundo o coordenador jurídico do partido, Marco Aurélio Carvalho, a compensação do pagamento deverá ser feita nos próximos dias, assim como o anexo ao processo do comprovante da guia de recolhimento da União. Como o depósito foi feito nesta sexta-feira, a Vara de Execuções Penais do Distrito Federal ainda não confirmou o recebimento do dinheiro.

Multado em R$ 466,8 mil, Delúbio conseguiu arrecadar mais de R$ 1 milhão em campanha promovida por companheiros de partido pela internet. Agora, o excedente será usado para ajudar o ex-ministro José Dirceu a pagar a multa de R$ 960 mil estipulada pelo Supremo. Delúbio e José foram condenados na Ação Penal 4700, o processo do mensalão.

Read more

Pop no PT, Delúbio arrecada mais de R$ 1 milhão para pagar multa

do Brasil 247

Vaquinha virtual criada para arrecadar doações para pagamento da multa do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, como parte da condenação na Ação Penal 470, ultrapassou em mais de 100% o valor necessário; até esta quinta-feira (30), um dia antes do vencimento da multa, foram arrecadados exatos R$ R$ 1.013.657,26; multa de Delúbio é de R$ R$ 466.888,90; esta é a segunda experiência bem-sucedida entre os petistas para pagamento das multas da AP 470; o primeiro a receber doações foi o ex-deputado José Genoino; valores excedente da arrecadação serão repassados para as multas de José Dirceu e João Paulo Cunha.
Vaquinha virtual criada para arrecadar doações para pagamento da multa do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, como parte da condenação na Ação Penal 470, ultrapassou em mais de 100% o valor necessário; até esta quinta-feira (30), um dia antes do vencimento da multa, foram arrecadados exatos R$ R$ 1.013.657,26; multa de Delúbio é de R$ R$ 466.888,90; esta é a segunda experiência bem-sucedida entre os petistas para pagamento das multas da AP 470; o primeiro a receber doações foi o ex-deputado José Genoino; valores excedente da arrecadação serão repassados para as multas de José Dirceu e João Paulo Cunha.
Faltando um dia para o prazo final de pagamento da multa da condenação na Ação Penal 470, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, arrecadou exatos R$ R$ 1.013.657,26. O valor é mais do que o dobro do que o petista necessita para pagar sua multa de R$ R$ 466.888,90. O site “Solidariedade a Delúbio” foi lançado na semana passada e se baseou na experiência do ex-presidente do PT, José Genoino (também réu na AP 470), que conseguiu angariar em poucos dias R$ 761,9 mil, cerca de R$ 94 mil a mais do que a multa devida. Genoino, inclusive, doou R$ 30 mil para Delúbio.

Delúbio cumpre pena de 6 anos e 8 meses em regime semiaberto por corrupção ativa. Ele recebeu autorização para trabalhar na CUT (Central Única dos Trabalhadores), em Brasília, como assessor da direção nacional. Os próximos a ganharem campanhas para pagar suas multas são o ex-ministro José Dirceu e o deputado João Paulo Cunha, inclusive, o valor excedente arrecadado no site de Delúbio será revertido para os outros dois petistas.

Uma das coordenadoras da página, Maria Leonor Poço Jakobsen, publicou mensagem agradecendo à s contribuições:

Read more

STF frauda erário com plano de saúde a servidores fantasmas!, diz Globo

Petistas condenados pelo STF, José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares estão presos na Papuda há um mês acusados de desvio público no famigerado mensalão; STF utiliza subterfúgios para desviar R$ 16,8 milhões dos cofres públicos; a denúncia é do insuspeito O Globo, edição deste domingo (15); a fraude consiste em inflar o número de servidores da Corte para receber mais dinheiro da União, ou seja, são criados funcionários fantasmas para tungar o erário; afinal, quem vai julgar o ministro Joaquim Barbosa?
Petistas condenados pelo STF, José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares estão presos na Papuda há um mês acusados de desvio público no famigerado mensalão; STF utiliza subterfúgios para desviar R$ 16,8 milhões dos cofres públicos; a denúncia é do insuspeito O Globo, edição deste domingo (15); a fraude consiste em inflar o número de servidores da Corte para receber mais dinheiro da União, ou seja, são criados funcionários fantasmas para tungar o erário; afinal, quem vai julgar o ministro Joaquim Barbosa?
A edição deste domingo (15) do insuspeito O Globo entrega o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa e seu antecessor, Ayres Britto, por uma fraude que vitamina o plano de saúde daquela Corte com servidores fantasmas!. A tungada já teria custado mais de R$ 16,8 milhões aos cofres públicos, segundo a reportagem do jornalista Vinicius Sassine. à‰ quase o valor do mensalão, que levou o ex-ministro José Dirceu e o ex-deputado José Genoino para a cadeia há exato um mês. Detalhe: os dois são petistas e os ministros do STF são os mocinhos! para os mais desavisados e Maria vai com as outras!. A seguir, leia a matéria via Brasil 247:

STF inflou números para levar mais verba da União

No momento em que vende para a sociedade a imagem de espada da nação e tem um presidente frequentemente cogitado como eventual presidenciável, o Supremo Tribunal Federal deveria ficar mais atento aos seus procedimentos internos. Uma reportagem do jornalista Vinicius Sassine, publicada neste domingo no jornal O Globo, revela que a instituição inflou dados do seu plano de saúde para receber mais verbas da União.

Read more

Agora é oficial: Joaquim Barbosa defenestra juiz da Papuda

do Brasil 247Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, confirmou as pressões denunciadas ontem pelo jornal Estado de S. Paulo e mandou tirar das mãos do juiz Ademar Vasconcelos, titular da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, o caso que envolve os presos da Ação Penal 470. Para o seu lugar, ele indicou o … Read more

Requião: “Houve execução midiática da pena do mensalão”; assista

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) anunciou ontem (19), no plenário do Senado, que está à  disposição do PT para subscrever qualquer pedido de esclarecimento ao Supremo Tribunal Federal sobre a prisão, no dia 15 de Novembro, de condenados no processo do mensalão!. Para o senador, houve abuso de poder na execução da pena, que se … Read more

Enio Verri, presidente do PT, responde à  coluna de Ademar Traiano

O deputado estadual Enio Verri, do PT do Paraná, indignado, enviou pedido de direito de resposta em cima da coluna do líder do governo Beto Richa na Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano, do PSDB. Como de praxe, dentro do espírito democrático, este blogueiro concede oportunidade ao PT para o exercício do contraditório. Verri … Read more

Coluna do Ademar Traiano: “Adivinha quem do PT traiu os mensaleiros que agora estão presos…”

por Ademar Traiano* A prisão dos mensaleiros é um marco positivo para o Brasil. O mensalão, que explodiu em 2005, é o maior escândalo da história da República. O que poucos sabem é que os mensaleiros foram traídos. Os mensaleiros tentam dar a prisão uma aura de martírio. José Genoíno, ex-presidente do PT, proclama ser … Read more

Juiz do TJ-DF dribla Barbosa e dá semiaberto a Genoino, Dirceu e Delúbio

do Brasil 247

Petistas condenados pelo STF, José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares devem deixar a Papuda ainda hoje rumo ao Centro de Internamento e Reeducação (CIR), dentro do mesmo complexo; informação é do Tribunal de Justiça do Distrito Federal; decisão é tomada depois de advogados dos réus protestarem contra prisões ilegais; defesa de Dirceu pediu ao STF que garantisse o regime semiaberto; já o advogado de Genoino afirmou que a vida de seu cliente, que está doente, "está nas mãos de Joaquim Barbosa", presidente do Supremo.
Petistas condenados pelo STF, José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares devem deixar a Papuda ainda hoje rumo ao Centro de Internamento e Reeducação (CIR), dentro do mesmo complexo; informação é do Tribunal de Justiça do Distrito Federal; decisão é tomada depois de advogados dos réus protestarem contra prisões ilegais; defesa de Dirceu pediu ao STF que garantisse o regime semiaberto; já o advogado de Genoino afirmou que a vida de seu cliente, que está doente, “está nas mãos de Joaquim Barbosa”, presidente do Supremo.
Os petistas presos no Complexo Penitenciário da Papuda devem ser transferidos ainda nesta segunda-feira 18 para cumprir suas penas sob regime semiaberto, informou o Tribunal de Justiça do Distrito Federal. O ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares estão desde sábado 16 sob regime fechado. Eles irão agora para o Centro de Internamento e Reeducação (CIR), que também fica no Complexo da Papuda.

A decisão foi tomada pelo titular da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Ademar de Vasconcelos, depois que os advogados dos réus apontaram ilegalidade nas prisões, determinadas pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa. Segundo a defesa de Dirceu, que pediu hoje ao Supremo que garantisse o regime semiaberto, o mandado de prisão de Barbosa expedido na sexta-feira 15 não especificava o regime.

Já os advogados de Genoino alegaram que o réu estava doente e pediram para que pudesse cumprir sua pena em regime domiciliar. “A vida de Genoino está nas mãos de Joaquim Barbosa”, disse hoje o advogado Luiz Fernando Pacheco, em entrevista à  Rádio Estadão (ouça aqui). O líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE), que é irmão de Genoino, disse que a família irá responsabilizar o ministro pelo que acontecer ao réu.

Leia abaixo reportagem da Agência Brasil sobre o parecer enviado ao tribunal pela defesa de Dirceu:

Read more

Sob forte comoção de militantes, PT faz reunião histórica

do Brasil 247

Como um partido político deve se comportar diante do que já se reconhece como prisões ilegais e humilhantes de três de suas figuras históricas?; é o que a direção do PT vai responder hoje, durante reunião do Diretório Nacional; será a primeira do reeleito presidente Rui Falcão; vitorioso na semana passada com 70% dos votos diretos dos militantes, ele vai mediar o tamanho da solidariedade que o partido emprestará aos seus ex-presidentes José Dirceu e José Genoíno, e ao ex-tesoureiro Delúbio Soares; desagravo deve incluir crítica forte a presidente do STF, Joaquim Barbosa, que transformou regimes semiabertos em prisões fechadas; mas haverá cobrança sobre Lula e a presidente Dilma?; partido pode ir à s ruas mostrar indignação?
Como um partido político deve se comportar diante do que já se reconhece como prisões ilegais e humilhantes de três de suas figuras históricas?; é o que a direção do PT vai responder hoje, durante reunião do Diretório Nacional; será a primeira do reeleito presidente Rui Falcão; vitorioso na semana passada com 70% dos votos diretos dos militantes, ele vai mediar o tamanho da solidariedade que o partido emprestará aos seus ex-presidentes José Dirceu e José Genoíno, e ao ex-tesoureiro Delúbio Soares; desagravo deve incluir crítica forte a presidente do STF, Joaquim Barbosa, que transformou regimes semiabertos em prisões fechadas; mas haverá cobrança sobre Lula e a presidente Dilma?; partido pode ir à s ruas mostrar indignação?
O tamanho da solidariedade do PT a seus ex-presidentes José Dirceu e José Genoíno e ao ex-tesoureiro Delúbio Soares vai ser dada nesta segunda-feira 18, ao longo do dia, na reunião do Diretório Nacional do partido. Será a primeira sob o comando do reeleito presidente Rui Falcão, que obteve 70% dos votos dos cerca de 400 mil militantes que participaram da eleição direta.

A transformação, na prática, do regime de prisão semiaberto para fechado aos dirigentes históricos do PT deve provocar uma reação forte na cúpula do partido. No desagravo aguardado pelos observadores, o Diretório Nacional não deve poupar ataques ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, cujos termos da decretação das prisões levaram ao que a Comissão de Direitos Humanos da OAB chamou de “espetacularização” das prisões, que teriam virado “linchamentos”.

Read more

Advogados de réus do mensalão vão arguir impedimento de Barbosa

O blog obteve informação no começo desta segunda (18) que advogados dos 12 réus da Ação Penal 470 — ou mensalão, como quer a velha mídia — fazem intensa troca de informações sobre o cumprimento de sentenças determinado pelo ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o feriadão da República. Os causídicos … Read more

Mídia e Barbosa fazem espetáculo com prisões de réus da AP 470

A espetacularização nas prisões dos réus na AP 470 (mensalão, segundo a velha mídia) neste feriadão já estava no script. Seguiu o ‘modus operandi’ do julgamento no STF, de Joaquim Barbosa, que foi televisionado durante 4 meses em pleno processo eleitoral de 2012. Barbosa deu ontem (15) marcha à  ré na história do Brasil ao … Read more

Limpinhos do PPS indignados com o STF: “o crime compensa”

Deputado federal Rubens Bueno, líder do PPS, o partido do voto limpo!, criticou duramenteo o Supremo Tribunal Federal, nesta quarta, pela decisão de oportunizar um novo julgamento aos réus do mensalão; A sensação é de impunidade, que o crime compensa no país!, esbraveja o parlamentar limpinho.  Foto: Nani Gois.
Deputado federal Rubens Bueno, líder do PPS, o partido do voto limpo!, criticou duramenteo o Supremo Tribunal Federal, nesta quarta, pela decisão de oportunizar um novo julgamento aos réus do mensalão; A sensação é de impunidade, que o crime compensa no país!, esbraveja o parlamentar limpinho. Foto: Nani Gois.
O líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno, afirmou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (18), de oferecer uma nova chance de julgamento aos condenados no processo do mensalão reforça a sensação de impunidade no país e deixa a sociedade brasileira ainda mais perplexa.

O crime compensa. Esse é pensamento que toma conta da sociedade brasileira neste momento em que o Supremo acaba de garantir um novo julgamento para os mensaleiros. A decisão é um duro golpe contra a credibilidade da Justiça, que havia renascido com a condenação dos membros da quadrilha, no ano passado. A admissão dos embargos infringente reforça a sensação de impunidade para os corruptos!, lamentou o deputado do partido do “voto limpo”.

Read more

Homem do desempate no STF, Celso Melo indica que não cederá à  pressão da mídia

do Brasil 247

Abordado por jornalistas ao sair da sessão em que só não votou em razão de uma chicana conduzida pela ala acusatória do Supremo Tribunal Federal, decano da corte, Celso de Mello, afirma que já firmou convicção sobre a admissibilidade dos embargos infringentes e manifestou sua posição em agosto do ano passado, favorável aos recursos (assista o vídeo); perguntado sobre se seu entendimento pode evoluir, ele foi claro: "acho que não evolui"; nos próximos dias, no entanto, ele será alvo de intensa pressão para que mude seu voto e negue aos réus a possibilidade de um recurso sempre aceito no STF.
Abordado por jornalistas ao sair da sessão em que só não votou em razão de uma chicana conduzida pela ala acusatória do Supremo Tribunal Federal, decano da corte, Celso de Mello, afirma que já firmou convicção sobre a admissibilidade dos embargos infringentes e manifestou sua posição em agosto do ano passado, favorável aos recursos (assista o vídeo); perguntado sobre se seu entendimento pode evoluir, ele foi claro: “acho que não evolui”; nos próximos dias, no entanto, ele será alvo de intensa pressão para que mude seu voto e negue aos réus a possibilidade de um recurso sempre aceito no STF.
Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, estava preparado para proferir seu voto na sessão desta quinta-feira. Só não o fez em razão de uma chicana liderada pela ala acusatória da suprema corte. Na sessão de ontem, o presidente da corte, Joaquim Barbosa, encerrou os trabalhos à s 18h. Hoje, também antecipou o fim alegando que haveria sessão do Tribunal Superior Eleitoral. Foi ajudado pelos ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello, que proferiram votos extensos, de modo a impedir que o decano pudesse falar. O objetivo é submetê-lo a uma pressão intensa dos meios comunicação. De hoje até a quarta-feira, quando os embargos infringentes serão julgados, há tempo para capas de Veja e à‰poca e diversos editoriais de jornais, como O Globo. A aposta dos que querem negar aos réus um direito de defesa antes consagrado no STF é que Celso de Mello não suportará a pressão midiática (leia mais aqui).

Hoje, essa pressão se manifestou pela primeira vez, na saída da sessão, quando um jornalista perguntou ao decano se sua posição pode evoluir. “Acho que não evolui. Será que evolui?” Ele lembrou aos jornalistas que cuidou especificamente do tema em agosto do ano passado. Na ocasião, quando se discutia o desmembramento do processo do mensalão, ele foi favorável a esse tipo de recurso. “Eu não posso antecipar voto algum, este não é o momento, mas já preparei meu voto, como lhes falei. Ouvi todos os lados, li os memoriais redigidos por advogados […]. Li os memoriais da eminente procuradora-geral da República e todos os votos bem fundamentados que foram pronunciados na sessão anterior e na sessão de hoje”, disse, emendando que “tenho minha convicção já formada e vou expô-la na próxima quarta-feira”.

Read more