29 de maio de 2018
por editor
Comentários desativados em Dr. Rosinha detalha arbitrariedades da Prefeitura e da Justiça contra a Vigília Lula Livre; assista

Dr. Rosinha detalha arbitrariedades da Prefeitura e da Justiça contra a Vigília Lula Livre; assista

O presidente do PT-PR, Dr. Rosinha, e a Presidenta da CUT/PR, Regina Cruz, fizeram uma declaração pública sobre a decisão judicial contra a Vigília Lula Livre. O juiz Jailton Tontini determinou o uso da força policial para a retirada da Vigília além de ordenar a cobrança de multa de R$ 500 mil diários contra o PT e a CUT desde 19 de maio. ... 

Leia mais

21 de março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Assembleia aprova urgência em nova gratificação para juízes do Paraná

Assembleia aprova urgência em nova gratificação para juízes do Paraná


A mesma Assembleia Legislativa (Alep) que vem negando há anos os reajustes dos salários dos professores e servidores estaduais aprovou ontem (20) o regime de urgência para votar mais uma(!) gratificação para juízes e desembargadores do Paraná. A justificativa do líder do governo, deputado Romanelli (PSB), foi que a matéria “é de interesse público e incide em repercussão para a coletividade”. ... 

Leia mais

12 de maio de 2016
por admin
8 Comentários

Beto Richa não conclui nem as obras da copa do mundo

copas

Em mais um show de incompetência administrativa do governador Beto Richa (PSDB), o Tribunal de Contas do Estado (TCE) constatou que o governo não conseguiu concluir até agora as quatro obras de mobilidade, sob responsabilidade estadual, para a copa do mundo de 2014. As informações são da coluna do deputado estadual Requião Filho (PMDB). Leia e ouça a seguir.  Leia mais

26 de abril de 2016
por admin
7 Comentários

Eduardo Cunha, o Richa da Câmara?

cunharicha

O que une o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), e o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), além do golpe contra a democracia em curso no País?

Ambos estão envolvidos em sérias denúncias de corrupção, mas até o momento seguem intocáveis, como que por encanto. A Justiça parece que não os cabe, não os atinge; e eles continuam firmes em seus mandatos para a tristeza do Paraná e do Brasil. Leia mais

24 de março de 2016
por admin
6 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: O outono de Beto Richa

Reinaldo de Almeida César*

E eis que novamente chega, para nós outros que estamos abaixo da linha do Equador, a estação do outono austral.

Não tenho dúvidas em dizer que é também o outono da gestão do governador Beto Richa, cujos acertos e erros serão julgados pela história. E, talvez, pela massa dos eleitores paranaenses em 2018.

É chegado o outono do atual ocupante temporário do Iguaçu, porque de agora em diante, a velocidade do passar dos dias se acelera. É quando a fina areia da ampulheta parece ser ainda mais fina, esvaindo-se com incrível rapidez pelo vértice do artefato de tempo.

De agora até a desincompatibilização do cargo para fins eleitorais, restam apenas e exatos dois anos.

Tire feriados, esticados finais de ano, temporadas de praia em Caiobá, períodos em que despesas já não podem mais ser empenhadas, lapsos de tempo em que o orçamento ainda não foi votado e liberado, prazos licitatórios e de contratação de obras previstos na lei e veja quanto ainda resta de tempo útil para o atual governo. É muito pouco.

Dificilmente o que não foi feito em seis longos anos, será agora feito em míseros dois.

Já, já, faremos o cotejo do que foi executado no Programa PARANÁ SEGURO, programa oficial do governo para o setor.

Nesta despretensiosa análise, estou a assumir a premissa de que Sua Excelência haverá de apresentar seu nome às urnas, em 2018.

Neste ponto, sou lembrado pelos meus sempre indóceis botões que os procedimentos investigativos no STJ, PGR e PF, sobre as operações Publicano e Quadro-Negro, haverão de empurrar o governador para a disputa eleitoral.

Seria um arriscado luxo permanecer sem foro privilegiado, num país que redescobriu o significado deste instituto jurídico.

Não se sabe, porém, se Beto Richa buscará a Câmara dos Deputados ou o Senado Federal.

Se tiver êxito, na eleição para a C Leia mais

29 de fevereiro de 2016
por admin
20 Comentários

Coluna do Luiz Cláudio Romanelli: O tempo é o senhor da razão

Download áudio

“Não é a consciência do homem que lhe determina o ser,
mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência”
Karl Marx

Luiz Cláudio Romanelli*

Nesta última semana, o secretário da Fazenda Mauro Ricardo Costa prestou na Assembleia Legislativa o balanço das contas do Estado relativo ao terceiro quadrimestre de 2015. A apresentação mostrou o quão importante foi o ajuste fiscal e as medidas tomadas desde dezembro de 2014 – corte de gastos, enxugamento da máquina – e que agora difere o Paraná como um dos poucos, senão o único, estado da federação com as contas em dia e com a capacidade de investimento que pode ser traduzida em obras nos municípios.

Os números hoje impressionam, mas todos sabem também que o desgaste político, sem precedente, ainda marca e suscita debates. O tempo, o senhor da razão, vai curando ao deslindar, com dados, o novo contexto que as conjunturas, principalmente a econômica, impõem ao país e aos estados. Se nada fosse feito e as medidas ditas amargas não fossem tomadas, o Paraná estaria no ralo comum da maioria dos estados à beira da falência.

Mauro Ricardo, com competência e brilhantismo técnico, deu detalhes como pagamos mais de R$ 2 bilhões em dívidas com fornecedores, precatórios – sem o c Leia mais

24 de fevereiro de 2016
por admin
12 Comentários

Justiça manda Beto Richa exonerar comissionados na Cohapar

Uma sentença proferida pelo Juiz Luciano Augusto de Toledo Coelho, da 12ª Vara do Trabalho de Curitiba, nesta terça (23), obriga a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) a exonerar os funcionários comissionados contratados sem concurso público.

Em caso de descumprimento, a sentença prevê multa diária no valor de R$ 5 mil por pessoa contratada nesta situação. A empresa também foi condenada a pagar R$ 100 mil por danos morais coletivos.

A decisão se dá com base em reclamatória trabalhista feita pelo Ministério Público a partir de uma representação do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Paraná (Senge-PR).

Em seu despacho, o juiz determina que a Cohapar se abstenha de admitir novos trabalhadores a título de “emprego em comissão”, em cargos ou funções não criados por lei específica. Também determina que no prazo de 90 dias sejam exonerados os trabalhadores comissionados em situação irregular.

A decisão da Justiça se dá quase cinco anos após o Senge-PR ter entrado com representação junto ao Ministério Público, o que ocorreu em setembro de 2011, e da própria recomendação do MP, feita julho de 2014, para a extinção de cargos em comissão. A Cohapar havia criado 45 cargos sem respaldo legal.

O Ministério Público também já recomendou a extinção de cargos em comissão da Sanepar, em atendimento à mesma representação do Senge; mas até o momento a Justiça não julgou esse processo.

Se a moda pega, vai ter muito funcionário comissionado do governo Beto Richa (PSDB) no olho da rua. E o governador vai perder boa parte dos seus mais fiéis “apoiadores”.

As informações são do Leia mais

23 de fevereiro de 2016
por admin
38 Comentários

Professores ficam revoltados com vídeos “provocativos” na Semana Pedagógica do Paraná

direitoshumanos

Parece uma piada, mas não tem graça. Muito pelo contrário. Os materiais elaborados pelo governo Beto Richa (PSDB), por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEED), para a Semana Pedagógica estão causando forte revolta entre os professores nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná.

A equipe do tucano optou por temas espinhosos para o governo como os direitos humanos, o combate a corrupção e a democracia. É como se falasse em corda na casa de enforcado…

Assistindo aos vídeos produzidos pelo governo, os professores imediatamente lembraram do massacre do Centro Cívico, como exemplo de desrespeito aos direitos humanos. No tema de combate a corrupção, lembraram da Operação Quadro Negro do Gaeco, que apurou o roubo de milhões de reais destinados à construção e reforma de escolas. E, finalmente, no tema da democracia, lembraram dos métodos utilizados por Beto Richa para aprovar o confisco da previdência dos servidores na Assembleia Legislativa, entre outras maldades.

Nas escolas, o constrangimento e a indignação é geral e irrestrita. A Semana Pedagógica começou ontem (22), prossegue hoje (23) e termina amanhã (24).

A situação ficou ridícula quando o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), foi escalado para falar num vídeo chamado “Geração Atitude” sobre um programa de combate à corrupção(!), incentivando a participação crítica(!). Leia mais

14 de dezembro de 2015
por admin
5 Comentários

Coluna do Luiz Cláudio Romanelli: Mais respeito às pessoas com deficiência

Download

“Amar é descobrir que a deficiência do próximo faz parte do perfeito mosaico humano”
Douglas Américo

Luiz Cláudio Romanelli*

Na semana que passou o Paraná realizou a IV Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Os participantes tiveram pelo menos uma excelente noticia: o governador Beto Richa (PSDB) autorizou a redução da jornada de trabalho, sem alteração na remuneração, de funcionários públicos e militares estaduais que têm familiares com deficiência.

A medida vai permitir que estes servidores acompanhem seus parentes nos tratamentos especializados, durante seu processo de habilitação ou reabilitação e, também, no atendimento de suas necessidades básicas diárias.

A regulamentação da redução da carga horária para servidores públicos estava prevista no artigo 63 do Estatuto da Pessoa com Deficiência, sancionado pelo governador Beto Richa em janeiro deste ano. Elaborado, discutido e aprovado em audiências públicas realizadas em todas as regiões do Paraná, o estatuto foi criado para assegurar e promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais as pessoas com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania.

O documento apresenta as diretrizes para áreas como saúde, educação, profissionalização, trabalho, assistência social e acessibilidade, que propiciam o bem-estar social e econômico das pessoas com deficiência.  A aprovação do Estatuto da Pessoa com Deficiência do Estado do Paraná foi uma ação essencial, que ampliou a eficácia da garantia dos direitos no Estado.

A decisão do governador é um avanço significativo e um exemplo a ser seguido, principalmente se levarmos em conta que embora o pais tenha uma lei avançada para proteger as pessoas com deficiência, sua eficácia e efetividade são questionáveis.

Não basta apenas chamar a atenção para a questão do cumprimento da lei, do respeito aos direitos das pessoas com deficiência, como tentou fazer a prefeitura de Curitiba quando lançou a malfadada campanha dos outdoors. Para quem não lembra: algum “jenio da comunicassao” da” Prefs” teve a ideia de instalar outdoors na cidade com a mensagem “Pelo fim dos privilégios para deficientes”, identificando os autores como Movimento pela Reforma dos Direitos.  Os “especialistas” em mídias sociais da “Prefs” também criaram uma página no Facebook sugerindo o fim das cotas em concursos, a redução em 50% das Leia mais

28 de novembro de 2015
por admin
15 Comentários

PL “Adote uma Escola” vai para análise do Conselho Estadual de Educação

O Projeto de Lei N° 304/2015, de autoria do deputado estadual Marcio Nunes (PSC), que institui o programa “Adote uma Escola” começou a tramitar na última quarta-feira (24) na Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Contrário ao projeto, o deputado Professor Lemos (PT) apresentou requerimento para que o projeto fosse enviado para análise do Conselho Estadual de Educação (CEE). O requerimento foi aprovado por unanimidade e o texto será protocolado naquele órgão nesta segunda-feira (30).

Lemos espera que o Conselho se posicione contrário ao projeto e vai propor que o mesmo seja rejeitado no mérito pela Comissão de Educação da Alep. Segundo o deputado, a educação pública é dever do Estado e deve ser financiada com os recursos dos impostos, e não com patrocínio da iniciativa privada.

“No meu entendimento, o projeto tira a autonomia das escolas, com a ingerência e a propaganda das marcas das empresas. Imagine as marcas estampadas nas paredes das escolas e nos uniformes das crianças. Educação não é mercadoria, não pode ser mercadoria.”

“Olha o nome do projeto: ‘Adote uma Escola’. Quando é que você adota alguém? Quando está abandonado. Não podemos permitir que a educação fique abandonada. Ela é o nosso futuro.” Acrescentou.

“A função de arrecadar os impostos é da Receita Estadual. Não podemos transformar as escolas em agências da Receita. O governo deve combater a corrupção da receita e destinar corretamente os recursos para educação, para que nenhuma escola fique abandonada.” Concluiu o deputado.

O projeto deverá ser analisado pelo Conselho Estadual de Educação nas próximas reuniões e retornar para tramitação na Alep somente no início de 2016.

Leia mais

26 de novembro de 2015
por admin
14 Comentários

Coluna do Requião Filho: Assembleia Legislativa entende Regimento Interno como quer

Downlaod

Requião Filho*

Na última terça-feira a Sessão Plenária da Assembleia Legislativa deixou marcado em sua história que as decisões tomadas em Plenário sempre, ou quase sempre, atenderão os interesses do Governo.

Como é de conhecimento notório, o Estado do Paraná, pensa que a Polícia Militar é exército, como ocorreu no dia 29 de abril de 2015, dia no qual o Centro Cívico se tornou um campo de guerra. Mas ele está errado! Pelo contrário, a PM existe para proteger o cidadão e preservar a ordem, e não causar animosidade e enfrentamento.

Visando o aperfeiçoamento da Polícia Militar, a aproximando do que se almeja em um Estado Democrático de Direito, apresentei um simples Requerimento à Casa, pedindo a instalação de Comissão Especial Temporária. Essa Comissão iria auxiliar os trabalhos de reformulação do Regimento Disciplinar da Polícia Militar do Paraná; mas, acreditem, não foi aprovado.

O Regimento Disciplinar da PMPR, atualmente, está vinculado ao Regimento Disciplinar do Exército, no entanto, o policiamento é atividade específica e que merece um regulamento próprio, além do que alguns dispositivos do RDE são arcaicos e já não mais se coadunam com a realidade atual.

Os estudos da Comissão Especial seriam relevantes tanto para a instituição Polícia Militar quanto para a própria segurança pública.

Estes eram os únicos e legítimos intuitos do Requerimento de formação da Comissão Especial Temporária: fazer um estudo para atualizar a legislação tornando-a contemporânea e constitucionalmente adequada, valorizando o funcionamento interno da Polícia e contribuindo para o aperfeiçoamento da instituição.

Ocorre que, diferente do que se poderia esperar dos deputados, a Assembleia Legislativa do Paraná, através do voto de minerva de seu Presidente, rejeitou o requerimento apresentado, seguindo o raciocínio exposto pelo Líder do Governo, de que o assunto poderia ser tratado em Comissão Permanente, acabou por adotar uma interpretação totalmente desregulada do Regimento Interno da Casa.

Frise-se: durante a sessão o Presidente da ALEP reconheceu a falha do Regimento e entre atender a população, parte mais fraca, ou o Governo, parte dominante, optou, evidentemente, por abaixar a cabeça e seguir os interesses do Poder Executivo.

Na verdade, a interpretação do regimento, exposta pelo Presidente, pende “pra cá” ou “pra lá”, dependendo se o deputado é da situação ou da oposição, o que menos importa, na verdade, é o interesse do povo paranaense.

Entretanto, o tema abordado é deveras específico, que alavanca grandes discussões teóricas, indo muito além do cotidia Leia mais

24 de outubro de 2015
por admin
11 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Beto Richa, insaciável, toma o leite das crianças

Download

Jorge Bernardi*

O último pacotaço do governador Beto Richa, aprovado pela Assembleia Legislativa do Paraná, com o nome midiático de Fundo de Combate à Pobreza, trouxe mais uma maldade perpetrada contra os paranaenses.

Agora as vítimas foram as crianças, com o confisco de 360 milhões de reais que se encontravam no FIA (Fundo da Infância e da Adolescência) que foram transferidos para o recém-criado Fundo de Combate a Pobreza.

O que ocorreu, na verdade, foi apenas uma transferência contábil deste valor, pois o dinheiro mesmo já havia sido gasto há muito tempo. Os valores só existiam na contabilidade do fundo, embora todos os paranaenses recolhera a taxa do fundo ao utilizar serviços do Detran.

Os recursos que deveriam estar no FIA, há muito tempo haviam sido gastos, certamente em áreas como na publicidade que reelegeu o governador.

O argumento utilizado pelos assessores enquanto ele se divertia em Paris com o dinheiro das paranaenses, de que os recursos foram retirados por falta de projetos, não convence.

Mesmo porque a esposa do governador Fernanda Richa foi, até recentemente, a secretária da Criança e da Juventude (atual Secretaria do Trabalho e Assistência Social) que, em tese, tem a responsabilidade de desenvolver políticas públicas para atender crianças e adolescentes.

Enquanto isso, de janeiro de 2014 a 20 de outubro de 2015, houve, no Paraná, 82.423 casos de violação de direitos de crianças e adolescentes, um dos mais altos índices do Brasil (dados do Sipia).

Poucas vozes se levantaram para denunciar a barbárie praticada pelo governo Beto Richa, e o governador de fato do Paraná, Mauro Ricardo Costa, o todo poderoso secretário da Fazenda.

Com credibilidade e autoridade se opôs a esta violência, o ex-procurador geral do Estado, Olympio de Sá Sotto Mayor Neto, que denominou de ilegal e inconstitucional a medida. O Fórum dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA), que reúne entidades da sociedade civil como a OAB, também denunciou a arbitraria medida do governo Richa.

O segundo mandato de Beto Richa mal começou a já está marcado por escândalos, como pedofilia e corrupção de fiscais de Londrina, violência contra professores e funcionários públicos, o primo Luiz Abi, comandando as licitações fraudulentas.

Agora, ele se apropria dos recursos que deveriam ser aplicados em políticas públicas para crianças e adolescentes. Um começo de governo com cara de fim.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba pelo PDT, é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.

Leia mais

20 de outubro de 2015
por admin
7 Comentários

Gleisi se solidariza com jovens que levaram “geral” na chegada à Conferência da Juventude do Paraná

geral

O Conselho Municipal de Juventude de Curitiba distribuiu nesta terça-feira (20) Nota de Repúdio ao Governo do Estado (leia abaixo) contra a ação policial que recepcionou a delegação de Curitiba na 3ª Conferência Estadual de Juventude do Paraná.

A conferência ocorreu no fim de semana em Faxinal do Céu, município de Pinhão, e a referida ação da polícia ocorreu na madrugada do dia 17 (sábado). Segundo os participantes, os policiais fortemente armados e com cães obrigaram toda a delegação de Curitiba a desembarcar do ônibus para ser revistada.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) manifestou solidariedade aos jovens reprimidos pela polícia. Ela criticou o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), por promover uma repressão à juventude que não se verificava desde o regime militar.

“Deixo aqui meu protesto ao governo do estado do Paraná, porque, infelizmente, está levando a imagem do nosso estado para o Brasil e para o mundo como um estado arrogante e antidemocrático” completou a senadora.

Os representantes do governo alegam que se tratava de uma “operação padrão”, mas somente a delegação de Curitiba sofreu esse constrangimento.

Leia a seguir a Nota do Conselho Municipal de Juventude de Curitiba: Leia mais

22 de setembro de 2015
por admin
19 Comentários

Beto Richa fecha escolas no Paraná; moradores de Irati vão às ruas para salvar um colégio histórico

colsvpOs moradores de Irati, município com cerca de 60 mil habitantes na região Centro-Sul do Paraná, estão se mobilizando na tentativa de salvar um grande patrimônio local, que é o Colégio Estadual São Vicente de Paulo. Eles vão às ruas nesta quarta-feira (23) pela manhã em defesa da instituição.

O prédio histórico construído há 90 anos é de propriedade da Igreja Católica e o plano do governador Beto Richa (PSDB) é se desfazer da instituição para economizar com o aluguel. Os alunos deverão ser distribuídos por outras escolas da região. Leia mais

15 de julho de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

Depois de novo calote nos professores, Beto Richa agora “dá chapéu” em aluguel de imóveis no interior do PR

tadeu_richa_fulvioNão se sabe o destino do dinheiro arrecadado pelo tesouro estadual, pois, segundo o deputado Tadeu Veneri (PT), a arrecadação cresceu 14% este mês em relação a junho do ano passado. Com as burras cheias, o governo Beto Richa (PSDB) teria condições de pagar os 8,17% de reajuste aos professores e servidores do executivo, negado pela Assembleia, e não precisaria cancelar o PDE (Programa de Desenvolvimento Educacional). ... 

Leia mais

26 de junho de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

Educadores fazem protesto contra Ratinho Jr em Ponta Grossa

O secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior (PSC), foi recebido com protesto hoje (26) pela manhã em Ponta Grossa. Um grupo de servidores da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) marcou presença na assinatura de convênios para obras de infraestrutura nos Campos Gerais.

Ao descer do carro e durante o ato, um grupo servidores protestou com faixas e gritos como “Inimigo da Educação”, “Vendido” e “Fora Ratinho e Beto Richa”. Era visível o desconforto do secretário e do anfitrião, o prefeito Marcelo Rangel (PPS).

Ratinho foi apontado pelos servidores como o maior responsável pela derrota da emenda que concedia o reajuste de 8,17% na data-base do funcionalismo. A bancada de seu partido PSC havia prometido apoiar o reajuste integral, mas não cumpriu o prometido e votou com a bancada governista. 

Na UEPG, após 98 dias em greve (contando as duas paralisações da categoria), os professores decidiram pela suspensão da greve na instituição. A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã de ontem no auditório no PDE, no Campus de Uvaranas.

Ainda ontem, o Conselho Universitário se reuniu para definição do calendário acadêmico. As aulas serão retomadas na segunda-feira, 29, e devem seguir até março de 2016. As férias serão mais curtas, apenas no mês de janeiro.

Via Blog do Johnny, com adendos.

Leia mais

24 de junho de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Conselho Estadual de Educação atropela Richa e libera 6ª aula para reposição da greve

6aaulaO Conselho Estadual de Educação (CEE) fez uma reunião extraordinária nesta quarta-feira (24),em Curitiba, para tratar da reposição das aulas do período da greve na rede pública estadual de ensino. O colegiado deliberou que as escolas podem usar uma aula extra por dia (a chamada 6ª aula) para recuperar os conteúdos aos alunos.  ... 

Leia mais

24 de junho de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Governo do Estado “sujo” na praça faz Sindicato pagar pelo papel de identidades funcionais

porteUma das bandeiras dos agentes penitenciários em busca da sua segurança pessoal é o porte de arma fora do local de trabalho. Nos últimos dez anos, cerca de 15 agentes penitenciários foram assassinados fora do expediente no Paraná.

A autorização do porte de arma para esses profissionais foi estabelecida há um ano, mediante alteração do estatuto do desarmamento aprovada pelo Congresso e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff (PT). Desde então o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná vem lutando contra a burocracia e a incompetência do governo do Estado para que o direito conquistado se concretize.

Entre idas e vindas, a diretoria do Sindarspen identificou uma questão, digamos, burocrática que estava inviabilizando o porte. É que a confecção das identidades funcionais dos agentes, a cargo da Secretaria de Segurança Pública do Estado, estava travada pois o fornecimento do papel foi cancelado por falta de pagamento.

Ao tomar conhecimento do “problema”, o Sindarspen comprou o material, arcando com os valores. Leia mais

12 de maio de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Servidores da Sanepar podem entrar em greve na semana que vem

sanepar_richa

Os doze sindicatos que representam os trabalhadores das diversas áreas profissionais da Sanepar protocolaram ontem (11), na sede da empresa, em Curitiba, ofício comunicando a decisão tomada por ampla maioria dos servidores de rejeitar a proposta de acordo coletivo do trabalho apresentada pela empresa.

No documento, as entidades solicitam que a Sanepar apresente, até o final da semana, uma nova proposta, caso contrário, a partir de segunda-feira (18) os trabalhadores devem entrar em greve. Leia mais

8 de maio de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

“Júri simulado” do massacre dos professores em 29 de abril