21 de Maio de 2018
por esmael
Comente agora

Gleisi Hoffmann: O submundo das delações premiadas          

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, detalha o submundo das delações premiadas na lava jato e destaca o papel do advogado Figueiredo Basto no “concerto de delações” com o objetivo, segundo ela, de atingir adversários políticos do PSDB e em troca de propina. Acusado por delatores premiados, Figueiredo Basto agora diz que a palavra de delatores não deve ser considerada. “Seria a piada pronta, mas é o trágico retrato de um sistema judicial envenenado e partidarizado”, escreve. Leia mais

30 de Abril de 2018
por esmael
Comente agora

PGR vai à guerra contra o PT

Na véspera do 1º de Maio, Dia do Trabalhador, e a dez dias de o Supremo Tribunal Federal (STF) pronunciar o resultado do julgamento da Segunda Turma, que pode soltar Luiz Inácio Lula da Silva, a partidarizada Procuradoria-Geral da República ofereceu hoje (30) novas denúncias contra o ex-presidente da República, o ex-ministro Antônio Palocci, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministro Paulo Bernardo, marido da parlamentar. Leia mais

21 de dezembro de 2017
por esmael
5 Comentários

“Delação da delação” contra Gleisi e Paulo Bernardo tem sete versões diferentes

A acusação da PGR contra a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministros Paulo Bernardo tem sete versões distintas e sobra suposições, escreve Pedro Canário no CONJUR. A ação penal contra os petistas é resultado da “delação da delação”, de onde escorre “convicções’ e nenhuma prova.

27 de setembro de 2016
por esmael
56 Comentários

STF confirma caráter político-partidário da Lava Jato ao transformar em réus Gleisi e PB

gleisi_moro_doriaEm 8 de maio deste ano, Dia das Mães, o Blog do Esmael anotou que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) era alvo de perseguição mais pelo que “é” do que “fez” cujo processo lembra o estado nazista de Hitler. Nesta terça (27), o Supremo confirmou essa tese ao acolher denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ela e seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo.

8 de agosto de 2016
por esmael
25 Comentários

Supremo autoriza Gleisi como assistente em reclamação contra a Polícia Federal

gleisi_pfA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) será assistente na reclamação, do Senado, que discutirá se a PF poderia ter feito busca e apreensão no apartamento dela sem autorização do Supremo. A decisão coube ao ministro Dias Toffoli.

5 de julho de 2016
por esmael
13 Comentários

Partido dos Trabalhadores desmente velha mídia golpista sobre bloqueio de contas

rui_folhaO Partidos dos Trabalhadores, por meio de nota, nesta terça (5), desmentiu a velha mídia golpista que divulgou que a agremiação teve recursos bloqueados pela Justiça.

“A notícia é da semana passada. Os recursos já foram desbloqueados. O PT não cometeu ilegalidades em suas contas”, afirmou a assessoria de imprensa da legenda.

29 de junho de 2016
por esmael
102 Comentários

Supremo reprova aluno de Janaina e libera Paulo Bernardo

Paulo_BernardiO ministro Dias Toffoli, do STF, revogou nesta quarta (29) a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo. Na prática, o Supremo revogou a decisão do aluno de Janaina Paschoal, o juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo.

28 de junho de 2016
por esmael
32 Comentários

Depoimento do advogado Guilherme Gonçalves inocenta casal Gleisi e Paulo Bernardo

gleisi_pb_guilhermeO Blog do Esmael teve acesso exclusivo a trechos do depoimento do advogado Guilherme Gonçalves, preso pela Operação Custo Brasil, em que inocenta o casal Paulo Bernardo e a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

24 de junho de 2016
por esmael
120 Comentários

Caiu mais uma farsa: Juiz que mandou prender Paulo Bernardo foi aluno de autora do pedido de impeachment

juiz_janaina_pbA advogada Janaina Paschoal, autora do pedido de impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff, deve estar muito feliz com seu pupilo, o juiz federal Paulo Bueno de Azevedo. Foi ele quem conduziu a Operação “Custo Brasil” — desdobramento da Lava Jato — e, consequentemente, determinou a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo.

24 de junho de 2016
por esmael
24 Comentários

Beto Richa também tem sua “Consist” no Paraná, denuncia Requião Filho

beto_richa_abi_requiaofilhoChama-se ZetroSoft a empresa que faz a administração de empréstimos consignados entre governo, bancos e servidores públicos do Paraná. Para isso, o funcionário público da ativa ou aposentado paga R$ 2 pela operação.

O deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa, se interessou pela história. Na segunda-feira (27), ele promete cobrar informações do esquema ao governador Beto Richa (PSDB).

Paulo Bernardo preso por causa de 1,25 da CONSIST. Quando Richa irá explicar os mais de 2 da ZETRA SOFT? Vou pedir info do consignado PR”, tuitou o parlamentar nesta sexta.

23 de junho de 2016
por esmael
25 Comentários

Ao vivo: comissão do golpe repercute prisão do ex-ministro Paulo Bernardo

PB_comissao_golpe_senado_requiao

Inexoravelmente, a prisão do ex-ministro das Comunicação Paulo Bernardo virá à tona nesta quinta (23) na comissão do golpe do Senado.

Notório e histórico desafeto de Bernardo, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) comentou a Operação Impeachment: “Não serei eu a defender Paulo Bernardo, mas sua prisão desnecessária destina-se a constranger a defesa da soberania do Brasil no impeachment”.

O esforço da Polícia Federal auxilia ao golpe de Estado, como já anotou o Blog do Esmael. Trata-se de uma ajudinha extra que desequilibra a defesa de Dilma Rousseff.

No âmbito do colegiado, a Inês já é morta, mas essa “Operação Impeachment” visa segurar a reação popular contra o interino Michel Temer (PMDB) e o preço do feijão no supermercado. Abaixo, assista ao vivo:

23 de junho de 2016
por esmael
21 Comentários

Operações da PF deveriam ser chamadas de “Operações Impeachment”

PT_bernardoAs operações da Polícia Federal prendem pessoas ligadas ao PT. Deveriam ser chamadas, todas elas, de “Operações Impeachment” em virtude de seu impacto no golpe de Estado e no trâmite da cassação da presidente eleita Dilma Rousseff no Senado.

Há o precedente da condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas vésperas da votação do impeachment na Câmara. Teve também aquele “vazamento” de áudios ilegais para a Globo, tudo para influenciar no resultado do golpe.

23 de junho de 2016
por esmael
34 Comentários

PF prende ex-ministro Paulo Bernardo

Paulo_BernardiO ex-ministro das Comunicações e do Planejamento Paulo Bernardo foi preso na manhã desta quinta-feira (23), em Brasília, pela ‘Operação Custo Brasil’ da Polícia Federal. A ação conjunta com o MPF e a Receita investiga suposto pagamento de propina de R$ 100 milhões em contratos de informática.

7 de Maio de 2016
por esmael
1 Comentário

Gleisi aponta várias inconsistências em denúncia da Lava Jato; assista

gleisi_hoffmannA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) apontou várias contradições — e inconsistência — na denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez contra ela e o marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, no Supremo Tribunal Federal. Abaixo, assista ao vídeo:

17 de Fevereiro de 2016
por admin
21 Comentários

Coluna do Rafael Greca: Fruet fecha até comércio ao deixar gente na rua da miséria

Download áudio

Rafael Greca*

A atual gestão da Prefeitura de Curitiba, sob direção de Gustavo Fruet (PDT), tem fechado portas e cortado sonhos. Abandona, larga, descarta seres humanos na rua da miséria. A omissão do nosso primeiro mandatário e seu secretariado é corrosiva. Clama providências. Curitiba inspira cuidados.

O que fizeram da nossa Casa?

Como conseguiram, em tão pouco tempo, destruir a qualidade de vida de uma Cidade que já mereceu da ONU o Prêmio Mundial do Habitat 1996. Foi um reconhecimento mundial pela qualidade humanitária de nossas políticas públicas de desenvolvimento sustentável, ecologia, transportes, cidadania, saúde, segurança, cultura, educação e promoção social dos excluídos.

Fruet fechou a integração do Transporte Coletivo. Fechou portas dentro dos terminais, dividindo o público como se gado fosse, cada rebanho na sua baia, sem possibilidade de ir e vir com liberdade. Benefícios que todos os cidadãos metropolitanos já usufruíam desde 1993-1996 quando fui o Prefeito implantou a grande Rede Integrada Metropolitana de Transportes, com uma única tarifa social. Avanço social sem precedentes.

Fruet fechou a UPA da Fazendinha. Era para ter aberto ontem, mas, as obras não ficaram prontas. O material atrasou, a tinta não secou, o dinheiro não deu, a RPC noticiou ontem no jornal das 19:00 horas. O que não contaram é que – depois que Fruet entregou a Saúde Pública de Curitiba ao seu PT – uma UPA custa R$ 2 milhões por mês. Fechada, já durante três meses, e prometida só para daqui um mês, a UPA da Fazendinha pode “render” R$ 8 milhões à sanha arrecadadora desta ‘Prefs’ sem nenhum feito.

Fruet fechou o Farol do Saber da Praça Espanha. Pintado de preto, dizem que por obra da Copa, R$ 5 milhões depois, o Farol Miguel de Cervantes está transformado em cenário de abandono e cracolândia. Privado dos seus 15 mil livros, 10 mil deles em espanhol, síntese da literatura na língua de Dom Quixote, presente que consegui para Curitiba junto ao Instituto Cervantes , através do detentor do Prêmio Nobel de Literatura Mário Vargas Llosa que, ao meu tempo de prefeito, nos visitou. E deixou seu encantamento por escrito num artigo publicado no jornal El País. Naquela praça, transformada em cenário de repetidos homicídios, até a estátua de Cervantes, em bronze, presente do Rei da Espanha, sumiu, substituída por uma ordinária réplica de massa de cimento.

Fruet fechou o caminho dos jovens que sonhavam com a profissionalização: acabou com a oferta de vagas FAS para a Escol

21 de outubro de 2015
por admin
3 Comentários

Folha de S. Paulo tenta incriminar Paulo Bernardo em delação premiada que não aconteceu

bernardoO jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria hoje (21) com uma suposta delação premiada de um advogado e ex-vereador pelo PT de Americana (SP), Alexandre Romano. Segundo a matéria, Alexandre repassava propina oriunda de contratos do Ministério do Planejamento ao ex-ministro Paulo Bernardo (PT) e ao ex-tesoureiro do PT, João Vaccari. Leia mais

7 de outubro de 2015
por admin
14 Comentários

Coluna do Rafael Greca: Mais Curitiba, menos Brasília

Download

Rafael Greca*

Quem inventou esta inominável dependência curitibana de Brasília? Não fui eu nem foi você. Quem colocou Curitiba na vala comum do pires na mão? Não fui eu nem foi você.

Que raios de discurso é este? Curitiba antes modelo, vai mesmo aceitar calada o título de cidade modelada? Não, mil vezes não. Não foi para isso que você deu o seu voto.

Curitiba está travada, imobilizada. Fruet faz Prefeitura sem frutos, infrutífera; resultado de suas escolhas calculistas e apostas políticas frustadas.

Chegou ao poder bafejado pelos ventos do PT, impulsionado pelos investimentos de Gleisi Hofmann, Paulo Bernardo, Angelo Vanhoni, André Vargas, os grandes escritórios de Brasília, as empresas empreiteiras então íntimas dos sorridentes poderosos do Planalto.

Havia uma expectativa de que os lucros da Copa e programas como “PAC”, “Minha Casa Minha Vida” e o Metrô (lançado aqui três vezes com a presença da presidente Dilma Rousseff), irrigassem as finanças curitibanas.

Em 2012, Ducci e Fruet celebraram o acordo dessa dependência. Chegaram a disputar nos tribunais o direito de ter o sorriso de Dilma nos seus tristonhos programas eleitorais. Hoje, a realidade mudou. Agora tentam se descolar da imagem que eles mesmo colaram, enquanto queimavam o filme.

A recessão/depressão está nas ruas. É visível na cena inaceitável do abandono social, em doentes deambulando pelas marquises dos prédios, traficantes e drogados — travestidos de moradores de rua — ameaçando o direito de ir e vir dos transeuntes e a paz social urbana.

Estamos esperando o Metrô, sentados à beira dos caminhos, nas filas do transporte coletivo desintegrado, com 183 ônibus de vida útil vencida. Na última quinta-0feira, 1º de outubro, às 13 horas, vi o incêndio de um ônibus alimentador do Bacacheri, na avenida Erasto Gaertner,em frente ao Sindacta. Aterrador.

A danosa desintegração do transporte público também faz mal à qualidade de vida do povo trabalhador. Isto particularmente me dói, e dói muito, porque em 1995, enquanto prefeito de Curitiba, criei a Rede Integrada Metropolitana de Transportes.

Quem antes pegava um único ônibus Colombo-CIC, agora tem que pagar, subir e descer de pelos menos três coletivos: Colombo- terminal do Cabral; dali ao terminal da CIC; e depois até a fábrica de seu destino por ali

14 de setembro de 2015
por esmael
13 Comentários

Por determinação do STF, Moro perde jurisdição na investigação de Gleisi

Medida que beneficia senadora Gleisi Hoffmann, ao frear a extrapolação da Lava Jato, abre jurisprudência (precedente) para outros réus na operação do juiz Sérgio Moro que não tenham vínculo direto com a Petrobras; juristas já apelidaram as investigações de "Operação Fim do Mundo"; magistrado da 13ª Vara Federal de Curitiba estava avançando em casos da Caixa e do Ministério do Planejamento.

Medida que beneficia senadora Gleisi Hoffmann, ao frear a extrapolação da Lava Jato, abre jurisprudência (precedente) para outros réus na operação do juiz Sérgio Moro que não tenham vínculo direto com a Petrobras; juristas já apelidaram as investigações de “Operação Fim do Mundo”; magistrado da 13ª Vara Federal de Curitiba estava avançando em casos da Caixa e do Ministério do Planejamento.

O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF),  retirou a investigação contra a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) da jurisdição do juiz federal Sérgio Moro. Leia mais

13 de agosto de 2015
por esmael
11 Comentários

Gleisi Hoffmann: ‘A velha mídia mente e distorce fatos contra o PT’

gleisiadvA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), indignada, ao Blog do Esmael, refutou informações veiculadas pela velha mídia nesta quinta-feira (13) acerca do advogado de suas campanhas eleitorais de 2008, 2010 e 2014. De acordo com ela, Guilherme Gonçalves foi seu advogado e da “torcida do Flamengo” nos últimos anos. Leia mais