19 de junho de 2018
por esmael
Comentários desativados em Lava jato não apresenta provas contra Gleisi Hoffmann

Lava jato não apresenta provas contra Gleisi Hoffmann

A defesa da senadora Gleisi Hoffmann encerrou sustentação oral e pediu sua absolvição por falta de provas. A petista está sendo julgada pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal. ... 

Leia mais

3 de junho de 2018
por esmael
Comentários desativados em Vem aí a ‘CPI das Delações’ na Câmara

Vem aí a ‘CPI das Delações’ na Câmara

A condenação do deputado Nelson Meurer (PP-PR), sem provas, acendeu a luz vermelha na Câmara Federal na semana passada. Ato contínuo, 191 parlamentares assinaram requerimento para a instalação da CPI das Delações. O número mínimo de assinaturas para requerer comissões de investigação é de 171, ou um terço da Casa. ... 

Leia mais

21 de maio de 2018
por esmael
Comentários desativados em Gleisi Hoffmann: O submundo das delações premiadas          

Gleisi Hoffmann: O submundo das delações premiadas          

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, detalha o submundo das delações premiadas na lava jato e destaca o papel do advogado Figueiredo Basto no “concerto de delações” com o objetivo, segundo ela, de atingir adversários políticos do PSDB e em troca de propina. Acusado por delatores premiados, Figueiredo Basto agora diz que a palavra de delatores não deve ser considerada. “Seria a piada pronta, mas é o trágico retrato de um sistema judicial envenenado e partidarizado”, escreve. ... 

Leia mais

25 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Em nota, Dilma Rousseff chama cineasta José Padilha de assassino de reputações

Em nota, Dilma Rousseff chama cineasta José Padilha de assassino de reputações

A presidenta eleita Dilma Rousseff denunciou em nota de esclarecimento, neste domingo, o que ela considera um mecanismo de o cineasta José Padilha assassinar reputações. Segundo a presidenta, a série “O Mecanismo”, na Netflix, é mentirosa e dissimulada. Confira a nota. ... 

Leia mais

12 de dezembro de 2016
por esmael
3 Comentários

Renan é denunciado ao “STF Amigo”

renan_janotO senador Renan Calheiros (PMDB-AL) foi acusado pela Procuradoria Geral da República de cometer os crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro e teria recebido propina de R$ 800 mil. O procurador Rodrigo Janot pediu nesta segunda (12), ao “Supremo Amigo”, a perda das funções públicas do presidente do Senado. Leia mais

3 de julho de 2015
por esmael
36 Comentários

Escuta ilegal contra Youssef pode gerar nulidade na Lava Jato de Sérgio Moro

por Paulo Moreira Leite, via Brasil 247

Yossef_CPI_Moro

Denuncia de agente da Polícia Federal de Curitiba atinge pedra fundamental das investigações da Lava Jato: depoimentos iniciais de doleiro e Paulo Roberto Costa podem ter sido obtidos com auxílio de escuta ilegal

A CPI que apura a Operação Lava Jato ouviu um depoimento estarrecedor na tarde desta quinta-feira. Falando para os parlamentares reunidos numa sessão fechada, o agente da Polícia Federal Dalmey Fernando Werlang contou que: Leia mais

24 de junho de 2015
por esmael
3 Comentários

Gleisi Hoffmann especial para o Blog do Esmael: “Não pedi nem recebi dinheiro de propina para a campanha”

marcelo_lavajato_gleisiA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) voltou ao olho do furacão esta semana em virtude da Operação Lava Jato. Mesmo que o presidente da construtora Odebrecht, Marcelo Odebrecht, tenha desmentido a realização de repasses à campanha da parlamentar, o assuntou foi requentado pela velha mídia em virtude de acareação de dois beneficiários da delação premiada — o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

“Reafirmo aqui, com todas as letras, que não pedi, nem recebi dinheiro dessa procedência pra minha campanha. Reafirmo que não conheço Paulo Roberto Costa, nem tampouco Alberto Youssef”, protesta Gleisi, em um trecho de seu artigo especial para o Blog do Esmael.

A senadora vê o dedo do advogado do doleiro, Antonio Figueiredo Basto, que já tivera cargo no governo Beto Richa (PSDB).

“Vejo a repetição maliciosa das mesmas versões publicadas desde outubro de 2014, a partir de informação dada pelo advogado do doleiro. Repito que os documentos do processo não demonstram o que se divulga nos jornais”.

A seguir, leia a íntegra do artigo especial da senadora Gleisi Hoffmann: Leia mais

26 de março de 2015
por esmael
20 Comentários

Álvaro Dias jura não ter enterrado CPI da Petrobras em troca de dinheiro

do Brasil 247
moro_tucanosCresceu a pressão sobre o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) desde que o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato, decretou, nesta quarta-feira 25, uma nova prisão preventiva contra o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano. Segundo Moro, surgiram novas provas sobre a propina paga em 2009 ao então presidente do PSDB, Sérgio Guerra, para que a CPI da Petrobras fosse encerrada no Congresso. Segundo o delator Paulo Roberto Costa, ex-diretor da estatal, o tucano teria recebido R$ 10 milhões para realizar a tarefa.

Alvaro Dias foi autor do pedido para criar a CPI e anunciou a saída da oposição da comissão, quatro meses antes do prazo final, em uma entrevista coletiva com Sergio Guerra. Os tucanos argumentaram que o governo não permitia a investigação, barrando pedidos de requerimentos e quebra de sigilos por parte dos opositores. “Não houve investigação. A comissão foi um palco para discursos técnicos. Essa CPI foi a que o governo mais se interessou e mais impediu a apuração”, disse o senador paranaense à época. Sem a presença dos tucanos, a CPI foi enterrada. Leia mais

7 de março de 2015
por esmael
21 Comentários

Gleisi Hoffmann sobre a Lava Jato: “Eu não temo a investigação”

janot_gleisi.jpgA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), ex-ministra-chefe da Casa Civil no governo Dilma Rousseff, em nota oficial, se pronunciou sobre a lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que a inclui entre os parlamentares que receberam doações eleitorais por meio de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, e do doleiro Alberto Youssef. Abaixo, leia o comunicado: ... 

Leia mais

3 de março de 2015
por esmael
16 Comentários

Lava Jato: Presidentes da Câmara e do Senado estão na lista de Janot

do Brasil 247
Os presidentes das duas Casas do Parlamento brasileiro estão na lista dos políticos que o procurador geral da República, Rodrigo Janot, irá pedir nesta terça-feira, 3, ao Supremo Tribunal Federal para investigar.

Renan Callheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, terão contra si pedidos de inquérito para apurar se foram beneficiários do esquema de corrupção na Petrobras.

Eduardo Cunha teria doação de campanha no valor de R$ 500 mil de uma das empreiteiras investigadas na operação Lava Jato. Seu nome foi citado pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, durante depoimento de delação premiada.

Como o 247 mostrou, nesse domingo, 1, Cunha recebeu sinais de que seu nome estaria na lista negra de Janot. Segundo aliados, Cunha teria reagido com cólera e disposto a se vingar do governo. Na semana passada, ele afirmou que a “a Câmara não ia parar! por causa da lista. Primeiro, que não tem processo de cassação. Para começar um processo de cassação vai demorar muito. Tem que ter representação, depois tem que ter admissibilidade, e depois de votar admissibilidade, tem que instaurar o processo. A Casa vai trabalhar normalmente”, disse.

Com os dois principais nomes do Congresso Nacional com pedidos de investigação, a crise gerada pela operação Lava Jato dá sinais de que pode estar longe de um desfecho e atingir mais pessoas do que o estimado pelos investigadores.

O 247 antecipou também com exclusividade que o único dos 27 governadores que terá pedido de investigação protocolado no Superior Tribunal de Justiça pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, é Tião Viana (PT), do Acre. Viana foi citado pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, durante delação premiada nas investigações da Operação Lava Jato, como um dos beneficiários do esquema de pagamento de propinas na Petrobras. O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), cujo envolvimento chegou a ser especulado, não será investigado (leia aqui).

Leia mais

20 de dezembro de 2014
por esmael
9 Comentários

Lava Jato tira Henrique Alves do ministério de Dilma; deputado João Arruda mais perto da Esplanada

henrique_dilma_joao.jpgO presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve ser descartado de ministério no segundo governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). O peemedebista fora citado esta semana como beneficiário do esquema de desvio de verbas na Petrobras.  ... 

Leia mais

3 de dezembro de 2014
por esmael
20 Comentários

Delator de propinoduto na Petrobras isenta Dilma e Lula, mas jornais escondem. Por quê?

do Brasil 247
delator_jornaisA informação está no décimo-sétimo parágrafo da reportagem da Folha de S. Paulo sobre o depoimento de Paulo Roberto Costa. Uma reportagem, diga-se de passagem, com 19 parágrafos. Ou seja: no antepenúltimo.

à‰ lá que surge um dado interessantíssimo. Segundo Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, o ex-presidente Lula jamais foi informado sobre qualquer esquema de desvios na Petrobras. O mesmo se aplica à  presidente Dilma Rousseff.

“Nunca”, pontuou Paulo Roberto Costa, ao ser questionado pelo deputado Izalci Lucas (PSDB-DF). Leia mais

26 de novembro de 2014
por esmael
14 Comentários

Brasília não dorme à  espera de inquérito contra políticos na Lava Jato

do Brasil 247
janot_politicosO procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedirá a abertura de inquérito contra as pessoas citadas como envolvidas em esquema de corrupção em contratos da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

As investigações devem começar nos próximos dias, uma vez que os depoimentos à  Justiça do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, em acordo de delação premiada, foram concluídos !“ o de Youssef nesta terça-feira.

O procurador considera que as informações relatadas por Costa e Youssef são suficientes para que sejam iniciadas as investigações sobre o esquema entre funcionários, empreiteiras e políticos na estatal do petróleo. Leia mais

23 de novembro de 2014
por esmael
2 Comentários

Empresário nega doação a líder do PT e irá processar delator

do Brasil 247
humberto_petrobras_costaCitado pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa por ter supostamente pedido dinheiro para o senador Humberto Costa (PT) no esquema de pagamento de propina em contratos da estatal, o presidente da presidente da Associação das Empresas do Estado de Pernambuco (Assimpra), Mário Barbosa Beltrão, reagiu com indignação à s informações. “à‰ uma leviandade. Isso é uma loucura que machuca a dignidade e o currículo de um chefe de família honrado. Nunca passei um cheque sem fundo”.

Beltrão informou que em 2010 sua empresa doou R$ 150 mil para o então candidato ao Senado Humberto Costa. “Eu sou um homem que preza a transparência e a honestidade. O dia em que eu mentir eu morro do coração. Humberto Costa é meu amigo de infância, mas nunca me pediu colaboração de campanha.”

Abaixo a íntegra da nota de Mário Beltrão enviada ao 247. Leia mais

22 de novembro de 2014
por esmael
16 Comentários

Veja golpeia e Planalto reage: “Mais uma vez, irá fracassar”

vai Brasil 247

veja

Já ficou manjado, de tão repetitivo. A cada semana, a revista Veja, da Editora Abril, tentará um novo golpe contra a presidente Dilma Rousseff.

Depois de passar pela maior humilhação da história do jornalismo brasileiro, ao ser condenada a publicar um direito de resposta em pleno dia de votação, por tentar, segundo a Justiça, manipular a opinião pública, Veja atacou novamente, neste fim de semana.

A “bomba” é um email de Paulo Roberto Costa para a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, em que o ex-diretor da Petrobras trata de restrições do Tribunal de Contas da União à s obras da Refinaria Abreu e Lima. Na mensagem, Costa propõe que o tema passe pelo Congresso. Segundo Veja, naquele momento, Dilma poderia ter feito parar o chamado “petrolão”.

Em nota, o Palácio do Planalto reagiu. “Depois de tentar interferir no resultado das eleições presidenciais, numa operação condenada pela Justiça eleitoral, Veja tenta enganar seus leitores ao insinuar que, em 2009, já se sabia dos desvios praticados pelo senhor Paulo Roberto Costa, diretor da Petrobras demitido em março de 2012 pelo governo da presidenta Dilma”, diz o texto. “As práticas ilegais do senhor Paulo Roberto Costa só vieram a público em 2014, graças à s investigações conduzidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público.” Leia mais

15 de novembro de 2014
por esmael
7 Comentários

Big Bang da corrupção fortalece agenda de Dilma

do Brasil 247
dilma_PFEmbora a oposição derrotada nas urnas já esteja se mobilizando para levar à s últimas consequências as investigações da Operação Lava-Jato, que registrou, nesta sexta-feira, um de seus principais capítulos, com as prisões de executivos de grandes empreiteiras, o “big bang” promovido pelo juiz Sergio Moro, pelo Ministério Público e pela Polícia Federal fortalece a agenda de reformas defendida pela presidente Dilma Rousseff.

Mais uma vez, o Brasil se vê diante de um escândalo ligado ao financiamento privado de campanhas eleitorais. Um tema que a presidente Dilma pretende enfrentar já no início do seu segundo mandato. “A minha disposição mais profunda é liderar da forma mais pacífica e democrática esse momento transformador. Estou disposta a abrir um grande espaço de diálogo com todos os setores da sociedade para encontrarmos as soluções mais rápidas para os nossos problemas”, disse ela, em seu discurso de vitória. “Entre as reformas, a primeira e mais importante deve ser a reforma política.” Leia mais

13 de novembro de 2014
por esmael
36 Comentários

Delegados “tucanos” da Lava Jato atacam PT na internet

do Brasil 247
pt_lava_jatoDelegados da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, que atuam na Operação Lava Jato, que investiga o esquema comandado pelo doleiro Alberto Youssef, usaram as redes sociais para exaltar o tucano Aécio Neves e atacar o PT.

O delegado Marcio Anselmo, coordenador da Operação, por exemplo, escreveu: Alguém segura essa anta, por favor”, em uma notícia cujo título era: “Lula compara o PT a Jesus Cristo”. Leia mais

20 de outubro de 2014
por esmael
26 Comentários

Caso Petrobras: “Francischini é um valentão seletivo”, diz Gleisi

gleisi_francischini

O Blog do Esmael procurou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) para saber o que ela achou da iniciativa do deputado Fernando Francischini (SDD-PR), que anunciou que irá convocá-la para explicar, na Câmara dos Deputados, a denúncia de que teria recebido R$ 1 milhão para sua campanha ao Senado, em 2010, dos delatores do esquema na Petrobras, o ex-diretor Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef. Leia mais

19 de outubro de 2014
por esmael
16 Comentários

Delator da Petrobras diz que Papa Francisco torceu pelo Brasil na Copa

Durante audiência no Vaticano, em fevereiro de 2014, a presidente Dilma Rousseff entregou ao Papa Francisco uma bola autografada pelo ex-jogador Ronaldo Fenômeno e uma camisa retrô da seleção brasileira.

Durante audiência no Vaticano, em fevereiro de 2014, a presidente Dilma Rousseff entregou ao Papa Francisco uma bola autografada pelo ex-jogador Ronaldo Fenômeno e uma camisa retrô da seleção brasileira.

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, em novo depoimento na deleção premiada, revelou que o Papa Francisco torceu pela Seleção Canarinho nos jogos da Copa do Mundo. Detalhe: o Pontífice nasceu na Argentina, país que possui a maior rivalidade do mundo com o futebol do Brasil, que sediou a competição este ano. ... 

Leia mais