1 de setembro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Lula se vê vítima da concentração da velha mídia. Regulação já?

do Brasil 247

lula_midiaNum texto postado em sua página no Facebook, o ex-presidente Lula se colocou como vítima da excessiva concentração da mídia no Brasil. “Quando você vê uma notícia em vários lugares, tem certeza de que não são todos o mesmo?”, questionou Lula, em sua página no Facebook, ao se referir ao modo como a denúncia de Época, sobre a construção do Porto de Mariel, em Cuba, foi repercutida em outros programas e veículos da Globo, como Jornal Nacional, jornal O Globo e CBN, por exemplo.

Em paralelo, um professor da Universidade de Brasília, Venício Lima, pretende usar o ranking de bilionários da revista Forbes, para defender a democratização dos meios de comunicação.

Leia, abaixo, nota do Instituto Lula:

Organizações Globo inflam pretensa denúncia contra Lula Leia mais

16 de agosto de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Tese do “PIG Amigo” foi por terra. Globo convoca “Fora Dilma”

dilma_impeachment_globoDesde as 9 horas da manhã deste domingo (16) a TV Globo faz chamadas das manifestações contra a presidenta Dilma Rousseff e o PT. ... 

Leia mais

5 de março de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Lei Requião!: Cunha se compromete a votar na Câmara projeto que garante direito de resposta na imprensa

cunha_requiao.jpgO presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quinta-feira (5), telefonou para o senador Roberto Requião (PMDB-PR) para informá-lo que colocará em votação, em breve, o projeto que garante direito de resposta automático! na imprensa brasileira.

A “Lei Requião”, aprovada em setembro de 2013 no Senado, garante a todos os brasileiros o direito de responder, nos meios de comunicação, com o mesmo destaque da notícia original, quando vítimas de notícias não verdadeiras, distorcidas ou ofensivas.

Pela manhã, Cunha telefonou para cumprimentar o correligionário paranaense que hoje completa 74 anos. Requião teria pedido de “presente de aniversário” a votação de seu projeto de direito de resposta, que repousa na Câmara há quase dois anos.

Na época da aprovação do projeto no Senado, Requião argumentou que desde abril de 2009, quando, em boa hora, o Supremo Tribunal Federal extinguiu a chamada “Lei de Imprensa”, uma das últimas “heranças” da ditadura militar (1964-1985), o país não contava com uma legislação que disciplinasse o assunto!. Ele afirmara que seu projeto preenche este vazio.

Leia a íntegra do projeto aprovado pelo Senado, que agora vai ao plenário da Câmara: Leia mais

24 de novembro de 2014
por Esmael Morais
35 Comentários

Cotado para o Ministério das Comunicações, Requião defende no Senado a regulação da mídia

requiao_lei_meios.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR) defendeu nesta segunda-feira, 24, no plenário, a regulação da grande mídia nacional, hoje monopolizada por algumas poucas famílias.

Ao discorrer sobre partidarização da mídia nas eleições de 2014, o parlamentar, que é cotado para assumir o Ministério das Comunicações, classificou-a como “hipócrita”:

“Melhor fosse que assumissem limpidamente apoio à s candidaturas conservadoras, pelas quais torcem e distorcem. Seria mais digno, mais decente, do que ficarem brandindo indevidamente a bandeira da liberdade de imprensa, cada vez que se aponte a sua nudez, as suas vergonhas expostas.”

Assista ao vídeo:

Para Requião, a mídia monopolista está a serviço de interesses que contrariam a soberania nacional, os direitos dos trabalhadores e o combate à  corrupção.

Segundo ele, países com o os Estados Unidos e a Inglaterra adotam legislações que impedem a propriedade cruzada dos meios de comunicação, que tende ao controle da informação por um pequeno grupo de interesses.

Abaixo, leia a íntegra do discurso: Leia mais