Rede Massa recua e não divulga pesquisa ‘mandrake’ DataRatinho

ratinho_ney_mandrakeNa semana que passou o instituto de Pesquisas Datacenso — também conhecido como DataRatinho — “realizou” um levantamento sobre a disputa pela Prefeitura de Curitiba a soldo da Rede Massa (SBT). O diabo é que a sondagem parece não ter sido feita de fato, isto é, tratou-se de uma pesquisa ‘mandrake’.

Quem ganha e quem perde com o 1º Ibope sobre a corrida pela Prefeitura de Curitiba

candidatos_ibope_2016O Blog do Esmael fez um rápido levantamento sobre quem ganha e quem perde com a 1ª pesquisa Ibope, divulgada ontem (11) à noite pela Rede Massa (SBT). Segundo o instituto, há um empate técnico dentro da margem de erro de três pontos na corrida pela Prefeitura de Curitiba. Greca tem 21%, Fruet aparece com 18% e Requião Filho surge com 16%.

Justiça libera 1ª pesquisa do Ibope sobre a disputa pela Prefeitura de Curitiba

ibope_curitibaO juiz João Luiz Manassés de Albuquerque Filho, do TRE, indeferiu pedido de liminar do PROS para suspender a 1ª pesquisa do Ibope sobre a corrida pela Prefeitura de Curitiba.

1ª pesquisa Ibope sobre a disputa em Curitiba traz erro insanável, conforme registro no TSE

ratinho_greca_ney_fruetA primeira sondagem do Ibope sobre a corrida pela Prefeitura de Curitiba traz erro insanável, de acordo com análise do Blog do Esmael.

O instituto não tomou o devido cuidado ao registrar a pesquisa PR-05852/2016 no TSE, pois considera o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior, do PSD, como candidato a prefeito.

Rede Massa (SBT) contratou pesquisa Ibope sobre a disputa em Curitiba

ratinho_ney_greca_ducciO Ibope trocou de parceiro no Paraná. Agora assina as sondagens da Rede Massa (SBT). Historicamente, até as eleições 2014, o instituto vinha sendo parceiro da RPC/Gazeta do Povo (Globo).

Corvo não come corvo: nada na mídia sobre contas secretas da Globo e Ratinho em paraíso fiscal

globo_ratinhoHá uma máxima segunda a qual corvo não come corvo. É a expressão da verdade, pois uma reportagem do jornalista Fernando Rodrigues, do UOL, mostra que pelo menos 14 empresários e diretores de empresas de mídia, seus parentes ou jornalistas têm relação com offshores criadas pela firma panamenha de advocacia Mossack Fonseca. Trata-se do caso Panamá Papers, repercutido mundialmente — menos no Brasil devido ao monopólio da mídia. Dentre os listados com contas secretas em paraíso fiscal estão a família Marinho, o apresentador Ratinho, dentre outros barões da mídia. Abaixo, leia a íntegra:

Após chamar Richa de “bandido”, Ney Leprevost é aclamado pelo PSD à Prefeitura de Curitiba

richa_ratinho_leprevost

O deputado estadual Ney Leprevost foi reconduzido ontem (12) à noite, por mais três anos, à presidência do PSD de Curitiba. O partido o aclamou duas semanas após a tumultuada sessão da Assembleia, no dia 29 de abril, que aprovou o confisco da previdência dos servidores enquanto ocorria o massacre dos professores. Naquela fatídica tarde de cães e bombas, o parlamentar xingou o governador Beto Richa (PSDB) de “bandido” e “covarde” (relembre) — sinalizando rompimento oficial com o Palácio Iguaçu.

Os mais de 300 convencionais do PSD foram surpreendidos pela presença do deputado licenciado Ratinho Júnior, chefe do PSC, que é secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU).

A comparência do roedor no evento do “oposicionista” e baluarte da luta dos professores deu-se no mesmo dia em que veio à tona que a RPC TV — concorrente da Rede Massa — recebeu mais dinheiro de propaganda para o governo do PSDB defender o confisco da poupança previdenciária.

Será que a fidelidade canina da Rede Massa não foi reconhecida e recompensada à altura pelo Palácio Iguaçu?

Responda: ‘E daí, foi bom pra você?’

Bom exemplo: Agredidos por Richa, professores exigem direito de resposta na velha mídia do Paraná

Veja essa: Richa esperou o leão! virar as costas para cantar de galo! contra os professores; assista ao vídeo

Ratinho cria versão masculina de Rachel Sheherazade no Paraná; assista

Apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, criou no Paraná uma versão masculina da polêmica jornalista Rachel Sheherazade ao ampliar o espaço em sua emissora no estado, a Rede Massa, para o comentarista Paulo Martins; âncora Sheherazade foi alvo de campanha na internet e representação na Procuradoria Geral da República pelo crime de apologia e incitamento à  tortura e ao linchamento; chamado de Sheherazade das Araucárias! e considerado extrema-direita, Martins tem apavorado a esquerda, em geral, e os petistas, em particular, contra quem espezinha manhã e noite nos telejornais da afiliada do SBT; assista aos vídeos de Martins.
Apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, criou no Paraná uma versão masculina da polêmica jornalista Rachel Sheherazade ao ampliar o espaço em sua emissora no estado, a Rede Massa, para o comentarista Paulo Martins; âncora Sheherazade foi alvo de campanha na internet e representação na Procuradoria Geral da República pelo crime de apologia e incitamento à  tortura e ao linchamento; chamado de Sheherazade das Araucárias! e considerado extrema-direita, Martins tem apavorado a esquerda, em geral, e os petistas, em particular, contra quem espezinha manhã e noite nos telejornais da afiliada do SBT; assista aos vídeos de Martins.
O apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, criou no Paraná uma versão masculina da polêmica jornalista Rachel Sheherazade ao ampliar o espaço em sua emissora no estado, a Rede Massa, do comentarista Paulo Martins.

Sheherazade foi alvo de campanha na internet e representação na Procuradoria Geral da República pelo crime de apologia e incitamento à  tortura e ao linchamento.