10 de abril de 2014
por Esmael Morais
35 Comentários

André Vargas: “Não tive direito à  defesa. Fui massacrado pela mídia. Vou provar minha inocência”

Deputado André Vargas (PT-PR), em entrevista ao Blog do Esmael, afirmou que provará sua inocência no Conselho de à‰tica da Câmara; "Eu não tive direito à  defesa, até agora fui massacrado pela mídia. Vou provar a minha inocência", disse; Vargas contou que renunciou à  vice, na segunda-feira (7), para preparar-se para o contra-ataque; "A verdade prevalecerá. Ainda não tive o direito à  defesa, mas, adianto, vou exercê-lo na plenitude. A casa vai cair para alguns"; o petista tranquilizou os leitores deste blog: "terça eu volto escrever [a coluna semanal sobre poder e socialismo]".

Deputado André Vargas (PT-PR), em entrevista ao Blog do Esmael, afirmou que provará sua inocência no Conselho de à‰tica da Câmara; “Eu não tive direito à  defesa, até agora fui massacrado pela mídia. Vou provar a minha inocência”, disse; Vargas contou que renunciou à  vice, na segunda-feira (7), para preparar-se para o contra-ataque; “A verdade prevalecerá. Ainda não tive o direito à  defesa, mas, adianto, vou exercê-lo na plenitude. A casa vai cair para alguns”; o petista tranquilizou os leitores deste blog: “terça eu volto escrever [a coluna semanal sobre poder e socialismo]”.

O deputado licenciado André Vargas (PT-PR) conversou há pouco com o Blog do Esmael sobre as rajadas que vêm recebendo da mídia nas últimas semanas. Segundo ele, os vazamentos de mensagens de texto “parciais” e “ilegais”, até agora, serviram para linchá-lo sem direito à  defesa. ... 

Leia mais