23 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Michel Temer resolveu governar por decreto como numa ditadura

O novo ministério da Segurança Pública deverá ser criado por decreto de Michel Temer, expediente bastante utilizado pela ditadura militar para evitar o Congresso Nacional. Ele tomou gostou pela “coisa” depois de decretar a intervenção político-militar no Rio de Janeiro. ... 

Leia mais

8 de julho de 2017
por Esmael Morais
120 Comentários

URGENTE: Vaza lista com ministério do “golpe no golpe” de Rodrigo Maia

Em tempo punhais longos, o Blog do Esmael obteve com exclusividade neste sábado (8) a lista com o ministério do “golpe no golpe” do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), o “Botafogo” nas planilhas da Odebrecht. Leia mais

6 de junho de 2017
por Esmael Morais
14 Comentários

O Brasil governado por um ministério de notáveis zumbis

O deputado Enio Verri (PT-PR) afirma em sua coluna desta terça-feira (6) que Temer está perdido e sem outra saída que não seja a renúncia. Para o colunista, o Brasil está sendo governado por um ministério de “notáveis” zumbis. Bingo! Leia mais

25 de novembro de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Rocha Loures pode assumir cargo de Geddel

rocha_loures_temer_geddelO ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pode assumir temporariamente o ministério da Secretaria do Governo, cargo que era ocupado até esta sexta (25) por Geddel Vieira Lima (PMDB). Leia mais

9 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
32 Comentários

Cai na rede nomes de ministros do governo golpista de Michel Temer

Circula na internet os possíveis ministros de um virtual governo Michel Temer. A junta golpista seria fruto de um consórcio entre PMDB, PSDB, DEM, PPS, PP, PSC e PV. A jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, também adiantou alguns nomes da equipe do peemedebista que já conta com o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) antes que realmente aconteça.

Pelo sim pelo não, o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou ontem à noite o ímpeto a marcha do impeachment articulado na Câmara por Temer, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Portanto, embora a equipe já esteja montada, terá de esperar mais um pouco. Ou seja, os golpistas ainda terão de combinar com os “russos” da corte máxima e das ruas.

Leia a íntegra da lista vazada com “ministério” de Aécio:

Advocacia-Geral da União
Carlos Sampaio (PSDB-SP)

Banco Central do Brasil
Henrique Meirelles

Casa Civil
Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR)

Controladoria-Geral da União
Geraldo Brindeiro

Gabinete de Segurança Institucional
Jair Bolsonaro (PP-RJ)

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Orlando Pessuti (PMDB-PR)

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
Paulo Bauer (PSDB-SC)

Ministério da Cultura
Luciano Huck

Ministério da Defesa
Fernando Henrique Cardoso

Ministério da Educação
Maria Helena Guimarães

Ministério da Fazenda
Armínio Fraga

Ministério da Integração Nacional
Aloysio Nunes (PSDB-SP)

Ministério da Justiça
Nelson Jobim

Ministério da Previdência Social
Rubens Bueno (PPS-PR)

Ministério da Saúde
Geraldo Ferreira

Ministério das Cidades
Geddel Vieira Lima (PMDB-BA)

Ministério das Comunicações
Merval Pereira

Ministério das Relações Exteriores
Helio Bicudo

Ministério de Minas e Energia
José Serra (PSDB-SP)

Minist Leia mais

3 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
53 Comentários

Após apoio a golpe, vaza lista com virtuais ministros de Aécio Neves

com informações do Brasil 247

aecio_dem_ministerioO senador Aécio Neves (PSDB-MG) voltou a sonhar com a cadeira da presidente Dilma Rousseff (PT). Menos de 24 após declarar apoio ao golpe liderado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vazou uma lista com os virtuais ministros do tucano.

Nesta quinta-feira (3), em discurso na convenção dos Democratas (DEM), Aécio deixou escapar que vai governador “em breve” com o partido aliado.

“O calendário constitucional prevê eleições em 2018. Obviamente, isso pode ser de alguma forma antecipado. Mas seja quando for, o que eu quis dizer hoje na convenção do Democratas é que temos um projeto comum de país. Estivemos juntos na última eleição. Sou reconhecido ao papel que o Democratas desempenhou e espero que possamos (estar juntos) no momento em que o calendário constitucional definir quando serão as eleições”, discursou o senador tucano.

Leia a íntegra da lista vazada com “ministério” de Aécio: Leia mais

27 de março de 2015
por Esmael Morais
1 Comentário

Dilma anuncia novos ministros da Comunicação, Educação e Turismo

Sociólogo e professor Edinho Silva, presidente do PT de São Paulo, vai ocupar a Comunicação Social; Renato Janine, da USP, assume a Educação; e Henrique Alves, ex-presidente da Câmara, ocupa o Turismo.

Sociólogo e professor Edinho Silva, presidente do PT de São Paulo, vai ocupar a Comunicação Social; Renato Janine, da USP, assume a Educação; e Henrique Alves, ex-presidente da Câmara, ocupa o Turismo.

A presidenta Dilma Rousseff (PT) anunciou nesta sexta-feira (27) os novos ministros da Educação, do Turismo e da Comunicação Social. ... 

Leia mais

1 de janeiro de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Dilma toma posse hoje para mais quatro anos de governo

da Agência Brasil
A presidenta Dilma Rousseff toma posse hoje (1!°) para mais um mandato de quatro anos. Reeleita em outubro com 54,5 milhões de votos, ela vai governar o país até 2018. O vice-presidente, Michel Temer, também reeleito, será empossado na mesma cerimônia.

Mineira de Belo Horizonte, Dilma, 66 anos, tem uma filha e um neto. No governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi ministra de Minas e Energia e chefe da Casa Civil. Em 2010, foi eleita no segundo turno, com cerca de 55,7 milhões de votos. No primeiro governo, Dilma manteve e ampliou políticas sociais de seu antecessor. Entre os programas que marcaram sua gestão estão o Mais Médicos, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o Brasil sem Miséria, uma ampliação do Bolsa Família.

A presidenta reeleita começa o novo governo com desafios principalmente econômicos, como o controle da inflação e a retomada do crescimento. A nova gestão também começa em meio à  crise da maior empresa estatal do país, a Petrobras !“ investigada pela Polícia Federal devido a casos de corrupção.

Para o segundo mandato, Dilma terá novamente 39 ministérios. Quinze ministros foram mantidos em suas pastas na reforma ministerial, quatro trocaram de ministério, mas foram mantidos no primeiro escalão, e 20 novos nomes vão integrar o governo a partir de 2015. A reforma, feita em etapas, contemplou partidos da base aliada, além da cota pessoal da presidenta, com nomes de sua confiança.

Todos os ministros serão empossados por Dilma hoje, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em uma das etapas da posse presidencial.

Conheça a equipe ministerial da presidenta Dilma Rousseff para o segundo mandato:

Ministério da Fazenda – Joaquim Levy
Engenheiro naval e doutor em economia, com experiência tanto no mercado financeiro quanto no setor público, Joaquim Levy ocupou cargos no governo federal e no governo do estado do Rio de Janeiro. De 2003 a 2006, foi secretário do Tesouro Nacional no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silv Leia mais

31 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Dilma anuncia mais 14 ministros e fecha equipe

do Brasil 247
dilma_ministrosCom o anúncio de mais 14 ministros, a presidente Dilma Rousseff fechou, nesta quarta-feira, sua equipe para o segundo mandato.

Na nova lista, a principal novidade é a indicação do embaixador Mauro Vieira, que sai de Washington para assumir o Itamaraty.

No Ministério do Trabalho, onde havia uma disputa entre PT e PDT, prevaleceu a posição dos pedetistas e o partido segue com Manoel Dias, no cargo.

Além deles, permanecem nos cargos vários outros ministros, como Aloizio Mercadante (Casa Civil), Thomas Traumann (Secom) e Arthur Chioro (Saúde).

Confira, abaixo, a lista completa: Leia mais

29 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
2 Comentários

Dilma confirma Berzoini e mais seis ministros

do Brasil 247
O Palácio do Planalto divulgou, nesta segunda-feira, uma nova leva de ministros. Foi confirmado, nas Comunicações, Ricardo Berzoini, do PT, que terá a missão de retomar o debate sobre a democratização da mídia. Confira, abaixo, os nomes:

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje novos nomes do seu ministério.

São eles:

Antonio Carlos Rodrigues (Transporte);

Gilberto Occhi (Integração);

Miguel Rossetto (Secretária Geral);

Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário);

Pepe Vargas (Relações Institucionais).

Ricardo Berzoini (Comunicações);

Carlos Gabas (Previdência)

A presidenta agradeceu a dedicação dos ministros:

Francisco Teixeira (Integração),

Garibaldi Alves (Previdência Social)

Gilberto Carvalho (Secretaria Geral)

Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário),

Paulo Bernardo (Comunicações);

Paulo Sérgio Passos (Transportes),

Ricardo Berzoini (Relações Institucionais),

A posse dos novos ministros será realizada no dia 1!º de janeiro.

Leia mais

23 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Dilma define 13 ministros em busca de estabilidade política

do Brasil 247
dilma_lulaA presidente Dilma Rousseff deu impulso ao seu novo governo, com o anúncio de 13 novos nomes do primeiro escalão que tomará posse em 1!º de janeiro. Eis a lista que acaba de ser divulgada pelo Palácio do Planalto:

1 – Jacques Wagner (Defesa)
2 – Gilberto Kassab (Cidades)
3 – Nilma Lino Gomes (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial)
4 – Valdir Simão (Controladoria Geral da União)
5 – Vinicius Lajes (Turismo)
6 – Aldo Rebelo (Ciência Tecnologia e Inovação)
7 – Cid Gomes (Educação)
8 – Edinho Araújo (Secretaria de Portos)
9 – Eduardo Braga (Minas e Energia)
10 – Eliseu Padilha (Secretaria de Aviação Civil)
11 – George Hilton (Esporte)
12 – Kátia Abreu (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento)
13 – Helder Barbalho (Secretaria de Aquicultura e Pesca)

Fica claro no conjunto das escolhas que a presidente adotou a estratégia de agregar chefes partidários ou figuras de expressão em suas agremiações. à‰ uma primeira leva que forma um ministério eminentemente político. Há surpresas, como o peemedebista paulista Edinho Araújo, na Secretaria dos Portos, e a substituição de Moreira Franco por Eliseu Padilha, na Secretaria de Aviação Civil. Os novos nomes mostram que a presidente procurou respeitar as consultas políticas feitas com o vice Michel Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros, em nome do PMDB. Leia mais

20 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Lava Jato tira Henrique Alves do ministério de Dilma; deputado João Arruda mais perto da Esplanada

henrique_dilma_joao.jpgO presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve ser descartado de ministério no segundo governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). O peemedebista fora citado esta semana como beneficiário do esquema de desvio de verbas na Petrobras.  ... 

Leia mais

28 de novembro de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Dilma começa seu ajuste na política pelo PT

Por! Tereza Cruvinel
BeFunky_get_img.jpg

A presidente Dilma começa, pelo PT, a fazer agora seu ajuste na política. Depois das críticas de setores do partido e de sua militância à  escolha dos ministros da área econômica, ela participa hoje, em Fortaleza, da primeira parte da reunião do Diretório Nacional do PT. As dúvidas sobre sua ida foram dirimidas com a inclusão do evento em sua agenda oficial de hoje.

No encontro, ela deve defender as escolhas de Joaquim Levy, Nelson Barbosa e Alexandre Tombini, assegurando que o ajuste fiscal será gradual e que a meta de superávit primário anunciada nesta quinta-feira !“ 1,2% do PIB para 2015 e de 3% para os anos seguintes !“ não trará recessão, terá foco no crescimento econômico e preservará as políticas sociais.

A insatisfação com as escolhas econômicas foi visível na reunião da bancada de terça-feira passada e culminou com áspera discussão entre os senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffman sobre a escolha de Katia Abreu para a Agricultura. Gleisi defendeu a escolha. Lindbergh afirmou que bastava acessar as redes sociais para conferir a frustração da militância que na Hora H, na reta final do segundo turno, foi para a rua com garra comparável à  de 1989 na disputa Lula-Collor.

Mas Dilma havia dito ao presidente do partido, Ruy Falcão, na última conversa que tiveram, juntamente com Lula, que não consultaria o partido na escolha dos nomes para a equipe econômica mas que o faria na composição do restante do ministério. Leia mais

22 de novembro de 2014
por Esmael Morais
22 Comentários

Ainda no radar de Dilma, senador Requião cancela viagem ao Vietnã

requiao_comunicacao.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR) cancelou viagem que faria a partir deste sábado (22) para Hanói, no Vietnã, para acompanhar de perto o anúncio do ministério de Dilma Rousseff (PT).  ... 

Leia mais