Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

8 de fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

Eunício Oliveira, presidente do Senado, declara voto no ex-presidente Lula

O presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE) afirmou nesta quinta (8), num café da manhã com jornalistas de Brasília, que o ex-presidente Lula merece o voto dele pelo que fez pelo Nordeste. Leia mais

1 de abril de 2016
por esmael
8 Comentários

Ex-governador do Ceará pede impeachment de Michel Temer

da Agência Brasil

O ex-governador do Ceará Cid Gomes apresentou hoje (1) na Câmara uma denúncia “pela prática de crime de responsabilidade” contra o vice-presidente da República, Michel Temer.  De acordo com o ex-governador, Temer é apontado como “autor de diversas condutas tipificadas como crime de responsabilidade, que devem ser regularmente apreciadas por esta Casa”.

“O que estou aqui apresentando são denúncias que fazem citação diretamente ao nome do vice-presidente Michel Temer ou ao PMDB, que é um partido presidido por ele que, nessa condição, ele tem obrigação de responder”, explicou Cid Gomes. Segundo ele, as citações constam de “delações, depoimentos e citações recolhidas de documentos de investigados na Lava Jato, que fazem referência explicita [a Temer]”.

Cid Gomes disse que não baseou seu pedido nas chamadas pedaladas fiscais. “Eu não considero que nos ajustes em peças orçamentárias haja cometimento de crime de responsabilidade. Eu não trato disso aqui, embora o vice-presidente, no exercício da presidência, tenha assinado decretos que caracterizariam as tais pedaladas fiscais. Eu não considero isso crime de responsabilidade”.

Gomes citou a troca de mensagens de texto em celular do presidente da OAS, Léo Pinheiro, e o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Nelas o deputado reclama que o empreiteiro “pagou a Temer e deixou inadvertidamente adiado o repasse a outros líderes”. Gomes diz que Cunha teria cobrado de Léo Pinheiro por ter pago R$ 5 milhões, de uma vez, a Michel Temer, tendo adiado o compromisso com a “turma”.

O ex-governador pede que a denúncia seja encaminhada ao vice-presidente da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), em função da proximidade do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, com o vice-presidente da República.

O ex-governador pede que a Câmara avalie as denúncias e que, se for comprovada a prática de crime de responsabilidade pelo vice-presidente, seja processamento e julgado pelo Senado Federal.

Cid Gomes disse que o nome do vice-presidente é citado na delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), que atribui a Temer um “escândalo da aquisição de etanol na BR Distribuidora e a indicação de Jorge Zela

27 de março de 2015
por esmael
1 Comentário

Dilma anuncia novos ministros da Comunicação, Educação e Turismo

Sociólogo e professor Edinho Silva, presidente do PT de São Paulo, vai ocupar a Comunicação Social; Renato Janine, da USP, assume a Educação; e Henrique Alves, ex-presidente da Câmara, ocupa o Turismo.

Sociólogo e professor Edinho Silva, presidente do PT de São Paulo, vai ocupar a Comunicação Social; Renato Janine, da USP, assume a Educação; e Henrique Alves, ex-presidente da Câmara, ocupa o Turismo.

A presidenta Dilma Rousseff (PT) anunciou nesta sexta-feira (27) os novos ministros da Educação, do Turismo e da Comunicação Social. Leia mais

18 de março de 2015
por esmael
13 Comentários

Após declarações polêmicas, Cid Gomes deixa o Ministério da Educação

da Agência Brasil

cidgommessApós polêmicas com o Congresso Nacional, o ministro da Educação, Cid Gomes, pediu demissão hoje (18). A demissão foi aceita pela presidenta Dilma Rousseff.  Ainda não há mais detalhes sobre a substituição de Gomes na pasta. Leia mais

18 de março de 2015
por esmael
13 Comentários

Ministro Cid Gomes causa confusão com declaração na Câmara

cid.jpgO ministro da Educação, Cid Gomes (PROS), esteve na Câmara dos Deputados hoje (18) atendendo a uma convocação para explicar sua recente declaração que a casa teria de 300 a 400 parlamentares “achacadores”. Leia mais

23 de dezembro de 2014
por esmael
7 Comentários

Apoio de Cid Gomes é contemplado com o Ministério da Educação

do Brasil 247
dilma_cid_educacaoUm aliado estratégico está entrando para o Ministério do segundo governo da presidente Dilma Rousseff. Fundador do PROS que dividiu o PSB de Eduardo Campos na eleição presidencial e apoiou, no Ceará, a candidatura vitoriosa de Camilo Santana para governador do Estado, o governador Cid Gomes terá seu nome anunciado como ministro da Educação. O Palácio do Planalto já dá curso à  informação. Ele passa a ser o terceiro nome citado nesta terça-feira 23 para compor o futuro primeiro escalão, depois de Jacques Wagner, para a Defesa, e Ricardo Berzoini, para Comunicações.