11 de março de 2016
por admin
9 Comentários

Prefeito de Irati abandona barbudos do PT pelo barbudo Osmar Dias, do PDT

O prefeito de Irati, Odilon Burgath, emitiu um comunicado nesta sexta-feira (11) informando que está deixando o Partido dos Trabalhadores (PT) após 13 anos de militância. Ele parte para o PDT do ex-senador Osmar Dias, que é da base de sustentação do governo Dilma Rousseff.

No comunicado, Odilon reconhece os avanços proporcionados pelos governo petistas e agradece a ajuda que teve do governo da presidente Dilma em sua administração.

Ele tenta justificar a mudança apontando que o “PT errou”, mas reconhece que outros partidos também erraram. O prefeito cita até os escândalos de corrupção no governo Beto Richa (PSDB), na Receita Estadual e na Educação. Também aborda os desvios de merenda no governo do tucano Geraldo Alckmin (PSDB).

Odilon é candidato à reeleição em 2016 e parece querer se desvincular da imagem do PT em função do intenso massacre que o partido vem sofrendo na mídia e na Justiça.

O município de Irati, na região Centro-Sul do Paraná,  com 60 mil habitantes, está a 150 km de Curitiba, e era o 15º sob a égide petista.

Resumo da ópera: o prefeito Odilon trocou os barbudos do PT pelo barbudo do PDT, Osmar Dias, cujo partido é da base de sustentação de Dilma.

22 de setembro de 2015
por admin
19 Comentários

Beto Richa fecha escolas no Paraná; moradores de Irati vão às ruas para salvar um colégio histórico

colsvpOs moradores de Irati, município com cerca de 60 mil habitantes na região Centro-Sul do Paraná, estão se mobilizando na tentativa de salvar um grande patrimônio local, que é o Colégio Estadual São Vicente de Paulo. Eles vão às ruas nesta quarta-feira (23) pela manhã em defesa da instituição.

O prédio histórico construído há 90 anos é de propriedade da Igreja Católica e o plano do governador Beto Richa (PSDB) é se desfazer da instituição para economizar com o aluguel. Os alunos deverão ser distribuídos por outras escolas da região.

24 de julho de 2015
por esmael
11 Comentários

Dilma Rousseff prestigia MST nesta sexta-feira em agenda no Paraná

Atenção: devido ao mau tempo, Dilma cancelou visita a Irati

A presidente Dilma Rousseff (PT) participa hoje às 15 horas da 14ª Jornada de Agroecologia em Irati-PR. Ao lado do prefeito Odilon Burgath e da senadora Gleisi Hoffmann (ambos do PT), a presidente será recepcionada por diversas lideranças políticas do Estado e da região e irá visitar o Centro de Tradições Willy Lars, onde acontece o evento.

O evento é promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a iniciativa da presidente é uma forma de buscar uma aproximação com os movimentos sociais. Dilma deve anunciar as metas da reforma agrária e a criação de novos assentamentos por Estado. O MST cobrará da presidente mudanças na política econômica e aumento dos assentamentos e programas de habitação popular nas cidades.

Na defesa de um novo projeto, popular e soberano para a agricultura, a 14ª Jornada de Agroecologia traz o tema “Terra livre de transgênicos e sem agrotóxicos”, numa programação que conta com conferências, seminários, oficinas, atos políticos e intervenções culturais. A comitiva presidencial contará com a presença de diversos ministros e circulará pelas dependências da Jornada, sendo recebida pelos trabalhadores.

A presença da chefe do Executivo brasileiro é tida pelos trabalhadores rurais como afirmação do compromisso do Estado brasileiro com a agroecologia, que pode representar uma alternativa de trabalho para produção no campo em convívio com o meio ambiente, que até então segue sendo devastado pelo atual modelo hegemônico no meio rural, o agronegócio.

Os participantes cobram, desde o último dia 22/07 quando realizaram uma marcha pelas ruas de Irati, a efetivação de uma política pública voltada para a agroecologia. Este modelo, construído desde o trabalho cooperado entre agricultores, impulsiona um caminho sólido para a soberania alimentar do país, já que, segundo dados do Censo Agropecuário de 2010, é a agricultura camponesa que põe 70% da comida na mesa das famílias brasileiras.

A Jornada de Agroecologia se iniciou em 2002, como uma ação de diálogo e mostra da força que tem a agricultura camponesa agroecológica e, desde então, vem ganhando proporções nacionais. Até o próximo sábado, 25/07, mais de 7 mil visitantes devem passar pela 14ª Jornada de Agroecologia, que se encerra com um ato político, apresentação da Carta da Jornada, e a partilha de sementes.

Informações do Blog do Johnny, com assessorias.

23 de fevereiro de 2015
por esmael
20 Comentários

Richa vira alvo de intensos protestos e é “enterrado” no Paraná; assista

O tradicional município de Irati tem cerca de 60 mil habitantes e fica a 156 km de Curitiba, na região Sul; Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, está a 110 km da capital e tem 340 mil habitantes.

O tradicional município de Irati tem cerca de 60 mil habitantes e fica a 156 km de Curitiba, na região Sul; Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, está a 110 km da capital e tem 340 mil habitantes.

O município de Irati, região Sul, parou nesta segunda-feira (23) contra o governador Beto Richa (PSDB). O motivo é o mesmo que também paralisa o resto do estado: o desastre administrativo, calote nos salários de servidores, fechamento de escolas e universidades, tentativa de aprovar na Assembleia o pacote de maldades, inclusive o confisco de R$ 8 bilhões da poupança previdenciária dos funcionários públicos do Paraná. Leia mais

7 de fevereiro de 2014
por esmael
40 Comentários

Gleisi: “empréstimos não são liberados por falta de responsabilidade de Richa”

Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, nesta sexta-feira (7), em Irati, acusou o governador do estado de quebrar o Paraná; segundo ela, "os empréstimos não são liberados por falta de responsabilidade de Beto Richa"; município da região Sul, a 153 km de Curitiba, se transformou hoje na Capital da Oposição!, pois lá também se encontra o senador Roberto Requião, que se reúne com correligionários do PMDB.

Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, nesta sexta-feira (7), em Irati, acusou o governador do estado de quebrar o Paraná; segundo ela, “os empréstimos não são liberados por falta de responsabilidade de Beto Richa”; município da região Sul, a 153 km de Curitiba, se transformou hoje na Capital da Oposição!, pois lá também se encontra o senador Roberto Requião, que se reúne com correligionários do PMDB.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) disse nesta sexta-feira (7), em Irati, região Sul, durante coletiva à  imprensa, que os empréstimos não são liberados ao Paraná por falta de responsabilidade do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

7 de fevereiro de 2014
por esmael
15 Comentários

De olho no tetra, Requião segue pegadas de Gleisi na região dos Campos Gerais

 Senador Roberto Requião luta em duas frentes: 1- interna, onde busca votos dos convencionais para viabilizar-se candidato e 2- na externa, onde tem que brigar como um leão para não deixar que a disputa pelo Palácio Iguaçu polarize entre Richa e Gleisi; peemedebista, de olho no tetra mandato à  frente do governo do Paraná, neste final de semana, segue as pegadas da senadora petista na região dos Campos Gerais; ela visita hoje Irati e Ponta Grossa; ele visita hoje Irati e amanhã estará em Pitanga e Laranjeiras do Sul.


Senador Roberto Requião luta em duas frentes: 1- interna, onde busca votos dos convencionais para viabilizar-se candidato e 2- na externa, onde tem que brigar como um leão para não deixar que a disputa pelo Palácio Iguaçu polarize entre Richa e Gleisi; peemedebista, de olho no tetra mandato à  frente do governo do Paraná, neste final de semana, segue as pegadas da senadora petista na região dos Campos Gerais; ela visita hoje Irati e Ponta Grossa; ele visita hoje Irati e amanhã estará em Pitanga e Laranjeiras do Sul.

Quem esperava uma eleição morna este ano pode ir tirando o cavalinho da chuva. A temperatura dos tende a acompanhar o clima dos últimos dias, quente, muito quente. Leia mais