20 de novembro de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Apesar de Beto Richa, Paraná sobe ao posto de quarta economia do país

campagnolo_richaO presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, não tem dúvidas de que o Paraná ascendeu à posição de quarta maior economia do Brasil graças ao empreendedorismo e esforço contínuo de empresários e trabalhadores do estado.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o estado do Paraná respondeu por 6,3% de todas as riquezas produzidas no país em 2013, superando o resultado do Rio Grande do Sul, com 6,2%.

O presidente da Fiep tem razão no que diz, pois, o governo Beto Richa (PSDB) passou todo esse tempo jogando contra o setor produtivo. O tucano, por exemplo, faz sua profissão de fé a luta pela manutenção do ‘pedágio mais caro do mundo’ nas rodovias paranaenses — o que diminui a competitividade dos produtos locais.

Além do pedágio, Richa joga contra o emprego para os trabalhadores e os negócios para os empresários ao aumentar impostos (tarifaços) e fazer vistas grossas com a existência da “indústria da propina” em órgãos públicos como a Receita Estadual, fatos esses que afugentaram investimentos. A Procuradoria-Geral da República (PGR) investiga se o próprio tucano não se locupletou com o dinheiro desviado na campanha de reeleição. Leia mais

10 de novembro de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

‘A moda pegou’: agora é Gustavo Fruet que quer meter a mão na aposentaria dos servidores de Curitiba

ipmc1Os sindicatos de servidores de Curitiba (Sismac, Sismuc, Afisc e Sigmuc) estão se mobilizando para tentar barrar a tentativa do prefeito Gustavo Fruet (PDT) de se apropriar do dinheiro das aposentadorias.

O prefeito apresentou em outubro uma proposta para reduzir o valor do repasse mensal feito ao Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC). Pelos cálculos dos sindicatos, o prefeito quer cortar R$ 10 milhões do repasse mensal ao IPMC.

Para embasar a proposta, a Prefeitura afirma que IPMC é superavitário. Mas os sindicatos questionam que o Instituto ainda não pagou os novos planos de carreira para aposentados e pensionistas por falta de recursos. Com o corte no aporte municipal, os servidores temem que todas as aposentadorias futuras sejam inviabilizadas.

A proposta da Prefeitura de Curitiba é similar ao confisco protagonizado pelo governador Beto Richa (PSDB), que meteu a mão na aposentadoria dos servidores estaduais para engordar o caixa do governo estadual. Na ocasião, a mobilização dos servidores foi debelada de forma criminosa pelo governo através da PM no evento que ficou conhecido como o massacre de 29 de abril. Leia mais

13 de junho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Para se eleger em 2018, Beto Richa vai fazer farra com R$ 600 milhões do contribuinte em propaganda

Jorge Bernardi*

O governador Beto Richa já iniciou sua jornada em busca da honra perdida. Ele perdeu a popularidade ao arruinar as finanças do estado, gerando déficit fiscal de R$ 4,6 bilhões. Usou como remédio o pacote tributário contra o contribuinte paranaense: aumento do IPVA em 40%; aumento do ICMS na energia elétrica e de mais de 100 mil itens de consumo popular, inclusive da cesta básica, feijão, arroz, carne. Com isso a inflação do Paraná foi a maior do Brasil.

Outra mancha no Governo Richa foi a maior fraude fiscal jamais vista no Paraná, desvendada pela Operação Publicano, envolvendo amigos e o primo do governador, Luiz Abi. A propina, segundo o Gaeco, ultrapassa R$ 60 milhões, e sonegação a R$ 600 milhões, afetando as finanças do estado e municípios. Fiscais e empresários presos também são acusados de pedofilia.

Os paranaenses contemplavam passivamente os aumentos de impostos, a corrupção e exploração sexual de menores, afinal o seu governador fora reeleito com 55% dos votos. No auge da popularidade, Beto Richa decidiu se apropriar do dinheiro da previdência dos servidores. A revolta e depois o massacre aos professores, em 29 de abril, com 220 feridos, fizeram com que a popularidade do tucano caísse das nuvens ao fundo do poço.

Como recuperar a imagem do governador? Fácil, com o dinheiro do contribuinte. Beto Richa tem mais de R$ 200 milhões, em 2015, entre recursos da Secretaria de Comunicação Social, e outros órgãos da administração direta e indireta, para queimar em propaganda. O massacre publicitário, nos veículos de comunicação e redes sociais, será de R$ 550 mil por dia. No primeiro mandato, o Governo Richa gastou, em média, R$ 145 milhões por ano em propaganda.

Já se sente o marketing do governador. Ele assume postura firme, corajosa determinada, em vídeos gravados para as redes sociais orientado por marqueteiros que, depois são reproduzidos em noticiários. A opinião pública começa a mudar. Mas quando ele concede entrevistas sai pérolas como: “Fernanda nem sabe o que um auditor fiscal”.

Beto Richa tem ainda três anos e meio de mandato e, certamente, vai multiplicar os recursos de publicidade acrescentando mais R$ 600 milhões até o final do governo. Em 2018, quando os acontecimentos de 2015 estiverem quase esquecidos, com a imagem recuperada, Beto Richa poderá ser eleito senador ou deputado federal pelo Paraná. Assim caminha a humanidade.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba pelo PDT, é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.

Leia mais

13 de abril de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

Bate-boca 2: “Eu não uso canga”, rebela-se deputado Rasca Rodrigues

rasca_canga_romanelliFoi bastante tensa a sessão na tarde desta segunda-feira (13) na Assembleia Legislativa do Paraná. A chapa também esquentou entre os governistas Rasca Rodrigues (PV) e Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), líder de Beto Richa (PSDB) na Casa. ... 

Leia mais

2 de abril de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Nem a PM nem a Civil escaparam dos calotes de Beto Richa

extrato_pm_holeriteO Blog do Esmael vem denunciando os diversos calotes aplicados pelo governador Beto Richa (PSDB) nas mais diversas esferas. Nos últimos anos foram fornecedores, locatários, e até as próprias empresas do Estado, como a Copel e Sanepar, que sofreram com a “passada de perna” do tucano. Mas o que mais dói é a situação dos servidores, muitos deles com baixos salários, vítimas de sucessivos golpes aplicados pelo governo que só preserva a si, os interesses dos parentes, e dos ocupantes de cargos em comissão. ... 

Leia mais

14 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

A Assembleia Legislativa NàƒO será a mesma na volta do Carnaval

Paulo César, o protagonista da foto de Roody Reis/Facebook, sintetiza o caráter pacifista do movimento anti-Beto Richa no Paraná.

Paulo César, o protagonista da foto de Roody Reis/Facebook, sintetiza o caráter pacifista do movimento anti-Beto Richa no Paraná.

O governador Beto Richa (PSDB) conseguiu, literalmente, empurrar sua base na Assembleia Legislativa para o cadafalso na última quinta-feira, dia 12, no afã de “tratorar” a discussão e impor o pacotaço que tomava de assalto R$ 8 bilhões da poupança previdenciária dos funcionários públicos do Paraná.  ... 

Leia mais

20 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Vox Populi: FHC foi quem menos combateu corrupção no país

do Brasil 247
dilma_lula_fhc.jpgUm levantamento realizado pelo Vox Populi revela que boa parte da população atesta o discurso do governo petista de que as denúncias sobre corrupção são reveladas em maior número recentemente porque os governantes deram autonomia para que os esquemas fossem descobertos e os responsáveis, presos.

Segundo a mostra do instituto, que contém 2,5 mil entrevistas feitas em 178 municípios brasileiros entre os dias 5 e 8 de dezembro, 31% acreditam que o ex-presidente Lula foi quem “mais combateu a corrupção” entre os três últimos chefes do Executivo federal. Em segundo lugar, vem a presidente Dilma Rousseff, com pequena diferença: 29%. E em último, o tucano Fernando Henrique Cardoso. Leia mais

10 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
11 Comentários

Quebrado, Coxa imita Beto Richa e dá calote em funcionários

ribeiro_coxa_incompetencia.jpgO presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, está sendo acusado carta por ex-funcionários do clube de administração temerária e de apropriação indébita de recursos, pois, de acordo com os acusadores, o dirigente deixou de recolher por 5 Anos o FGTS dos funcionários do futebol profissional. Em carta, eles reclamam ainda de calote na rescisão trabalhista seis meses depois de demitidos.

O médico Walmir Sampaio, em artigo publicado no site COXAnautas, corrobora as acusações contra Ribeiro de Andrade e também classifica a administração do time do Alto da Glória como incompetente.

“Se em campo a situação está resolvida, fora dele o torcedor apto a votar poderá afastar outra grande ameaça ao futuro do clube: a atual gestão. Gestão que fez promessas e não cumpriu, que afastou pessoas competentes por discordarem dos seus métodos, que perdeu a credibilidade e se cercou de omissos ou apadrinhados que jamais discordam de coisa alguma. Não haverá futuro melhor sem mudanças na gestão e nos métodos”, prega o médico.

O governador Beto Richa (PSDB) é ‘exemplo vivo’ de incompetência administrativa. No primeiro mandato, quebrou o Estado. Reeleito, o tucano agora ameaça quebrar até a iniciativa privada aumentando o ICMS dentre outras maldades.

Para integrantes da chapa oposicionista “Coxa Maior”, sem entrar no mérito da comparação política com Richa, a reeleição de Vilson Andrade poderá representar um desastre para o clube, que poderá se endividar mais e voltar à  ZR em 2015.

Cerca de 9 mil torcedores coxa-branca vão à s urnas neste sábado, dia 13, para escolher a nova direção do clube. O maior eleitor, o ex-capitão Alex, deverá anunciar nesta quinta (11) apoio à  chapa comandada pelo cartorário Rogério Bacellar e o empresário André Macias. Sua mulher, Daiane, reforça a chapa oposicionista.

A seguir, leia a íntegra da carta dos ex-funcionários do Coxa: Leia mais

13 de setembro de 2014
por Esmael Morais
4 Comentários

Ricardo Kotscho: Ibope confirma a irrelevância da velha mídia

do Brasil 247
O colunista Ricardo Kotscho, que foi secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República no governo Lula, vê no resultado do último Ibope a confirmação da irrelevância! da velha mídia. Segundo ele, o “pool” formado por Veja & Associados, que disparou o que seria uma “bala de prata” contra a candidatura de Dilma Rousseff, sobre o caso Petrobras, perdeu, já que não apareceu nenhuma prova sobre o suposto novo escândalo. Leia:

Ibope confirma a irrelevância da velha mídia

Deu tudo ao contrário do que imaginava o “pool” formado por Veja & Associados, na perfeita definição de Alberto Dines para a velha mídia que, no último fim de semana, disparou o que seria uma “bala de prata” contra a candidatura de Dilma Rousseff, com a divulgação da “denúncia premiada”, feita por um réu preso, envolvendo políticos e partidos da base aliada do governo num “propinoduto”, que teria sido montado na administração da Petrobras. Até agora, no entanto, não apareceu nenhuma prova.

O objetivo claro era dar uma sobrevida à  candidatura presidencial do tucano Aécio Neves, empacado em terceiro lugar nas pesquisas, a quilômetros de distância das favoritas Dilma e Marina Silva, que devem disputar o segundo turno.

A pesquisa CNI/Ibope divulgada agora há pouco, na manhã desta sexta-feira, confirma as tendências anteriormente registradas por outros três institutos que divulgaram seus levantamentos nesta semana: CNT/MDA, Datafolha e Vox Populi.

Em relação à  pesquisa anterior do Ibope, Dilma Rousseff subiu dois pontos e foi para 39%, abrindo oito pontos de vantagem sobre Marina Silva, que caiu dois e ficou com 31%. Aécio Neves ficou exatamente no mesmo lugar em que estava na semana passada, com 15%. Na projeção para o segundo turno, o Ibope apontou empate técnic Leia mais

16 de abril de 2014
por Esmael Morais
42 Comentários

Rumo ao bi: Dilma venceria no 1!º turno com 40%, diz Vox Populi

do Brasil 247
Levantamento realizado pelo Instituto Vox Populi e divulgado pela revista CartaCapital na tarde desta quarta-feira 16 aponta, mais uma vez, a vitória da presidente Dilma Rousseff já em primeiro turno, com 40% das intenções de voto.

Em relação à  pesquisa Vox Populi divulgada em fevereiro, Dilma caiu 1 ponto percentual, o que demonstra estabilidade. Os dois adversários praticamente não avançaram sobre os índices da presidente. Aécio Neves, do PSDB, registrou 16%, e Eduardo Campos, do PSB, 8%.

Juntos, os opositores têm 14 pontos a menos do que a presidente, a menos de três meses do início da campanha. O senador Aécio Neves também oscilou um ponto para baixo, comparado com a mostra de dois meses atrás.

Já Eduardo Campos, que nesta semana lançou oficialmente sua pré-candidatura com a vice Marina Silva na chapa, ganhou dois pontos. O candidato do PSC, Pastor Everaldo Pereira, foi lembrado por 2% dos eleitores.

Os pré-candidatos Levy Fidelix (PRTB), Randolfe Rodrigues (PSOL), Eymael (PSDC) e Mauro Iasi (PCB) não registraram nenhum ponto. Votos brancos ou nulos representam 15% dos entrevistados e percentual que não sabe em quem votar ou não respondeu é de 18%.

O instituto ouviu 2.200 eleitores em 161 municípios para realizar a pesquisa, entre os dias 6 e 8 de abril. Os detalhes da mostra serão divulgados nesta quinta-feira 17. Leia mais

8 de abril de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Lula faz promessa a Dilma: “Vamos ganhar com você”

do Brasil 247 Em conversa a portas fechadas na última sexta-feira, no Planalto, o ex-presidente Lula levou a presidente Dilma Rousseff a confirmação de sua candidatura, rechaçando boatos do “Volta, Lula”: “Você é a nossa candidata, e nós vamos ganhar com você”, disse. “Eu vou ser seu maior cabo eleitoral”.

Ele reconhece que o cenário não é bom, diante da queda nas pesquisas e da efervescência política no Congresso, e deu conselhos a sua sucessora. O principal deles foi o de evitar a CPI a qualquer preço. Para ele, CPI já é uma coisa muito ruim para o governo; em ano eleitoral, pode ser “mortal”.

Ele também insiste em dar poder efetivo para o novo ministro da Secretaria das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, para segurar a base do governo no Congresso.

Quanto à  economia, pediu atenção, especialmente na inflação. Por último, pediu a presidente para “sair à s ruas”.

Leia aqui a matéria de Raymundo Costa sobre o assunto.

Leia mais

18 de março de 2014
por Esmael Morais
23 Comentários

Pressionado, governo Richa aceita explicar privatização da Sanepar em “reunião secreta” da Assembleia

A pedido do líder da bancada do PT, Tadeu Veneri, o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone, vai depor nesta quarta (19) à s 10 horas em "sessão secreta", no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa do Paraná, sobre a privatização da ainda estatal de água e esgoto; A venda das ações da companhia transformará água, um bem comum, em mercadoria como outra qualquer!, criticou Enio Verri, presidente estadual do PT do Paraná.

A pedido do líder da bancada do PT, Tadeu Veneri, o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone, vai depor nesta quarta (19) à s 10 horas em “sessão secreta”, no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa do Paraná, sobre a privatização da ainda estatal de água e esgoto; A venda das ações da companhia transformará água, um bem comum, em mercadoria como outra qualquer!, criticou Enio Verri, presidente estadual do PT do Paraná.

O presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Fernando Ghignone, vai depor amanhã à s 10 horas em “sessão secreta”, no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa do Paraná, sobre a privatização da ainda estatal de água e esgoto.  ... 

Leia mais

27 de novembro de 2013
por Esmael Morais
23 Comentários

De olho em 2014, Requião propõe Frente de Salvação do Paraná

Requião vai propor, neste final de semana, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e Tibagi, nos Campos Gerais, a formação de uma Frente pela Salvação do Paraná; senador peemedebista, pré-candidato ao Palácio Iguaçu, avalia que Richa quebrou o estado.

Requião vai propor, neste final de semana, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e Tibagi, nos Campos Gerais, a formação de uma Frente pela Salvação do Paraná; senador peemedebista, pré-candidato ao Palácio Iguaçu, avalia que Richa quebrou o estado.

O senador Roberto Requião retoma nesta sexta (29) à  noite, à s 19 horas, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, sua caminhada rumo ao Palácio Iguaçu.  ... 

Leia mais