29 de maio de 2018
por editor
Comente agora

Dr. Rosinha detalha arbitrariedades da Prefeitura e da Justiça contra a Vigília Lula Livre; assista

O presidente do PT-PR, Dr. Rosinha, e a Presidenta da CUT/PR, Regina Cruz, fizeram uma declaração pública sobre a decisão judicial contra a Vigília Lula Livre. O juiz Jailton Tontini determinou o uso da força policial para a retirada da Vigília além de ordenar a cobrança de multa de R$ 500 mil diários contra o PT e a CUT desde 19 de maio. Leia mais

29 de maio de 2018
por editor
Comente agora

Vigília Lula Livre acusa Greca de cercear a liberdade de manifestação

A Vigília Lula Livre publicou na tarde desta terça-feira (29) uma nota em resposta à decisão do juiz Jailton Tontini que determinou o uso da força policial contra os apoiadores do ex-presidente Lula. Segundo a nota, a Vigília vai recorrer da decisão e culpa o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), por tentar impor um interdito proibitório a todo custo. Leia mais

28 de abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em “Autor de atentado contra acampamento Lula Livre era atirador profissional”, diz CUT

“Autor de atentado contra acampamento Lula Livre era atirador profissional”, diz CUT

Foto: Neudicleia de Oliveira/ Brasil de Fato.

A presidenta da CUT-Paraná, Regina Cruz, que é trabalhadora da área de segurança, afirmou que era “profissional” o atirador que desferiu 20 tiros contra a vigília Lula Livre, no acampamento Marisa Letícia, em Curitiba. Leia mais

14 de junho de 2017
por esmael
10 Comentários

CUT debate na tríplice fronteira a derrubada de Michel Temer

A Central Única dos Trabalhadores realiza um congresso extraordinário nesta sexta-feira, em Foz do Iguaçu, durante a 15ª Plenária, para discutir a derrubada do ilegítimo Michel Temer e a convocação de eleições diretas.

18 de março de 2016
por esmael
3 Comentários

CUT-PR sofre 2º ataque fascista em menos de 24 horas

A sede da Central Única dos Trabalhadores, seção Paraná, a CUT-PR, em Curitiba, foi alvo de um segundo ataque de fascistas em menos de 24 horas.

A presidente da CUT-PR, Regina Cruz, informou ao Blog do Esmael que artefato explosivo foi afixado no portão do prédio na Rua João Manoel, 444, no bairro São Francisco.

“Os vizinhos nos avisaram porque o estrondo foi muito forte, por volta das 21h30”, contou a dirigente, que chamou a Polícia.

Na madrugada desta quinta-feira (17), as sedes da CUT e do PT, relativamente próximas, foram alvejadas por fascistas estimulados pela Rede Globo de Televisão.

Ao longo da noite de ontem (16), após o juiz Sérgio Moro vazar áudios de grampos contra a presidente Dilma e o ex-presidente Lula, a TV Globo estimulou convulsão social com o intuito de promover contra a democracia.

Nesta sexta-feira (18), movimentos sociais e a central saem às ruas da capital paranaense contra o golpe à democracia.

25 de março de 2014
por esmael
32 Comentários

à‰ guerra. Mirian Gonçalves convoca equipe para enfrentar Fruet em 2016

Ninguém consegue mais esconder que Fruet e sua vice, Mirian Gonçalves, não conseguem comungar na mesma missa; eles racharam politicamente, a ponto de não ter mais volta; a advogada trabalhista cometeu o pecado! de ficar ao lado dos trabalhadores e servidores municipais nas greves da semana passada que reivindicam melhores salários; gustavistas viram nisso alta traição! e já falam em demiti-la da Secretaria Municipal do Trabalho; para intensificar a luta interna, no PT, escalam nomes ligados ao casal ministerial para substituí-la no cargo; a vice não deixou por menos, segundo uma fidedigna fonte no PT, ao convocar equipe para desenhar campanha a prefeita de Curitiba contra Gustavo Fruet; a guerra está apenas começando e envolve figurões petistas.

Ninguém consegue mais esconder que Fruet e sua vice, Mirian Gonçalves, não conseguem comungar na mesma missa; eles racharam politicamente, a ponto de não ter mais volta; a advogada trabalhista cometeu o pecado! de ficar ao lado dos trabalhadores e servidores municipais nas greves da semana passada que reivindicam melhores salários; gustavistas viram nisso alta traição! e já falam em demiti-la da Secretaria Municipal do Trabalho; para intensificar a luta interna, no PT, escalam nomes ligados ao casal ministerial para substituí-la no cargo; a vice não deixou por menos, segundo uma fidedigna fonte no PT, ao convocar equipe para desenhar campanha a prefeita de Curitiba contra Gustavo Fruet; a guerra está apenas começando e envolve figurões petistas.

Que a advogada Mirian Gonçalves não é a vice dos sonhos do prefeito Gustavo Fruet, do PDT, nem da ala do PT ligada aos ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, todo mundo já sabe. Leia mais

21 de março de 2014
por esmael
60 Comentários

Fruet vê greve de educadores como “industrialização” do PT e se incomoda com marchinha!; assista

Gustavo Fruet se incomoda com acampamento e jingle do Sismuc: "♪  ♫ Prefeito, vê se me escuta. Não vai parar, não vai parar a nossa luta. Você mentiu para a população, dizendo que pagava... ♪  ♫", cantarolam educadores em greve desde segunda-feira 17 (assista ao vídeo abaixo); gustavista veem movimento radical! como industrialização! do aliado PT para desgastar o prefeito; movimento sindical tem forte influência dos petistas, que têm a vice com a advogada Mirian Gonçalves; nesta sexta, a Prefeitura de Curitiba distribuiu uma carta do CMEI Pinheirinho contra a redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas semanais!.

Gustavo Fruet se incomoda com acampamento e jingle do Sismuc: “♪ ♫ Prefeito, vê se me escuta. Não vai parar, não vai parar a nossa luta. Você mentiu para a população, dizendo que pagava… ♪ ♫”, cantarolam educadores em greve desde segunda-feira 17 (assista ao vídeo abaixo); gustavista veem movimento radical! como industrialização! do aliado PT para desgastar o prefeito; movimento sindical tem forte influência dos petistas, que têm a vice com a advogada Mirian Gonçalves; nesta sexta, a Prefeitura de Curitiba distribuiu uma carta do CMEI Pinheirinho contra a redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas semanais!.

Há um tremendo desconforto na Prefeitura de Curitiba por conta da greve de educadores dos CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil) inciada na segunda-feira 17. A tropa do prefeito Gustavo Fruet (PDT) começou a trombar de frente com os petistas que fazem parte do governo. Leia mais

20 de março de 2014
por esmael
4 Comentários

CUT realiza sábado 3!ª pedalada pelo fim da violência contra as mulheres

A Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT-PR) promoverá no dia 22 de março a terceira edição da sua pedalada pelo fim da violência contra as mulheres. A atividade faz parte do calendário anual de eventos da central e tem como objetivo chamar a atenção, de uma forma saudável, para o problema.

Há a necessidade de um esforço ininterrupto para combater este mal, uma vez que apesar de todos os esforços, os índices de violência contra as mulheres continuam aumentando!, explica a secretária da mulher da CUT-PR, Eliana Maria dos Santos.

De acordo com ela, a Comissão Parlamentar Mista de Investigação (CPMI) sobre a Violência Contra as Mulheres levantou dados alarmantes sobre o tema. O Paraná é o terceiro estado da federação com maior número de assassinatos de mulheres, enquanto o Brasil está em sétimo lugar no ranking mundial destas estatísticas!, completou.

A presidenta da Central, Regina Cruz, por sua vez destacou o papel da CUT na luta pela igualdade de gêneros. Historicamente a CUT tem esta luta como uma de suas principais bandeiras, inclusive, dentro da Central onde conseguimos aprovar a paridade na direção para o próximo congresso. Fazemos a nossa lição de casa!, ressaltou.

Trajeto e inscrições – A exemplo das pedaladas anteriores, o trajeto definido é de 6,5 Km, com saída programada para à s 9h da Praça Santos Andrade e término no Parque Barigui, com show e sorteios de brindes. As inscrições podem ser realizadas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (41) 3232- 4649 de forma gratuita.

As camisetas do evento devem ser encomendadas com antecedência, pelo mesmo e-mail. O valor é de R$ 17, preço de custo.

Locação – Quem não possuí uma bicicleta, poderá locar para a atividade. Confira a lista de locais:

– Bicicletaria Cultural, na Rua Presidente Faria, 226, próximo a Pça Santos Andrade. Reservas com Fernando no telefone (41) 3153-0022. O custo é de R$ 30,00 a diária

– Cicles Jaime, no Passeio Público.

– Curitbike, na Rua Nilo Pecanha, 243. Para grupos oferece serviço de entrega na Pça Santos Andrade e retirada no Parque Barigui no valor de R$ 23,00. Contato com Gustavo no telefone (41) 9656- 2951.

Bike Sul !“ Na Rua Tapajós, 1047, Loja 08. Contato com Gestennberger no telefone (41) 9912-2626

20 de março de 2014
por esmael
24 Comentários

Fruet foi “irresponsável” ao judicializar a greve dos educadores, diz CUT

A presidenta da Central Única dos Trabalhadores (CUT), seção Paraná, Regina Cruz, em nota oficial, se solidarizou com os educadores dos CMEIs em greve desde segunda 17. Para a dirigente da central sindical, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) foi “irresponsável” ao judicializar o movimento grevista.

“Não há outra saída que não a reversão do processo de judicialização que criminaliza o movimento sindical”, diz um trecho da nota oficial.

Os educadores mantiveram nesta quinta 20 a greve mesmo decisão judicial considerando ilegal o movimento. Os grevistas fizeram um animado protesto da Praça Carlos Gomes até a sede da Prefeitura de Curitiba, no Centro Cívico.

A maior central sindical do país, a CUT, e os grevistas dizem que o prefeito segue intransigente. “Basta o prefeito negociar”, dão a senha para voltar à s salas de aula.

A seguir, leia a íntegra da nota oficial da CUT:

Negociação é a única saída para o impasse dos servidores municipais

Nota da presidência da CUT Paraná sobre a greve dos educadores na capital critica judicialização da greve e cobra diálogo.

– A greve dos educadores de Curitiba entra no seu terceiro dia e sem a previsão de uma negociação efetiva. A postura da administração municipal ao judicializar o movimento grevista é irresponsável. Os principais pontos da pauta colocados pela categoria, representada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba, mais do que justos, são condições imprescindíveis para o desenvolvimento de uma educação pública de qualidade.

– Não há outra saída que não a reversão do processo de judicialização que criminaliza o movimento sindical. à‰ preciso, aliás, mais do que isso, é imprescindível que uma rodada de negociações efetiva e objetiva tenha início, colocando na mesa trabalhadores e trabalhadoras sentados ao lado do prefeito em iguais condições para negociação. Situações condizentes com o histórico de lutas e defesa da CUT, desde a sua fundação, pela liberdade e autonomia sindical.

– O tema em pauta é essencial, tanto o é, que foi uma das principais bandeiras de Gustavo Fruet em sua campanha: a valorização da educação. Esta valorização, não temos dúvida alguma, começa pelo reconhecimento de uma categoria essencial para o futuro e presente da nossa cidade.

– Desta forma, a CUT apoia de forma irrestrita o Sismuc e condena a judicialização do movimento grevista. Exigimos, neste cenário, uma negociação efetiva e com avanços concretos para a categoria. Assim, novamente, a Central Única dos Trabalhadores do Paraná reafirma seu único e exclusivo compromisso, que é com a classe trabalhadora.

Regina Cruz, presidenta da CUT Paraná.