24 de dezembro de 2017
por esmael
5 Comentários

Por que o “indulto” a Youssef não chocou?

O doleiro Aberto Youssef ganhou a liberdade no dia 17 de novembro do ano passado, depois de 2 anos e oito meses, apesar de condenado a 121 anos e 11 meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro.

8 de junho de 2017
por esmael
8 Comentários

Jatinho da JBS complica Temer. Empréstimo de aeronave levou André Vargas à prisão

A carona que Michel Temer e família pegaram nas asas de um jatinho do empresário Joesley Batista, delator da Lava Jato, é o “batom na cueca” que faltava para comprovar a relação promíscua entre o agente público e o agente delinquente.

20 de agosto de 2016
por esmael
14 Comentários

Lewandowski dá uma de “leitão vesgo”: um olho no impeachment e outro no aumento do salário dos juízes

lewandowski_leitao_vesgoO presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, para usar uma expressão do ex-deputado André Vargas, está dando uma de “leitão vesgo*” que mama numa teta de olho noutra. Ou seja, o magistrado põe um olho no golpe contra Dilma Rousseff e outro no aumento do salário para os ministros do STF.

31 de Maio de 2016
por esmael
4 Comentários

Arquivo: Richa sempre foi Dilma no Paraná

dilma_richa_outdoor

Há quase quatro anos, na eleição municipal de 2012, o governador do Paraná, tucano Beto Richa, era mais Dilma Rousseff que o próprio PT. Distribuiu outdoors pelo estado fazendo inveja até mesmo para o então deputado petista André Vargas.

30 de dezembro de 2015
por admin
4 Comentários

Coluna do Rafael Greca: 2016, Ano Novo ou tudo de novo?

Downlaod áudio

Rafael Greca*

Proponho aos curitibanos como resolução de Ano Novo seguir a lição das Araucárias, as árvores cujas sementes dão nome a cidade de Curitiba, “muito pinhão” em tupi.

Poucos sabem que os pinhões que frutificarão no próximo ano, a partir de abril, começaram a se formar há três anos, gestados nas ramas altas das araucárias. Assim também é o processo de Consciência política.

Cada geração carrega consigo a experiência, as alegrias e as dores da geração anterior. Cada ano precisamos aprender com as lições – mesmo as mais amargas – do ano que passou.

E assim também acontece com as eleições. Cada eleição se faz com a Consciência, ou a Inconsciência, da última eleição. É imperioso cultivarmos a boa Consciência, o senso de Justiça.

Curitiba é a capital da Operação Lava Jato, que espantou o Brasil este ano, derrubando os poderosos de seus tronos, colocando no presídio de Pinhais, empresários e políticos, notórios corruptos — ainda que não todos.

2015 foi um ano duro e difícil. Em Curitiba, 2015 começou com a desintegração da RIT, Rede Integrada de Transporte Metropolitano, desmanche da obra urbanística que permitia às pessoas irem e virem, entre a capital e a Região Metropolitana, pagando uma só passagem em múltiplos trajetos.

Espantou, em véspera de Carnaval, com os Deputados Estaduais, pró Beto Richa, seguindo para votação em camburão policial, sob vexaminosa vaia da multidão de funcionários públicos tungados.

2015 prosseguiu com o fechamento da FAS-SOS, o espaço da Prefeitura para resgate social, Socorro aos Necessitados, na rua Conselheiro Laurindo.

Fato que promoveu a caótica situação de 4 mil moradores de rua, pernoitando dentro das estações tubo, sob marquises, ou abandonados na umidade das calçadas desta chuvosa Curitiba.

Explodiu, a 29 de abril, com i

11 de dezembro de 2015
por esmael
8 Comentários

André Vargas estuda fazer ‘delação premiada’ para atingir Cunha

cunha_vargasO ex-vice presidente da Câmara, André Vargas (sem partido), preso em abril na 11ª fase da Lava Jato, fez chegar a Brasília a informação de que fará ‘delação premiada’ se continuar abandonado pelos ex-correligionários. “Do Natal não passa”, foi o recado dado.

Segundo a versão que circula nos bastidores da política, o alvo da delação seria o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-R), que teria prometido ajuda a Vargas, e “setores do PT”. Ambos não cumpriram com o combinado.

Cunha também é denunciado na Lava Jato, porém, por possuir imunidade, seu processo corre no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é acusado de receber propina da Petrobras. No entanto, a corte ainda não o transformou em réu.

O Blog do Esmael entrevistou o advogado João Graça, que representa Vargas. O defensor jurou desconhecer qualquer iniciativa de deleção premiada, mas também disse “não duvidar” que isso passe pela cabeça de seu cliente.

7 de outubro de 2015
por admin
14 Comentários

Coluna do Rafael Greca: Mais Curitiba, menos Brasília

Download

Rafael Greca*

Quem inventou esta inominável dependência curitibana de Brasília? Não fui eu nem foi você. Quem colocou Curitiba na vala comum do pires na mão? Não fui eu nem foi você.

Que raios de discurso é este? Curitiba antes modelo, vai mesmo aceitar calada o título de cidade modelada? Não, mil vezes não. Não foi para isso que você deu o seu voto.

Curitiba está travada, imobilizada. Fruet faz Prefeitura sem frutos, infrutífera; resultado de suas escolhas calculistas e apostas políticas frustadas.

Chegou ao poder bafejado pelos ventos do PT, impulsionado pelos investimentos de Gleisi Hofmann, Paulo Bernardo, Angelo Vanhoni, André Vargas, os grandes escritórios de Brasília, as empresas empreiteiras então íntimas dos sorridentes poderosos do Planalto.

Havia uma expectativa de que os lucros da Copa e programas como “PAC”, “Minha Casa Minha Vida” e o Metrô (lançado aqui três vezes com a presença da presidente Dilma Rousseff), irrigassem as finanças curitibanas.

Em 2012, Ducci e Fruet celebraram o acordo dessa dependência. Chegaram a disputar nos tribunais o direito de ter o sorriso de Dilma nos seus tristonhos programas eleitorais. Hoje, a realidade mudou. Agora tentam se descolar da imagem que eles mesmo colaram, enquanto queimavam o filme.

A recessão/depressão está nas ruas. É visível na cena inaceitável do abandono social, em doentes deambulando pelas marquises dos prédios, traficantes e drogados — travestidos de moradores de rua — ameaçando o direito de ir e vir dos transeuntes e a paz social urbana.

Estamos esperando o Metrô, sentados à beira dos caminhos, nas filas do transporte coletivo desintegrado, com 183 ônibus de vida útil vencida. Na última quinta-0feira, 1º de outubro, às 13 horas, vi o incêndio de um ônibus alimentador do Bacacheri, na avenida Erasto Gaertner,em frente ao Sindacta. Aterrador.

A danosa desintegração do transporte público também faz mal à qualidade de vida do povo trabalh

14 de julho de 2015
por esmael
8 Comentários

“Leitão Vesgo”, marido da vice, critica governo Beto Richa; ouça o áudio

ricardo_barrosO deputado federal Ricardo Barros (PP), conhecido nos bastidores da política paranaense como “Leitão Vesgo”, fez duras críticas ao segundo mandato do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

14 de julho de 2015
por esmael
33 Comentários

‘Lava Jato pegou gato lustroso no Paraná’, informa senador Requião

requiao_twitterO senador Roberto Requião (PMDB), no Twitter, informa que a Operação Lava Jato pegou pelo rabo um gato lustroso no Paraná. Sem citar nome, o parlamentar peemedebista olha em direção ao Palácio Iguaçu, sede do governo do estado, no Centro Cívico. Leia mais

13 de julho de 2015
por esmael
36 Comentários

Vazamento de depoimento de Youssef causa pânico no governo Beto Richa

beto_richa

O Palácio Iguaçu está em polvorosa e o Centro Cívico tremeu nesta segunda-feira (13) com o vazamento de depoimento do doleiro Alberto Youssef, delator da Operação Lava Jato.

O que era apenas uma hipótese na semana passada agora é concreto: o delator entregou meio Palácio Iguaçu e integrantes do 1º escalão à Procuradoria Geral da República, na última quinta-feira, dia 9 de julho.

9 de julho de 2015
por esmael
29 Comentários

Lava Jato “arromba” porta do Palácio Iguaçu; tucano alvo é Beto Richa

Richa_Youssef_MoroEm abril passado o Blog do Esmael anotou que a operação Lava Jato havia batido na porta do Palácio Iguaçu, sede do executivo paranaense, ao citar reportagem do jornal Gazeta do Povo sobre o envolvimento de empresas do governo Beto Richa (PSDB) com o ex-deputado André Vargas (sem partido), preso há três meses. Leia mais

17 de Abril de 2015
por esmael
17 Comentários

Primo de Richa é investigado por compra de fazenda com dinheiro suspeito de corrupção

FRAME1

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público do Paraná, investiga a compra de uma fazenda pelo lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), no município de Assaí, Norte do estado.

Segundo fontes do Blog do Esmael no município, o parente do governador comprou através da empresa KLM Empreendimentos 10 alqueires de terra com a ajuda do prefeito cidade, Luiz Alberto Vicente, conhecido como Mestiço. Ele tinha procuração de Abi para atuar entre as duas partes (do comprador e do vendedor).

De acordo com certidão de registro de imóvel, de 6 de abril último, as terras foram adquiridas R$ por 200 mil (veja documento datado de novembro de 2013). Mas, conforme moradores da localidade, a fazenda valeria ao menos R$ 1 milhão.

O Gaeco investiga se a área foi comprada com dinheiro de propina na Receita Estadual. A propriedade seria usada para a construção de casas populares.

Coincidentemente, Mestiço foi diretor-presidente do Deto (Departamento de Transporte Oficial), que administra os veículos do governo do estado, por indicação de Luiz Abi.

Outra coincidência: o ex-deputado André Vargas é natural de Assaí, que fica na região metropolitana de Londrina.

Nesta sexta-feira (17), veio à tona que a operação Lava Jato bateu forte na porta do governo Beto Richa. Empresas públicas do estado fizeram negócios de R$ 18 milhões com o ex-vice-presidente da Câmara.

Leia a íntegra do registro do imóvel:

17 de Abril de 2015
por esmael
24 Comentários

Investigações da Lava Jato batem na porta do governo Beto Richa

lavajato_richaReportagem de Amanda Audi, no jornal Gazeta do Povo, edição desta sexta-feira (17), afirma que o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, investiga negócios entre o ex-deputado André Vargas (sem partido), preso há uma semana, com empresas e órgãos estaduais do governo Beto Richa (PSDB). Leia mais

10 de Abril de 2015
por esmael
8 Comentários

Nova fase da Lava Jato investiga fraudes em contratos da Saúde e da Caixa

da Agência Brasil

vargas_pf_londrinaA 11ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada na manhã de hoje (10) pela Polícia Federal, investiga a existência de um esquema criminoso de fraude em contratos de publicidade do Ministério da Saúde e da Caixa Econômica Federal. Segundo a PF, as novas investigações revelam que o deputado cassado André Vargas (sem partido-PR) é suspeito de receber propina da agência de publicidade Borghierh Lowe Propaganda e Marketing Ltda., responsável pelas contas publicitárias do banco estatal e do Ministério da Saúde.
Saiba Mais

Nova fase da Lava Jato prende três ex-deputados

10 de dezembro de 2014
por esmael
20 Comentários

Marcelo Almeida, dono de pedágio, assume cadeira de André Vargas

vargas_almeida.jpgO empresário Marcelo Almeida (PMDB), multibilionário herdeiro da empreiteira CR Almeida e de praças de pedágio, assume a cadeira com a cassação de André Vargas (sem partido, ex-PT). Em 2014, ele declarou à  Justiça Eleitoral bens no valor de R$ 740 milhões. Leia mais

25 de novembro de 2014
por esmael
24 Comentários

Teori cobra explicações de Moro sobre deputados na Operação Lava Jato

do Brasil 247

teori

Os rumos da Operação Lava Jato nos meandros jurídicos podem mudar rapidamente. O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, acaba de mandar um questionamento oficial ao juiz Sergio Moro, que julga a Operação Lava Jato, com uma dúvida do advogado Fabio Tofic Simantob. O defensor do empreiteiro Gerson Almada, vice-presidente da Engevis, sensibilizou Teori com sua indagação a respeito da presença de deputados entre os envolvidos na Operação Lava Jato.

Dada a presença de parlamentares, que têm foro judicial privilegiado, o caso teria de sair da Vara Federal de Curitiba, comandada por Moro, para ‘subir’ diretamente ao STF, onde ganharia nova dinâmica processual. Os deputados envolvidos até agora na denúncia de recebimento de propinas são André Vargas (sem partido-PR) e Luiz Argôlo (SSD-BA).

O jornalista Paulo Moreira Leite, em seu blog no 247, noticiou no mês passado que a situação poderia provocar uma transferência do processo da Lava Jato, de resto, como manda a lei. Com o objetivo de evitar perder o controle sobre o processo, o juiz Sergio Moro tem orientado delatores premiados como o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Yousseff a não citar personagens como ministros, governadores e parlamentares em seus depoimentos, exatamente porque eles têm foro privilegiado e causaria, com isso, o mesmo movimento de fuga do processo das mãos de Moro.

11 de novembro de 2014
por esmael
13 Comentários

CCJ da Câmara nega recurso e cassação de André Vargas vai a Plenário

via Agência Câmara

vargas

Por votação simbólica, a Comissão de Constituição e Justiça de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou hoje o parecer do deputado Sergio Zveiter (SD-RJ) contra o recurso do deputado André Vargas (PT-PR) que tentava reverter a recomendação de cassação do seu mandato feita pelo Conselho de à‰tica. Leia mais

29 de outubro de 2014
por esmael
6 Comentários

CCJ da Câmara se reúne hoje para votar recurso de André Vargas

via Agência Câmara

vargas.jpg

A reunião da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) reúne-se hoje para votar recurso do deputado André Vargas (PT-PR) contra a decisão do Conselho de à‰tica que recomendou a perda do seu mandato. O conselho considerou que as relações entre Vargas e o doleiro Alberto Youssef violaram as normas de decoro parlamentar. A reunião estava inicialmente marcada para ontem, mas foi cancelada, pela terceira vez, por falta de quórum. Leia mais