1 de janeiro de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Dilma toma posse hoje para mais quatro anos de governo

da Agência Brasil
A presidenta Dilma Rousseff toma posse hoje (1!°) para mais um mandato de quatro anos. Reeleita em outubro com 54,5 milhões de votos, ela vai governar o país até 2018. O vice-presidente, Michel Temer, também reeleito, será empossado na mesma cerimônia.

Mineira de Belo Horizonte, Dilma, 66 anos, tem uma filha e um neto. No governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi ministra de Minas e Energia e chefe da Casa Civil. Em 2010, foi eleita no segundo turno, com cerca de 55,7 milhões de votos. No primeiro governo, Dilma manteve e ampliou políticas sociais de seu antecessor. Entre os programas que marcaram sua gestão estão o Mais Médicos, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o Brasil sem Miséria, uma ampliação do Bolsa Família.

A presidenta reeleita começa o novo governo com desafios principalmente econômicos, como o controle da inflação e a retomada do crescimento. A nova gestão também começa em meio à  crise da maior empresa estatal do país, a Petrobras !“ investigada pela Polícia Federal devido a casos de corrupção.

Para o segundo mandato, Dilma terá novamente 39 ministérios. Quinze ministros foram mantidos em suas pastas na reforma ministerial, quatro trocaram de ministério, mas foram mantidos no primeiro escalão, e 20 novos nomes vão integrar o governo a partir de 2015. A reforma, feita em etapas, contemplou partidos da base aliada, além da cota pessoal da presidenta, com nomes de sua confiança.

Todos os ministros serão empossados por Dilma hoje, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em uma das etapas da posse presidencial.

Conheça a equipe ministerial da presidenta Dilma Rousseff para o segundo mandato:

Ministério da Fazenda – Joaquim Levy
Engenheiro naval e doutor em economia, com experiência tanto no mercado financeiro quanto no s Leia mais

3 de novembro de 2014
por Esmael Morais
25 Comentários

PT quer ‘povão’ na posse de Dilma

do Brasil 247
dilma_ptDiálogo. Foi o que cobrou a Executiva do PT da presidente Dilma Rousseff, na primeira reunião depois da reeleição da petista, em Brasília, nesta segunda-feira 3. Líderes reforçaram que é necessária uma maior aproximação do partido com o governo para a formação de seu segundo mandato. O primeiro passo de aproximação foi o convite feito a Dilma para participar da reunião do Diretório Nacional do PT nos dias 28 e 29 de novembro, em Fortaleza (CE).

O presidente do partido, Rui Falcão, chamou a relação entre a presidente e os integrantes da legenda de “profícua” e elogiou o discurso de Dilma após a reeleição, focado principalmente na ampliação do diálogo em seu segundo governo. “Nós sempre tivemos um diálogo muito profícuo e saudamos que a presidente, em seu discurso de vitória, tenha enfatizado que vai dar mais peso ao diálogo”, disse. Leia mais