Maia “demite” ministros de Temer

Rodrigo Maia (DEM-RJ), se assumir a presidência da República, planeja demitir metade do ministério de Temer.

Rodrigo Coração Peludo tem planos de manter Henrique Meirelles na Fazenda, bem como acelerar as reformas trabalhista e previdenciária — contra os trabalhadores e o povo brasileiro.

Dentre os que perderiam o cargo estariam Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Geral) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo).

Moreira Franco, o Angora nas planilhas da Odebrecht, que é sogro de Maia, seria agraciado com uma embaixada, provavelmente da de Portugal, bem como Padilha, que poderia ser transferido para Buenos Aires. Ambassahy voltaria para a Câmara.

O jornalista Fernando Rodrigues, do site Poder 360, destaque que ministros “mais jovens” teriam condições de permanecer sob a gestão de Rodrigo Coração Peludo: Bruno Araújo (Cidades), 45 anos; Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), 33; Leonardo Picciani (Esporte), 38; Maurício Quintella Lessa (Transportes), 46; e Mendonça Filho (Educação), 51.

Veja também  Ratinho Junior e Bolsonaro despejam policiais no Paraná

Comments are closed.