25 de Maio de 2018
por editor
Comente agora

Moro diz que Lula também tirou fotos com tucanos; seria inveja?

Para justificar suas badalações ao lado do ex-prefake de São Paulo, João Doria, além das fotos com Aécio Neves e outros tucanos de alta plumagem, o juiz Sérgio Moro afirmou que Lula também já foi fotografado com políticos do PSDB. Essa foi a resposta dada pelo magistrado que condenou Lula sem provas ao pedido de suspeição feito pela defesa do ex-presidente. Leia mais

22 de Maio de 2018
por editor
Comente agora

Defesa de Lula pede suspeição de Moro por suas relações com João Doria

Os advogados de defesa do ex-presidente Lula apresentaram ao Juiz Sérgio Moro uma exceção de suspeição pelas suas relações com o ex-prefeito de São Paulo, e pré-candidato a governador, João Doria Jr (PSDB). A petição lembra os diversos eventos em que Moro esteve junto com Dória e como o tucano usou as relações com o juiz federal para fazer campanha. Leia mais

21 de Maio de 2018
por Redacao
Comente agora

Lava Jato: PGR ignora denúncia de Tacla Durán há 167 dias

Nesta segunda-feira (21) completaram-se 167 dias da representação que os deputados Carlos Zarattini (PT-SP), então líder da bancada na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), atual líder, Paulo Teixeira (PT-SP) e Wadih Damous (PT-RJ) protocolaram junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) para cobrar investigação acerca das denúncias do ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Durán, sobre irregularidades no âmbito da operação Lava Jato.

Após a representação, protocolada no dia 5 de dezembro, os parlamentares foram recebidos no dia 28 de fevereiro pelo subprocurador-geral da República Carlos Alberto Vilhena. Na ocasião, os petistas anexaram mais documentos e denúncias à peça inicial. E no dia 2 de maio, decorridos 148 dias do protocolo da representação, Pimenta, Teixeira e Damous foram recebidos em audiência pela Procuradora-Geral Raquel Dodge, que se mostrou surpresa quanto à representação dos parlamentares e pediu uma semana para apresentar uma resposta com as providências tomadas pelo órgão. Leia mais

16 de Maio de 2018
por editor
Comente agora

Badalação com tucano em NY é ‘bobagem’, diz Moro

O Juiz Federal Sérgio Moro tentou minimizar a reação a sua badalação com o ex-prefake João Doria Jr. em Nova Iorque. “Estou num evento social e tiro uma foto, isso não significa nada. É uma bobagem isso”; disse o Juiz que, como uma subcelebridade tipo ex-BBB, persegue os flashes mundo afora. Leia mais

16 de Maio de 2018
por editor
Comente agora

Moro é o juiz de ‘estimação’ dos tucanos?

Mais uma vez o juiz federal Sérgio Moro deixou-se fotografar em um evento festivo ao lado de políticos do PSDB. Foi num jantar da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Desta vez, ao lado do ex-prefeito de São Paulo, João Doria. O jantar foi nesta terça (15) e as fotos circulam livremente pelas redes sociais. Assim como foi com Aécio Neves, José Serra e outros, Moro não faz nenhuma questão de disfarçar o afeto que tem pelos tucanos. Leia mais

25 de Abril de 2018
por editor
Comentários desativados em Lula questiona novo adiamento no julgamento de Moro no CNJ

Lula questiona novo adiamento no julgamento de Moro no CNJ

O twitter do ex-presidente Lula questionou hoje (25) o novo adiamento no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) do julgamento do Juiz Sérgio Moro. O caso refere-se ao grampo telefônico ilegal de Moro contra a então presidenta Dilma Rousseff, em uma conversa com Lula. Leia mais

17 de Abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em MST ocupa fazenda de Oscar Maroni, dono da Boate Bahamas

MST ocupa fazenda de Oscar Maroni, dono da Boate Bahamas

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupou na segunda-feira (16) uma fazendo do “magnata do sexo”, Oscar Maroni. Conhecido pelas extravagâncias na Boate Bahamas em São Paulo, Maroni comemorou a prisão de Lula decorando a “casa de tolerância” com cartazes do Juiz Sergio Moro e da presidente do STF, Cármen Lúcia. Leia mais

16 de Abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em URGENTE: Sem Teto ocupam triplex do Guarujá

URGENTE: Sem Teto ocupam triplex do Guarujá

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e a Frente Povo Sem Medo ocuparam nesta manhã (16) o triplex do Guarujá (SP) que o Juiz Sergio Moro jura que é de Lula. Acompanhe ao vivo. Leia mais

6 de Abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Metalúrgicos fecham BR-277 contra a prisão de Lula

Metalúrgicos fecham BR-277 contra a prisão de Lula

Trabalhadores do setor metalúrgico da Região Metropolitana de Curitiba acabam de fechar a Rodovia BR-277 em São José dos Pinhais. A estrada liga Curitiba ao Litoral do Paraná. Eles protestam contra a ameaça de prisão do ex-presidente Lula. Leia mais

6 de Abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Marco Aurélio Mello pode barrar prisão de Lula a qualquer momento

Marco Aurélio Mello pode barrar prisão de Lula a qualquer momento

O ministro Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal (STF) pode barrar a prisão de Lula ainda hoje. Ele deve levar ao plenário da corte na próxima quarta-feira (11) uma ação do Partido Ecológico Nacional (PEN) sobre o tema, mas nada impede que ele conceda uma liminar antes. Leia mais

6 de Abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em MST bloqueia estradas contra a prisão de Lula

MST bloqueia estradas contra a prisão de Lula

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou o bloqueio de estradas em diversos estados protestando contra a ordem de prisão ao ex-presidente Lula. A ideia é bloquear cerca de 50 rodovias nos 24 estados em que o movimento está presente. Leia mais

28 de Março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Uma PEC contra a presunção de inocência

Uma PEC contra a presunção de inocência


O deputado Alex Manente (PPS-SP) protocolou ontem (27) uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) autorizando a execução penal e partir da segunda instância. Na prática, a PEC reconhece que atualmente essa execução é inconstitucional, apesar do entendimento do Supremo Tribunal Federal. Leia mais

25 de Março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Série sobre Lava Jato gera protestos e onda de cancelamentos da Netflix

Série sobre Lava Jato gera protestos e onda de cancelamentos da Netflix


Uma série de TV produzida pela Netflix vem causando muita revolta. “O Mecanismo” trata basicamente da operação Lava Jato e da corrupção. O que está deixando muita gente indignada a ponto de cancelar a assinatura do canal é que a produção da série atribui ao ex-presidente Lula frases e atitudes que todos sabem não serem dele. Leia mais

23 de Março de 2016
por admin
3 Comentários

Luiz Manfredini: “Dilma já fala grosso”

Artigo de Luiz Manfredini*

Contrariando a praxe de seu habitual comedimento, a presidente Dilma Rousseff pronunciou um duro discurso durante a posse do ex-presidente Lula na Casa Civil, no último dia 17, em Brasília. A posse que está sendo objeto de contestações junto ao Supremo Tribunal Federal, mas o que nos importa aqui são as palavras da presidente. Numa clara alusão ao juiz Sérgio Moro, Dilma disse: “Convulsionar a sociedade brasileira em cima de inverdades, métodos escusos e práticas criticáveis viola princípios e garantias constitucionais e os direitos dos cidadãos. E abrem precedentes gravíssimos. Os golpes começam assim”.

Mais: “Interpretação desvirtuada, processos equivocados, investigações baseadas em grampos ilegais não favorecem a democracia neste país. Quando isso acontece, fica nítida a tentativa de ultrapassar o limite do estado democrático e cruzar a fronteira do estado de exceção”.

E acrescentou, referindo-se ao grampo telefônico de que foi vítima: “Não há Justiça quando as leis são desrespeitadas. Não há justiça para os cidadãos quando as garantias constitucionais da própria Presidência da República são violadas”.

Dias depois, em Pernambuco, repetiu a dose.

Para esta semana estão previstos encontros com a imprensa internacional, quando Dilma pretende, pelo que se noticia, acusar o golpe que está sendo tramado no Brasil. Talvez faça coro com o presidente equatoriano Rafael Correa, segundo o qual há um processo de desestabilização dos governos democráticos na América Latina capitaneado pelos Estados Unidos. Uma espécie de Plano Condor para os tempos atuais.

Já há pouco mais de um mês, na abertura do 12º Congresso da CUT, em São Paulo, ela ensaiou reação mais enfática, mostrando-se firme, incisiva, dura em certos momentos, embora, como sempre, sem a retórica (que não tem) que conferiria às suas palavras o tom justo e mais adequado da indignação.

Disse: “Eu me insurjo contra o golpismo e suas ações conspiratórias, e não temo seus defensores”. Acusando os golpistas de “moralistas sem moral” e de “conspiradores”, Dilma afirmou que eles “tentam obter o impeachment para interromper um mandato conquistado com 54 milhões de votos”, sem que haja acusação alguma à titular.

Prometeu “não se dobrar” e advertiu: “Ninguém deve se iludir. Nenhum trabalhador pode baixar a guarda”.

Ontem mesmo – 22 de março – ao participar de encontro com juristas pela legalidade e em d

22 de Março de 2016
por admin
41 Comentários

Vaza Jato pegou a Globo; e agora, o juiz Sérgio Moro engaveta ou investiga?

Por Luiz Carlos Azenha, do Blog Viomundo

Documentos apreendidos pela Polícia Federal no “evento 26″ da Operação Lava Jato, a Triplo X, identificam quem está por trás de uma offshore que é dona da Paraty House e envolvem uma certa Paula Marinho de Azevedo, que investigadores terão de determinar se se trata da filha de João Roberto Marinho, um dos controladores do Grupo Globo.

A apreensão foi feita na sede da empresa Mossack & Fonseca, na avenida Paulista, em São Paulo.

A Mossack, do Panamá, é um dos maiores laranjais do mundo.

Oficialmente, faz o que define como “proteção patrimonial”: um empresário que queira guardar patrimônio para se proteger da eventual falência de seu negócio monta uma empresa de fachada, por exemplo.

Na prática, não é assim: as fachadas podem servir para sonegar impostos, transferir dinheiro de origem indeterminada ou lavar dinheiro de origem ilegal.

Segundo Ken Silverstein, que escreveu um longo artigo sobre a Mossack, ela serve a ditadores, terroristas e criminosos.

No âmbito da Lava Jato, a Mossack abriu empresas para que o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o ex-gerente Pedro Barusco e o operador Renato Góes recebessem propina.

Além disso, a empresa Murray, criada pela Mossack, tem em seu nome 14 unidades do edifício Solaris, que se tornou conhecido por conta do triplex que teria sido reformado para o ex-presidente Lula — ele nega ser dono do imóvel.

Segundo o jornal O Globo de 28.01.2016, a Mossack é acusada de financiar ações de terrorismo.

O jornal da família Marinho reproduziu declaração do Ministério Público Federal segundo a qual “há indícios suficientes de q

18 de Março de 2016
por admin
9 Comentários

Coluna do Bruno Meirinho: Segredos íntimos ou o que tem a ver o grampo de Nixon com Dilma?

Bruno Meirinho*

A divulgação das gravações de conversas entre Lula e a presidenta Dilma e outros interlocutores pelo juiz federal Sergio Moro, da Lava-jato, é o fato derradeiro que demonstra a incapacidade deste juiz para julgar o processo.

Confesso: no princípio eu lhe dei o benefício da dúvida. O julgamento de figuras de alto escalão de governistas e empreiteiras não era, por si só, circunstância suficiente para caracterizar a suspeição do magistrado. Afinal, certamente os governos Lula e Dilma se caracterizaram mais pela entrega ao fisiologismo (chamado de governabilidade) do que pela fidelidade programática. O envolvimento em esquemas de corrupção seria mera decorrência dessa escolha.

Sem descartar que crimes tenham sido cometidos e devam ser investigados, a permanência de Moro à frente desse processo é um desserviço às instituições e à própria elucidação dos fatos. A veiculação de gravações ilícitas feitas sob sua jurisdição causaram graves danos a todos os envolvidos, e não comprovaram nada. Moro sabe que um fato consumado vale mais do que a legalidade, e, se for mantido na função, será um exemplo de que a atuação ilegal de juízes “vale a pena”, se os fins inconfessáveis justificarem os meios.

Moro tem posição prévia sobre esse caso. Não exibe, de forma objetiva, capacidade de julgar de forma equilibrada os fatos investigados, e demonstrou isso no despacho bizarro por meio do qual justificou a divulgação de gravações sem nenhuma relevância jurídica, mas com grande potencial constrangedor dos interlocutores. Para ele,

16 de Março de 2016
por admin
20 Comentários

“Moro remete grampo presidencial para Globo ao invés do STF”, denuncia Gleisi Hoffmann

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) publicou em seu twitter e também enviou mensagem ao Blog do Esmael comentando o vazamento do diálogo entre a presidenta Dilma Rousserff e o ex-presidente Lula, que será nomeado Ministro Chefe da Casa Civil. Leia a seguir:

A mensagem ao Blog foi semelhante: “Lamentável o que ocorreu hoje! Um juiz de exceção faz grampo de conversa telefônica do ex-presidente com a presidenta da República e, ao invés de remeter ao Supremo Tribunal Federal, remete a rede Globo. O Estado de Direito está em risco!”